Quem tem informação tem poder. Por isso, para muitos “poderosos”, quanto mais desinformado você for, melhor! Qual será a sua escolha?

Quanto mais desinformado, melhor!

Apesar de estarmos vivendo na era da informação, o povo tem se mostrado mais desinformado do que nunca.

Embora a internet seja uma disseminadora poderosíssima de informação, as fake news andam fazendo mais sucesso.

Além disso, a falta de interesse das pessoas também parece estar sempre em alta.

Dessa forma, a desinformação se perpetua e as coisas simplesmente continuam como estão:

Aquele que é informado obtém cada vez mais poder e o desinformado cada vez mais dependendo dos outros.

Esses dias uma pessoa me disse que “acha” que tem um dinheiro na poupança, mas não sabe quanto e que “talvez” iria ver se tirava de lá para fazer coisa melhor, como (na opinião dela) um título de capitalização! 🙁 

Agora, por mais que a vida da pessoa seja corrida, pense comigo:

  • Não levaria mais do que 2 minutos para que ela consultasse o saldo da própria conta.
  • Não levaria mais do que 10 minutos para que ela pesquisasse no Google o que é título de capitalização.
  • E ela não precisaria investir mais do que meia hora para ler 5 ou 6 matérias (não anúncios) e concluir que a poupança hoje em dia é perda de dinheiro e que título de capitalização NÃO é investimento.

Será que é impossível separar cerca de 40 minutos para resolver essa pendência?

Por outro lado, a quem interessa que ela deixe o dinheiro lá parado?

Por certo você vai dizer que interessa ao banco, o que é verdade.

Mas quem está demonstrando total falta de interesse em resolver: o banco ou o desinformado?

Bloqueios autoimpostos

A verdade é que as pessoas gastam horas e horas nas redes sociais cuidando da vida alheia (os brasileiros são campeões mundiais nisso), bem como assistindo programas de TV com conteúdo zero.

Porém, essas mesmas pessoas têm bloqueios autoimpostos  na hora de buscar informação por si mesmas.

Elas encontram tudo sobre a vida das celebridades ou sobre o que acontecerá no próximo capítulo da novela…

…mas quando o assunto é importante, elas bloqueiam a si mesmas achando que os outros sabem mais do que elas.

E, dessa forma, as pessoas deixam de pensar por si mesmas e vivem comendo nas mãos dos outros.

O próximo exemplo é de chorar (de raiva!).

Atendi uma senhora viúva cujo marido deixou uma quantia em dinheiro no banco e um imóvel como herança.

Achando-se incapaz de administrar a venda do imóvel, ela confiou cegamente em um corretor que vendeu muito abaixo do preço porque precisava da comissão o mais rápido possível.

E, achando-se igualmente incapaz de escolher onde investir, confiou na gerente do banco e comprou, por sugestão da tal gerente, 10 títulos de capitalização usando praticamente todo o dinheiro que tinha.

A questão é que, DEPOIS que ela vendeu o imóvel foi pesquisar qual era o valor de mercado.

Quando se deu conta do prejuízo, sentiu-se extremamente envergonhada, afinal de contas, ela havia concordado e assinado toda documentação.

Da mesma forma, DEPOIS que cada título de capitalização venceu e devolveu apenas 75% do dinheiro corrigido, ela percebeu que havia cometido um erro enorme.

Em resumo: em menos de 3 anos ela perdeu 25% de todo o dinheiro que o marido deixou.

Além disso, vendeu o imóvel por praticamente metade do que valia.

Você pode pensar: “Ah, mas ela foi enganada, é uma senhora, tadinha!”

Sim, é uma senhora, mas que tem faculdade, três filhos formados (nos quais não confiou) e dinheiro suficiente para contratar uma boa assessoria com direito até mesmo a uma segunda opinião.

Isso sem falar em toda informação gratuita disponível na internet.

E tem mais: como é que ela descobriu que o imóvel foi “dado” pela metade do preço?

Pesquisando na internet!

Só que, movida pela raiva que sentiu do corretor e da gerente do banco, foi pesquisar DEPOIS o que deveria ter pesquisado ANTES.

E, afinal de contas, se nós somos desinformados, a culpa é de quem?

Para fechar, lembre-se:

Não existem enganadores onde as pessoas não se deixam enganar.

Não existem exploradores onde as pessoas não se deixam explorar.

Informe-se!

Nos vemos no próximo post.

Jornalista, especialista em finanças, autora de 5 best-selleres, colaboradora dos programas Mulheres (TV Gazeta) e Escola do Amor (Record TV). Colunista do portal R7 e youtuber.

  • Cada dia mais excelente as suas postagens Patty.
    Estou aproveitando meus horários livres para maratonar seus vídeos no youtube e relembrar algumas dicas 🙂

  • Sensacional o comentário, impressionante o quanto somos desinformados e desinteressados, sempre deixamos para agir quando o leite já esta derramado, agindo tardiamente, quando o ideal sempre foi agir de forma prévia, prevendo as incertezas que o futuro pode nos trazer, infelizmente o fato de termos um diploma de curso superior ou até mesmo especialização não nos auxilia quando o assunto é educação financeira, pois não somos ensinados nos bancos da escola quanto a importância do planejamento financeiro, louvado seja Deus que levantou pessoas como você Pati para nos auxiliar e despertar para essa realidade, sou muito grata a Deus porque esse ano iniciei minha educação financeira com o objetivo de realizar meus sonhos, e isso tudo eu devo a minha curiosidade: no início do ano preocupada com a situação do nosso País eu decidi fazer um título de capitalização e quando fui consultar na internet descobri que não é um investimento, meus olhos se abriram e estou com quase minha reserva de emergência investida, logo logo vou ampliar nos meus investimentos se Deus assim permitir. Abraço!!!

  • Paty boa tarde e bem assim mesmo , já levei muito na cabeça por não fazer pesquisa antes ,agora tudo absolutamente tudo ,pesquiso não caiu em conversa de gerente de banco ,ou de vendedores ,que adoram fazer o curso do empurra para bater a cota ,no mês passado ,fiz minha consulta com o oftalmologista como faço todos os anos ,e fui fazer a cotação em algumas óticas aqui da minha cidade Ribeirão Preto , na primeira que eu entrei a moça tentou me empurrar um óculos no valor de R$1890,00 , mesmo eu dizendo que era algo mais simples em relação armação ,que minha preocupação era a lente ,pois tenho muito grau e preciso de uma lente boa. A moça fez de surda e continuo com o papo ,falei pra ela assim ,faz o seu orçamento que se for mais barato eu voltou, a criatura ainda fez cara feia .Fui na segunda ótica queria me cobrar R$950,00 e a todo custo querendo vender um óculos de sol junto sendo que venda casada e ilegal. Para resumir ,fui em uma terceira ,que com desconto consegui um óculos ótimo por R$600,00 falei o que precisa e a moça entendeu , e sai super satisfeita ,resumo da opera façam pesquisa de tudo .Não acreditem em tudo que pesquisem se informem sempre, muitas pessoas são treinadas para vender ,e enganar as pessoas ,na hora que acordamos para vida ,já fomos lesadas .E depois não adianta reclamar que fomos passadas para traz .

  • KKKKKKK post topíssimo! 👌🏻👌🏻👌🏻👏🏻👏🏻👏🏻 Compartilhando em 3, 2, 1…

  • Patrícia, seus textos me enriquecem tanto! Vc abre os olhos das pessoas! Muito obrigada por este trabalho de tanto conteúdo! Abraço!

  • Ótimo post😍!!!
    Obrigada por compartilhar seu conhecimento, semanalmente fico na expectativa de qual assunto vc vai abordar.
    Abraços.

  • Realmente, precisamos pesquisar bem antes de comprar. Eu, por exemplo, estava buscando informações sobre um celular na internet e verificando e comparando os preços em diversas lojas, até que encontrei ele em uma loja muito conhecida por um preço bem em conta, só que para comprar naquele preço tinha que fazer o pagamento com o cartão da loja. Até aí tudo bem, imaginei que isso seria um incentivo da loja para que tivéssemos o seu cartão, só que, como não sou boba, fui pesquisar se o cartão da tal loja cobrava anuidade e foi nessa hora que tomei um baita susto! A anuidade era exorbitante! Mais de R$:150,00! hahaha! Ou seja, eu não teria vantagem nenhuma em fazer o cartão, pois a economia na compra com o cartão seria de R$ 80,00 e em contra partida teria que pagar R$150,00, só de anuidade! Sendo que essa informação não consta na página do site da loja, lá tudo são flores, pontos acumulados e aquele blá, blá, blá. Precisamos ser atentos meu povo!

  • Olá Patricia. Você nem imagina o quanto tem me ajudado. Uma pena não ter vídeos seus bem tempos atrás. Quanto ao assunto, no meu trabalho vejo o quanto as pessoas são ingênuas. Até meu trabalho está garantido por conta disso. Deus te abençoe

  • É isso mesmo!
    Se me permite repassar algo que aprendi na Bíblia Sagrada, somos espírito, possuímos uma alma e habitamos num corpo…. o espírito, comanda…. se nos deixarmos governar pela alma (que não aceita ordens e ama uma preguiça), acontecerá isso mesmo…. nós é que nos deixaremos ser enganadas….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *