Você é do tipo que valoriza demais a opinião dos outros? Até onde isso é tóxico para você e precisa daquele detox? Esse é o assunto de hoje!

O fardo da opinião dos outros

É bem verdade que ninguém faz nada sozinho nesse mundo.

Ouvir a opinião dos outros faz parte dos processos em diversos casos, porém, é preciso saber lidar.

Recebo inúmeros comentários de pessoas que estavam entusiasmadas para fazer algo, mas que, diante da opinião de alguém, perderam todo o gás!

Às vezes a pessoa levou semanas ou meses se empenhando em algo para, depois, perder todo interesse em questão de segundos.

Ontem mesmo uma leitora disse que chorou muito depois de dividir com o marido sua ideia de renda extra.

Ela passou o dia contente pelas ideias que teve e não via a hora de contar para ele e receber seu apoio.

A questão é que, além de não ter recebido o apoio que esperava, levou um balde de água fria.

Quero destacar aqui duas coisas para que você analise com toda atenção:

 

1) As pessoas não apoiam o que não conhecem

Pode ser que você não esteja recebendo o apoio dos outros para as suas ideias porque eles simplesmente não sabem do que você está falando.

Se você diz que vai poupar para investir, as pessoas que não têm ideia de como fazer isso vão tentar lhe desencorajar.

Vão dizer que você vai perder dinheiro, que é perigoso e que você vai entrar numa roubada.

Elas não querem necessariamente o seu mal, mas querem evitar que você faça algo que é nebuloso para elas.

É claro que existem aqueles que querem mesmo que você não cresça, mas não é dessas pessoas que estamos falando.

Por isso, não espere que as pessoas apoiem ideias que elas não têm ciência.

Seus avós, por exemplo, provavelmente não vão encorajar você a ter um negócio virtual, afinal, elas não têm noção de como isso vira dinheiro, não é mesmo?

Às vezes, para poupar você as pessoas não oferecem apoio.

Considere isso antes de ficar brava com elas!

 

2) Não supervalorize a opinião dos outros

Quando você depende da aprovação de terceiros, a vida fica mais difícil…

Há casos em que a pessoa é tão dependente do que os outros vão pensar que isso acaba virando um fardo.

Não permita que isso aconteça com você!

Se você sabe que as pessoas não vão lhe dar apoio, para que insistir?

Se você está segura do que quer, não permita que a insegurança dos outros traga dúvidas às suas certezas.

Aliás, anote isso!

Não permita que a insegurança dos outros traga dúvidas às suas certezas.

Ouça, mas não dependa.

Considere o que for dito, mas não se apoie na análise dos outros.

Lembre-se que a vida é sua e, ainda que você deixe de fazer algo porque obedeceu os outros, a escolha será sua.

Não adianta culpar as pessoas depois se foi você quem permitiu que elas se intrometessem na sua vida.

Pense com a sua cabeça.

Tome as suas decisões e dê um detox na dependência da opinião alheia.

 

Aproveite e confira esse vídeo que tem tudo a ver com o assunto!

 

Para conferir os desafios anteriores, clique nos links abaixo:

Detox Dia 1 – Começa hoje

Detox Dia 2 – Selfies e fotos de tudo e mais um pouco

Para acompanhar os próximos, clique nos links abaixo:

Detox Dia 4 – Como lidar com as críticas tóxicas

Detox Dia 5 – Motivação não leva a lugar algum

Nos vemos amanhã!

Jornalista, especialista em finanças, autora de 5 best-selleres, colaboradora dos programas Mulheres (TV Gazeta) e Escola do Amor (Record TV). Colunista do portal R7 e youtuber.

  • Verdade – Já tive varias ideias quando vou compartilhar com o meu marido ele não concorda, alem dele não concordar ele me desanima,dizendo que isso não vai dar certo, que ele não vai me ajudar, infelizmente as palavras acaba deixando triste e desanimado, a ponto de não quer saber de mais nada. Tem coisas que nem falo eu vou e faço. – Bjs.

  • Que incrível esse post. Lição para refletir e levar para a vida.

  • Maravilhoooosoooo!!! Tudo o que eu precisava para dar mais passos largos rumo a vida épica que tenho almejado.
    Super obrigada pelos insights, Patrícia.

  • Bom dia,
    Nossa quanta verdade em um curto texto, neste universo novo de investimento se formos olhar a opinião dos outros e principalmente da nossa família que diz que estamos preocupados só com o dinheiro, sem terem a visão de futuro e não pensarem na educação financeira a longo prazo. Ficamos desanimados e tristes. Obrigada pelas palavras de incentivo nesta manhã.
    BJK

  • Oi Paty! Lendo o seu post, lembrei de uma conversa que tive no fim de semana com o meu filho (de 15 anos). Ele tem uma profissão dos sonhos, mas, não vejo uma atitude pró-ativa da parte dele. Então, perguntei se ele conseguia se ver nessa profissão. A resposta não foi das melhores e novamente eu tentei mostrar para ele que nada cai do céu. A não ser as bençãos de Deus. E é isso que pode mostrar se alguém está no caminho certo ou não: paz. Se vc se sente bem, equilibrada e em paz na busca da realização de um sonho, eu acredito que vc está no caminho certo e abençoado por Deus. E só isso é o que deve bastar. Fora isso, buscar consultoria ajuda. Mas consultoria. Não “opiniaria”! rsrsrsrs Bjos!!

  • Obrigada por essas palavras Patrícia! Você tem sido uma benção em nossas vidas.

  • Obrigada Paty por nos ajudar todos os dias. Eu já pratico esses conselhos do vídeo, mas nunca é demais reforçar!

  • kkkk Ontem fiquei muito brava por uma palavra, conhecidencia néh rsrs
    Mais opitei em acreditar que vai dar certo, e vai!

  • Nos tornamos reféns da opinião de pessoas que são importantes na nossa vida, porém nem sempre a resposta é para nosso crescimento ou elevam a autoestima e sim dizem respeito a mudança que o outro não quer ver em nós.

  • Boa tarde Patrícia
    Obrigado vc esta me ajudando Bastante,
    Estou guardando dinheiro 💰 para comprar meu carro
    E não falo nada para ninguém.
    Comentei com meu marido e ele fez um olhar
    De Será que vc vai conseguir.

  • A opinião dos outros é muito seria.
    Meu esposo está em Portugal há 6 meses e eu estou no Brasil.
    Estou esperando ele regularizar sua situação no país, para que faça o reagrupamento familiar e eu entre já regularizada.
    As pessoas a minha volta vivem me julgando e dizendo pra eu não ir, pois no Brasil tenho um bom emprego e boas condições financeiras. Já tomei a decisão de ir, porém, tenho recebido duras críticas dos familiares e conhecidos.
    Decidi que a vida é muito curta pra ficarmos estagnados em um emprego sem projeção de carreira e também não quero me separar, pois caso desista de ir, com certeza meu casamento vai acabar.

  • É sempre assim tem gente que não faz e ainda acaba por desmotivar quem faz.😘

  • Amei o post!
    Ainda permito que algumas opiniões me atrapalhem. Principalmente vindo das minhas mães (São 2 rsrs)
    Ficarei mais atende nesse quesito
    Obrigada Paty 🙂

  • Isso pra mim é uma prática diária, ouço bastante coisas que são úteis para meu aprendizado, seja espiritual ou pessoal. Mas tomo decisões basedas apenas na minha fé. Eu já tive por muitas vezes essa experiência relatada acima da amiga que foi contar os planos ao marido. É muito óbvio que ele ou qualquer pessoa não vai entender. Mas nunca fiquei presa a nenhuma negatividade, venha de quem for. A minha visão é somente minha, está dentro de mim, não tem como alguém ver, por isso quem não pode ver, também não vai acreditar e se você depender de opiniões perde o foco. Por isso uso uma regra básica, o que é bom guardo e prático, assim como tudo que tenho aprendido com a leitura e os vídeos. Quando é algo pra me prender ou fazer eu ficar com medo ou dúvida, elimino imediatamente.😘😘😘

  • Para conseguir algumas coisas na vida, tive que ir contra as opiniões das pessoas, principalmente as pessoas que eu amava. Não é fácil, mas o que vc disse é a mais pura verdade, somos contra tudo aquilo que não conhecemos. E não são só os outros que fazem conosco, nós também fazemos com as pessoas, por isso temos que aprender a respeitar as opiniões e a tomar nossas próprias decisões.

  • Boa noite Patricia isso é pura verdade ,a aprovacao dos outros pode não ser legal , temos usar e queimar o nosso cérebro kkk,Não permita que a insegurança dos outros traga duvidas a sua certeza verdade assino em baixo.

  • Eu uso sempre essa frase pra mim: A OPINIÃO DO OUTRO NÃO IMPORTA!

  • Boa noite !!
    Já pedi opinião, para fazer alguma coisa. Mas na hora H , fiz do meu jeito. Não deu certo, mas acho que se eu não tivesse feito não saberia se daria certo.
    Tem opiniões que temos de segui a risca , há depeder do assunto.
    Mas tem coisas que, temos que fazer, mesmo quando não temos apoio de ninguém..😘😘

  • Ótimo texto! Já me vi no papel de desencorajadora por medo de que o outro se frustre. Vou me policiar mais e buscar aplicar a técnica que a outra Paty fez com o filho.
    Abraço!

  • Oi Patrícia, tive por 37 anos vivendo sob a opinião dos outros, principalmente da minha irmã e mãe. Elas se metiam na minha vida pq eu deixava. Por isso a vida ia passando e eu parada no tempo. Qdo conheci meu esposo, elas não me apoiaram mas como tinha certeza do q queria, bati o pé e conduzi a minha própria vida, isso há 2 anos. Hj com 39 anos estou muito feliz com minha decisão e mais feliz ainda por causa do meu aprendizado com o tomar as rédeas da minha vida.

  • Precisamos entender que tudo que ainda não existe ou não foi feito pela pessoa em questão é considerado um absurdo aos seus olhos. O que define a atitude de fazer ou não, é a coragem de cada um. Eu e meu marido raramente concordamos com as ideias dele, pois é bastante criativo e eu bem conservadora. Mesmo assim ele segue em frente, pois a visão dele é diferente da minha. E assim vamos nos equilibrando.

  • Olá Paty, tenho experiência com isso de ouvir a opinião de outros. È a mais pura verdade o que dizes quando a pessoa não comprieende a sua ideia/sonho nunca vai apoiar. De um modo geral o ser humano tem medo do novo, do desconhecido então, se esse sonho esta dentro de você cabe-lhe realizar independentemente da opinião dos outros, ou de dar certo ou errado apenas faça e, observe a experiência que terá desse desafio. Foi assim comigo quando comecei a empreender num negócio que aos olhos dos outros era esquisito, não pedi opinião mas, testei nas pessoas em forma de conversa e eu percebi que aquilo para elas era mesmo esquisito. Mas essa ideia roía o meu interior e comecei a praticar aos poucos, hoje esta dando seu passos de crescimento. Hoje as pessoas perguntam Uuuaalll..! Aonde você “desenterrou” essa ideia, é diferente e interessante. Assim, elas começam a mostrar interesse porque alguém esta provando que dá certo e as inspira igualmente.

  • Obrigada Patricia! Muito bom e edificante. Aprendemos muito com suas publicações.

  • Olá, Patrícia
    Tudo bem?
    Eu tenho acompanhado seus vídeos e trabalhos, comprei um dos seus livros, a Virada Financeira.
    Aprecio bastante seu trabalho.
    Eu me cadastrei na plataforma EDUK onde se encontra seus cursos. Eu quero fazer seu curso de Empreender na prática: vença os desafios do dia a dia tentei pagar assinatura infelizmente não foi possível porque eu estou em Moçambique e para piorar a situação não possuo os métodos de pagamentos disponíveis na plataforma, isto é, não tenho cartão de crédito e muito menos o boleto. Será que pode haver uma forma de pagamento quero muito este curso por favor.
    Um abraço…

    Inácio Belo

    • Olá, Inácio! Os cursos na plataforma da EduK ficam disponíveis apenas aqui no Brasil. Muito obrigada pelo interesse. Abraços!

  • Não costumo contar nada para as pessoas antes de fazer. Falo somente com Deus. E depois que já está dando tudo certo é que SE alguém me perguntar eu explico como consegui aquilo.

  • Tenho esse triste hábito, defeito,,manianem sei como chamar….de supervalorizar a opinião do outro! Estou trabalhando minha insegurança! Obrigada pelas dicas. Ajudam bastante!

    Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *