Será que você tem sido contagiado pela lei do mínimo esforço que a maioria das pessoas adotou? Veja como não se deixar levar por essa onda!

Se não é o melhor, não faça!

Quem segue o blog já sabe que os novos posts costumam entrar no ar às 7h da manhã.

Porém, o Desafio 3, foi postado por volta das 5h da tarde e o motivo tem a ver com o assunto de hoje.

Comecei a escrever logo cedo e, primeiramente, estava tudo bem.

O tema era interessante (e provavelmente vou trazer futuramente), mas eu não estava contente com o texto.

Então, parei e fui resolver outras coisas para ver se, lendo dali a alguns minutos, eu ficaria satisfeita.

Nada! Aliás, pior ainda…

O título estava bom, estava bem escrito, mas eu não havia recebido aquela “confirmação” de que era o melhor.

Mas, já eram 2 da tarde e eu não havia postado nada!

A pressão interna começou, claro:

  • É melhor postar logo, as leitoras vão estranhar
  • Elas podem estar entrando no blog e não achando nada, vou subir assim mesmo
  • Na quarta eu faço um texto melhor
  • São tantos textos no blog inteiro que esse não vai ser nenhuma catástrofe
  • Eu melhoro nos desafios seguinte
  • Além do mais, o tema é ótimo, ainda que possa estar postando na hora errada…

Conhece esse tipo de pensamento, né?

Pois é, não é só você!

 

O bom é inimigo do melhor

Sabe o que eu fiz para acabar com essa questão?

Apaguei o texto inteirinho!

Deletei sem dó, não salvei nem sequer um parágrafo.

Nisso já eram mais de 3h da tarde e nada de post.

Resolvi outras questões e, antes de voltar a escrever, pedi direção a Deus.

Sim, eu não faço nada sem a ajuda dEle!.

Foi tiro e queda!

Na hora me veio a ideia do desafio 3 e o texto ficou pronto em questão de poucos minutos.

Aí sim, depois de ter feito o melhor, postei!

Por isso, se você perceber que não está fazendo o seu melhor, mas “pelo menos está fazendo alguma coisa”, mude de atitude!

 

Como saber se é o melhor?

Com o objetivo de fazer o melhor, a primeira dúvida que pode surgir é:

Como vou saber se é o melhor ou não?

Você pode seguir algumas dicas.

O seu melhor não é o melhor do mundo.

Mas como diz o filósofo Mário Sergio Cortella:

Faça o seu melhor com as condições que você tem, enquanto não tem condições melhores para fazer melhor ainda!

Eu sabia que tinha condição de fazer um texto melhor na segunda-feira, mas tinha feito apenas um bom.

Você também tem esse termômetro dentro de você, só precisa aprender a respeitá-lo e a não medir esforços para dar o seu melhor.

Um desafio e tanto, não?

Mas se eu pude, você pode!

 

Se você ainda não é cadastrada aqui no blog, faça o seu cadastro para não perder nenhum dos Desafios Crescer 2019!

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

 

Nos vemos!

Jornalista especialista em finanças, autora do best-seller Bolsa Blindada, colunista do programa Mulheres, TV Gazeta e youtuber.

  • O título deste post é algo que faz refletir, vigiar e aprimorar minhas atitudes. Tão certo que quando o melhor é realizado, você sobressai, não é apenas mais um. Obrigado por cada dia de aprendizagem.

  • Bom dia!
    Otimo para inicio de ano. Vou me desafiar a fazer sempre o melhor!
    Beijos!!

  • Acho que minha dificuldade é saber quando estou fazendo o meu melhor, porque pra mim algo sempre poderia ter sido melhor, kkkkk. O que poderia estar fora das minhas condições se, se eu der um jeito, poderia estar nas minhas condições? Enfim, acho que posso concluir que o meu melhor seria o melhor dentro das condições que tenho agora, e não das condições que eu poderia ter se fizesse x, y, ou z coisas. – bem o que o Cortella falou.

  • Oi Paty.

    O texto de segunda -feira foi muito bom, inclusive Deus usou aquelas palavras pra me animar. Existem momentos quem que nos cansamos de ser luz e o versículo que você postou fala sobre isso. Podemos até nos cansar de ser luz, mas não podemos nos entregar a este cansaço.

    Fico feliz por você não ter desistido e ter feito o seu melhor.
    bjos

  • Oi Paty!
    As dúvidas junto aos ladrões do tempo levam o nosso melhor e tentam nos convencer que o bom serve. 😔

  • Verdade. O conceito do “bom o suficiente” adotado em algumas empresas (e que sem querer levamos pra nossa vida pessoal) acaba se distorcendo para o “assim tá bom, pelo menos to fazendo”. Percebi que eu estava dando o meu mais ou menos ou o “suficiente” não só no meu trabalho mas também na obra de Deus. Tudo é oferta pra Deus, tudo que faço ou deixo de fazer, mas como diz as Escrituras: É melhor não fazer voto do que fazer e não cumprir. Eclesiastes 5.5 , ou fazer de qualquer forma…

  • Olá,
    Patrícia, eu fico muito motivada e feliz em ler este texto; (sou uma das muitas que todos os dias ao chegar no trabalho é a primeira coisa que quero ler, sempre chego 30 minutos antes do meu horário para meu enriquecimento diário rsrs); raramente dou minha opinião ou se quer agradeço; mas hoje quero dizer muito obrigada de coração mesmo; é lindo sua dedicação e competência seu zelo pelo trabalho é surpreendente. Seu trabalho é ímpar viu 🙂 bjsss

  • Concordo com tudo o que disse: se não for para fazer o seu melhor, não faça (mesmo que o seu melhor não seja “o melhor” do outro, mas vale o esforço para sempre se aprimorar.
    Estou adorando acompanhar o blog.
    Patrícia, muito obrigada por fazer meus dias melhores!

  • Bom dia Patrícia!
    Faz todo sentido, realmente com as pressões acabamos (falo por mim) às vezes entregando alguma coisa por pensar que é melhor que nada, mas sempre podemos fazer algo a mais, vou guardar isso comigo. 😉

  • Adoro essa frase do Cortela. E você tem toda razão, também já tive momentos em que achei melhor apagar tudo e começar do zero. Foi muito melhor o resultado. Adorando o desafio! Abraço!

  • Realmente, as vezes nos sabotamos achando que o bom é o nosso melhor, mas no nosso interior sabemos que poderíamos ter feito o nosso melhor.

  • Oi Pati! Bom dia! Uma coisa q penso sobre isso é q hoje em dia as pessoas tem pressa. Eu imagino: e se eu trabalhasse em uma empresa, para fazer algo muito bom eu poderia ter q demorar mais, mas demorar é uma coisa ruim hoje em dia. O que fazer então pati?

    • É como a citação do professor Cortella: Fazer o seu melhor com as condições que vc tem!

  • Nossa foi um tapa na minha cara, tenho essa mania de querer fazer o melhor e por receber muitas criticas eu estava relaxando muito, pois para os outros aparentemente está ótimo mas, no meu interior fica aquele peso porque poderia fazer melhor! E acredito que não é coisa de perfeccionista não, acredito que é porque sempre peço a Deus que me capacite no que vou fazer e se eu não dou tudo de mim estou mal com Ele.
    Estou amando esse desafio.
    Bjus😘😘

  • Realmente…. um desafio e tanto!!!!
    Como sempre, nos ensinando o caminho para fazermos a diferença!
    Obrigada Patricia!!! Que Deus continue te usando para nos ajudar a melhorar… sempre!!!!

  • “Consagre ao Senhor tudo o que você faz,e os seus planos serão bem-sucedidos.” (Pv 16.3)
    Parabens pelo seu empenho ,sigo vc aqui no blog e estou procurando seguir as dicas,a do desafio 3 ja tinha ate feito e continuo a fazer ,e quando li tive essa experiencia com Deus. Nosso Deus é maravilhoso! Que Ele lhe abençoe sempre!

  • Muito bom todos os seus trabalhos, contudo sempre que alguém é bom em algo, quer ser ainda melhor.

  • Ótima dica, vencer a preguiça e sempre fazer o melhor dentro das condições que temos.

  • Verdade estou mesmo amando os desafios,porque para mim tudo se encaixa,e tem sido de grande utilidade.
    Mais é muito interessante o fato que você mencionou que apagou tudo ,fez uma oração e com certeza o proprio Deus te deu o desafio 3 ,”Seja Luz” e arrebentou foi um desafio que com certeza era oque Deus queria que fosse passado para nós.👏👏

  • Seus textos são inspiração pura! Muito obrigada por nos presentar com conteúdos maravilhosos. Sou sua fã :-*

  • Sempre podemos fazer o melhor. Irei me empenhar mais nisso, e sei que não apenas eu, mas o que estão ao meu redor colherão bons frutos com essa minha atitude.

  • Olá Paty!
    Eu fiz o meu bullet journal seguindo a orientação do seus posts dos últimos dias e na página dos “quadrinhos” com os objetivos de 2019, em um deles coloquei que seria o ano “sem reclamações”, como meta principal, indo ao encontro do desafio 3! E em outro quadrinho, coloquei dar sempre o meu melhor (no trabalho, no relacionamento, etc.). É muito bom perceber que esse desafio tem coincidido com meus objetivos e mudança de atitudes que quero ter à partir de 2019! Aliás, tenho algumas páginas do meu bullet journal especialmente dedicadas aos meus destaques e apontamentos para cada novo desafio que você posta, para melhor desempenhá-los e não esquecer de praticar! Foco! Esse é o lema! Beijos ;*

  • Nossa Paty, Arrasou…

    Eu super me identifiquei com esse artigo, inclusive sempre comento um ok aqui no Blog, porém hoje como quero fazer o melhor, vou até fazer um comentário completo, rsrs.

    Tenho feito muitas coisas boas na minhas responsabilidades, mais nem são o MELHOR DE MIM, SE FOSSEM O MEU MELHOR, Hahh você pode ter certeza que muitas coisas estariam diferente na minha vida.

    Mais hoje decido fazer o melhor, se não for o meu melhor nem farei…

    Obs: Eu também peço para Deus me guiar e dirigir meus pensamentos, mais as vezes faço de forma mecânica e costumeira, mais até nessa oração darei o meu melhor!!!!!!

    Tenho 18 anos, quando crescer quero ter muitas qualidades que você possui e desenvolveu…

    Big Beijooooooo

  • Arrasou novamente, Patricia! Sempre me arrepio quando alguém confessa publicamente que não faz nada sem a direção de Deus… que Ele continue te abençoando! Bjs.

  • Paty comunhão com Deus sempre é o segredo! E só Ele nos trás inspiração e sabedoria no nosso dia a dia mesmo que seja nas mínimas coisas! Esse é um dos motivos que eu amo os seus textos! Vc sempre nos trás exemplos e tenta mostrar como é sempre importante pedir a direção de Deus, a ajuda dEle em todos os momentos! Bjs

  • Eu tenho essa coisa de que posso sempre fazer melhor. É quase um perfeccionismo, embora saiba que não existe isso de perfeição, mas é um prazer fazer algo realmente bem feito e saber que se fez o seu melhor!

  • Confesso que tenho sido bastante pega pelo ‘não é o meu melhor, mas estou fazendo algo’.

  • Amei o desafio, realmente é assim mesmo amo seus posts e seu canal.

  • Eu sempre procuro fazer o melhor com as condições que tenho, mas na maioria das vezes acabo demorando mais… Preciso aprender a me organizar melhor…

  • Oi Patricia,

    quando eu não sabia por onde começar, aprendi que fazer um pouco é melhor que não fazer nada, o que era válido por várias coisas, porque com a mania da perfeição acabava por nem fazer nada, o que me serviu e serve até hoje.

    Mas o seu post foi um tapa… tá na hora de evoluir rsrsrs obrigada

    ( falta a palavra “tem” na citação que você colocou 😉 ) beijos

  • Bom dia Patrícia , admiro sua sinceridade com seus leitores, isso é raro e por isso tem destaque, te sigo no insta e sou inscrita no seu canal há um tempinho e amo tudo que faz. Que Deus continue te abençoando e te usando para trazer textos inspirados por ele.

  • Bom dia Paty, parabéns pelo conteúdo deste desafio…. e de todos os outros. Gratidão por disponibilizar o seu tempo e experiência para nos ajudar. Que Deus lhe continue a abençoar e a dar a direção necessária. Bjs😍

  • Às vezes um pequeno detalhe porém importantíssimo faz toda diferença: colocar Deus a frente de tudo. As vezes na correria acabamos fazendo confiando somente no nosso potencial.. lição pra todas nós.

  • Oi Pati,

    Eu firmei um voto que em 2019, será o ano do meu crescimento em todas as áreas da minha vida. E esse desafio parece que foi criado com exclusividade para mim.
    Agradeço a Deus pela sua vida !

  • Boa tarde, arrasou!!Os outros desafios foram bons, mas este esclareceu tudo. Junte ser luz e fazer o melhor. Bora praticar
    Beijossss

  • Acho que por isso acabo me frustrando por que as vezes o q eu acho que dei o meu melhor é algo que fiz ao estar cansada. E acabo pensando e melhor do que nada… E na realidade não é melhor. Por que podemos fazer bem melhor e sentir total satisfação de dever comprido.

  • O melhor é que Deus sempre nos mostra a verdade quando somos sinceras, não é mesmo?
    😘😘

  • 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻

  • Oi, Patrícia!

    Amei esse texto porque tenho procurado fazer o melhor, mas sem neuras. Já tive mania de perfeição e isso me trouxe muitos prejuízos.

    Grata por tudo!

    Beijos! :*

  • Bom dia!
    É exatamente assim que estou me sentindo em relação às minhas tarefas do Godllywood.
    Obrigada pela direção.

  • Realmente vale a pena dar o nosso melhor em tudo.
    E também ter a consciência que “Não há nada tão bom que não possa ser melhorado!”

  • Muito bom Patricia! Quantas vezes passei por isso dizendo que era melhor mal feito do que não feito, mas no final nunca estava satisfeita, porque somente quando fazemos o nosso melhor podemos ver as recompensas. Vou praticar isso sempre pra não cair nas armadilhas de pensamentos medíocres. Muito obrigada por compartilhar.

  • Deus é exaltado na excelência. Muitos estao esperando o melhor de mim. Vou alcançar !…

  • Gostei, foi daqui por diante fazer sempre o melhor, tenho vivido uma vida apenas fazendo, obrigada Patrícia 😘

  • O texto desafio 3 foi perfeito pra mim, me senti renovada lendo.
    Que bom que escreveu ele.

  • Estes desafios vem de encontro aquilo que estou me propondo nesse ano.

  • Acompanhando cada post e gostando muito, e colocando em prática.

  • Se não vigiarmos, adquirimos o hábito de “pelo menos eu fiz”, e este fazer não necessariamente é o melhor, uma excelente reflexão.

  • Conheci o blog hoje e já estou dentro do Desafio Crescer! Obrigada por partilhar tantas coisas boas 🙂

  • É como falamos aqui no trabalho, “fazer o melhor e o correto dá trabalho” rs. As pessoas hoje em dia buscam atalhos, só para chegar no final. O melhor, por menor que seja, exige de nós o que muita das vezes não gostamos, que é sair da zona de conforto.

    É isso ai Paty… não podemos nos limitar ! Vamos fazer o nosso melhor sempre 🙂

    Beijos

  • Patricia, sempre sou taxada como chata por ter esse comportamento de querer fazer o melhor, mas hoje mais do que nunca soube que estou no caminho certo. Obrigada.

  • Como sempre Pati seus posts nos inspiram a ser pessoas melhores, esse com seu exemplo me fez pensar que mesmo quando já temos em mente de que precisamos fazer a diferença, a cada dia temos algo em que mudar ou melhorar, que não podemos fazer por fazer, só desencargo de consciência, mas sempre para a Glória de Deus….
    Obrigada amiga linda, você é muito especial para mim😍
    Deus abençoe e proteja sempre
    Um bjo grande 😘

  • Lindo texto. As vezes preciso mesmo fazer o melhor….

  • Sim, infelizmente estava me esforçando o mínimo possível e não dando o meu melhor, oferendo apenas o “mínimo viável”. Mas agora já entendi como deve ser feito.

  • Às vezes sou assim querendo fazer o melhor aí vem um espírito maligno que sempre diz tbom amanhã vem outro e faz pq perder seu tempo dando seu melhor em um ambiente que ninguém valorizar nada.

    Mas cada dia apendo com vc a me torna uma pessoa melhor.

  • Confesso que me arrastei nos últimos meses de 2018, e que o “bom” foi meu melhor amigo em muitos momentos. Lendo esse texto vi que já tenho feito muitas coisas de uma forma muito melhor nos poucos dias que já vivemos desse ano.

    Obrigada pela reflexão!

  • Eu percebi que não tenho dado meu melhor no trabalho, me acomodei com o passar do tempo na mesma rotina. Mas vou por em pratica esse desafio a partir de hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *