Momentos em que “covardia” é necessária – JE#19

26/11/2021

Momentos em que “covardia” é necessária – JE#19

Sim, há momentos em que devemos correr de certas coisas para o nosso próprio benefício. Covardia pode ser um ótimo…

Sim, há momentos em que devemos correr de certas coisas para o nosso próprio benefício.

Covardia pode ser um ótimo “defeito”

Nada como terminar a semana com uma reflexão que pode mudar tudo na nossa vida, não é mesmo?

E está certamente é uma delas!

Ninguém gosta de ser chamado de covarde e isso acontece desde que somos crianças.

Bastava alguém nos desafiar a fazer algo perigoso usando a palavrinha mágica “duvido” e lá íamos nós fazer o que não devíamos só para provar que éramos corajosos…

Isso pode acontecer também na vida adulta, quando fazemos coisas perigosas só para mostrar que não somos covardes.

Porém, há momentos em que a covardia nos livra de muitas dores de cabeça.

Para quem já alcançou uma certa maturidade (não necessariamente de idade, mas de consciência) sabe que o que muita gente chama de covardia, na verdade, se chama prudência.

Quando você se conhece e sabe que há situações que podem lhe prejudicar, você “foge” disso. Sim, você FOGE!

Por exemplo:

  • Você sabe que está com o orçamento apertado e se conhece o suficiente para saber que se for ao shopping só para “dar uma voltinha”, vai se endividar ainda mais. Se você é prudente, não vai dar uma de “corajosa” indo mesmo assim. Você simplesmente não vai;
  • Você sabe que há pessoas que conseguem lhe convencer a fazer coisas que não deve, logo, se é prudente, você foge dessas pessoas como qualquer covarde fugiria de uma guerra;
  • Você percebeu que há uma pessoa dando em cima de você no trabalho, mas você é comprometido. Sendo prudente, você corre dessa como o diabo corre da cruz! Você não “paga para ver” dizendo a si mesmo que é forte e não cederá à tentação, pois isso não é coragem, mas sim, se arriscar demais.

O “tarde demais” existe!

Há pessoas que se arriscam demais, achando que todos os seus erros poderão ser corrigidos dando ouvidos a uma grande mentira:

“Nunca é tarde!”

Para algumas coisas, sempre é momento de começar e isso nos leva a dizer, por exemplo, que nunca é tarde para estudar, nunca é tarde para perdoar, nunca é tarde para fazer o bem.

Isso pode parecer muito bonito, mas não é verdadeiro.

Quando você deixa o tempo passar, não estuda e não passa de ano, o tarde demais chegou para você.

Quando você não perdoa uma pessoa e ela falece, o tarde demais chegou para você.

Quando você não faz o bem e a oportunidade passa, o tarde demais chegou para você.

E quando você se arrisca e se prejudica por conta dessa falta de prudência, o tarde demais chegou para você.

Portanto, FUJA de qualquer coisa que possa prejudicar o seu caráter, a sua integridade física, a sua fé, a sua carreira profissional ou o que quer que seja.

Fuja de toda a aparência do mal

(I Ts 5.22)

Nos vemos!

15 comentários

    UAU!!! É muito isso que só com a maturidade, experiência, podemos discernir. E não é fácil. O Mal nos ronda.
    Oro a Deus para iluminar meu caminho e os de bom coração, porque os de mal, já se perderam. E tudo é questão do cérebro de cada um, da saúde mental.
    Que sempre a tenhamos.

    Simplesmente perfeito Patrícia!

    Ótima reflexão, muitas vezes precisamos fugir!

    Gosto de pensar que a coragem se prudência é simplesmente burrice. Tem que avaliar no que estamos nos metendo antes de ser tarde demais

    Isso mesmo! Quando nos conhecemos sabemos do que temos de fugir!

    Precisava ouvi isso hoje! 🥰

    Boa noite! Prudência nunca é demais!!🤗🤩😘

    Estou com a Isabela.
    Uau!

    Olá, Patrícia! Amei a “confirmação” de que o “tarde demais” existe! Reconheço que EU bem sei disso (rs…rs…). Acrescento Tiago 1:13-18 que diz “13Quando alguém for tentado, jamais deverá dizer: “Estou sendo tentado por Deus”. Pois Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta.14Cada um, porém, é tentado pela própria cobiça, sendo por esta arrastado e seduzido.15Então a cobiça, tendo engravidado, dá à luz o pecado; e o pecado, após ter-se consumado, gera a morte.16Meus amados irmãos, não se deixem enganar.17Toda boa dádiva e todo dom perfeito vêm do alto, descendo do Pai das luzes, que não muda como sombras inconstantes.18Por sua decisão ele nos gerou pela palavra da verdade, para que sejamos como que os primeiros frutos de tudo o que ele criou.” Abraços

    Exatamente, parece obvio, mas o roar e vigiar deve ser constante.

    EU NÃO QUERO COMER TANTO DOCE COMO EU COMO E A SOLUÇÃO QUE ACHEI FOI NÃO COMPRAR COISAS DOCES.

    Bom dia, Patrícia!
    Que oportuna reflexão!

    Obrigada!

    Verdade, muita tentação sempre, dinheiro, luxúria, vaidade……que sempre trazem consequências ruins, muitas vezes irremediáveis. Ótimo Post, Bjs

    Verdade….toda vez que saio principalmente quando estou deprimida acabo gastando demais…por isso não consigo me livrar das dívidas e acabo atrasando as principais que são extremamente essenciais😟

    As letras minúsculas são difíceis de ler.

Gostou? Comente aqui!

Deixe um comentário




Outras notícias


Produtos




TV Patrícia Lages

Não foi fornecido um URL válido.


Não perca nada. Seu dinheiro agradece!

Digite seu e-mail no campo abaixo para se
inscrever em nossa newsletter.

Shopping cart

0

No products in the cart.