Assim como o sucesso é consequência de hábitos de sucesso, o fracasso se instala quando nossos hábitos são ruins. Conheça 4 situações que levam ao fracasso.

Fracasso chama fracasso

(Post 11 de 30 do Desafio 30 dias para crescer)

No post de hoje teremos texto, para quem prefere ler, e vídeo, para quem prefere assistir.

Mas não é sempre que dá para fazer os dois! Rs…rs…

Nosso sucesso ou fracasso vêm conforme nossas atitudes e, para que as suas sejam de sucesso, é preciso eliminar o que traz o fracasso.

Então, anote aí 4 (das muitas) situações que podem levar qualquer pessoa ao fracasso:

#1 – Fazer um pouco de tudo

Essa dica veio de uma mensagem que recebi aqui no blog de alguém que dizia falar um pouco de espanhol, um pouco de inglês e estava se matriculando no francês!

Contudo, na sua mensagem, havia uma série de erros de português…

Ou seja, uma pessoa que não fala/escreve português direito, fala um pouquinho de outros dois idiomas, estava preocupada em falar mais um.

E a minha pergunta é: o que adianta, afinal, uma pessoa que não faz nada direito?

De que serve dizer que fala 3 idiomas, enquanto, na verdade, não se comunica bem em nenhum?

O mercado quer especialistas, pois é isso o que resolve.

Portanto, descubra qual é o seu nicho e se especialize.

 

#2 – Notícias do tipo “mundo cão”

Quando você se enche de informações negativas, notícias de violência, morte, tragédias etc. o que acontece com o seu cérebro?

É claro que é em cima disso que o ele vai trabalhar.

Com isso, você vai viver com medo, achando que nada mais vale a pena na vida e coisas do tipo.

A violência dá Ibope, então é atrás disso que toda a mídia vai.

Mas você não deve dar Ibope para a violência e ficar enchendo a sua cabeça com notícias ruins.

Garanto que isso não vai lhe aproximar do sucesso!

 

#3 – Não usar a imaginação

Nós vivemos conectados o tempo todo, dizendo que estamos sempre sem tempo.

É música o dia inteiro, distrações o tempo todo, e não resta tempo nem para pensar.

Estamos quase sempre diante de uma tela que nos dá tudo pronto: imagem e som, para que a gente não precise nem raciocinar.

Isso é receita para o sucesso ou para o fracasso?

O contrário disso é quando você senta e se concentra para ler.

Nesse momento você precisa imaginar as cenas da leitura na sua cabeça, ou seja, na tela da sua mente.

E a pergunta é:

O que você tem assistido na tela da sua mente?

Será que ela está vazia?

Será que quando alguém faz uma pergunta que requer um pouco mais de raciocínio você não consegue responder?

Se eu fosse você eu anotaria essa pergunta e buscaria a resposta, então vou repetir:

O que você tem assistido na tela da sua mente?

 

#4 – Não projetar o que quer

Se você não projeta, não acontece, simples assim.

Então, anote, trace um plano, cole uma foto do que quer em um local visível e a veja todos os dias.

Crie a sua estratégia e vá buscar o que é seu!

 

Prefere assistir? Então aperta o play!

 

Para ler os desafios anteriores, clique nos títulos abaixo:

 

1 – Regras: uma relação de amor e ódio

2 – Por que não consigo mudar?

3 – Vivo sem dinheiro, o que faço?

4 – 10 segredos dos campeões quenianos

5 – Boa comunicação faz diferença

6 – O desafio de tomar água

7 – Sextou! Como aproveitar bem o fim de semana

8 – Boa convivência na internet

9 – Seu mês de janeiro teve 100 dias?

10 – Viver de crédito é a escravidão moderna

Nos vemos!

Jornalista, especialista em finanças e autora de 5 best-selleres. Colunista do portal R7 e apresentadora do JR Dinheiro, no Jornal da Record.

  • É bem verdade, eu gosto muito de assistir jornal, e confesso que de 10 notícias 8 são de desgraça.

  • Bom dia,
    Muito obrigada por me responder, já vai ajudar muito.
    Eu preciso usar mais imaginação para trabalhar melhor com meu cliente. Perco muito tempo com conteúdo que não serve de nada. 😘

  • Esse post deve uma boa espiração pra mim, pois estava precisando foca no meu proposito, sempre quis fazer um pouco de cada coisa e nunca sair do lugar.
    minha casa todo mundo reclama e acabo absorvendo essas informações

    Mas hoje aprendi que preciso me projetar pra ter sucesso.

  • Paty, sua disciplina e boa vontade em ajudar me motiva, não digo só sobre dinheiro e organização; falo como Pessoa mesmo, ajudar ao próximo… tantas vezes respondendo aos comentários; Não conseguiria medir como cresci desde que comecei te acompanhar. Muito obrigada 🙂

  • Oi Paty…

    Bem ainda preciso melhorar em 2 deles rs (graças a Deus, não são nos 4 kkk). Amo ler e minha imaginação vai longe e fico longe das notícias do mundo cão kkk.

    Obrigada por nos ajudar a cada dia, suas dicas são preciosas para o meu crescimento.

  • Bah muito boa a postagem… Até essa questão de fazer várias coisas ao mesmo tempo ao invés de fazer uma e fazer bem…

  • É o que estou fazendo este ano: me especializando. Eu já fui a rainha do curso livre, online, e biquei em várias coisas nos últimos anos maaassss, os 40 estão chegando e estou sentindo a necessidade de dar passos mais firmes. De tempos em tempos, vira moda falar que o profissional generalista é o futuro. Eu penso que precisamos ter uma visão geral do todo, sim, mas nos especializar em algum nicho, como você colocou.

  • Olá, Boa tarde!

    Completamente para mim!

    Já começou que quando fui abrir o e-mail, falei: Patricia você deveria gravar um videozinho hoje. kkkkkkkkkkkkkkk. Para minha grata surpresa tinha vídeo também!

    E o conteúdo, perfeito! Hoje mesmo falei sobre isso. Ficar fazendo de tudo um pouco não me levará a lugar nenhum.

    É um grande desafio, mas estou determinada a me focar e especializar em uma coisa especificamente.

    Obrigada e vamos crescer!

    Beijos

  • O desafio de hoje é o meu número! Essas 4 dicas vieram bem a calhar! Obrigada Patrícia!

  • Excelente post.
    Sempre procurei aprender sobre tudo, mas acabei por não me especializar em nada e hoje enxergo o quanto isso faz falta.
    Estou com a vida profissional estagnada e ainda em dúvida sobre o que seguir para realmente me especializar em algo.

  • Esse post me fez pensar sobre colegas que pedem semana sim e outra também a mesma explicação/informação/orientação; ou quando uma conhecida/prima/irmã te pede a mesma receita outra e outra vez…
    Se é mais fácil perguntar do que se organizar, isso é comodismo, hábito de fracasso.

    • Perfeito, Sonia!! Esse seu comentário vai gerar o nosso desafio 13!! Obrigada!

  • Muito bom Paty.Obrigada por tudo. Estou sempre te acompanhando bjuus Deus abençoe!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *