Sempre ouvimos falar que o bom colaborador está em constante aprendizado, mas será que você tem praticado a reciclagem profissional?

Reciclagem profissional na prática, você faz?

Há algumas coisas que, muitas vezes, você ouve, sabe que deveria fazer, mas por diversos motivos, não faz.

E, talvez, a reciclagem profissional seja uma delas.

Quem sabe você deixou essa questão de lado não apenas por falta de tempo e dinheiro, mas até mesmo pela falta de vontade.

O problema é quando percebemos as consequências dessa negligência tarde demais, não é verdade?

 

Quem sabe você já tenha perdido um emprego ou uma oportunidade justamente por não ter se preparado.

Acomodação certamente não é algo que faz parte da carreira de um bom profissional.

Ainda mais nos dias de hoje quando quase tudo muda em alta velocidade.

A pandemia pegou muita gente dormido no ponto, mas sempre é tempo de acordar.

Se isso aconteceu com você, bola pra frente, porque ainda há muito jogo!

Talvez você não saiba nem por onde começar, por isso, aqui vão algumas dicas.

 

Qualificação e capacitação

Todo bom profissional precisa dessas duas pernas: qualificação e capacitação, mas qual é a diferença entre elas?

Enquanto a qualificação se refere ao aprendizado da profissão, por assim dizer, a capacitação é o que vai contribuir para o seu crescimento contínuo.

Quando você sai da faculdade, por exemplo, recebe um diploma que o qualifica a entrar no mercado de trabalho exercendo determinada profissão.

Porém, é a capacitação das suas habilidades – tanto técnicas quando comportamentais – é que vai mantê-lo no mercado de trabalho.

Só para ilustrar, pense em um médico que se formou em 2010.

Ele tem qualificação para exercer a prática da medicina, certo?

Mas e se ele não tiver feito nenhum curso durante os últimos dez anos, não frequentou congressos, não se empenhou em conhecer novos tratamentos, novas drogas etc.?

Você iria se consultar com ele? Acho que não!

Assim como é imprescindível a qualificação, também é fundamental que haja capacitação contínua.

 

Por onde começar

Aqui vai um passo a passo bem básico:

  • Liste as capacidades que a sua profissão requer
  • Verifique em quais delas você tem menos domínio e coloque-as no topo da lista
  • Busque aprimorar esses conhecimentos de acordo com a maneira que você melhor aprende

E se você não sabia, cada pessoa aprende de formas diferentes e se você descobrir como aprende melhor, vai sair na frente.

Para te ajudar, confira o vídeo abaixo (publicado no meu canal do YouTube) onde explico as formas mais comuns de aprendizado para você turbinar o seu.

 

 

Novo por aqui? Cadastre-se!

 

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

 

Nos vemos!

 

 

 

Jornalista, especialista em finanças e autora de 5 best-selleres. Colunista do portal R7 e apresentadora do JR Dinheiro, no Jornal da Record.

  • Obrigada, Patrícia, pelas suas mensagens diárias!
    Nessa caminhada, você tem sido uma grande amiga, mãezona, minha coach! Você tem abençoado minha vida.♥️
    Tenho vontade de conhecê-la pessoalmente e lhe abraçar, depois que tudo isso passar.
    Bjs de Bragança- PA.

  • Bom dia, Patrícia!
    Sensacional!
    Hoje me despeço do meu trabalho e desde semana passada estou treinando minhas sucessoras!
    Já vou passar o seu vídeo para elas!
    Você, como sempre, oportuna em minha caminhada profissional!
    Novos rumos, novos projetos!

  • Bom dia Patricia! Te conheci pelo you tube já tem 2 anos, minha vida como mei e minhas finaças pessoais tem melhorado muito. Já tenho 2 livros seus. Deus te abençoe a cada dia! O recado 74, está ótimo,(estou saindo muito do comodismo com suas dicas) mas não achei o desafio 73.

    • Oi, Viviane
      Houve uma perda dos agendamentos, mas agora estão todos ok!
      Bjs

  • Boa noite Patrícia! Na minha profissão tenho que estar sempre indo à feiras e Congressos, vou td ano, porém ano passado ñ teve e pelo andar da carruagem, este ano tmb Ñ terá. Só resta-me aguardar. 🤗🤗

  • Olá Patrícia,
    Massa essas dicas, devemos estar sempre nos atualizando, pois, o tempo passa, as coisas vão mudando e precisamos realmente nos capacitar para não ficar no final da fila. Estou sempre a reciclar minha vida profissional, por isso, não largo este blog rsrs.

    Grande abraço.

  • Olá Patrícia, boa noite! Obrigada por trazer essa abordagem sobre qualificação e capacitação. Admito que me “apropriei” da sua explicação referente ao aprendizado de uma profissão e a necessidade de capacitação constante para o crescimento contínuo, conforme a escolha de cada pessoa, para dar um incentivo para meus filhos adolescentes. Ambos estão cursando o Ensino Médio e, muita calma nessa hora… dizem para que precisam estudar tanto, estão cansados com tantas matérias, etc. “Falas” dessa geração digital que quer tudo mais rápido, desde que mais leve! Digo, com certa frequência, que eles ainda estão no início da jornada deles e não sabem nada, inocentes!! (rs…rs…). Ah, não perco a oportunidade de acrescentar o que está em Eclesiastes 3,1 “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.” Quanto ao vídeo sobre as “3 formas de aprender”, sendo uma delas, gravar as minhas próprias anotações para ouvir posteriormente, “falei” comigo mesma, como não pensei nisso antes ?!? (rs…rs…) amei essa dica de ouro!!! Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *