Você já deve ter ouvido falar que precisa ter cuidado com o que diz e vê. Mas é comum nos esquecermos do conselho, então, bora dar um detox nessa área super importante!

Cuidado com o que diz e vê

Vocês devem ter notado que ficamos alguns dias sem o nosso desafio, certo?

Mas foi por uma boa causa e vou dividir com vocês. 😀

Estamos com vários projetos novos e eu tive de focar neles para fazê-los acontecerem.

Em breve vocês saberão quais são e tenho certeza de que vão gostar muito!

Por isso, já fica a dica:

Quando estiver com muita coisa, priorize as mais importantes, ainda que precise abrir mão de outras.

Mas, quanto ao desafio de hoje, a proposta é que nós tenhamos mais cuidado com o que falamos.

E, como diz o título, também devemos ter cuidado com o que vemos porque isso pode influenciar as nossas palavras.

Acredite ou não, as palavras têm poder, por isso, devemos ter muita cautela com o que falamos.

Aqui vai uma listinha do que você deve prestar mais atenção ao falar:

  • Para amigas mais chegadas
  • Para os filhos
  • Sobre si mesma

Então, vamos por partes!

Elas se importam, então cuidado!

Quando temos amigas mais íntimas costumamos não medir as palavras.

Eu me incluo 100%!

Mas isso é um erro, pois nossas amigas se importam com o que dizemos, então, devemos ter cuidado.

Quando falamos sem pensar, acabamos entristecendo as pessoas que se importam com a nossa opinião.

Portanto, ainda que você esteja conversando com uma amiga muito chegada a você, tenha cuidado com o que diz.

Cuidado com o que fala para os filhos

Antigamente os filhos pediam a bênção para os pais, avós e tios.

Um primo meu faz isso até hoje com a mãe dele e a minha.

Apesar de o costume estar praticamente extinto, trata-se do reconhecimento do poder que há na bênção dos pais.

E onde há poder para abençoar também há poder para amaldiçoar.

Isso mesmo!

Talvez você se sinta afetada até hoje por alguma palavra ruim que seus pais disseram.

Mas, talvez, você faça o mesmo hoje com seus filhos, sobrinhos ou netos.

Por isso, ainda que eles façam algo que a tire do sério, é melhor ficar calada do que falar o que não convém.

Cuidado com o que fala sobre si mesma

Às vezes você toma todo cuidado do mundo quando vai se referir a alguém, mas não tem o mesmo cuidado consigo mesma.

O que você fala sobre si mesma tem muito poder, então, cuidado!

Não diga que é burra, feia, desengonçada, tímida, desastrada etc.

Você pode agir às vezes de forma desastrada, mas isso não a torna um desastre em pessoa, não é mesmo?

Já percebeu como temos muita facilidade em assumir o que é negativo?

Prova disso é que, quando fazemos algo bem feito, não saímos falando que fazemos TUDO bem feito.

Ao contrário, às vezes a gente até se ridiculariza falando coisas do tipo “nossa, dei sorte!”

Mas aí, quando fazemos uma coisinha de nada de errado já nos achamos a pior pessoa do mundo.

É claro que a gente não deve ficar se gabando de nada, pois fazer o certo é nossa obrigação.

Porém, também não devemos ficar nos amaldiçoando ou ridicularizando quando erramos.

 

No detox de amanhã vou colocar um vídeo que tem tudo a ver com o poder da palavra.

Além disso, o vídeo também fala sobre o tamanho dos nossos problemas.

Não perca!

Se você não é cadastrada no blog ainda, cadastre-se abaixo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

 

Nos vemos amanhã!

Confira os desafios anteriores:

Desafio Detox 1 – Começa hoje

Detox Dia 2 – Selfies e fotos de tudo e mais um pouco

Detox Dia 3 – O fardo da opinião dos outros

Detox Dia 4 – Como lidar com as críticas tóxicas

Detox Dia 5 – Motivação não leva a lugar algum

Detox Dia 6 – Livre-se dos pesos extras

Detox Dia 7 – Dê um jeito no seu jeito

Detox Dia 8 – Só se ajuda quem quer ajuda

Detox Dia 9 – Inveja: livre-se agora mesmo!

 

Jornalista, especialista em finanças, autora de 5 best-selleres, colaboradora dos programas Mulheres (TV Gazeta) e Escola do Amor (Record TV). Colunista do portal R7 e youtuber.

  • Olá Patrícia, boa tarde.
    Estou a companhando o desafio detox, está sendo muito proveitoso para mim.
    Tenho um observação para fazer no último parágrafo depois da frase (Se você não é cadastrada no blog ainda, cadastre-se abaixo) está exibindo o código de programação: [jetpack_subscripition_form])
    Verifica por favor .
    Obrigada.
    Abraços.
    Vilmara Rosa.

  • Senti a falta dos dias sem desafio…eles têm me feito muito bem.Descobri há pouco tempo que funciono bem com desafios e os seus são muito benéficos.Obrigada sempre!!

  • Olá Patricia!

    Gosto do seu programa detox.
    Reforça algumas ideias minhas e tenho aprendido muito mais, sobretudo quando os assuntos são verbalizados de uma forma clara e assertiva como o faz . Obrigado!
    Aqui no Norte da Europa já é 1h da manhã do dia 4. Aproveito para desejar um bom dia!

  • Perfeito .

    Ahhhhh como eu estava precisando desse Detox.

    Muito obrigada

    😍😍😍

  • Patricia, confesso que preciso policiar minha boca, quando eu vou ver já falei, não sou de falar muito, mais quando abro minha boca já estou contando minha vida os meu segredos, e um defeito que tenho, preciso muito me policiar, eu preciso aprender falar somente o necessário .
    O detox dos 30 dias, estou na caminhada esta difícil, confesso que não usei o cartão credito, não entrei em lojas, mais tenho entrada no mercado para comprar comida , que área difícil, mais eu chego lá.Bjs.

  • Tenho me cobrado o cuidado com as palavras,” as vezes calar vale ouro”. É um esforço diário.

  • Sempre bom lembrar e relembrar esse tema. Eu me cuido muito com isso. Foi uma das primeiras coisas que eu aprendi na fé “o poder das palavras”. Mas convivo com pessoas que não pensam da mesma forma, isso é o mais complicado. Mas, tento ao máximo repreender essas palavras e me esquivar delas.

  • Verdade! Como eu escrevi em um dos comentários do desafio 30 DSC, aprendi a escolher o que consumir em todos os sentidos ( assistir, ler, comer…) porque tudo pode influenciar negativa ou positivamente em nossas vidas, assim como as palavras! Eu já perdoei algumas pessoas que me machucaram, mas nunca esqueci as palavras que me disseram. Tento, como uma terapia, falar para mim mesma em frente ao espelho o contrário de tudo que ouvi até que se tornem verdades na minha cabeça. Mas sei também que já falhei com amigos em alguns momentos,porém, reconhecia, pedia desculpas e fazia o máximo para que não se repetisse. Às vezes vinham algumas respostas na minha língua, mas escolhia manter a paz e deixava passar. rs Tenho 28 anos e até hoje peço a bênção aos meus pais, tios, avôs, padrinhos e até mesmo minha sogra que por sinal é uma pessoa maravilhosa! Pretendo passar isso para os meus filhos!

    Bjs, Patrícia!

  • Eu amei este poste de análise e que falamos ou dissemos , já passei por situações com minha amiga que não vigília com as palavra e ela ficou chateado com migo e a amizade ficou abalada. Pede perdão e mil desculpas mas nuca mais a amizade foi a mesma, tavei si eu tivesse visto esta mensagem antes não tava nestas situações. Mas obrigada pela dica nuca e tardes para aprender

  • Verdade. E tão bonito ser gentil com as pessoas que amamos. Há filhos que nunca mais falaram com os pais por causa de uma palavra. Eu tento ter cautela para não magoar as pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *