Uma pessoa que não se conhece, que não sabe porque faz o que faz ou pensa como pensa, dificilmente chegará ao sucesso. O autoconhecimento é a chave que abre a principal porta: a sua! Confira o post de hoje!

Autoconhecimento é a chave para o sucesso

Veja que interessante o comentário desta leitora (está editado, pois o original é maior):

Meu problema é compras de roupa pela internet. Já fiquei quase 2 meses sem comprar, mas surgiu uma necessidade real e acabei extrapolando (pensei exatamente como você relatou em um texto anterior, “Já que tive que abrir uma excessão, vou chutar o balde!”).

Aderi ao seu desafio de 30 dias sem compra, mas surgiu a oportunidade de comprar um vestido com um desconto de quase R$ 100,00. Resisti alguns dias, até que descobri que era a última unidade e tinha outra pessoa interessada. Na hora nem pensei muito, corri e fiz a compra.

Depois, me deu uma tristeza, pois eu NÃO PRECISO DELE, NÃO TENHO MAIS ESPAÇO PARA GUARDÁ-LO, e PRINCIPALMENTE fiquei frustada com minha falta de domínio próprio. Fiquei 2 dias arrasada, mas continuei lendo os desafios e tomei coragem para solicitar cancelamento da compra. A minha luta maior tem sido contra mim mesma, e você tem me ajudado nisso.

Certamente, a Munick, autora do comentário, percebeu o real objetivo do nosso desafio: o autoconhecimento!

E, além disso, percebeu também que a falta de autocontrole, que ela sabiamente chamou de domínio próprio, é o que estava faltando para ela.

Há pessoas comentando que ficar 30 dias sem compra é normal, pois estão sem dinheiro, mas as perguntas que ficam são:

  • Por que estão sem dinheiro?
  • O que aconteceria se elas estivessem com dinheiro?
  • Uma vez que tivessem sobre no orçamento, teriam coragem de participar?

E, provavelmente, as respostas mais comuns são:

  • Estão sem dinheiro porque, quando tiveram, gastaram além do que deveriam.
  • Se estivessem com dinheiro, comprariam sem raciocinar sobre a compra.
  • E se estivessem sobra no orçamento, não participariam por saberem que não conseguiriam se conter.

Objetivo principal do desafio

O que queremos com o nosso 30DSC, além de fazer a sua bolsa ficar blindada, é fazê-la se conhecer melhor.

Quando você sai do automático e começa a pensar, você aprende uma porção de coisas sobre si mesma.

Para citar outros comentários, temos uma leitora que disse ter sido chamada de mão-de-vaca por não querer entrar em um consórcio.

Ela, além de não ceder à pressão e não se entristecer com a ofensa, percebeu que a opinião da colega não importava nem um pouco.

Uma atitude como essa é, antes de mais nada, LIBERTADORA.

Não há coisa melhor do que você poder ser quem quiser ser e não quem os outros querem que você seja!

Por isso, continue firme se você acha que o 30DSC está lhe fazendo bem.

Procure viver esse momento de autoconhecimento e seja a pessoa que você deve ser: VOCÊ MESMA!

 

 

LISTA DOS DESAFIOS JÁ POSTADOS:

DIA 01 – Desafio 30 dias sem compras – Começa aqui!

Dia 02 – Vença os obstáculos invisíveis

Dia 03 – Vença as lutas visíveis

Dia 04 – Vença as vergonhas financeiras

Dia 05 – Não é uma resposta completa

Dia 06 – Defina um objetivo e as lutas virão!

Dia 07 – Critérios para compras durante o Desafio

Dia 08 – A onda do empoderamento desempoderado

Dia 09 – Cuidado com as compras via internet

Dia 10 – Você foi programada para ser pobre

Dia 11 – Não te entendo, te ofendo

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

 

Nos vemos amanhã!

Jornalista especialista em finanças, autora do best-seller Bolsa Blindada, colunista do programa Mulheres, TV Gazeta e youtuber.

  • Paty, bom dia! Eu tenho dinheiro sobrando, pq estou aprendendo a administrá-lo, tem coisas que gostaria ou precisaria comprar e não estou comprando, pq penso e analiso umas 10 vezes antes, me fazendo perguntas: pq eu quero? Pq eu preciso? Tem que ser agora? Vai realmente ser útil? Etc. Como se existisse a Patricia adulta conversando com a Patricia criança! Tem dado resultados positivos!

  • A cada dia estou ficando mais forte e,a vontade de comprar menos.Mesmo entrando em site de compras que eu ainda continuo,estou conseguindo me controlar.Mais um dia firme e forte.E grata por esse desafio 30Dsc

  • muito bacana a experiência delas…

    sabe Patricia as vezes vou ao mercado e fica dentro de um shopping, e quando estou passando pelas lojas vem aquela sugestão na minha mente assim: passa antes nas lojas pra ver as novidades…..
    e imediatamente eu lembro do que li nos seus livros: eu preciso de roupa? não? então vou direto onde me programei pra ir…

    é algo tão sutil, que é preciso que eu esteja em alerta comigo mesma.

    um grande abraço pra você e à todas que fazem parte deste maravilhoso blog.

  • Que leveza!!Pagamento lá no banco, cartão debito na bolsa e conseguir andar pelo shoping e nao comprar nada. Apenas aquele cafezinho que me prometi!

  • Livre, está é a palavra! Quando a Patrícia lançou o desafio eu quis participar de cara. E lendo os comentários via mulheres que diziam, não dá! Umas por acharem que iam ficar sem comprar absolutamente nada e outras porque já tinha feito uma compra naquele dia.
    Mas o que eu tinha compreendido desse desafio era exatamente isso LIBERDADE! Eu sou dona do meu dinheiro e não o contrário! Não pensem que é fácil pra mim. Mês passado eu recebi dinheiro e sem nem pensar duas vezes gastei quase 400 reais com o meu bebê. Cheguei em casa e já estava arrependida e confessei para o meu filho que tem 15 anos e ele falou eu já sabia desde da loja, que a senhora ia se arrepender. Então não é fácil, mas também não é impossível! Obrigada Patrícia.

  • Recebi meu pagamento e fui somar minhas dívidas do mês, entre prestações e outras ,e fiquei triste Patrícia,pois não irá me sobrar quase nada, só ficou o do mercado, E é nesse momento que ganho força para continuar desafio,no início 1 mês,mas quem sabe depois 2,3…😘

  • Para conseguir bens mais difíceis de conseguir, tive ao longo dos anos de me privar de outros. Hoje as compras são sempre feitas de modo consciente e tenho um orçamento mensal que divido por semanas e com uma lista faço as minhas compras. Quando necessito durante a semana de algo que falhou tento substituir por outro que ainda tenha. Foi isso mesmo que esta semana aconteceu. Não fui levada pora ir a correr comprar, pois isso ia sair do meu orçamento estipulado para a semana.

  • bem esclarecedor este post…o autoconhecimento é muito bom em todos os sentidos as vida…
    não só em relação ao dinheiro….. ainda aguento por vc estuda…por você vai em tal palestra…porque vc faz isso ou aquilo..sempre respondo para ser uma pessoa melhor a cada dia…e hoje que tenho 62 anos rs….tenho muito a dar e receber ainda…… abraço…

  • O desafio esta muito bom, os temas diarios ajudam muito, convidei algumas colegas no trabalho acharam difícil seguir, me mantenho firme no projeto, e estou regularizando contas que sairam do controle (cartão), me chamam de mao de vaca mas nao ligo, so eu sei o que estou passando com isso. Esse projeto veio na hora certa.

  • Boa tarde, Patrícia!
    Estou aprendendo muito.
    Quando eu era solteira era irresponsável, pois o q eu ganhava era somente para gasta a toa. Eu não investia e nem poupava para algo mais a frente, mas gastava com coisas ou roupas que muitas vezes nem usada, que dizer, gasto desnecessário. Quando eu casei, acabei sofrendo muito, pois não tinha sabedoria para administrar o dinheiro nosso, acabei contraindo muitas dívidas, quais eu não tinha quando solteira mesmo gastado a toa, quer dizer, aprendi da forma mais difícil a ter que economizar a fazer até sacrifícios. Vou dizer não foi fácil e ainda hoje não e, tenho q ter domínio próprio para não estrapolar. Agradeço a senhora por todas as suas postagens que nós ensina muito, aprendi economizar, a pensar, coisa simples pensar mais q eu sempre preferia que outro pensasse por mim, até isso, ( acredita? Rsrs..) para resolver qualquer coisa pedia para outra pessoa ir ou ligar para mim, pois me sentia incapaz de resolver qualquer problema. Tenho aprendido a vencer meus medos e timidez. NA FÉ. Obrigada Patrícia 😘

  • Estou blindadíssima! Nunca fui gastadora, mas ao conhecer o seu blogue, a minha relação com o dinheiro ganhou outra dinâmica, e o “segredo” acho que foi a questão de ter objetivos para o dinheiro. Com objetivos importantes em mente, fica muito fácil, pois o meu objetivo atual mais relevante é muitoooooooooooo mais importante que qualquer peça de roupa, perfume ou bugiganga. Rsrsrs. Acho que o facto de ser bastante ecológica também ajuda, pois preocupo-me muito com o desperdício dos recursos. Acho que já estou a chegar a uma fase em que deveria gastar um pouco (fico em dúvida se alguns itens, tipo roupa e calçado ainda estão em condições de usar…), e vou adiando, o que também não acho muito bom. Mas não me acho nada mão de vaca, pois tenho dinheiro e uso o dinheiro sem problema para tudo que é importante para mim (saúde, educação, etc.). Beijos, Sandra

  • Patricia, uma coisa que tem ajudado é revisitar o que eu tenho. É um bom exercício para saber que temos algo parecido, portanto, não precisamos daquilo que esta sendo mostrado. Fiz isso esses dias com uma nova cor de esmalte, ao ver uma pessoa tecendo muitos elogios a uma nova mascara de cabelo. Tenho uma queda por mascaras de cabelo, tenho várias. Abri meu armário, separei as de hidratação, as de nutrição e as de reconstrução e então pensei: tenho produtos ótimos, semelhantes, que me dão excelentes resultados. Não preciso disso agora. Fica para outra oportunidade, quando as outras de reconstrução (essa era a proposta da nova) acabarem. Respirei fundo e fui para a vida!Beijos

  • Seu post hoje está ótimo. Nada melhor que conhecer-se a si mesma. Analisando, podemos observar nossas falhas e nossas virtudes.Está difícil, mas não impossível. Obrigada pelo desafio. Abs.

  • Vc me confrontou com essas perguntas porque realmente estou sem dinheiro pra gastar. Então me pergunto: e se tivesse com o orçamento folgado? Acho que seria muito difícil cumprir esse desafio, talvez nem teria aderido. Obrigada Patrícia. Autoconhecimento realmente é o principal para conseguir uma mudança de conduta.

  • Eu me mudei semana passada e confesso que estou comprando algumas coisas necessárias para essa nova fase.
    Sempre busco filtrar as informações que eu recebo e praticar o que eu acho importante para a minha vida.
    Não estou cumprindo o desafio em 100%, mas estou fazendo trocas conscientes. Tipo: meus primos me chamaram para sair, eu dei a ideia de faser um jantar em minha casa para economizar e eles toparam numa boa! Estou praticando o desperdício zero na cozinha, pois eu comprava coisa demais, coisa repetida e agora estou administrando melhor meu estoque de alimentos.
    Por trabalhar em um shopping, a tentação das compras me rondam, mas tenho me controlado e comprado apenas itens que eu não tenha e que vá ter utilidade real para mim!
    Desde meados do ano passado eu consegui equilibrar minha vida financeira e foi um super ganho para mim!
    Essa semana tomei a atitude de cancelar meus cartões de crédito pq não estou com necessidade de comprar nada parcelado ou pré datado e estava pagando uma fortuna de anuidade. Estou pagando tudo no débito e sou bem mais feliz por não depender de um dinheiro que não é meu!

  • sensacional dicas maravilhosas que nos faz refletir sobre nossas atitudes do dia a dia.
    eu mesma quando eu não consigo realizar minhas metas diárias eu fico mi sentindo uma fracassada eu com 41 anos uma mulher de 1,67 me deixei levar por esse deslize por essa falta de auto domínio .Tanto na questão de compras como na minha reabilitação alimentar quando fugo e como o que não deve fico frustada ,mas estou conseguindo aos poucos e uma luta diária tudo tem tem a sua
    bom dia parabéns

  • Sou extremamente controladora e quando algo foge do meu controle fico desesperada… Não tenho conseguido ver meu orçamento de maneira correta, mas atraves do desfio, estou aprendendo! Obrigado!

  • Boa tarde!
    Este mês consegui me conte bastante, mas não foi o suficiente meu pagamento já foi embora.😢
    Mas não vou desistir😉

  • Para como desenvolver o auto conhecimento, sei que é algo particular, mas deve ter dicas a serem trilhadas.

    • Basicamente vc precisa sair do automático e começar a prestar atenção nas suas próprias ações e pensamentos. Busque a raiz das suas ações para responder sempre o porquê das coisas. Bjs

  • Estou amando o desafio dos 30DSC. Não é fácil, por isso se chama desafio, mas é libertador mesmo 😍. Meu objetivo no momento com esse desafio é me organizar financeiramente de forma que, além de passar a comprar de forma consciente, comprar sempre à vista, passar a usar o cartão de crédito de maneira inteligente, porque observei que este me passa uma sensação de segurança ilusória devido ter um crédito considerável, porém a fatura sempre vem, e não me agrado nada nada do valor final.

  • Estou realmente sem dinheiro, atolada em prestações. Mas participaria sempre desse desafio, pq é uma questão de mudança de hábitos.

  • Quando a gente vence a falta de controle financeiro, e finalmente vê o resultado, é mais recompensador ainda!

  • Quando vou a algum lugar que tem algo que me interessa penso:” Sempre haverá um produto similar que posso comprar em outra ocasião”. Viro as costas e pronto.

  • Meu maior problema também é a falta de domínio próprio nesse sentido. Sempre me convenço do porque devo comprar certa coisa, de´pois que compro, acho mil motivos do que porquê não deveria ter feito.

  • Estou na lista das que postou que nao seria dificil o desafio pq ja gastei o que nao devia… Mas ja estou melhorando muito do que era antes… Vou ao supermercado com um lista e nao compro nada a mais, estipulo um valor para compras na feira e sempre vejo o que ainda tenho na geladeira e ja estou conseguindo pagar mais as coisas no debito, evitando ao maximo usar o cartão de credito. E o melhor de tudo, mes passado consegui guardar 200,00. Estou indo devagar, mas ainda vou melhorar muito!!! Ahh e no sábado fiz uma comprinha, mas foi um presentinho que ja estava programado e valor estipulado… E consegui!!! Muito feliz com esse desafio e com suas dicas!!! Muito obrigada!!!

  • Meu maior desafio é não comprometer o que não recebi ainda, procurando me autoconhecer entendi que muitas vezes não tenho porque comprometo antes de chegar às minhas mãos e quando o dinheiro chega só vai para pagar contas, então toda vez que alguém diz ‘pode pagar depois’ já digo não posso não rsrs ah pode passar o cartão de crédito! (como se não fosse precisar pagar a fatura depois né) também digo não posso, nem estou mais usado cartão de crédito.
    No momento estou só quitando o que já tenho a pagar sem comprometer mais nada para o futuro ou em parcelinhas, logo termino e fico livre. É desafiador mas o 30DSC me incentiva muito e o que também tem me ajudado é ao final do mês planejar o que precisarei no mês seguinte, ponho tudo no papel e sigo a lista para manter o foco.

  • Realmente Patrícia, “não há coisa melhor do que você poder ser quem quiser ser e não quem os outros querem que você seja!”
    Devemos sempre nos alimentar de conhecimento, sempre procurar melhorar, sermos pessoas melhores, ouvir a nós mesmos, refletir sempre.

  • Auto conhecimento é tudo, estou fazendo um “destralhe e organiza na minha vida”, na minha casa achei coisas no armário que nem sabia que eu tinha….portanto, acho que isso também é se auto conhecer.
    Parar de gastar com bobeira e planejar o que se precisa verdadeiramente.
    Bjos

  • Penso que o pior não são as outras pessoas, somos nós mesmos, como diz o título do desafio do dia… Autoconhecimento…
    Querer mostrar ser uma pessoa que não condiz com a realidade faz cair nesse abismo, realmente…
    A pessoa sabe que não pode fastar, mas é convidada para um evento que precisa adquirir um ingresso…
    Fica sem querer assumir sua realidade e termina comprando ingresso , fica sem querer dizer que está no desafio, ou que a família está em contenção de gastos.

  • Está sendo realmente libertador para mim. Sempre fui muito consumista. Hoje já consigo me controlar e me sinto livre e sem medo de ser envolvida pelo desejo de comprar. Mas é necessário vigiar sempre.

  • Esse desafio tem sido maravilhoso, pois tenho pensando muito antes de fazer qualquer compra! Quando bate aquela vontade de comprar algo, começo a me perguntar o porque quero esse item, se vou realmente usar, se posso deixar pra comprar no mês que vem, o que com o tempo pode ser que eu mude de ideia e não queira mais o item, pois vi que não é algo necessário na minha vida.

  • Dona Paty, estou fazendo o 30DSC e tem me ajudado realmente a entender o porque das coisas, o porque da vida, e diferente do que o mundo acha, ninguém é melhor do que ninguém porque tem poder de compra. Antes me sentia empoderada em consumir e comprar e comprar, até que estourei o orçamento e cartões e fiquei pior do que antes, quando não tinha dinheiro pra comprar. Agora consigo entender com clareza quem sou e ter um guarda-roupa lotado não me melhora, ter a casa cheia de coisas não me torna melhor. Hoje tenho o necessário, vivemos bem, estou terminando de pagar as parcelas das dívidas que fiz e não tenho nenhum interesse em te-las de novo. rsrsrs. muito obrigada por me ensinar a educação financeira que não aprendi na escola e muito menos em casa.

  • Muito interessante esse post de hj…o autoconhecimento é tudo que precisamos para vencer os desafios…amando esse aprendizado

  • Quem acha que ficar um mês sem compra é fácil… Não é!
    É difícil dizer não para compras e uso desenfreado do cartão de crédito mas também não é impossível.
    O que eu mais aprendi neste desafio é que sou capaz de fazer várias coisas, basta tomar uma decisão.
    Obrigada pela iniciativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *