Continuando com o tema “problemas”, sabemos que ninguém gosta, mas é através deles que crescemos e nos desenvolvemos. Acompanhe o post de hoje!

Problemas são necessários

No post de ontem (clique aqui para ler) vimos que os problemas são como vitaminas para o nosso desenvolvimento.

Hoje, vamos um pouco mais além, pois veremos a necessidade deles na nossa vida.

Observe o mapa do Oriente Médio e procure onde fica Israel.

 

 

Se não procurar bem, nem se nota, não é mesmo?

Israel se resume a essa pequena faixa amarela que mal se vê no mapa.

Sua extensão territorial é menor do que o Sergipe, o menor dos estados brasileiros.

Ao redor dele todos os demais são países árabes e, muitos, inimigos há séculos.

Mas por que essas nações nunca conseguiram exterminá-lo do planeta de uma vez?

Afinal, se alguns deles se juntassem (ou mesmo um único, já que são muito maiores) poderiam apagar Israel do mapa até com certa facilidade.

 

A questão é que, sabendo que não pode contar com seus vizinhos – ao contrário, tem de se proteger deles o tempo todo – Israel desenvolveu os melhores sistemas de segurança do mundo.

Ainda que os países ao redor promovam ataques cada vez mais pesados, incluindo mísseis de longo alcance, uma das muitas tecnologias israelenses consegue detectá-los.

O Iron Dome, ou Cúpula de Ferro, tem impedido que muitos foguetes palestinos toquem o solo, pois é capaz de interceptá-los no ar, conforme a figura abaixo:

 

 

Mas como é que um país tão minúsculo, com um povo que já foi dizimado tantas vezes ao longo da história, consegue não só se manter de pé como desenvolver tanta tecnologia?

Antes de mais nada, há uma promessa de Deus feita a Abrahão, pai dos hebreus e também pai da fé do povo cristão.

Veja o que diz Gênesis 22-17:

… e a tua descendência possuirá a porta dos seus inimigos.

Veja como a posição de Israel no mapa é privilegiada, pois é banhado por todo o Mar Mediterrâneo.

E, mesmo com pouquíssima água doce, não enfrenta seca (devido a vários processos tecnológicos) e ainda abastece a Jordânia e a Autoridade Palestina.

Israel não está apenas situado à porta de seus inimigos, mas possui essa porta, conforme a promessa.

Mas, por que Deus não deu a Israel uma terra sem inimigos ao redor e sem tantos problemas?

Será que foi por descuido?

Obviamente que não!

Foram e são os problemas que fazem o país crescer e ser a potência que é.

Aliás, não esqueça que Israel foi fundado há apenas 72 anos (talvez o seu avô seja mais velho!).

Portanto, não reclame dos problemas, não murmure e não faça corpo mole.

Problemas são necessários e quem não os enfrenta, não cresce.

 

Nos vemos amanhã!

 

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Jornalista, especialista em finanças e autora de 5 best-selleres. Colunista do portal R7 e apresentadora do JR Dinheiro, no Jornal da Record.

  • Bom Dia!!!
    “”Problemas são necessários e quem não os enfrenta, não cresce””
    Verdade.

  • Bom dia, e muito forte!! Nenhuma promessa de Deus falha. Eu sabia que Israel era pequena, mas não tinha visto assim no mapa. Tem coisas que nós acontece para fazer diferente, mas por muitas fez por não estarmos próximo de Deus, tornamos algo que era para crescimento em um fardo. Com isso vem as reclamações, ansiedades, medo e assim vai. Por isso não podemos perde fé, por isso nos momentos mais difíceis temos que está ainda mais próximo de Deus.

  • Eita, Patrícia!
    E hoje cedo acordei chorando devido algumas circunstâncias….
    Obrigada!!

  • Bom dia Patrícia!
    Excelente leitura. Nunca tinha observado Israel assim com esse olhar. E sabemos que Deus cumpre o que promete.
    Obrigada por sempre nos proporcionar conteúdo de qualidade. Estou amando, já é minha rotina matinal, minha vitamina diária. Deus abençoe sempre sua vida. 😙🤗

  • Muito legal!
    Antigamente, quando não sabia lutar e reagir contra os problemas, ficava desesperada, olhava a vida alheia e pensava: “Poxa, não tenho ajuda de ninguém! Se eu tivesse ajuda como fulano tem dos parentes, eu conseguiria.”
    Mas, uma coisa não tem nada haver com a outra. Hoje em dia, sei que os problemas são o trampolim para o nosso sucesso. Sou eu que escolho o que vou fazer com os problemas, choramingar ou lutar e tirar lições preciosas para meu crescimento. Imagine se Israel ficasse choramingando as promessas feitas a Abraão? Não iria resolver nada, e jamais teria se tornado essa nação poderosa, mesmo com as promessas vindas do próprio Deus.
    Hoje, eu agradeço a Deus por cada problema vivido e que viverei. Aprendi que temos que “abraçar” os problemas, não focando na dor do problema, mas na solução que vou gerar pra ele. Não é fácil, mas não é impossível.
    Obrigada por esse post maravilhoso! Eia! Subamos e Possuamos!

  • Bom dia! Que preciosidade!!!

    Um exemplo tão nítido da veracidade das promessas de Deus e Sua Palavra!!! E ainda tem quem duvide.

    “… da fraqueza tiraram forças…” Hb 11.34

    Parabéns pela abordagem!

  • Bom dia querida! Mamãe já dizia: ” Deus dá o frio, conforme o cobertor”, crescendo sempre, ñ importa quais adversidades teremos que enfrentar. 😍😍

    • É isso: Ele não impede o frio, mas sempre supre as nossas necessidades!

  • Oi patrícia bom dia, é verdade, muito bom seu exemplo citando Israel, pois é isso mesmo que acontece em nossas vidas, e por mais que não gostamos, mas é necessário passarmos por problemas.

  • Olá Patrícia! Obrigada por trazer essa abordagem. Por mais que não se goste de lidar com os problemas, eles se apresentam sob as mais variadas formas e é mesmo necessário o enfrentamento e a busca de uma solução. Acrescento o que está no Salmo 145,14 “O Senhor sustenta a todos os que caem, e levanta a todos os abatidos.” Acrescento também Tiago 1,5 “Se algum de vocês tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá livremente, de boa vontade; e lhe será concedida.” Abraços!

  • Olá Patrícia!
    Entendendo a cada dia o quanto é importante aprender lidar com os problemas, não seriamos quem somos sem eles, louvemos a Deus por sua fidelidade, e que possamos nos esforçar a cada dia e fazer a nossa parte assim como Israel tem feito durante todos esses anos.

    Grande abraço.

  • Uma coisa que aprendi: não resolver os problemas no lugar da pessoa pois tiro a oportunidade da pessoa que tem o problema de crescer e se desenvolver.

  • Nossa. Eu não tinha ideia desse ponto de vista sobre Israel. Na verdade eu só conheci um pouco de Israel assistindo a novela Apocalipse. Um dia eu pretendo conhecer pessoalmente em viagem. Mas é mais um exemplo que as adversidades nos fortalece. Porém se nós aproveitamos a adversidade para aprender. Se pararmos, pensarmos no que erramos, aprendermos e corrigirmos o caminho. Se usarmos o raciocínio para aprender com a dificuldade. Pois há pessoas que passam por dificuldades e nem param para pensar e vão novamente pelo mesmo erro. Fazem mil vezes a mesma coisa esperando o resultado diferente.

  • Olá, Patrícia! Pretendo conhecer Israel assim que possível e nem sabia destes detalhes sobre o país… Obrigada por compartilhar esperança, conhecimento e lucidez (em especial nos artigos sobre a pandemia). Desejo-lhe ótimas festas, muita saúde e prosperidade. Obrigada pelo seu trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *