Você já perdeu oportunidades e amizades por causa do seu jeito? Será que não é hora de dar um jeito no seu jeito? Confira o post de hoje!

Dê um jeito no seu jeito

Primeiramente, veja se essas frases são familiares a você:

  • “Esse é o meu jeito. Gostou, ótimo, não gostou, paciência!”
  • “Eu sou tímida e ponto final.”
  • “Quem quiser ser minha amiga vai ter de engolir o meu jeito!”
  • “Eu não tenho autoconfiança, sempre fui assim…”
  • “Eu falo mesmo, não levo desaforo para casa!”
  • “Eu sou boba mesmo… Todo mundo me faz de gato e sapato.”
  • “Não tem quem me faça fazer o que não quero!”

Esses são apenas alguns exemplos de pessoas que estão sucumbindo ao “seu jeito”.

Embora não seja uma palavra muito comum, você já parou para pensar no significado do verbo sucumbir?

Sucumbir significa dobrar-se, deixar-se vencer, perder o ânimo.

Portanto, pessoas que se deixam levar por esse “jeito” já não têm mais ânimo para mudar e se confirmaram em serem como são.

Mas, qual o problema de cada um ser como é?

A menos que seu modo de agir seja positivo em tudo– o que é quase impossível – sempre devemos analisar e melhorar o nosso “jeito”.

Inegavelmente, as frases acima são muito comuns, mas o que talvez muita gente não perceba é o quanto elas podem ser prejudiciais.

Perda de emprego, de oportunidades de negócio e até de amizades têm sido algumas das causas de quem não dá um jeito no seu jeito.

Quantas não são as pessoas que perdem uma promoção no trabalho porque são tímidas demais para se candidatarem?

Quantas amizades são desfeitas porque alguém foi estúpido e arrogante usando a desculpa de ser franco e honesto?

O jeito é se ajeitar!

Muitas vezes, sem nem mesmo percebermos, agimos como se tudo girasse ao nosso redor.

Isso faz parte da nossa natureza, pois quando crianças, achamos que tudo existe por nossa causa.

Porém, quando chegamos à fase adulta, precisamos entender que quanto mais maleáveis formos, melhores seremos.

Os seres vivos que povoam a Terra são exatamente aqueles que melhor se adaptaram às mudanças que o planeta sofreu.

Todos os que mantiveram o seu jeito e não passaram por adaptações foram extintos.

Essa é uma reflexão muito profunda que todas nós devemos fazer diariamente, eu inclusive.

Mas precisamos ter discernimento para saber interpretar em que precisamos mudar e no que devemos nos manter firmes.

Não é uma tarefa fácil, mas absolutamente necessária.

Creio que tudo aquilo que envolve valores, retidão de caráter e princípios deve ser mantido, custe o que custar.

Porém, tudo aquilo que nos coloca acima dos outros, que ofende e desagrada gratuitamente e que nos torna pessoas difíceis de lidar precisa de um detox.

Estava pensando em uma imagem para representar a maleabilidade que devemos ter e me lembrei daquelas massinhas de modelar.

Quando elas estavam novinhas, eram moles e a gente podia fazer tudo o que nossa imaginação mandava.

Dava para misturar com outras cores e criar uma cor diferente e só nossa. Dava para fazer bichinhos, bonequinhas, enfim…

Mas quando elas ficavam duras, tínhamos de jogar fora porque já não dava mais para brincar.

Este vídeo ilustra bem isso, mas já na vida adulta.

Se formos um barro mole, vai sair uma peça incrível. Mas se formos duros ou cheios de pedras, não vamos ser grandes coisas. Vale parar alguns minutos para refletir!

Nos vemos no próximo desafio!

 

Confira os desafios anteriores:

Desafio Detox 1 – Começa hoje

Detox Dia 2 – Selfies e fotos de tudo e mais um pouco

Detox Dia 3 – O fardo da opinião dos outros

Detox Dia 4 – Como lidar com as críticas tóxicas

Detox Dia 5 – Motivação não leva a lugar algum

Detox Dia 6 – Livre-se dos pesos extras

 

Jornalista, especialista em finanças, autora de 5 best-selleres, colaboradora dos programas Mulheres (TV Gazeta) e Escola do Amor (Record TV). Colunista do portal R7 e youtuber.

  • as vezes parece que vc ta falando comigo em particular rsrs gosto muito das suas dicas! obrigada bjs

  • Glória a Deus!
    Mensagem maravilhosa!
    Nenhum de nós é tão perfeito que não tenha nada em que não possamos melhorar.

  • Oi Paty! Venho tentando mudar faz bastante tempo, comecei indo em psicólogas e depois de passar por várias hoje consulto psiquiatra, tomo medicamento e ainda não consegui vencer minhas barreiras! Obrigada por me dar mais uma chance de pensar no meu jeito. Abraço, Josiane.

    • Vc pode ir ao Médico dos médicos 🙂 Deus sabe das nossas necessidades e quando entregamos tudo a Ele, tudo muda!

  • Ótimas palavras Paty querida! Que Deus continue te abençoando nesse belo trabalho, beijos

  • Boa noite Patricia ,não é fácil a fazer esse reconhecimento mais quando se quer mudar não podemos ficar dando um jeito no nosso jeito. O difícil é quando conhecemos alguem e alertamos essa pessoa do seu jeito e ela não aceita fala que estou jugando mas não estou estou tentando ajudar por conta do seu jeito a pessoa já perdeu emprego se instala de todos fala que é melhor ficar longe. Como faco para ajuda essa pessoa Patricia.

  • Ótimo post!
    Que vídeo lindo! Que paciência …..que delicadeza….que cuidado ao moldar! E é de dentro para fora ….meu Deus! Sai síndrome de Gabriela! Doi menos ser barro molinho nas mãos do Oleiro!

  • Amei esse post! 🥰 Reflexão muito importante para mim! Obrigada.

  • Muito forte essa mensagem
    Precisamos estar dispostos a mudar sempre, e ser a versão melhor de nós mesmos, e quando nos preocupamos em ser o que Deus quer que a gente seja, tudo faz sentido.
    Deus continue abençoando Paty😍
    Suas mensagens nos inspiram a ser melhor a cada dia 😘

  • Passou uma retrospectiva na minha mente enquanto assistia o vídeo! Deus é maravilhosos! Ele tudo pode fazer!
    Obrigada!!!

  • Eu era um vaso duro e com impurezas…e depois de conhecer a Deus me permiti ser vaso mole…Mas é difícil permanecer mole, moldável…principalmente em um mundo que nos enche com ideias que não devemos e nem podemos mudar. Já percebi estas ideias sendo apresentadas até em desenhos animados aparentemente inocentes. Mas já trazendo influências e ideias. É preciso ter um filtro para tudo que vemos e ouvimos. E também constantemente nos enxergar. Sempre há algo a melhorar. Sempre há algo que Deus quer nos ensinar. E sempre temos que estar como vasos na mão de Deus. E confiar. Algumas vezes será necessário o oleiro quebrar o vaso e começar tudo novamente. E será preciso muita humildade e confiança para passar por esta fase.

  • Bom dia ! Excelente semana a todos nós ! Continuo firme nesse desafio. Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *