Para ser criticada basta estar viva! Mas para não morrer de raiva é preciso saber lidar com elas, mais ainda com as críticas tóxicas. Cola no post de hoje, pois é sobre isso!

Como lidar com as críticas tóxicas

Primeiramente é preciso saber que as críticas são inevitáveis.

Antes, quando eu era criticada, ficava pensando:

“Se eu tivesse feito assim ou assado não teriam me criticado.”

Mas eu não poderia estar mais errada, pois não é possível evitar as críticas.

Se você for apara a esquerda, será criticada, mas se for para a direita também.

Aliás, se você também não for nem para a direita e nem para a esquerda também será! Rs…rs…

Então, o melhor é saber como encará-las sem deixar intoxicar por elas.

Esses dias ouvi uma coisa muito interessante sobre o crime organizado.

Sim, até com o crime organizado é possível aprender quando estamos sempre dispostas a sermos melhores!

Peguei a conversa pela metade quando liguei o rádio do carro, mas o que ouvi me fez entender muitas coisas.

O entrevistado dizia que o crime cresce porque é organizado e porque se prepara para tudo.

O ladrão sai para roubar sabendo que precisa de uma estratégia.

Ele não sai de qualquer jeito, achando que tudo vai dar certo.

Não! Ele sai sabendo que tudo pode dar errado, mas se prepara para fazer dar certo.

Ele considera que a polícia pode aparecer, que alguém pode perceber e denunciar, que o assaltado pode reagir, enfim…

Ele não sai achando que tudo vai dar certo, mas conta com as adversidades e se prepara para driblá-las.

E é isso que nós temos que fazer em relação às críticas:

Elas virão, então não podemos estar de bobeira por aí, deixando que elas nos derrubem.

Temos de estar preparadas e, além de dar um drible nelas, chutar para o gol!

Para fechar o detox de hoje, confira esse vídeo sobre a forma como lido com os comentários negativos que recebo.

Espero que sirva para abrir os seus olhos e ver as ofensas e críticas de uma forma mais tranquila. 🙂

Para conferir os desafios anteriores, clique nos links abaixo:

Detox Dia 1 – Começa hoje

Detox Dia 2 – Selfies e fotos de tudo e mais um pouco

Detox Dia 3 – O fardo da opinião dos outros

Para acompanhar os próximos, clique nos links abaixo:

Detox Dia 5 – Motivação não leva a lugar algum

Nos vemos amanhã!

Jornalista, especialista em finanças, autora de 5 best-selleres, colaboradora dos programas Mulheres (TV Gazeta) e Escola do Amor (Record TV). Colunista do portal R7 e youtuber.

  • Infelizmente critica vai sempre existir, uma vez eu queria fazer uma cobertura na garagem da minha casa, e meu marido estava com medo das minhas irmãs de criticar a gente, eu pensei se eu não fazer, elas vão criticar, e também se eu fizer vai criticar, resolvi fazer a cobertura da garagem.
    E como você falou colocar em uma balança e ver a onde podemos pesa mais, tentar melhor com as criticas, nem sempre a gente esta correto, sempre tentar fazer o melhor que podemos fazer, e deixar as criticas de lado – Bjs.

  • Paty, gosto muito da maneira que você fala, consigo ouvir, compreender e absorver. Inspiração!

  • O pior é quando vc é criticado por quem está mais próximo de vc, e por tudo, mas vc está certa, temos que nos preparar pra tudo.

  • Ainda não tinha assistido esse vídeo, mesmo sendo inscrita no seu canal. Ótimas dicas.

  • Bom dia Paty!
    Sigo firme no nosso detox 0/
    Obrigada pelo post. Sempre acrescentando 🙂

  • Pat, é impossível agradar todo mundo. Seus vídeos são ótimos. Muito instrutivos e informativos. Você sempre profissional. As pessoas estão recebendo conteúdo de qualidade que podem levar para a vida sem nenhum custo para elas. Deveriam agradecer. Essas críticas vazias são estúpidas como essas pessoas devem ser. Desculpe o desabafo. Bj

  • Olá Paty tudo bem? Eu estou bem na graça de Deus. Me tornando uma pessoa cada vez melhor com seus ensinamentos. Muito interessante analogia que faz das críticas com o crime organizado. Em algum momento da minha vida já me deixei abater pelas críticas, retribuía para outro no mesmo nível ou me colocava na posição de defesa. Mas, comecei a enxergar da forma como dizes elas podem servir para me ajudar, quando paro para repensar e, funciona mesmo pois já resolvi algumas situações por causa de criticas positivas ou não. Agora, quanto as que são para ofender até agora me controlo ou melhor, aprendendo a engolir o sapo porque entendo que não vale a pena bater boca.

    Pegando a visão do crime organizado, acendeu uma luz em mim. De facto as criticas sempre existiram, não tem como fugir delas principalmente quando estamos crescendo em relação a um empreendimento elas são mas acentuadas e, devemos estar preparadas para driblar e sair ilesa.

  • Pati. Aprendi que o pastor Silas Malafaia fala assim. QUEM É O ABENÇOADO QUE ESTA ME OFENDENDO. a tá é vc! Pessoa que nem conheço sem nem quem é. Entao minha amiga, nao dê atenção. Agora! Se for o seu marido, sua mãe pessoas de peso na sua vida fez uma crítica. Ops!!!!! Acho que preciso melhorar. Analise e nao se sinta ofendida.

  • Oi Paty…

    Muito interessante essa analise mesmo, se até o crime é organizado, pq não podemos fazer o mesmo?
    Beijos e obrigada por tudo !

  • Adorei o post de hoje. Vi aqui no seu blog e também no YouTube. Curti! O que mais vemos hoje são pessoas criticando. Recebo críticas, como qualquer pessoa e não aceitava muito. Achava que agradava, que era uma pessoa do bem e nunca era reconhecida… Me sentia muito mal. Hoje vejo que devemos filtrar as críticas, que muitas vezes são positivas. Então o post de hoje só veio confirmar o que venho observando. Obrigada como sempre! 🌸

  • Boa reflexão você está com a razão… bem sensata….

  • Olá! É possível tirar lições de maus exemplos sim! O próprio nome já diz: “crime organizado”. Se essa organização fosse levada para outros setores do nosso país, quão prósperos à mais seriamos?! À exemplo do próprio setor de segurança brasileiro, se tivesse o mesmo investimento, certamente, mesmo organizado, o crime não seria tão bem sucedido assim. O “crime organizado” investe em suas quadrilhas, lhes dá “material” para o “trabalho”, orientação de como agir, criam as estratégias de ação e estudam seus alvos, além disso seguem um líder e o respeitam, e assim por diante. Vendo por esse lado, é ou não um bom exemplo? Eles só focam nos objetivos errados e que levam para um mau caminho.
    E além disso, para fechar com o post, não para menos, o crime organizado só tem o apoio de quem faz parte dele, e a rejeição e crítica de toda a sociedade, mas nem por isso deixam de seguir seus objetivos, apesar de todos os obstáculos pelo caminho, pois eles acreditam nos resultados que esperam. Vendo assim, não à toa, compreendemos porque o crime, infelizmente, tem tanto êxito em nosso país. Bjs

  • O negócio é seguir adiante como sapinho surdo que não ouvia as vozes e críticas dos colegas. Como vc disse podemos usá-los para mudar algo que estejamos fazendo de errado ou em desacordo com alguns pontos de vista, mas no geral só querem detonar mesmo, sem acrescentar nada.

  • Gostei do post;)
    A propósito….gosto que fale devagar porque é melhor para entender, as vezes ouço fazendo alguma atividade de casa, principalmente se for mais longo, por exemplo, lavo louça, então para que agitação!?
    Quanto ao cenário, quando estou assistindo mesmo, prefiro o clean para te ver melhor, a estante eu fico desfocando kkk
    Bjos

  • Boa noite Patricia ,na verdade não é fácil vc receber uma critica mas é igual vc falou se souber olhar de forma diferente ou tranquila ,quando usamos as críticas ao nosso favor ai sim pode nos ajudar ,muito bom o porte de hoje Patricia …..

  • Boa noite eu amei a dica mas gostaria de saber como li dar com pessoas , só fala mi crítica do eu este sedo bem mal educada o que fazer . Eu reago com meu cilensio.

  • Gostei muito das orientação do vídeo em ambiente de trabalho. Conversei com umas amigas sobre os ensinamentos e elas também já passaram pela situação de por deixarem informações pessoais saírem da boca no ambiente de trabalho acabaram passando por situações difíceis. Vou me atentar a isso também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *