Trocando a independência pela solidão

Como vimos no post de ontem, muitas mulheres têm buscando a independência financeira, mas têm achado a solidão. Por que será?

desafio_15Na semana passada fui jantar com meu marido e nos sentamos ao lado de um casal que passou a maior parte do tempo se ofendendo.

Veja que “lindo” diálogo fomos obrigados a ouvir:

 

 

Ele: “Você é uma trouxa!”

Ela: “E você é um idiota! Detesto todos os seus amigos e não tô nem aí se você não gosta das minhas amigas!”

Ele: “Você sai com essas meninas que falam mal de você. É uma baita trouxa mesmo!”

Ela: “Ano que vem vou comprar meu carro e vou aonde eu quiser, você vai ver!”

Ele: “Duvido! Você não tem nem dinheiro para o estacionamento… E pára de discutir comigo. Me dá um beijo, anda!”

Ela: “Não dou, vai se catar!”

Ele: “Eu vou levantar e fazer você passar vergonha se você não me der um beijo agora!”

Ela: (Atira alguma coisa nele) “Você é um grosso. Vai se ferrar!”

Sabe como terminou essa “conversa”? Ele a convidou para morar com ele dizendo que precisa de alguém para “cuidar do apartamento novo”. Disse isso depois de ter contado que a empregada do pai (divorciado) está destruindo a casa…

Mas, calma! Ele ofereceu algo em troca: deixa-la de carro todos os dias no metrô, o que facilitaria a vida dela para ir trabalhar. Uau! Esses são motivos incríveis para unir um casal! Está achando que ela mandou ele se ferrar de novo? Que nada! Ela se derreteu toda e aceitou!

Você pode achar que estou fazendo um julgamento precipitado, mas pela meia hora ao lado desse casal, que futuro eu posso pensar que eles terão? O que vai acontecer quando ela ficar em casa enquanto ele sai com os amigos que ela detesta? A intimidade vai fazê-los pararem de se xingar para todo mundo ao redor ouvir? Se eles atiram coisas um no outro em público, o que vai acontecer entre quatro paredes?

soEla cometeu vários erros da lista abaixo – que a maioria das mulheres comete – e depois de um tempo, se veem sozinhas e frustradas. E algumas saem do relacionamento com um filho para cuidar praticamente sem a ajuda do ex. Confira a lista e não caia nesses erros.

 

  • Não se dão ao respeito;
  • Não exigem serem tratadas com educação e cordialidade;
  • Aceitam gritos, ordens, xingamentos e ameaças;
  • Priorizam a carreira profissional por verem que o relacionamento “não tem futuro”, em vez de lutarem pela união;
  • Se o homem não tem condição, assumem todas as responsabilidades, o vestem, o carregam nas costas e fazem deles verdadeiros bananas;
  • Se querem um filho, simplesmente engravidam e não ligam se o pai será um bom exemplo, se ajudará a criar a criança, se será verdadeiramente pai;
  • Aceitam “morar junto” sem saber que uma União Estável só vai lhe render alguns direitos sobre bens, mas que continuarão solteiros, sem as obrigações de casados. Preste atenção nisso: se uma das partes quiser assumir outra União Estável, a lei não impede. As partes são solteiras e podem se envolver com quantas pessoas quiserem;
  • Querem alguém para fazê-las felizes e não se preocupam em ser a pessoa que fará o outro feliz;
  • São egoístas em relação a não abrir mão de uma carreira, mas abrem mão de si mesmas, vendendo-se por qualquer “agradinho” ou elogio barato.

 

fb_timeline_1_nao_se_ponha_o_solMeninas, valorizem-se e valorizem a família. Levem essa visão para 2015 e não aceitem viver infelizes. Se seu relacionamento não está bem, busque ajuda, mas não jogue tudo para o alto caminhando para um futuro de solidão e frustração.

Informe-se sobre esse evento dos especialistas em relacionamento Renato e Cristiane Cardoso clicando aqui e não entre em 2015 levando os erros do passado. Mesmo com um casamento feliz, eu estarei lá, pois quero melhorar a cada dia. Se você não é de São Paulo também poderá participar, se informe e esteja preparada para 2015.

Nos vemos!

Jornalista com atuação no Brasil, Inglaterra, Argentina e Israel. Autora do best seller Bolsa Blindada e palestrante na Universidade de Harvard.

  • Patricia diz:

    Patricia, parece bobo de tão simples esses erros que você comentou. Mas o pior é que eles acontecem e precisam ser evidenciados para que se tome consciência deles, a fim de mudar esse quadro.
    Essa conversa do casal, quando lida, tem um peso enorme. Aposto que eles não tiveram noção do poder e peso das palavras quando as disseram. Quando a gente lê é que a gente percebe e fica horrorizado! Fiquei com vergonha alheia. Mas serviu muito pra mim. Pra eu me policiar nas palavras pronunciadas, que as vezes podem parecer insignificantes, mas carregam uma energia poderosa.
    Muito obrigada por este post! Espero que abra os olhos de muitas mulheres, como abriu os meus. 🙂

    • Patrícia Lages diz:

      Paty, quando estamos abertas a aprender, sempre tiramos alguma lição das coisas. Obrigada por estar sempre por aqui! 🙂

  • Liliane Bispo dos Santos diz:

    Patricia que ensinamento prático você nos trouxe com este exemplo! Muito bom mesmo. Existem tantas mulheres “cegas” e que não se valorizam – de nenhuma forma e se submetem a relacionamentos errados, não lutam honestamente para conquistar o seu .

  • CARLA diz:

    É não esqueçamos que toda mulher merece respeito e que é melhor está sozinha do que viver ao lado de alguém que só a faz infeliz. A cultura de que a mulher faz coisas que gera atitude de desrespeito no homem também precisa mudar, porque o mesmo também é um ser racional e cada ser humano deve ser tratado como ser humano.

    • Patrícia Lages diz:

      Eu creio que as pessoas não são malucas, elas fazem o que PODEM, ou seja, se o homem a desrespeita, é porque ele PODE. Se o chefe xinga, ofende, é porque ele PODE. Mas eles só podem fazer isso com quem permite. Acredito que o desrespeito é uma via de mão dupla.

  • Letícia Reis Neiva diz:

    Que Deus me ajude, pois infelizmente já cometi alguns desses!!! 🙁

    • Patrícia Lages diz:

      Hora de aprender com os erros. São ótimos professores se a gente estiver disposta a repará-los. Eu tb cometi váááááários dessa lista no passado…

    • Patricia diz:

      Acredito que todas nós ja cometemos alguns ou mais destes erros. Mas sempre há esperança! A minha vida amorosa mudou da água pro vinho quando decidi tomar uma decisão quanto a isso. O bispo Renato e sua esposa Cristiane Cardoso foram e são meus professores. Com eles aprendi demais e sou muito grata. O livro da Cristiane ¨A mulher V¨ deu o pontapé inicial nessa mudança. Aconselho a todas as blindetes que querem ¨restaurar¨ sua vida amorosa a buscarem de todas as formas os professores do amor( livro, palestras, escola do amor na TV, igreja, sites, etc). Dá pra ser feliz no amor SIM!

  • Nay diz:

    Chocada com a parte: “Aceitam “morar junto” sem saber que uma União Estável só vai lhe render alguns direitos sobre bens, mas que continuarão solteiros, sem as obrigações de casados. Preste atenção nisso: se uma das partes quiser assumir outra União Estável, a lei não impede. As partes são solteiras e podem se envolver com quantas pessoas quiserem;

    • Patrícia Lages diz:

      Soube disso na semana passada e tb fiquei chocada!

  • Diana diz:

    Excelente Patrícia…
    Essa lista é simplesmente a verdade Nua e Crua. Sensacional…vou até guardar comigo no meu arquivo particular!
    Vou ficar de olho e segue a risca.

    Obrigada e que Deus continue ti usando…
    Bjinhos no coração

  • maria diz:

    Oi Patricia! Amo suas dicas e do Renato e Cris… mas estou casada a 7 anos e temos alguns problemas mas o pior e financeiro meu marido ñ tem controle e estamos cada vez mais individados, compramos um apartamento no plano a 4 anos mas estão sem contrôle.

  • maria diz:

    Moro na frança a mais de 10 anos e esse apartamento é aqui, so moramos nelle a 2 anos e meio estou procurando trabalho e sou uma pesdõa controlada mas meu marido é discontrolado e ñ quer calcular os gastos e eu ñ tenho acesso a todas as contas mas ele vive no vermelho e passando dos limite ñ sei como mudar isso?

    • Patrícia Lages diz:

      Oi, Maria. Tente ajuda-lo de alguma forma que ele não se sinta invadido. Não faça parecer que vc quer tomar o controle ou colocar rédeas nele, ofereça ajuda mostrando como ele mesmo pode se organizar e não tomando as contas para si. Quem sabe dá certo? Beijos!

  • jessica diz:

    Paty to assistindo agora, eu moro junto vou me casar sabado. Cada dia voce tem me ajudado ser uma pessoa melhor e a cuidar do meu dinheiro obrigada 🙂

    • Patrícia Lages diz:

      😀

  • Lilian diz:

    Discordo em partes dessa frase “Se querem um filho, simplesmente engravidam e não ligam se o pai será um bom exemplo, se ajudará a criar a criança, se será verdadeiramente pai;”

    Então não se pode ser mãe solteira?
    Se não é possível encontrar um homem para ser um pai, a mulher não pode ser direito de ser uma mãe.

    • Sandra Lages diz:

      Olá querida Lilian, tomei a liberdade de responder-lhe, pois sou mãe e gosto muito de falar sobre esse assunto tão importante. Cada pessoa pode fazer o que quiser, porém seria muito egoísmo na minha opinião, trazer um filho ao mundo sem a presença de um pai, sem a referência masculina. Pois vemos inúmeros casos de filhos frustrados e até mesmo rebeldes por terem crescido sem a presença do pai devido a uma separação, ou outras circunstâncias. Não podemos ser egoístas a tal ponto de pensar que sozinhas somos suficientes, pois eles precisam e querem os dois. Sei que somos capazes de cria-los sozinhas, mas precisamos pensar no que será melhor para eles, são seres humanos e precisam ser levados em consideração em todos os aspectos. Nada é impossível Lilian, sim se pode encontrar um homem que forme com você uma linda família, claro que sim! Tenho certeza que em você há qualidades maravilhosas que podem ser trabalhadas e que chamará a atenção de um homem de bem para realizar seu sonho. Temos o direito de ser mães, mas temos o dever de dar um lar completo aos filhos, com pai, mãe e tudo o que eles necessitam para crescerem bem e felizes. Beijos e obrigada por comentar.

      • jaqueline amaral diz:

        boa tarde , no seu post anterior vc falou das criticas , , mas se as criticas que nos recebemos , eu por exemplo , a pessoa estiver certa e como vou saber se apessoa estar certa ? sua fa e tentando ser blindete

        • Patrícia Lages diz:

          Oi, Jaqueline. Vc precisa analisar de quem essas críticas vêm. É de alguém que a ama? É de uma amiga de verdade? Ou será que é de alguém que só quer colocá-la para baixo? Analise a fonte e só beba se a água estiver limpa!

  • Fernanda de Oliveira diz:

    Hoje busquei este post, pois me sinto sozinha, sem saber qual caminho percorrer. Continuo sozinha ou retorno a um relacionamento fracassado cheio de traições, falta de respeito e amor.
    Tenho 32 anos, mas meu coração parece de adolescente. buscar a racionalidade é muito difícil. obrigada pro fazer parte da obra de Deus que leva conhecimento.

    • Patrícia Lages diz:

      Vc sabe o que deve fazer, seja racional pois vc não é mais adolescente. Força, pois vc será recompensada com um relacionamento feliz futuramente com alguém que lhe respeite, não a traia e não seja um fracasso. O que vc acha que Deus quer pra vc?

      • Fernanda de Oliveira diz:

        “Esforça-te e serei contigo Diz o Senhor dos Exércitos.”
        Deus não nos abandona, ele se preocupa com seus filhos, não há amor maior.
        Não se pode ser imediatista e querer oque já provou não merecer.

        No dia que eu estava angustiada e as 07h00 li o post “Quando não vale a pena mais insistir e li que o tempo só alimenta os problemas, analisei que os 09 anos de convivência e de minha dedicação leal, não anemizaram as falha, a ausência de carinho e não foram suficientes para que eu fosse amada e respeitada.
        Continue seu trabalho, ele é mais que sobre finanças, ele é uma parte da obra de Deus, resgatando os perdidos, elevando os caídos.

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: