Querer é poder?

Alguns ditados populares são tidos como verdades absolutas, mas será que esse é o caso do tão famoso “Querer é poder?” Vamos à primeira análise da semana!

 

 

Até este domingo eu acreditava que querer é poder, mas ouvindo uma palestra de Renato Cardoso (que assina o prefácio do meu livro juntamente com a querida Cristiane Cardoso), aprendi que este – como vários outros ditados – não é o que parece.

testaPara concluir, basta uma simples análise (que, confesso, me deixou com cara de tacho…). Se querer fosse poder, todo mundo teria o que quer. Ponto.

Tóimmmmm…. Essa bateu na testa!

 

Então, o que nos faz realmente termos o que queremos já que o querer não é o suficiente? A fé. Palavrinha pequena, mas muito poderosa. A fé nada mais é do que acreditar. Tem muita gente que quer, mas no fundo, nem acredita que pode ter. E nós só temos o que acreditamos que podemos ter, não o que queremos ter. Deu pra notar a imensa diferença?

Quando você apenas quer alguma coisa, fica esperando cair do céu, ou chegar o momento certo ou ainda, sonhando acordada… Trocando em miúdos: você não faz nada a respeito. Mas quando você realmente acredita que pode ter alguma coisa, você vai à luta.

MairaVeja o exemplo dessa menina fofa de 8 aninhos, a Maira Faria Corrêa Vilella, de Venâncio Aires, Rio Grande do Sul. Primeiro Maira quis ir à Paris e pediu a viagem de presente. Porém, sua mãe disse que ela só poderia viajar se juntasse seu próprio dinheiro. Foi então que Maira acreditou que poderia ir e começou a pensar em como tornar esse querer em realidade.

Tentativa número 1: começou a juntar moedas em seu cofrinho.

Falha número 1: percebeu que se continuasse naquele ritmo, não conseguiria viajar tão cedo.

Tentativa número 2: vender seus desenhos ou fazer kits de brinco e colar.

Falha número 2: Como fabricar os kits de brinco e colar sem ter que pagar ao fabricante? O lucro iria todo embora…

Tentativa número 3: vender bandanas e faixas de cabelo fabricadas em casa. Sucesso!

Com a ajuda da mãe, Mariana Faria Corrêa, criou uma lojinha virtual e já conseguiu cerca de R$ 1 mil com as vendas. Veja como essa pequena empreendedora fez o que muito adulto acha que não consegue:

Ela quis, depois acreditou que conseguiria, foi atrás de uma ideia, não desanimou diante dos fracassos, perseverou em seu objetivo e, quando achou um caminho, focou nele e direcionou seus esforços.

Para saber mais sobre nossa pequena empreendedora, leia esta matéria do jornal gaúcho Zero Hora clicando aqui. E acredite que você também pode.

Nos vemos!

Jornalista com atuação no Brasil, Inglaterra, Argentina e Israel. Autora do best seller Bolsa Blindada e palestrante na Universidade de Harvard.

  • Carlinha diz:

    Nossa D. Patrícia, eu precisava demais ler isso! Deus é maravilhoso, falou tremendamente comigo!
    Muita obrigada, Deus a abençoe! Injeção de ânimo! 😀
    Tenha uma ótima semana! 😉

  • Aniele Hidaka diz:

    Que menina decidida e audaciosa, linda essa foto dela costurando, está conseguindo realizar seu sonho. Querer não é poder, eu só consigo chegar ao que eu almejo com luta, sacrifício e perseverança. Ótima dica pra começar bem a semana, Paty. Bjsss

  • Ede diz:

    Que buen ejemplo! muchas veces intentamos hacer algo y por no dar cierto quedamos totalmente desanimados, pero este ejemplo demuestra que a veces no es en la primera tentativa, ni en la primer idea que nos va a ir bien, y no quiere decir que por eso debemos desanimarnos. Gracias!

  • Daiana Schemes Rio Grande do Sul diz:

    Boa tarde Pati;

    Tem razão, querer não é o suficiente para alcançar os objetivos, muito boa essa palavra.
    Um abração Pati.
    Bjs.

    Dai.

  • Juliane Bieda diz:

    Como sempre, saio do blog repensando minha vida financeira, ainda mais depois do exemplo dessa pequena! 🙂

  • Paula Bergamasco diz:

    Temos que ter um plano, temos que analisar prós e contra, e criar algo viavel para que nosso querer se transforme em eu posso…… é isso… entendi Patricia, Valeu muito esse post… beijos minha linda ..com carinho Paula Bergamasco

  • Gis diz:

    Que bacana… Pensando diferente! Amo essa revolução toda que me acontece lendo.Indo para o segundo passo…praticar.

  • *Daildes* diz:

    Nossa que Exemplo 🙂

  • fatima diz:

    que bacana essa leitura e eu tambem pensava que querer era poder.um abraço.

  • Bruna diz:

    Impressionante, basta crermos em nos
    mesmas, o inicio pode até parecer dificil, mas com esforço e dedicacao tudo é possivel.

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: