Muitas pessoas vivem mal em pleno 2020 por alimentarem conceitos antigos que já deveriam ter sido abandonados há muito tempo. Será que você tem feito isso?

Abandone conceitos antigos

(Post 25/30 do Desafio 30 dias para crescer)

Ao ler os comentários de algumas leitoras vejo que, em muitos casos, as pessoas se baseiam hoje em conceitos de décadas trás.

Salvo os conceitos morais que devemos manter, precisamos ter a mente aberta para coisas novas.

Por exemplo: sempre leio comentários dizendo que eletrodomésticos gastam muita energia e que, por isso, a pessoa não compra.

Os vilões, na cabeça dessas pessoas são: freezer, secadora de roupa, ar condicionado e, pasme, até aspirador de pó!

Esse é um pequeno exemplo de conceito antigo, pois os eletrodomésticos do passado gastavam muito, mas os de hoje não.

Todos eles, por lei, vêm com uma indicação do consumo e, geralmente, são baixos, principalmente quando se comprara com o chuveiro elétrico.

Mesmo sendo o verdadeiro vilão da conta de energia, garanto que você não abre mão do seu chuveiro elétrico!

Mas, qual é o problema de não ter eletrodomésticos?

O problema, na verdade, não é esse, afinal, você deve ter o que acha útil para si mesma.

Contudo, me refiro ao fato de muita gente viver mal dentro da própria casa por manter um pensamento baseado em conceitos antigos.

Lembra-se que mencionei alguns desafios atrás que as pessoas dormem mal por causa do calor, mas têm três TVs em casa em vez de ar condicionado?

O problema está no pensamento antigo e no conceito de que não pode ter.

E é aí que quero chegar!

(É, amiga… às vezes temos que dar uma volta tremenda para que o raciocínio pegue no tranco! Mas vamos lá!)

Há coisas que, talvez, realmente você não pudesse ter tido no passado.

Mas não é porque você não podia em 1980 que vai continuar não podendo pelo resto da sua vida!

Talvez você tenha passado por muitas privações no passado, mas, mesmo com uma situação diferente hoje, ainda viva se privando de coisas que pode ter.

E para quê?

Por que viver mal uma vez que você pode viver melhor?

O mesmo se aplica aos investimentos: por que continuar com seu dinheiro na poupança se você já sabe que, além de não estar rendendo nada, ainda perde para a inflação?

Talvez seja por que você se acomodou e ache que não vai entender como investir em novos produtos.

E, como no desafio dos 5 porquês, se você se perguntar os motivos, vai ver que é puro comodismo, preguiça, falta de comprometimento consigo mesma.

Então, abra mãos de seus conceitos antigos e trabalhe na renovação da sua mente!

 

Para ler os desafios anteriores, clique nos títulos abaixo:

 

1 – Regras: uma relação de amor e ódio

2 – Por que não consigo mudar?

3 – Vivo sem dinheiro, o que faço?

4 – 10 segredos dos campeões quenianos

5 – Boa comunicação faz diferença

6 – O desafio de tomar água

7 – Sextou! Como aproveitar bem o fim de semana

8 – Boa convivência na internet

9 – Seu mês de janeiro teve 100 dias?

10 – Viver de crédito é a escravidão moderna

11 – Hábitos de fracasso levam ao fracasso

12 – Como fugir das fake news

13 – Comodismo só leva ao fracasso!

14 – O mito da zona de conforto

15 – Você vive para trabalhar e ter dinheiro?

16 – Você é parte do problema ou da solução?

17 – Guardar dinheiro é sinal de falta de fé?

18 – 5 frases inspiradoras de Steve Jobs

19– Para que juntar dinheiro se eu vou morrer?

20 – Economize: dicas para o seu dinheiro crescer

21 – Saber priorizar é uma arte

22 – Diferença entre o quê pensar e como pensar

23 – Técnica dos 5 porquês

24 – Problemas pioram com o tempo

Para ler o próximo post, clique no título abaixo:

26 – Como pagar dívidas que saíram do controle

Nos vemos!

Jornalista, especialista em finanças e autora de 5 best-selleres. Colunista do portal R7 e apresentadora do JR Dinheiro, no Jornal da Record.

  • Bom dia Patrícia!!!

    Parece que foi escrito para mim!!! Faço isso tudo, e mais um pouco, mas estou tentando mudar, como você diz, as privações do passado nos aprisionam, temos que tomar cuidado!

    Excelente post, como os demais!!!
    Obrigada!!!

  • Adorei o texto! Quando eu morava com meu pais, tinha esse pensamento de não “gastar” com essas tecnologias domésticas porque sempre vivi bem sem. Mas assim que me mudei, meu noivo foi me abrindo a mente pras facilidades que teríamos e esses gastos pareceram muito mais com investimentos, porque é uma economia de tempo e energia que acaba pagando o produto, gera retorno no bem estar. Agora meu sonho de consumo é ter uma lava louças kk, porque todo tempo que eu economizo com tarefas domésticas eu ganho tempo para fazer mais dinheiro com minhas traduções.

  • Estive pesquisando mais sobre a Ourinvest, eles até me enviaram por e-mail todas opções de investimentos e ontem também vi um video do Ben que ele fala sobre o mesmo assunto. Muitas pessoas tem medo do “novo”, medo das novidades, da tecnologia. Sinceramente tudo o que tenho aprendido sobre fundo imobiliário e outras coisas que você sabe né Patricia, tudo isso é novidade pra mim também, mas estou me esforçando pra entender como funciona as coisas.

  • Paty, minha querida,
    Através dos seus “posts”, me sinto tomando um delicioso café com você, enquanto conversamos!
    Economizar em meu dia a dia já tem um “selo”, chamado “Bolsa Blindada”.
    Já estou juntando meu primeiro R$ 1 mil para ser investidora no BB.
    Também trago marmita e o valor dos tickets meu irmão deposita numa conta específica, que é para cuidar das coisas lá em casa (um conserto, uma cortina…)
    Saudável, Feliz e Próspera!
    Obrigada!!

  • Renovar a mente, muito real, as vezes por conceitos antigos e até bagagens desnecessárias acabamos não prosseguindo como poderíamos e ficando presos ao passado… Muito boa a reflexão, renovar a mente…

  • Boa noite, Paty !
    Como você mesmo falou , não é abrir mão de conceitos antigos (que é nossa conduta ) . Mas ter uma mente aberta para coisas novas e até mudar pensamentos que está ultrapassado. Hoje mesmo ,conversando com uma cliente que está pensando em fazer alguma coisa nova em sua vida para um crescimento pessoal.Compartilhei para com ela esse desafio. Hoje mesmo comecei a mim perguntar o desafio do 5 porquês do desafio de ontem e achei muitas respostas.Obrigado por dividir seus ensinamentos ! Bjs ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *