Uma das maiores dificuldades de quem empreende é precificar seus produtos e/ou serviços. Confira no post de hoje uma forma simples de fazer isso!

etiqueta

 

Precificação de produtos e serviços

Quando o assunto é estabelecer preços, geralmente encontramos 3 tipos de empreendedores:

1. Os que simplificam demais essa tarefa (com estratégias do tipo: coloque 100% sobre preço de custo e está tudo certo!);

2. Os que copiam o preço dos concorrentes (ou vendem um pouco mais barato achando que isso trará clientes);

3. Os que acham que é tão difícil que acabam indo pela intuição, ou seja, chutam mesmo!

Por causa disso, é comum ouvirmos a seguinte queixa:

“Trabalho muito, viro noites, vendo bem, recebo dos clientes, mas…. não vejo a cor do dinheiro!”

Se isso está acontecendo com você, provavelmente é porque o preço dos seus produtos ou serviços está abaixo do que deveria. E, daí, surge outra queixa comum:

“Mas se eu aumentar o preço, o cliente não vai querer pagar!”

Se isso está acontecendo com você, provavelmente é porque o seu foco está no cliente errado (lembra do post de ontem sobre o Canvas e a importância de definir bem o seu segmento de clientes?).

 

Como definir preços

Definir preços de uma maneira correta, que garanta lucro e crescimento não é super difícil, mas também não se trata de jogar uma porcentagem X sobre tudo e pronto.

Cada negócio tem sua particularidade e cada mercado tem um formato, por isso, ainda que você venha optar por uma determinada estratégia, tambémprecisa pesquisar os valores praticados no mercado.

Depois disso, precisa se posicionar, ou seja, descobrir em que patamar quer se estabelecer:

  • Você será o que oferece o menor preço
  • Será o que tem um preço médio
  • Será o que priorizará a qualidade, ainda que seja o mais caro

Existem várias fórmulas e técnicas para se precificar produtos e no vídeo deste post estou mostrando uma delas. Trata-se de um cálculo simples, em apenas 6 passos, porém, bastante completo, confira!

Amanhã teremos o último post da Semana do Empreendedorismo aqui no blog. Sobre qual tema você gostaria que falássemos? Deixe sua sugestão nos comentários!

Nos vemos!

Jornalista especialista em finanças, autora do best-seller Bolsa Blindada, colunista do programa Mulheres, TV Gazeta e youtuber.

  • Sou representante comercial de uma marca de higiene pessoal e tenho dúvidas sobre abordagens de novos clientes. Temos aquela “rota” a cumprir e eventualmente aparecem novos mercadinhos no caminho.
    Seria adequado entrar e oferecer o produto assim…. do nada? Ou marcar uma reunião daria uma abordagem mais “profissional”?

  • Oi Paty, tudo bem? Eu sei que existem outros youtubers que comentam a respeito do MEI, mas, gostaria de saber a sua opinião sobre ele. Até que ponto uma autônoma deve deixar de ser informal e passar a ser formal, através do MEI? Será que trará vantagens ou desvantagens? Ou os dois?

  • Adorei o artigo e vídeo, super esclarecedor, sempre tive muita dificuldades em relação a esse assunto,por nao saber por onde começar ou como, vou tentar fazer os 6 passos, acho que minha maior dificuldade é que trabalho com diversos produtos no ramo de flores, ai não sei como incluir todos os custos. Nota 10 esse artigo!

  • Bom dia Patrícia,
    Gostaria que vc falasse sobre empreender com o marketing multinivel.
    Li o livro negócio do século XXI e Escola de Negócio ambos de Robert Kiyosaki e achei muito interessante esse novo modelo de empreender.
    Bjus

    • O conceito é o mesmo, faça as contas uma a um (do passo 1 ao 3) e, depois, no rateio dos passos seguintes, divida pelo número de produtos que tiver na sua linha. Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *