Isso mesmo: o silêncio é parte integrante de uma boa comunicação. Saiba como reconhecer o momento ideal para manter o silêncio!

Silêncio fala muito!

No post de segunda-feira falamos sobre aquele tipo de comunicação onde todo mundo fala, mas ninguém de fato ouve. E hoje vamos destacar a importância do silêncio.

O silêncio deve fazer parte de toda boa conversa, complementando o que dissemos também no post de ontem (Falar ou calar).

Porém, ele não não se aplica apenas a conversas, mas sim, a diversos tipos de comunicação, principalmente nas redes sociais.

Há pessoas que se sentem na obrigação (ou no direito) de opinarem sobre tudo o que aparece na sua timeline.

Como é impossível saber de tudo e estar antenada com todos os acontecimentos, muita gente acaba falando do que não sabe e isso é péssimo.

A pessoa que não sabe do que está falando, mas opina para não deixar passar em branco, fala muito sobre si mesma.

Por exemplo:

  • Mostra que sua credibilidade não é importante para si mesma;
  • Entrega sua falta de profundidade e análise;
  • Demonstra ser precipitada;
  • Se preocupa demais com a opinião dos outros (uma vez que, na maioria das vezes, faz isso por likes e comentários);
  • Revela-se tola sem perceber.

 

Para observar é preciso silenciar

Certamente uma das coisas que faltam hoje em dia é a observação do que acontece ao nosso redor.

As pessoas são capazes de passar em frente a uma loja enorme e dirigir-se ao segurança do shopping para perguntar onde fica!

Às vezes, ao parar para observar as pessoas, vejo que muitas delas agem como crianças em um parque de diversões.

Sabe quando a criança fica tão extasiada com tantos brinquedos e possibilidades que não sabe o que fazer? É mais ou menos isso…

As pessoas se distraem com tantas coisas que quase nunca estão, de fato, raciocinando.

O mundo é barulhento, as pessoas falam o tempo todo super alto e, nisso, parece que todo mundo fica sob o efeito de algum anestésico.

É preciso silenciar em alguns momentos e observar. Observe como você tem agido, o que tem publicado nas redes sociais, observe também as pessoas e veja o quais comportamentos você não quer repetir ou imitar.

Tudo em você é uma forma de comunicação, então, observe o que você tem feito e com quem tem andado, pois o comportamento dessas pessoas certamente influenciarão você!

 

Para terminar, um ditado judaico muito interessante:

“Se o silêncio é recomendável aos sábios, quanto mais aos tolos.”

 

Nos vemos!

Jornalista especialista em finanças, autora do best-seller Bolsa Blindada, colunista do programa Mulheres, TV Gazeta e youtuber.

  • Eu admiro tanto você, tanto pela sua inteligência, como também pelo seu dom de escrever.

  • Gosto muito do Bolsa Blindada , ja acompanho ha alguns anos sempre dicas excelentes e importantes ! Deus abençõe seu trabalho.

  • A velha máxima que temos 2 ouvidos e uma boca não é à toa. Excelente texto Pat. Você arrebenta!! Beijo!

  • Nossa Paty essa semana assistir um vídeo q falava sobre isso o silenciar calar a boca, não só para observaras para as coisas darem certo e sim só falar depois do acontecido. E agora v sei post só complementou a visão da outra especialista. O negócio é Blindar a Boca!
    Obrigada!
    Bjos

  • Bom dia, obrigada por seus ensinamentos, tenho aprendido muito com você. Patricia me desculpe se estou sendo curiosa demais a seu respeito, mas quero te fazer uma pergunta, você e evangélica? Porque suas palavras e seu comportamento revelam isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *