Sim, essa é a pergunta: o que o mimimi faz por você? Ele lhe ajuda em quê? Quais os benefícios que ele lhe traz? Será que você tem cedido ao mimimi?

O que o mimimi faz por você?

Basta que eu publique qualquer coisa sobre sucesso nas minhas redes – ainda que seja uma simples frase – e lá está ele: o mimimi!

E, muitas vezes, a própria pessoa que “destila” o mimimi não percebe.

  • Você fala de sucesso porque teve oportunidades!
  • E quem não tem ajuda, faz o quê?
  • Com dinheiro é fácil, né, meu amor?
  • Isso é porque você não tem filhos! Se tivesse não faria nem metade das coisas que faz…. Affff!
  • Queria ver fazer o que você “diz” que faz se morasse na minha cidade!

É o de sempre: as pessoas querem rebaixar as outras para se sentirem melhor.

Mas a pergunta é:

Em quê esse tipo de coisa ajuda?

Em que diminuir os méritos dos outros faz alguém crescer?

Apesar de todo mundo saber qual é a resposta, muitas continuam fazendo o que não resulta em nada de bom…

Por isso, a reflexão de hoje é bem pessoal:

Pergunte a si mesma se, no fundo, você não tem pensamentos parecidos com esse.

Será que você, lá no fundinho, não acha que as coisas para os outros são mais fáceis?

Será que você, quando ouve uma história de sucesso, pensa algo como:

“Vamos ver até onde vai esse fogo de palha?”

Será que você, de alguma forma, não acaba torcendo para que alguém que está no topo, caia para se sentir mais confortável com sua própria comodidade?

Caso esse tipo de pensamento passe pela sua cabeça, mesmo que o mimimi não faça parte do seu vocabulário, reflita e rebata!

Seja aquela pessoa que, de fato, torce pelo sucesso dos outros e que se inspira em quem é bem-sucedido para trilhar seu próprio caminho.

Certamente você terá muito mais a ganhar!

Para ler as reflexões anteriores, clique abaixo.

Dia 1 – Tempo para pensar

Dia 2 – Andar a segunda milha

Dia 3 – Cuide da sua vida

Dia 4 – O que as dúvidas causam

Dia 5 – Não se perca pelo caminho

Nos vemos amanhã!

Jornalista, especialista em finanças, autora de 5 best-selleres, colaboradora dos programas Mulheres (TV Gazeta) e Escola do Amor (Record TV). Colunista do portal R7 e youtuber.

  • OLÁ! PATRICIA, E
    EU ME IDENTIFIQUEI COM VOCE JUSTAMENTE QUANDO VOCE DISSE QUE APRENDEU COM SEU PAI POUPAR DINHEIRO E NA SUA POUCA IDADE TEVE SEU SONHO DE SER EMPRESÁRIA E FICO DEVENDO MUIIITOOOO! APRENDI COM VOCE COMO PAGAR AS DIVIDAS RALANDO E MUIIITOOOO TBÉM. VOCÊ É TÃO CLARA E DIDÁTICA QUE EU NÃO PRECISEI LER SEUS LIVROS E SIM PRECISEI PEGAR PAPEL E CANETA NA MÃO E COLOCAR MINHAS INFELIZSES DIVIDAS NO PAPEL PARA ENTENDER O QUANTO ERREI, E MUITO! APRENDI COM VOCE MUDAR A MENTALIDADE (DEIXEI A MURMURAÇÃO E OS MIMIMI!…)COMO PRIORIDADE, DURO D+ PORÉM VALEU A PENA.. APRENDI COM VC PEDIR DESCONTO DOS JUROS ABUSIVOS E QUITEI 5 CARTÕES. TUDO ISSO E MUITO MAIS FUI A LUTA SOU APOSENTADA COM 62 ANOS E FUI A LUTA TRABALHAR EXTRA DAS 8 DA MANHÃ AS 22H EM 2 EMPREGOS DE SEGUNDA A SEXTA. E HOJE AINDA TRABALHO PARA PAGAR POUCAS DIVIDAS. VOCE É MINHA INSPIRAÇAO DE SINCERIDADE E PÉ NO CHÃO. E COMECEI EM JULHO INVESTINDO POUCO MAS ESTOU INVESTINDO COMO DISCIPLINA. QUERO MINHA LIBERDADE DE VOLTA. SUA CORAGEM DE DIZER O QUE VOCE FEZ E RECONHECER QUE É ERRADO E MUITO MAIS CORRIGIR E ENSINAR OUTROS COMO RESTITUIR TUDOO QUE PERDEU . MUITO OBRIGADA

  • Oi Paty! Eu tenho uma colega de faculdade (Luciana Scotti) que é um exemplo lindo de superação, de calar o mimimi de qualquer ser humano. Existem diversos outros exemplos, mas esse eu conheço de perto. Tetraplégica e muda aos 22 anos, tem 2 livros publicados, fez mestrado, doutorado, publicou artigos científicos… Vale à pena conhecer essa história! Bjos!

  • Cada dia reflexões para dar o que pensar. Sim já passei e passo por pensamentos se mínimi! Como você disse torce para ver o sucesso do outro é se espelhar nele. Todos tem as mesmas oportunidades, basta querer e fazer acontecer!

  • Conheci este terno pouco tempo, sempre trabalhei e luto pelos meus objetivos!Onde nasci nem água tinha,muita seca e fome!Hoje me considero vitoriosa!

  • Bom dia, Paty!!
    É óóóbveoooo (ahahahah….. imitando a propaganda da TV) que vez ou outra me contamino com essa peste chamada mimimi….
    Mas quer saber de uma coisa? Estou fazendo Rhema (já, já finalizo o primeiro ano)… a própria Bíblia tem me fortalecido a deixar de ser xiliquenta para dar lugar ao sucesso que é garantido, basta me esforçar mais naquilo que eu acredito. Os resultados da excelência chegam rapidinho!
    Beijos, amiga !

  • Gente que reclama dos outros, no fundo, bem lá no fundo tem medo de sair da sua zona de conforto e trabalhar para mudar o estado em que está e se sente bem criticando porque assim acha que justifica onde ela está.

  • Olá Patrícia!
    Respondi sim a uma das suas perguntas do texto.
    E realmente tenho de rebater, porque isso não leva a lado nenhum!
    Muito obrigada por todos os conteúdos!

  • Patrícia, a verdade é que quem quer, vai atrás e, nesse caminho, acaba sim encontrando portas que se abrem “magicamente”. Porém, nada acontece se a pessoa não toma a decisão e fica só reclamando de quem consegue as coisas. Já percebi isso desde cedo, quando nos direcionamos a algo, coisas começam a acontecer favorecendo, é incrível. Porém é um encontro, não adianta só dizer “ah, eu gostaria…”, tem que ser verdadeiro.

  • Bom Dia Patrícia,
    Sem tempo pra mimimi, estou em oração e vigia , cuidando dos meus pensamentos e atitudes , cuidando da pessoa mais importante nesta vida EU.
    BjS.

  • Olá Paty..! Querida tudo bem? Hoje eu entendo que as histórias de sucesso e superação resultaram de muita luta, esforço, sacrifício, lágrimas, renúncias dessas pessoas. Essas histórias não caíram do céu prontas para brilhar por isso, respeito muito, e o mimimi só faz sentido para as pessoas que não tem essa consciência ou melhor, não fazem tempo para pensar, reflectir, analisar como elas conseguiram chegar aonde chegaram e usar suas histórias como fonte de inspiração.

  • Só levantando os olhinhos para o mimimi! Kkkk
    O mais engraçado é 100% do que ficam de mimimi não são pessoas de sucesso!

  • Boas perguntas!
    Confesso que ja´tive esse tipo de pensamento de achar que as coisas eram mais fáceis para os outros. Mas, à medida que leio livros, sigo ou converso com pessoas inteligentes e que pensam diferente ,amadureço meus pensamentos e minhas opiniões vão mudando. A ignorãncia é um grade problema!

    Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *