Se há uma coisa que vai fazer você perder tempo e ainda se aborrecer são discussões inúteis. Fuja delas, pois o que não te leva para frente, te puxa para trás!

Fuja de discussões inúteis

Desde que a internet começou a fazer parte do meu trabalho – cerca de 8 anos atrás – entendi que teria de aprender a lidar com as críticas.

Mas, para além das críticas, também tive que aprender a não me envolver em discussões, principalmente porque, na maioria das vezes, elas são inúteis.

É importante, porém, ressaltar que o debate construtivo é extremamente importante e útil.

Por isso, temos que entender as diferenças entre discussões inúteis e debates construtivos.

Quando alguém discorda de algo que publiquei e defende seu ponto de vista com argumentos válidos, todos crescemos.

Eu cresço, a pessoa que me escreve cresce e as leitoras que leem os comentários crescem também.

Mas quando a pessoa discorda sem argumentos, já sei que a discussão vai terminar em ofensa…

Não duvide de uma coisa:

Gente que discute sem argumento fatalmente vai lhe ofender.

A dinâmica é sempre a mesma:

A pessoa tenta lhe desqualificar e se coloca como superior (porque acha que sabe mais ou que tem mais direito de falar do que você).

Em seguida, ela vai tentar lhe calar e, se não for suficiente, ela vai lhe ofender.

Por isso, não vale a pena entrar nessa espiral.

Diferença entre discussão inútil e debate construtivo

Um exemplo de debate construtivo aconteceu anos atrás com uma leitora de Brasília.

Ela discordou de um dos meus posts e apresentou argumentos válidos e coerentes.

Agradeci as informações que ela havia me passado, pois realmente foram bastante úteis, e trocamos mais algumas mensagens.

Algum tempo depois, tive um compromisso em Brasília e marcamos de almoçar juntas.

Eu “caço” pessoas talentosas e grudo nelas! 🙂

Quando a leitora veio a São Paulo, jantamos juntas e até hoje nos falamos de vez em quando.

Todas nós crescemos e uma amizade brotou de uma discordância.

Mas você pode estar se perguntando: e quando a pessoa só quer discutir por discutir, o que você faz?

Bem, o que eu faço é bem simples: não perco meu tempo!

Quando alguém quer apenas discutir não há melhor coisa a fazer do que ignorar solenemente.

E eu logo percebo isso quando a pessoa escreve coisas como:

“Você deveria ficar apenas no assunto de finanças.”

“Ninguém quer saber sua opinião sobre nada. Fale de dinheiro e ponto.”

O que responder a pessoas que querem definir o que eu posso ou não dizer?

Chega a ser ridículo que alguém se preste a se dirigir assim a alguém.

Ainda mais porque estou escrevendo em um ambiente mantido com meus próprios recursos.

É como se eu fosse na sua casa (sem ser convidada) e quisesse que você tirasse seu tapete marrom da sala simplesmente porque eu não gosto…

 

Respeite a si mesma para DEPOIS respeitar os outros

O que quero dizer com o subtítulo acima é uma resposta a quem esteja se perguntando:

“Mas e quando a pessoa insiste em querer discutir?”

“E quando ela não aceita que você não quer discutir e não para de falar?”

A resposta é essa: se você não respeitar a si mesma, não vai conseguir respeitar ninguém.

Eu me respeito, por isso, quando alguém vem com discussões inúteis, sou muito direta.

Deixo bem claro que não vou discutir e que não há pessoa no mundo que vá me obrigar a fazer o que não quero.

Como as pessoas que convivem comigo já sabem que eu faço o que falo, elas desistem.

Por isso eu sempre digo: faça o que você promete a si mesma, cumpra a sua palavra, não viva dando desculpas etc.

Pois quando você é assertiva no que diz, as pessoas acabam respeitando o que você diz.

Ser educada não significa acatar tudo o que os outros querem.

Ser firme, muitas vezes é preciso para que você não deseduque as pessoas.

 

O desafio de hoje é mais um para a vida: não seja capacho, não se envolva com o que não acrescenta na sua vida e fuja de discussões inúteis!

 

 

Para acompanhar os desafios anteriores, basta clicar nos títulos:

Desafio Crescer 1 – Aprenda a aprender

Desafio Crescer 2 – Assuma o controle do seu tempo

Desafio Crescer 3 – Seja luz

Desafio Crescer 4 – Se não é o melhor, não faça

Desafio Crescer 5 – Influência das redes sociais

Desafio Crescer 6 – Pequenas decisões, pequenos resultados

Desafio Crescer 7 – Pare com as desculpas

Desafio Crescer 8 – Você está terceirizando a sua vida?

Desafio Crescer 9 – Mulher, mãe, esposa, profissional…

Desafio Crescer 10 – As mulheres precisam se valorizar

Desafio Crescer 11 – Ter informação é sua obrigação

 

Para não perder nenhuma postagem do Desafio Crescer, cadastre-se!

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

 

Nos vemos!

 

Jornalista especialista em finanças, autora do best-seller Bolsa Blindada, colunista do programa Mulheres, TV Gazeta e youtuber.

  • Ótimo artigo! Uns colega uma vez né disse uma frase que nunca mais esqueci: “Ninguém é obrigatório a nada, a não ser por força da lei”.
    E não há lei obrigando a atirar pessoas grosseiras, ne.!
    Abraço!

  • Conselho perfeito para mim no dia de hoje!
    Obrigada Paty,eu cresço muito como pessoa lendo seus textos. Deus te abençoe e ilumine sempre seu entendimento, bjo!

  • A cada dia sinto que acertei em encontrar este blog, e tenho certeza no meu coração, que foi o Senhor que o direcionou para meu crescimento pessoal. Patrícia todos os ensinamentos dese desafio são fundamentados em princípios essenciais para o crescimento e para um ótimo relacionamento entre as pessoas. Estou cada vez mais encantada! Obrigada! A propósito, tb moro em Brasília, e ficarei encantada em conhecê-la também, ou em participar de um de seus cursos ou palestras. Grande bj. Uma ótima semana 💙

  • Ótimo post como sempre!
    Sempre que queremos entrar em uma discussão idiota só conseguimos passar raiva e não chegamos a lugar nenhum! É melhor fazer como diz uma frase: nem sempre quem cala consente, às vezes é preguiça de discutir idiotices!
    Sou leitor desse blog desde o ano passado. Gosto muito do conteúdo, que me ajuda bastante, e ás vezes acabo passando o que aprendi aqui para outras pessoas! rs.
    Que Deus continue te abençoando e te inspirando novos conteúdos, financeiros ou não, pois aprendo muito com as duas maneiras!
    Abraço!

  • Adorei o post, é bem comum, principalmente na internet, as pessoas se envolverem em discussões inúteis, sobre coisas que muitas vezes elas não tem nenhum conhecimento, só para não ficarem de fora do assunto do momento.

  • Saber se retirar de uma situação é uma grande virtude! Patrícia, seus textos são ótimos, claros e objetivos, sempre cheios de conteúdo! Deus lhe ilumine cada vez mais! 😉

  • “É como se eu fosse na sua casa (sem ser convidada) e quisesse que você tirasse seu tapete marrom da sala simplesmente porque eu não gosto…” Analogia perfeita!
    Não consigo entender quem não concorda com seus posts sobre assuntos variados! Cheguei ao seu blog pelas dicas de economia, mas gosto muito de saber sua opinião sobre outros assuntos. Você é muito sábia e seus posts são sempre iluminados e abrem nossos olhos! Muito obrigada por tudo sempre! Bjs

    • A verdadeira sabedoria vem do Alto e isso incomoda alguns…rs…rs… Obrigada pelas palavras! Bjs

  • Boa tarde, D. Patrícia.
    Ser objetiva e determinada não é para qualquer pessoa. Quando a nossa posição perante qualquer situação ou assunto não agrada a alguém, logo vêm aí as cenouras daqueles que por hábito ou por postura entram em conflito com tudo e pronto, sempre para denegrir.
    Bom post. Obrigada por toda a sua dedicação.

  • Excelente, Patricia! Estou amando suas dicas…conheci você a poucos dias por conta de um vídeo no YouTube, os 7 erros no local de trabalho…amei e já me inscrevi na hora. Ah! O Instagram também…🙏😊Que Deus continue a abençoa-la…gratidão!

  • Como sempre seus posts nos inspiram a ser pessoas melhores…
    Obrigada por deixar ser usada por Deus!!!!
    Que Ele continue abençoando 😍😘

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *