Quem acha que não está sob influência das redes sociais engana-se! Tudo que vemos e lemos nos influencia. Será que o estilo de vida “perfeito” dos digital influencers tem impactado a sua vida e o seu bolso?

 

Influência das redes sociais, cuidado!

 

Uma fintech de empréstimos pessoais online revelou que o número de pedidos de empréstimo para viagens subiu 121%.

No geral, os pedidos subiram 13,67% e, na maioria dos casos, o objetivo é quitar dívidas (31,5% das requisições).

Esses dados mostram que muitos têm sucumbido diante da força das redes sociais.

Isso porque, quando você vê seus amigos viajando, postando selfies e mais selfies nos mais variados lugares do planeta, você acha que há alguma coisa de errado com você!

Afinal, você está trabalhando ou passando férias em casa mesmo…

Assim sendo, o “certo” seria estar curtindo a vida como eles…

Mas aí, você lembra que dormiu na cama de sempre, tomou café correndo e pegou a condução rotineira para o trabalho!

Seus pés não estão na areia fofa, pelo contrário, estão inchados pelo calor!

Não é possível, há alguma coisa de errado com você!

Por que você não tem dinheiro como “todo mundo” para poder viajar igual a “todo mundo”?

“Todo mundo” tem dinheiro, só você que não?

A questão é que esse “todo mundo” também não tem dinheiro, mesmo que pareça que tem!

Ou seja, grande parte das pessoas que você viu curtindo nas redes foi viajar com dinheiro levantado em empréstimos.

Esses empréstimos serão pagos recheados de juros ao longo dos próximos meses, mas isso ninguém vai postar!

Além disso, há os que chutaram o balde e usaram o dinheiro que deveriam pagar as contas.

Fizeram um rombo no orçamento para “resolver depois”.

Saiba há muita gente postando caviar nas redes sociais sem ter dinheiro nem mesmo para a mortadela!

Por isso, não acredite em tudo o que vê!

E mais:

Se você não pode viajar agora, não pode trocar de carro, não tem como dar aquela festa ou fazer algo que “todo mundo está fazendo”, afaste-se das redes!

É radical, eu sei, mas essa influência ilusória está causando prejuízos reais no bolso de muita gente.

Sem falar nas questões de autoestima quando “todo mundo” tem o corpo perfeito e só você não tem…

Não, as pessoas não são como as redes sociais fazem você pensar que são.

Elas não têm tudo o que as redes sociais fazem você concluir que têm.

E, sim, elas também terão de enfrentar as consequências do mundo real.

Mas como eu disse, isso você não vai ver na timeline delas, afinal, elas jamais publicarão!

 

Então, você já entendeu o desafio: não se deixe influenciar.

Se necessário, pare de seguir pessoas que tiram o seu foco da vida real.

Evite a má influência e você vai ter uma vida melhor!

 

Para não perder nenhuma postagem do Desafio Crescer, cadastre-se!

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

 

 

Para ver os desafios anteriores, clique sobre os títulos:

 

Desafio 1 – Aprenda a aprender

Desafio 2 – Assuma o controle do seu tempo

Desafio 3 – Seja luz

Desafio 4 – Se não é o melhor, não faça

Nos vemos!

Jornalista especialista em finanças, autora do best-seller Bolsa Blindada, colunista do programa Mulheres, TV Gazeta e youtuber.

  • Realmente! Como influência.! E tem pessoas que se iludem achando que apenas eles não conseguem’curtir a vida adoidado”. Um desafio e tanto para a maioria. Muito oportunas, a abordagem e o tema.

  • Bom dia
    Muito bom verdade as redes sociais sao um perigo.

  • Esse post falou muito comigo, estava seguindo muitas youtubers com vida “perfeita”. E muitas vezes me sentia frustrada com a minha vida. Mas já deixei de segui-las, e vou focar em pessoas que agregam muito a nossa vida como você Paty!

  • Bom dia🌞
    Há mais de um mês delintalei é deletei minhas redes sociais porque percebia que estava me contaminando de mais com elas e a cada dia percebo que estou no caminho certo e me sinto até mais leve e com mais tempo para ver conteúdos que realmente me acrescentam.
    Amando os desafios🤗🤗🤗

  • Muito bom este artigo. Já fui influenciada por vídeos sobre produtos para beleza, fazendo gastos desnecessários. Sempre alerta! Bjs

  • Parei de seguir todo mundo que influenciava a comprar coisas que eu não precisava. Fiquei com muito poucos influencers que mesmo fazendo propagandas, fazem de forma mais responsável.

    • Isso é importante, pois para manutenção de blogs e páginas, precisamos de patrocinadores (falo por mim mesma). Nós investimos muito tempo no desenvolvimento de conteúdo e se não temos nenhum retorno financeiro não é possível seguir com o trabalho por muito tempo. Mas tudo tem que ser feito com responsabilidade 🙂

  • Olá, Patrícia!

    Enfim, consegui chegar ao Desafio do dia. Estou muito feliz porque suas postagens estão em consonância com tudo que venho buscando para minha vida: mudança de mindset, liberdade e leveza.

    Sobre o post de hoje, fiz uma reflexão sobre o documentário “Follow me”, do Netflix. Eu estava numa de usar o Instagram para ver a vida das pessoas e desejar ser como elas, em tudo. Após assistir ao documentário, comecei a fazer uma faxina de dentro para fora. Percebi que muitas das postagens não refletiam a vida real dessas pessoas. Parei de seguir alguns, principalmente os que me influenciavam ao consumo ou a tal lista de desejos. Pra mim foi algo purificador, literalmente, pois passei a ter mais foco na minha vida, nos meus sonhos reais, nos meus propósitos de vida. Estou em aperfeiçoamento, mas me sentindo muito mais feliz.

    Mais uma vez, obrigada por contribuir para o meu crescimento pessoal!

    Beijos e um ótimo final de semana!

    • Oi, Evie! Muito obrigada pela citação do documentário. Não assisti, mas já foi para a listinha da Netflix! Bjs

  • Muito bom esse artigo, sem perceber as pessoas vivem em um mundo virtual infelizmente, tendo como base a expectativa da rede social tanto para tirar de lá pra sua vida, quanto para levar/postar pensando no que os outros vão pensar.
    Já vi meninas passarem horas com um celular na mão tirando foto numa festa de casamento, e tudo acontecendo ao redor, para no final, escolherem 1 foto das milhares selfies e postarem em troca de like.

  • Bom dia Patrícia, que bem comecei a fazer o desafio sem perceber, vi que eu estava indo muito ao facebook e (custei a tomar a decisão ) mas apaguei ele . Pensa numa pessoa com mais tempo pra pensar 😎 to achando o tempo pra terminar as coisas que tinha começado . Tenha uma boa semana.

  • Realmente, temos que ser seletivos e críticos com o que vemos na internet. A vida da maioria das pessoas nas redes sociais aparenta ser maravilhosa, mas muitas vezes não é a realidade.

  • bom dia Pat
    antes mesmo desse post eu ja tinha me programado em minha arrumação de fim de ano onde desentulhei um monte de coisas e vi o tanto de roupa que tenho lindas e de anos em estado bem novo e me servem porque realmente me esforcei para voltar ao meu peso antigo, muitas vezes comprei coisas sem precisar, resultado um monte de coisa inutil, entao me programei da seguinte forma, vou fazer uma semana usando aquelas roupas, essa semana foi a semana da saia midi, ainda ficou um monte de saia sem usasr pois tenho muito mais que 5, exagero né mas erros atras que agora aproveito, eu fiz um post no meu instagram na verdade nem sei se as pessoas leem a legenda ( eu leio todas) ou apenas veem as fotos mas minha parte vou fazer vou escrever o que tenho aprendido, e quem sabe eu possa ajudar alguem, vou te marcar sempre pois afinal aprendi muita coisa com vc, e antes eu nao usava as hastgas nem marcava bom assim deixava de levar a mensagem esse ano de 2019 decidi que vou fazer a diferenca na minha vida e de outras pessoas, principalmente as que querem se matar pq nao tem a vida perfeita do instagram

  • Olá Patrícia,
    Gostei demais!!! As pessoas precisavam postar fotos delas trabalhando duro durante o ano para terem o privilégio de se divertirem num período dele. Nunca vejo fotos de funcionários na empresa, escritório, alunos nas escolas, donas de casa na limpeza, etc. Isso sim é real. Por que senão fica parecendo que num “passe de mágica” estamos de férias, mas espera aí, férias não é um período destinado a quem TRABALHA? É, tá faltando mostrar o TRABALHA, primeiro e depois o lazer. Quem sabe estas deverão ser nossas próximas postagens: TRABALHO.
    Um abraço, você é sensacional!!!

  • Realmente, isso influência muito. Quando vemos os comentários, dá aquela vontade, quase esqueço das prioridades mas sigo no foco.

  • muito bom . as pessoas que sigo nas redes sociais são só pessoas como que acrescentam como vc paty ,não sigo quem posta muito da vida pessoa que não vai me acrescentar n ada , comparar não faz bem somos diferentes com historias e necessidades
    diferentes .

  • Bom dia !!! ta ai uma verdade, nos dias atuais somos mesmo influenciados pelas redes sociais e por fakes …. vamos abrir os olhos da razão e nao ficar querendo se comparar com a e b e etc…

  • O comentário da Evie me fez lembrar d uma vez que fiz o jejum de Daniel e se não me engano eu percebi q me senti diferente, por exemplo, se eu assistia coisas de ação e ficava influenciada por aquilo isso saiu d mim de alguma forma…foi uma desintoxicação rs, sendo assim eu podia ser mais eu mesma e ser menos alguém q é o que consome. De vez em quando eu dou uma olhada na minha lista d quem estou seguindo no instagram para ver quem posso parar de seguir. Bjos!

  • Faz alguns anos que não sigo ninguém no facebook, tenho uma conta para acompanhar blogs e grupos que tem conteúdo que me fazem crescer, sou inscrita em canais que me ajudam a melhorar, nada de instagram ou outros, quem sempre tem reforçado esse propósito e manter o foco: Patrícia Lages! Obrigada!

  • Obrigada Patrícia, aprendendo a cada passo desse desafio. Adorei!!

  • Essa é uma grande verdade!!! A vida real está não não é a que esta estampada na “nuvem”. Arrasou!!!!

  • Sábias palavras! Tem muita gente desenvolvendo a doença depressão por acreditar que sua vida é muito banal, se comparadas às vidas “perfeitas” das redes sociais.
    Muito boa esta reflexão, Patrícia!

  • Gostei! Não tinha parado para pensar nisso. Realmente muitas pessoas são assim nas redes sociais! Bjs

  • E assim a maioria das pessoas vivem, ostentando uma forma de vida a qual não possui, e muitos sofrem internamente. Este post foi um alerta, algo para despertar, pensar em nossas atitudes. Obrigado mais uma vez!

  • uma epoca que estava solteira percebi que estava me sentindo pior, mais sozinha e carente ao assistir uma serie novela com casais apaixonados, deste entao parei de acompanhar novela;
    sobre insta vc tem toda razao, deixei de seguir varias

  • Um fato!
    Vemos até influencers que eram mais felizes no início de sua jornada de youtuber e hoje que tem tantas facilidades não são.
    Devemos estar alerta pra não ficarmos vivendo a vida dos outros e perdendo a oportunidade de desfrutar da nossa!

  • Só li verdades! O post de hoje é para provocar reflexão.
    #FoodForThought
    😘😘

  • O ser humano é muito influenciável e a melhor forma de o fazer é sem dúvida as redes sociais.
    Com a Internet podemos andar mais atualizados, o que temos mesmo de fazer é cada um ser como é, gostar de como é.
    Para isso tem que fazer as suas seleções.
    Post de hoje muito bom como sempre.
    Obrigada por usar este meio de comunicação para uma influência positiva na vida das pessoas.

  • Esse desafio e ótimo. Deixei de seguir muitas blogueiras principalmente no Instagram. E como diz o ditado: Nem tudo que parece é. A melhor coisa a fazer é não deixar se influenciar pelo que os outros estão vivendo.

  • Oi Paty, sou sua fã e seguidora! Obrigada por abrir nossos olhos!!! Desde que li o seu primeiro livro eu comecei a fazer ajustes na minha vida como um todo. Comecei a ter outros olhos para as finanças. Hoje, consigo comprar o que preciso, se preciso. O prazer de consumir foi substituído pelo prazer de me controlar. E, hoje, eu consigo entrar e sair de uma loja sem comprar nada, sem me sentir culpada por gastar ou inferiorizada por não poder gastar. Atualmente, dou mais valor ao meu dinheiro… quando eu não estou com vontade de cuidar da casa e penso em chamar uma faxineira logo me vem o seguinte pensamento “.. a Patrícia Lages do Bolsa Blindada, não tem faxineira…” aí eu me reorganizo e faço tudo, economizando o dinheiro da faxina… O mesmo vale pra “marmita” e “água mineral” kkkkkk Muito obrigada por se dar tanto por cada uma de nós!!!

    • Muito bacana! Com o volume de trabaho e viagens tive que chamar uma diarista que está vindo a cada 15 dias!

  • Ótimo tema Patrícia, Parabéns! Sem falar que a neurociência defende que nosso cérebro não foi programado para ficar muito tempo navegando na “rolagem infinita”! O máximo de redes sociais por dia deve ser 15 minutos. 😊👍🏼

  • Estou amando dar esses pequenos passos. Mesmo atrasada estou fazendo o melhor.

  • Muito bom!
    Eu tentei excluir minha conta do Instagram. Como não consegui desinstalei o aplicativo,pois querias as roupas que as blogueirás postavam. E estava tentando comprar igual,mesmo sem ter dinheiro. Precisava me atentar pra minha realidade e não viver uma vida que não a minha,sendo mau exemplo para o meu filho.
    Estou adorando os desafios,inclusive fazendo uma anotação sobre cada postagem .
    Fiz isso com o desafio dos 21 dias do ano passado e os consulto até hoje. Ajudou muito.
    Que Deus continue te iluminando.
    Obrigada por contribuir tanto para o nosso crescimento pessoal e profissional.
    Bjuus.😘😘

  • Muito bom!
    Desinstalei o Instagram por perceber que não me acrescentava nada. E ainda me influenciava a comprar roupas das quais não teria nem onde usar. E ainda me fazia dar mau exemplo ao meu filho vendo a mãe gastar tanto com roupas.
    Agora vou investir na melhoria da minha casa.
    Estou amando os desafios,e fazendo uma anotação para cada um sobre os aspectos que preciso melhorar. Fiz isso com desafio dos 21 dias e ajudou imensamente.
    Obrigada patrícia pelo trabalho maravilhoso.
    Que Deus continue te iluminando.👏👏😍

  • Dona Patrícia Lages, a senhora é uma influênciadora do bem; o Senhor Jesus a iluminou com a sua sabedoria para nos ajudarmos. Que o Deus de Israel a abençoe poderosamente. Estou muito feliz em fazer parte deste desafio. Na fé!

  • Como tudo na vida, é preciso ter sensatez e senso crítico para não se deixar levar pela aparências 🙂

  • No meu local de trabalho, tenho uma colega que passa horas no computador vendo fotos de viagens e mulheres com o corpo escultural. Para piorar, faz vários comentários atrapalhando o restante dos funcionários.

    • O que vc pode fazer é não deixar se influenciar e se ela te atrapalhar, informá-la que ela está lhe atrapalhando. Não será uma medida popular, mas se vc entrar na dela e deixar que a atitude dela tome conta, vai acabar sendo prejudicada.

  • Li vários comentários aqui de pessoas que desinstalaram o instagram e o Facebook porque não conseguem usar essas ferramentas com sabedoria. Entendo, fazem bem. Porém eu penso que seria melhor aprender a usar e aprender a “seguir” os influencers. Falo isso porque já vi pessoas que pararam de usar as redes sociais e no começo foi só alegria. Depois de um tempo sentiram falta e voltaram a usar da mesma forma de antes dizendo “Ah tentei mas não consegui” ou “Ah mas eu queria seguir aquela página que posta coisas legais”. Nesse caso acho que é melhor aprender a usar do que deletar. Como já foi dito aqui, faça um Detox e pare de seguir aquilo que não te acrescenta. Em troca siga aqueles que são bons influencers como a Patrícia Lages, o Vida Organizada, entre outros. Gosto muito quando os influencers fazem duas contas nas redes, uma pessoal e outra para a sua marca (blog/ canal) pois assim podemos seguir somente a marca. Acredito que a maioria de nós seguem blogueiras de moda. Gente, não precisa comprar tudo o que elas indicam, sabia? Elas estão lá dando dicas e você aplica o que lhe cabe. Elas mostram os looks para você se inspirar (se inspirar não é copiar), se inspirar é ver a blogueira usando vestido com tênis e pensar “acho que meu vestido x ficaria bom com meu tênis y, nunca tinha pensado em usar vestido com tênis, vou testar”. Se deu certo, ótimo. Se não deu desencana. Você não precisa comprar aquele modelo daquela marca que a blogueira está usando. Os influencers fazem propaganda porque é uma das formas de fazerem dinheiro, não os julguem por isso. Aprendam a seguir. Se você deletar suas redes sociais como vai seguir a Patrícia Lages e compartilhar o conteúdo dela para outros conhecerem?

    • É verdade, Dani. É o mesmo que digo quando a pessoa não sabe usar o cartão de crédito, pois cedo ou tarde ela vai ter de aprender. O que acontece hoje é que existe a questão do vício nas redes (não apenas mau uso). Muitas vezes é preciso quebrar o cartão ou desinstalar a rede social para aprender a viver sem. Depois de passado o mau hábito, aí sim, aprender a fazer bom uso! Beijos e obrigada pelo comentário tão sensato!

  • Bom dia, muito real esse post, a vida é muito mais que rede sociais!!!

  • Oi Paty, hoje vou poder te contar que por muitas vezes me senti assim como você escreveu no blog: “todo mundo viaja e eu não!” mesmo porque acho que não há quem goste de viajar mais que eu… Mas VOCÊ me ajudou a resolver esse problema! acredito que comecei a seguir seu blog e seus conselhos antes do lançamento do seu primeiro livro e, a partir disso, tudo começou a mudar. Sei que não é muito, mas para quem tinha várias dívidas (não vencidas, graças a Deus) e nem cogitava viajar para longe e ficar “de boa” vários dias, hoje com o planejamento ensinado por você temos condições de fazer pelo menos uma viagem boa por ano e tudo pago com no máximo seis meses de antecedência. Alguns amigos me perguntam como a gente consegue aí eu digo: aprendi nos posts do blog Bolsa Blindada e com os livros da Patrícia Lages. Sem puxa-saquismo Paty, mas você faz a diferença na vida das pessoas que estão dispostas a seguir seus conselhos, você ajuda as pessoas a realizarem seus sonhos. Gratidão me define! Deus permita que você alcance cada vez mais pessoas! Beijos #amoserblindete

  • Exatamente como eu penso de alguns anos pra cá!
    Claro, após começar a acompanhar seu blog e livros.
    E foi exatamente essa atitude que tive, usando a razão e me afastando das redes e priorizando o que realmente importa no momento.
    Plantando certo hoje para amanha poder pagar a vista minhas maravilhosas viagens hehheh!

  • Verdade Paty, meu esposo não está aguentando ver fotos dos colegas dele de férias, etc e tal…
    Cada uma indo pra uma praia diferente, cachoeira, cidade e até país diferente. Ele queria viajar, mas coloquei o pé no freio. Não estamos endividados, mas se viajassemos o dinheiro não daria pra manter as contas em dias.
    O ano passado só fizemos viagem à trabalho, mas esse ano vamos fazer uma viagem em baixa temporada.

  • Verdade. Em tudo precisamos ter limites, e conhecer os nossos próprios limites faz com que não sejamos influenciados por ninguém. Já aprendi, na dor, sobre cartão de crédito e fazer/comprar porque as pessoas fazem, e isso não é nada legal. A melhor coisa a se fazer, é saber dar os passos conforme as próprias pernas e ter a consciência tranquila disso.

    Não vamos nos deixar influenciar por aqueles que não pagam nossas contas rs.

    Beijos

  • Realmente, tem coisas, até mínimas que fazem a gente perder o foco…. temos que ser radicais mesmo!!!

  • A vida das pessoas nas redes sociais são perfeitas, uma ilusão, e precisamos ter esse discernimento para ver a nossa realidade com bons olhos!!!!
    Amando os seus posts 😍

  • Ufa, esse é mais simples. Há muito tempo me sentia pra baixo quando via a vida das pessoas no Facebook e ao comparar com a minha, achava que eu era a única pessoa que não tinha uma vida “perfeita”. Mas um post seu antigo me abriu os olhos (onde você falava de foto com parede precisando de reboco, que as pessoas tiravam foto de prato de comida mas na verdade comiam outras coisas e por aí vai) e também prestando mais atenção no que as pessoas postavam e quando via a reclamação de muitas coisas na realidade, comecei a perceber que era tudo fachada. Me libertei disso e vivo no mundo real, sem influência das redes sociais (na verdade, só coisa boa, como suas orientações, que valem a pena aprender e colocar em prática).

    • A comparação já é injusta por si só, ainda mais quando concorre com algo que nem existe!! Bjs

  • Há alguns dias atras fiz o DETOX do meu instagram foi uma das melhores decisões que tomei… Realmente é horrível se comparar, você sempre se diminui. Obgg por mais um texto <3

  • adorei esse desafio , pois muitas vezes a gente vive influenciado por aparências que as vezes nos deixam tristes , pois vive uma realidade que não são suas e muitas vezes pagam um preço caro por isso dividas e acabam sem entender e ficam furiosas e deixam as outras pessoas também . precisamos vivenciar o que realmente somos.

  • Sou 100% a favor do detox da vida! Dar adeus a tudo que não me faz bem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *