Caminhar em linha reta é a forma mais rápida de se chegar a qualquer lugar. Por isso, qualquer desvio pode fazer com que você se perca pelo caminho.

Não se perca pelo caminho

Pode ser que você tenha começado algum projeto ou se proposto a mudar maus hábitos, mas acabou não conseguindo sem nem mesmo saber o porquê.

Você até começa bem e fica animada!

Porém, depois de um tempo, percebe que abandonou o seu propósito e o ânimo vai para o espaço.

Se isso acontece em poucos casos, a chance de retomar o caminho é maior.

Mas há quem desista das coisas com tanta frequência que já tenha se autodeclarado uma perdedora.

Há várias coisas que podem fazer com que a gente se desvie do caminho, mas a pior delas são as pequenas inclinações.

Isso porque, tudo o que é pequeno e sutil é muito mais difícil de ser percebido.

E, obviamente, quando não percebemos que estamos fazendo de errado, não temos como corrigir.

Podemos comparar com uma pessoa fazendo dieta:

Ela não vai comer uma fatia enorme de bolo de chocolate no fim de semana porque sabe que aquilo vai fazê-la aumentar de peso.

Mas, se alguém oferece “apenas” um brigadeiro, ela aceita, afinal, é tão pequeno.

E, por ser um desvio pequeno, ela aceita “unzinho” na segunda, na terça, na quinta e, como já está comendo doce mesmo, também aceita um pedaço “pequenininho” de bolo no sábado!

Quando vai ver, todos os demais esforços em relação à dieta não deram em nada e ela “não sabe” o que houve, pois só desviou “um pouquinho”.

Por isso, a reflexão de hoje é que você analise as pequenas inclinações que têm feito você desviar do caminho que propôs seguir.

Olho vivo!

Para ler as reflexões anteriores, clique abaixo.

Dia 1 – Tempo para pensar

Dia 2 – Andar a segunda milha

Dia 3 – Cuide da sua vida

Dia 4 – O que as dúvidas causam

Dia 5 – Não se perca pelo caminho

Nos vemos amanhã!

Jornalista, especialista em finanças, autora de 5 best-selleres, colaboradora dos programas Mulheres (TV Gazeta) e Escola do Amor (Record TV). Colunista do portal R7 e youtuber.

  • Comprei um livro na livraria há pouco…. pensei na explicação que você deu quanto a valorizar o preço de uma obra que demandou um tempo para chegar “limpa, corrigida” com o melhor do autor para mim.
    Novo hábito: leitura. Bjs

  • Olá Patrícia! Li essa mensagem ontem e achei interessante pq hj pela manhã a pregação foi justamente sobre para o que estamos nos inclinando, se para a vontade da carne ou a vontade do Espírito de Deus. 😊

  • Pura verdade! Obrigada por compartilhar conosco e causar despertamento.

  • Essa da dieta é forte, na verdade são sempre as coisas pequenas que vai minando, porque as grandes já chamam atenção, então são embarreiradas com maior facilidade. Entendi e colocarei em prática.

  • Admiro muito vc Patrícia, me parece ser sempre muito objetiva, focada, determinada… Estou longe disso, eu sou essa descrição do post! Sempre que desejo começar algo nunca vou adiante, perco o interesse rapidinho e mudo logo o foco, talvez por ser muito imediatista e não ter paciência para esperar o resultado. Uma tristeza!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *