Problemas são vitaminas que precisamos tomar sempre – 85 de 100

16/12/2020

Problemas são vitaminas que precisamos tomar sempre – 85 de 100

Vitaminas são necessárias para a saúde física, mas além delas, precisamos saber que problemas são vitaminas para a vida que…

Vitaminas são necessárias para a saúde física, mas além delas, precisamos saber que problemas são vitaminas para a vida que devemos tomar diariamente!

Problemas são vitaminas que precisamos tomar sempre

Se você está cheio de problemas, trago boas notícias, pois, na verdade, você está cheio de oportunidades!

Vou ser bem direta no meu ponto de vista:

Quando tudo sai de acordo com o planejando, você não aprende tanto quanto nas ocasiões em que os problemas se levantam.

Gostaria imensamente de não ter tido que passar por uma situação de alto endividamento para me tornar especialista em finanças.

Seria muito melhor ter aprendido sentadinha numa confortável carteira escolar em uma sala com ar-condicionado, mas não foi assim.

Aliás, bem diferente disso!

Foi pagando dívidas que aprendi a pagar dívidas e foi negociando os juros abusivos (e ouvindo tudo quanto é tipo de ofensa) que aprendi a me livrar dos juros abusivos.

Cada vez que encarava um credor mal educado e até mesmo os que me ameaçavam fisicamente eu tinha menos medo e mais argumentos.

Hoje, você acha que negociar qualquer coisa que seja é um problema para mim?

Sem dúvida que não!

E tem mais: não creio que eu teria aprendido melhor em uma sala de aula. Não mesmo!

 

A dose aumenta e isso é ótimo!

Quando somos crianças, nossos “problemas” se resumem a ter que comer e tomar banho quando tudo o que queremos é brincar.

Mais tarde, os problemas “aumentam” e temos de lidar com outras crianças, dividir nossos brinquedos, ir para a escola.

Lá, os problemas crescem de novo porque temos coleguinhas legais e outros nem tanto.

Alguns puxam o nosso cabelo, outros nos colocam apelidos e ainda tem a professora para nos dar bronca quando fazemos bagunça.

Dai em diante você já sabe como é, ou seja, conforme crescemos, os desafios aumentam e a pergunta é: isso não é ótimo?

Tenho muita, mas muita pena das crianças de hoje, cujos pais não permitem que enfrentem seus próprios probleminhas por achar que estão lhes fazendo um bem enorme.

Na verdade, pais que querem poupar demais seus filhos, impedem que eles amadureçam e que sejam preparados pela vida a enfrentarem a própria vida.

Assim como nosso corpo precisa de vitaminas, quer sejam vindas dos alimentos ou se suplementos, nosso desenvolvimento pessoal precisa de problemas.

Eles são a vitamina que todos nós temos de tomar diariamente para aprendermos a lidar com toda e qualquer situação.

Portanto, quanto mais problemas, mais oportunidades de crescimento.

 

Nos vemos amanhã!

 

 

Confira o post anterior clicando aqui.

21 comentários

    Bom dia querida! Tds os dias nos deparamos com essas vitaminas rsrsr.. elas é que nos fortalecem e nos ensinam na nossa caminhada. Um ótimo dia p vc!?

    Verdade. Senti isso na pele quando precisei me adaptar para várias situações da vida. Se parar para pensar, quase tudo que aprendemos na vida é fruto de alguma necessidade. Veja a pandemia. Eu não tenho a mínima noção de informática, porém tive que pegar meu notebook e instalar muitos programas da empresa para trabalhar em casa. E a cada um que conseguia comemorava, pois me sentia capaz. Também tive que me adaptar para dar conta do trabalho, filhos e da casa. Essa foi a realidade de muitos brasileiros este ano, um problema mundial que é a pandemia, cuja vitamina TODOS tivemos que tomar. Muitos de nós ficamos mais fortes.

    Bom dia!
    É verdade, bem verdade, mesmo!
    A melhor sala de aula para aprender resolver impasses é a própria vida!
    Quando alguém toma alguma atitude em minha defesa eu simplesmente não aprendo… ou pior…. fico dependente para as próximas situações…. e isso é horrível!

    Muito bom e oportuno post! Tudo depende de como vemos as adversidades. Elas são a teoria e a prática simultaneamente! Parabéns!

    Bom dia Pati!!!

    Lendo esse post lembrei do seu livro “O sucesso não cabe na bolsa” … lá na página 38 tem um trecho que gosto muiiiiiitoooo, onde você fala do “Raio Problematizador”.

    Há pessoas que conseguem ver em cada problema uma solução e há outras que conseguem inventar um problema para cada solução!

    Tudo depende da forma como cada um pensa.

    Excelente quarta feira pra ti e que Deus te abençoe.

      Isso mesmo, bem lembrado!

    Bom dia!
    Infelizmente Paty só aprendemos assim, seria ótimo se não precisássemos passar por certas situações para aprender.
    No começo eu não aceitava passar por certas coisas, mas com o tempo Deus foi me ensinado que é preciso se preparar para receber tudo que ele tem de bom para nós, no deserto agente cresce e amadurece, e o final é sempre melhor, você ver o quanto é importante estar pronto para ter aquilo que deseja, se não fosse essas vitaminas de problemas não estaríamos aqui nesse blog tão maravilho que é o bolsa blindada.

    Grande abraço.

    Oi patrícia bom dia, sim, é isso mesmo, quando converso com algumas pessoas, que estão cheias de problemas, falo pra elas assim, que os problemas fazem parte de nossas vidas e que é muito bom e necessário termos que passar por problemas paro o nosso crescimento em todos os níveis. Vemos a história de Davi que se tornou um grande rei, mas primeiro ele teve que passar por grandes problemas, a história de José, um grande governador do Egito, mas primeiro teve que passar por grandes problemas, história de Moisés, de Abraão, de Josué e tantos homens e mulheres de Deus que só aprenderam depois de terem enfrentado grandes problemas na vida. Então resumindo, o que seríamos de nós se não tivéssemos problemas ? Por isso, Graças a Deus pelos os problemas.

    ”Tenho muita, mas muita pena das crianças de hoje, cujos pais não permitem que enfrentem seus próprios probleminhas por achar que estão lhes fazendo um bem enorme”.
    …..e que quase nunca ouve NÃO e crescem sem limites….e não respeita ninguém,…e AÍ daqueles que contrariar os seus pensamentos……..assim caminha a humanidade.

    Ótimo texto, Patrícia!

    Olá Patrícia! Nesse período de desânimo e descrença, a recomendação é fazer uso diário, sem restrições, da vitamina “PatFlix”. Acrescento algumas “doses” de reforço (rs…rs…) Salmo 34,10: “Os filhos dos leões necessitam e sofrem fome, mas àqueles que buscam ao Senhor bem nenhum faltará.” Naum 1,7: “O SENHOR é bom, um refúgio em tempos de angústia. Ele protege os que nele confiam,” Hebreus 10,35-36: “Por isso, não abram mão da confiança que vocês têm; ela será ricamente recompensada. Vocês precisam perseverar, de modo que, quando tiverem feito a vontade de Deus, recebam o que ele prometeu;”. Abraços!

      Ótimo reforço!

    Verdade cada fase tem seus problemas e cada superação é um degrau que subimos. Estou no bolsa 2 na página 200 que fala sobre o tema: “Quem não avança, retrocede.” E é realmente o que ocorre. Vou até me atentar mais no uso correto do Português. Pois o uso incorreto na correria de redes sociais nos faz retroceder. Acendeu logo a luz vermelha quando li no livro: – Preciso resolver este problema!

    Boa tarde, ótimo ensinamentos.

    Boa noite Patrícia!!
    Se o próprio Jesus teve que passar por eles para nos ensinar!!
    Beijos!

    Sobre os problemas serem vitaminas, há uma onda contra. Antigamente era sempre destacada a trajetória de superação da pessoa. Eu estava lendo agora o livro Bolsa Blindada 2 (parei na pág. 233) na parte da Elliana. E depois do profissional Jassa ou o profissional joça.
    Eu percebo que as pessoas estão achando que ser joça é bom. Há cada caso assustador. Eu não estou com imagem boa de celular para gravar um vídeo mas gostaria de pedir este tema. Até por ser importante para 2021. Deixar de ter pensamentos errados de profissional Joça e entrar 2021 com ideias novas de profissional Jassa.

      Anotado para um próximo Clube da Leitura!

    Ai, Paty! Esse desafio das gerações só aumenta. Quando eu era criança nos anos 80 havia a questão de ser amigo do filho e não pai, dar presentes para aplacar a culpa da ausência em casa. Hoje, é essa geração que está tendo filhos. Há um problema no mundo moderno. A turma do pós guerra, que nasceu dos anos 1950 pra cá, não está dando muito certo, não. Pujança econômica, sem guerra, vacinas que erradicaram doenças. Criou uma geração de avós, pais, filhos e netos que se autoprejudica num processo eterno. Ninguém acorda. Não desenvolvem senso de responsabilidade consigo mesmo, na família, na comunidade. Tudo muito autocentrado.
    Haja vitamina pra todo mundo ao mesmo tempo, rs.

    Excelente post. De fato, os problemas nos amadurecem.
    Contudo, apenas depois de ser mãe, entendi que jamais posso julgar outros pais. Pq temos todas as soluções do mundo pro filho dos outros. E apenas enquanto não somos pais, somos os melhores pais do mundo.
    A vida, por si, já é um eterno cai e levanta. E EU enquanto mãe da MINHA filha, prefiro ser alento e porto seguro pra ela.
    Não creio que preciso forçar algum tipo de sofrimento só para que ela aprenda que a vida é difícil. Aliás, vejo exatamente o oposto. Quanto mais autoritário foram os pais, os adultos que conheço se tornaram cheios de complexos e problemas emocionais, além de mágoas e ressentimentos.
    A vida já é difícil demais e eu não preciso reforçar o que ela, inevitavelmente, vai aprender por si, ao longo de sua vida.
    Uma criança que pode contar com os pais tende a ser um adulto muito mais seguro e independente.
    Isso é o que funciona aqui em casa.
    Na casa dos outros e quanto aos filhos dos outros, não cabe a mim dizer o que é certo ou errado.

      Vejo que a função dos pais é exatamente essa que vc menciona: deixar que os filhos resolvam os desafios que surgem e não criar situações difíceis para fazer da vida deles um caos. Colossenses 3:21 diz: “Pais, não irriteis vossos filhos, para que eles não fiquem desanimados”, ou seja, dificultar a vida do filho não é papel dos pais, assim como também não é papel dos pais querer poupá-los de tudo. Ter esse porto seguro é tudo o que eles precisam, sabendo que lá fora, a vida não ensinará com o mesmo amor. Bjs!

Gostou? Comente aqui!

Deixe um comentário




Outras notícias


Produtos




TV Patrícia Lages




Não perca nada. Seu dinheiro agradece!

Digite seu e-mail no campo abaixo para se
inscrever em nossa newsletter.

Shopping cart

0

No products in the cart.