Há pessoas que dependem tanto da opinião dos outros que não dão um passo sem consultar terceiros. Será que você está fazendo isso?

 

Você está terceirizando a sua vida?

Muitas pessoas têm ciência de que são indecisas e não conseguem resolver as coisas sozinhas.

Elas sabem que, diante de momentos importantes da vida, não conseguirão decidir o que fazer.

Isso é ruim? É, sim. Mas há algo ainda pior.

Ou seja, aquelas pessoas que acham que têm o controle de suas vidas, mas não têm!

Pode ser que você não leve 10 minutos lendo o cardápio até decidir o que vai comer…

Porém, você pode estar terceirizando a sua vida sem perceber.

Quando você se limita cada vez que alguém não faz o que deveria, você está dando o controle da sua vida a essa pessoa.

Vou dar alguns exemplos bem comuns usando situações verídicas.

Acompanhe!

 

Casas bagunçadas

O primeiro exemplo é propositalmente bem simples.

Há algum tempo, postei um vídeo dando dicas para quem não tem empregada doméstica (mais abaixo).

Por causa disso, recebi uma série de comentários, como:

  • Gostaria de ter a casa limpa, mas meu filho não colabora
  • Meu sonho é uma casa arrumada, mas meu marido é bagunceiro
  • Se meus irmãos ajudassem minha casa seria um brinco!

Parecem frases bem simples e inocentes, não é verdade?

Mas, no fundo, elas mostram que a pessoa se limitou diante de atitudes de terceiros.

Ou seja, ela não faz o que gostaria por causa dos outros.

Em outras palavras, ela permite que os outros controlem o que ela faz ou deixa de fazer.

Aí você pode pensar: “Ah, mas a pessoa vai ficar limpando para os outros sujarem?”

E eu pergunto: “A pessoa vai morar na sujeira porque os outros querem assim?”

 

 

Os clientes não ajudam

No desafio 7 falamos sobre parar com as desculpas.

Quem leu, já percebeu uma certa conexão com o post de hoje, não é mesmo?

Pois é, as desculpas e a terceirização da vida andam de mãos dadas!

Na vida profissional então, nem se fala!

Um braço do meu trabalho é dar palestras e mentorias para empreendedoras.

Com isso, pude ver que uma das maiores dificuldades de quem empreende é precificar seu produto ou serviço.

Além de não ter o conhecimento necessário para fazer isso, a pessoa terceiriza a decisão para o cliente e, depois, o culpa!

É comum que, na planilha de orçamento, a pessoa tenha um campo chamado “desconto”.

O que aquele campo de desconto mostra para o cliente?

Que ele tem direito a ter um desconto, claro!

Quando recebo um orçamento assim (e já recebi vários), é óbvio que vou pedir desconto…

Ou seja, aquele campo terceiriza a decisão de dar desconto ou não!

Outra coisa é não definir a forma de pagamento.

Isso dá ao cliente total controle de pagar como quiser e da forma que bem entender.

Depois, essa mesma pessoa reclama que cliente só sabe pedir desconto e dá trabalho para pagar!

Ora, foi a própria empreendedora que terceirizou essas decisões quando não informou as regras, não é mesmo?

Retome o controle da sua vida

O desafio de hoje é que você faça uma autoanálise e veja se não está deixando que os outros decidam as coisas por você.

Afinal de contas, uma coisa é certa: se você não decidir, o mundo não vai ficar esperando.

A Terra vai girar e alguém vai decidir no seu ligar.

E a questão é que, quando alguém decide por você, vai optar pelo que mais beneficia a ela e não a você!

Então, pense, reflita e retome o controle das suas decisões!

 

Para acompanhar os desafios anteriores, basta clicar nos títulos:

 

Desafio Crescer 1 – Aprenda a aprender

Desafio Crescer 2 – Assuma o controle do seu tempo

Desafio Crescer 3 – Seja luz

Desafio Crescer 4 – Se não é o melhor, não faça

Desafio Crescer 5 – Infuência das redes sociais

Desafio Crescer 6 – Pequenas decisões, pequenos resultados

Desafio Crescer 7 – Pare com as desculpas

Para não perder nenhuma postagem do Desafio Crescer, cadastre-se!

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

 

Nos vemos!

 

Jornalista, especialista em finanças, autora de 5 best-selleres, colaboradora dos programas Mulheres (TV Gazeta) e Escola do Amor (Record TV). Colunista do portal R7 e youtuber.

  • Boa noite,
    Isso é fato. Vivi muitos anos deixando os outros decidirem por mim e quando vi que estava perdendo o controle da minha vida, foi quando decidi que eu tinha de ser responsável pelas minhas escolhas e arcar com as consequências delas. É duro, mas muito melhor do que viver debaixo da vontade alheia.

  • Seus textos sempre contribuindo muito para nos ajudar a pensar. Muito bom!

  • Estou vivendo nessa situação e lutando para sair dela . Buscando autoconhecimento e crescimento pessoal para não deixar mais que ninguém decida por mim e sim que eu viva feliz com as decisões que tomei. Vivi muitos anos de baixo de pressão de pessoas tentando impor para mim o que eu tinha que fazer e me ameaçando de que ,se não fizesse aquilo que eles queriam nunca minha vida iria dar certo.

    • Se a pessoa acha que sabe como fazer a vida do outro dar certo, por que, então, não fazem a vida delas dar certo, não é mesmo? rs…rs…

  • Eu parti para 2019 exatamente decida a não mais deixa que ninguém decidir a minha vida tenho 51 anos e a bagagem e grande estou a um mês com uma vida nova decidindo tudo minha vida estou amando 🤗.

  • As decisões nem sempre são fáceis, mas são necessárias. Viver empurrando com a “barriga” so vai fazer com que se prolongue aqui que está acontecendo, e fazer a pessoa ficar infeliz e frustradas. Decidir e resolver e sempre o melhor caminho.

  • Olha eu sou freelancer e já passei pela experiência de decidir uma nova forma d pagamento pq eu já tinha levado dois calotes (mas não contei pras pessoas), e então tive um pedido de uma pessoa da minha família, aí não aceitou a nova forma d pagamento e até me xingou, acredita? A pessoa ficou brava e cancelou o pedido q eu já tinha feito, ia levar outro calote! Não cedi e no final deu certo graças a Deus. Já tive experiência tbm de ter a direção d Deus, ou eu mesma ter decidido algo pra minha vida e tbm teve gente falando como se eu estivesse no caminho errado, mas graças a Deus eu entendi q deveria continuar decidida 🙂 Tem hora q temos q ser surdas! Acredito q ser uma pessoa decidida, para coisas boas claro, é uma coisa que Deus quer que sejamos. Imagine: a vida é nossa e a outra pessoa decide se vamos ter filhos, se vamos parar d ir na igreja, se vamos trabalhar disso ou daquilo, se vamos ou não lutar pra realizar nossos sonhos……assim não dá! Bjos!!

  • O desafio de ontem falou muito comigo, cheguei a riscar em minha mão( PARE DE DAR DESCULPAS).
    Não são em todas as áreas da minha vida, mas tem algumas que parece que as desculpas estão no meu vocabulário.
    Falei que esse ano tudo vai mudar, minhas decisões, a minha forma de pensar e tbm minha vida financeira, e esses desafios já está me ajudando muito.
    O desafio de hoje tbm falou muito comigo, eu estou em uma indecisão se faço ou não o BC no meu cabelo que está em processo de transição, ai fico perguntado um e outro, só que no meu interior eu quero cortar.
    HOJE MESMO JÁ TOMEI A MINHA DECISÃO.

  • Isso me faz lembrar a frase: ” Se vc não faz a sua agenda, está deixando que outros façam por vc!” Obrigada Patrícia, suas dicas são top demais! 💙👍🏼

  • Esse post também me lembrou sobre o tema do desafio 2, ter o controle do próprio tempo…se não impormos as regras, inclusive para nós mesmas, alguém vai usar nosso tempo e fazer as regras como bem entender! E quando percebemos estamos reclamando do que nós mesmas deixamos acontecer. E não é porquê até aqui foi assim, que precisa continuar! Bjs

  • Sensacional…como sempre Patrícia!!! Que texto bacana!!!
    As vezes a gente entrega a terceiros coisas tão importantes, sem perceber que estamos fazendo isso…
    Obrigada por textos tão oportunos!!! bjs

  • Paty, quantas verdades!
    Eu nunca parei para pensar sobre isso. Via o ato de terceirizar de outra forma, mas não tinha me dado conta que até em coisas simples e do nosso dia a dia acabamos permitindo que os outros interfiram em nossas decisões. Muito obrigada!

  • Estive vivendo desta forma há 18 anos. Graças a Deus, hoje me libertei desta limitação.

  • Cheguei HOJE por aqui e já devorei os desafios! Como tenho me identificado com esse conteúdo! 2019 já está sendo um ano de mudanças muito significativas na minha vida – por iniciativa minha de buscá-las – e inspirações, como vc, só me chegam a todo momento! Me inscrevi para receber as novidades no e-mail. Obrigada por dividir.
    Grande abraço

  • A pior coisa é depender dos outros, ainda mas quando nos limitamos e deixamos os outros tomarem decisões por nós. Viver dependendo disso, é viver estacionada.

    Vamos decidir por nós mesmas !!!

    Beijos.

  • Só li verdades. O interessante é que em várias situações a gente acaba terceirizando sem perceber.

  • Li esse texto só hoje, mas era exatamente o que precisava ouvir. Não posso adiar atitudes por causa das outras pessoas, temos que ter o controle da própria vida.
    Obrigada Patrícia!

  • parabéns Patricia como vc faz a gente refletir sobre coisas que a gente faz e não percebe o mal que estamos fazendo a nós mesmo. Sensacional muito bom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *