Precisamos saber qual é o nosso lugar – JE #18

19/11/2021

Precisamos saber qual é o nosso lugar – JE #18

Já passou pela experiência vergonhosa de perceber que está fora de lugar e ter de se recolocar? O post de…

Já passou pela experiência vergonhosa de perceber que está fora de lugar e ter de se recolocar? O post de hoje é sobre isso!

Novos pontos de vista para velhas perguntas

Dando continuidade ao último post (para ler clique aqui), vamos meditar sobre as perguntas que geralmente fazemos quando as coisas não saem da forma que queremos, ou quando nos achamos a pessoa mais injustiçada da face da Terra.

Normalmente começamos a perguntar:

  • Por que “fulano” conquista o que quer e eu não?
  • A vida dos outros é sempre mais fácil e a minha não deslancha…
  • “Beltrano” que é uma pessoa má vence e eu não!

Sobre isso, eu li uma pequena passagem que cai como uma luva sobre essas questões.

Aliás, eu parei aí e nem li o resto da história porque havia muito a meditar só nesse trechinho:

E Naamã, capitão do exército do rei da Síria, era um grande homem diante de seu senhor (o rei), e de muito respeito; porque por ele o SENHOR (Deus) dera livramento aos sírios; e era este homem herói valoroso, porém leproso.”

2 Reis 5:1

Tem TANTA coisa aqui que é preciso tempo para digerir… Então, vamos lá!

Começando pela figura de Naamã:

Naquela época de guerra, os capitães dos reinos eram figuras tão importantes que, abaixo do rei, eram as maiores autoridades.

Logo, podemos imaginar o quanto sua posição era cobiçada e o quanto ele era respeitado.

Aliás, um parêntese: o que as pessoas deviam cobiçar era o status de Naamã, e não o fato de ele arriscar a vida inúmeras vezes na frente da batalha!

Essa imagem de Naamã era o que as pessoas viam: um guerreiro vitorioso e de muito prestígio no reino.

Imagine o que o povo devia falar dele:

  • Que homem incrível!
  • Quisera eu ser como ele!
  • Ah, se eu tivesse essas vitórias e essa glória toda!
  • Como ele deve ser feliz e satisfeito consigo mesmo!

O que se vê e o que não se vê

Essa era a parte “visível” de Naamã, porém, havia uma parte não visível que colocaria toda a sua glória a perder.

Naquela época, a lepra era considerada uma maldição.

Por ser contagiosa e incurável, todos os leprosos eram isolados do lado de fora das cidades, muitas vezes morando em cavernas e vivendo como mendigos, afinal de contas, quem ousaria ir até eles?

A doença de Naamã foi escondida do povo, caso contrário, ele não estaria ainda como capitão do exército.

E aí já está o primeiro ponto: a vida de qualquer pessoa tem dois lados: o público e o privado.

Em tempos de redes sociais, as pessoas “editam” muito bem o que tornar público e o que esconder.

E isso pode dar a impressão de que aquela foto sorrindo de orelha a orelha expressa uma vida perfeita, muito diferente da sua que é cheia de abacaxis para descascar.

Naamã parecia ter uma vida perfeita, mas “um detalhe” poderia reduzi-lo de segunda maior autoridade do país a um maldito, fadado à mendicância.

Não estou dizendo que devemos desconfiar de qualquer um que aparece sorrindo na internet, mas sim, que você não deve ser ingênuo a ponto de achar que um perfil de rede social defina a vida de alguém.

É aquela frase: não compare os seus bastidores com o palco dos outros.

“Ponha-se no seu lugar!”

E um último ponto para a meditação de hoje:

…porque por ele o SENHOR (Deus) dera livramento aos sírios;

Precisamos lembrar que Deus é soberano e que, embora possamos não entender suas ações, não estamos na posição de questioná-Lo.

Quem permitiu que Naamã – um homem que não fazia parte do Seu povo e ainda por cima odiava Israel – fosse um herói de guerra.

Deus o usou para dar vitórias à Síria porque isso estava de acordo com os planos divinos.

E quais planos eram esses?

Mostrar a toda Síria que Ele é o verdadeiro Deus.

A cura de Naamã, ao se humilhar e obedecer a voz do profeta Eliseu, fez com que ele passasse a honrar o Deus Único, assim como o rei da Síria e todo o povo.

Portanto, não cabe a mim e a você ficarmos perguntando o porquê das coisas.

Cabe a nós nos colocarmos no nosso lugar e cuidarmos da nossa vida que, por sinal, já dá muito trabalho!

Comente abaixo o que essa meditação trouxe de bom para você.

Nos vemos!

18 comentários

    Bom dia! Verdade! Cuidar da nossa vida já dá muito trabalho rsrsr…eu ñ tenho muito tempo para as redes sociais e nem muito saco. Meu tempo é precioso. 🤗🤗🤩😘

    Ei Patrícia , boa tarde!
    … É verdade, esse comportamento de ficar olhando a vida do outro não traz benefício nenhum. Só faz perdemos o foco no que realmente importa: nossa vida.
    Coerentemente certas pessoas estão onde estão é porque lutaram e venceram. O que vemos é apenas a ponta do iceberg .
    Eu acredito que mesmo Naamã sendo curado da lepra surgiram outros problemas, afinal ” só não tem problema que é criança” . Para concluir, todos nós temos problemas independente da posição que ocupamos na sociedade. Cabe a nós seguir o exemplo de Naamã que foi buscar ajuda do alto para resolve-los.
    Forte abraço e até a próxima!

      Perfeito sua colocação !

    Muito obrigada. Que meditação diferente dessa história da Bíblia, nunca vi dessa forma. Parabéns !Aprendi e tenho aprendido muito com seus textos.

    Olá! Obrigada por trazer essa passagem bíblica contextualizada para uma reflexão bastante oportuna. Parece mesmo que não importava Naamã ser valoroso, afinal era um leproso. Não importava o quanto se destacou no campo de batalha, o destaque era que fosse um leproso. Há claramente a valorização do “ter” (status dele) e não o fato dele “ser” um guerreiro que enfrentava as batalhas independente dos riscos pertinentes. Para o povo era importante mostrar a “aparência perfeita” de Naamã e não o “detalhe” de que ele era um leproso. Talvez, naquele período teve “origem” a fala do tipo “as aparências enganam”… Bem, como o propósito era muito maior que se imaginava, digo: Só o Senhor é Deus! ELE “sabe” o lugar de cada um. Simples assim (rs…rs…). Abraços

    Achei Top como sempre!!!
    As vezes somos acometidos por esses sentimentos de injustiça, quando vemos aparentemente alguém do “mal” se dando bem. Mas esquecemos que Deus tudo vê e que Ele é Fiel. Sua Palavra e Seus Propósitos não se frustram. Devemos ser humildes para aceitar nossa posição de filho e servo.
    Beijos

    Boa Noite Querida
    O tempo é precioso , por isso eu prezo o meu , não gosto de perder tempo com redes sociais e muito pior com discursões que não agregam valores em nossas vidas.
    Seus vídeos e ensinamentos,aí sim são valiosos para nosso aprendizado.
    Grata por tudo ❤️🌺💕❣️

    Não tinha meditado na história de Naama por este ângulo, quando acontece algo de ruim conosco ou algo não acontece a primeira coisa que nos questionamos é o porquê, longo em seguida começamos a comparar, porque coisas ruins acontecem com os bons e as boas com os ruins. A partir de agora vou analisar melhor a situação e procurar ver o propósito divino que está por trás daquela situação. E outro fato que não podemos esquecer é que nada acontece se não for pela vontade de Deus, e que temos que analisar a situação num todo não só nas partes que nos convém.

    Verdade isso também vale para as mamães que ficam olhando as novas tendencias nas redes sociais sobre moda infantil ou até mesmo brinquedos e coisas do tipo, esquecem que o arroz com feijão é o suficiente para sua criança ser feliz, o que uma criança gosta e quer mesmo é atenção dos pais que eles se importem, converse, escute elas e que passe um tempo com seus filhos, não que seja errado os nosso filhos ter do bom e do melhor, mas quando o dar é só pra mostra nas redes sociais um pouco de simancou funciona.

    Pois é. Uma importante reflexão que precisa ser vista periodicamente. Nos colocamos no lugar devido realocando as emoções e regulando nossa visão para os fatos, e fazendo por onde prosseguir sempre, apesar dos pesares.

    Nas vezes em que me sinto injustiçada preciso me lembrar que Deus tem feito grandes coisas em minha vida também, sua fidelidade tem sido infinita comigo como também o seu cuidado e amor! Muitas vezes usei um remédio infalível : O SALMO 37. Precisamos trazer à memoria o que nos traz esperança ! Muito oportuna esta reflexão, Patrícia. Muitas verdades contidas. Obrigada mais uma vez 🙏🏼👍🏼❤😚

    Olá querida, essa meditação me trouxe a lembrança de que “eu” sempre quis ser como algumas pesoas que admirava, pois mostravam uma postura elogiável, ao me aproximar delas, porque eu gostava do que via, foi então que (graças à Deus) veio a decepção (verdade). E desde então quero ser eu mesma, me moldando, aprendendo, lendo, me tornando melhor a cada dia. Obrigada por teus ensinamentos que muito me tem acrescentado. Bjos

    QUANDO PAREI DE OLHAR PARA A VIDA DOS OUTROS E COMECEI A OLHAR PARA O QUE DEUS FEZ, FAZ E VAI FAZER EM MINHA VIDA, TUDO TEVE SENTIDO EM MINHA VIDA.
    BEIJOS PATYYYY!

    precisa ler isto hoje!

    Muito boa colocação, Patrícia! Às vezes me pego pensando em como deve ser corrida a sua rotina de vida (ops…. não é xeretando, tá) e louvo a Deus pelo seu esforço e acima de tudo, da sua dependência do Pai em cada empreitada – e olha que você se desdobra!
    Para mim, você é um dos muitos exemplos que Deus coloca em minha vida para eu aprender que devo cuidar somente do que me cabe e prosseguir atrás dos meus sonhos!
    Muito obrigada!

    Essa mensagem é o espelho de muitas vidas por aí por fora aparece ser muito boazinha mas por dentro é uma fera.

    Importante sempre estar atento ao que é externado, pois é apenas uma foto e não o filme todo. Gostei muita dessa analogia que nem lembro mais onde ouvi, mas que fez muito sentido ao ler o texto agora. E fez ainda mais sentido quando numa viagem tinha um casal que brigava o tempo todo, mas nas fotos eram a família perfeita. Fiquei pensando em quantos cenários são arranjados assim. Preciso cuidar do meu jardim e confiar que Deus está cuidando de mim. Obrigada pela reflexão.

    Nós não temos paciência pra esperar o tempo e a vontade de Deus. Por isso acabamos nos frustrando ou desanimando ao ver pesssoas que julgamos erradas conquistando, enquanto nós aqui…..no aguardo. Bjs!!

Gostou? Comente aqui!

Deixe um comentário




Outras notícias


Produtos




TV Patrícia Lages




Não perca nada. Seu dinheiro agradece!

Digite seu e-mail no campo abaixo para se
inscrever em nossa newsletter.

Shopping cart

0

No products in the cart.