Complementando o tema da semana: Não perder tempo com o que – ou quem – não vale a pena, hoje vamos saber quem deve nos dar ordens (e que devemos obedecer incondicionalmente!). Confira!

Mais uma vez vamos destacar um post de Renato Cardoso aqui no blog, pois tem tudo a ver com o assunto do Desafio da Prosperidade desta semana. (Se você não conhece o Desafio, clique aqui para acompanhar desde o primeiro). Boa leitura!

“Pouquíssimas pessoas escolhem dizer a si mesmas o que fazer. A maioria, a maior parte do tempo, precisa que outros lhe digam o que fazer. Desde que nascemos, outros nos ditam o que vestir, o que comer, qual religião ter, de quem gostar e não gostar, que carreira seguir etc. Nos acostumamos a isso, a receber ordens.

Você quer saber por que isso acontece? A razão está em como a mente funciona.

Sua mente é uma fonte inesgotável de energia e tem poder ilimitado. Mas ela não foi feita para funcionar em piloto automático. Ela só faz o que lhe é mandado. Em outras palavras, sua mente precisa de um chefe. Energia é inútil a menos que seja aproveitada.

Sua mente está cheia de energia. Se você não aproveitar esse poder, ela lhe será inútil — ou pior: alguém irá usá-la para se servir de você. Se você não é o chefe de sua mente, alguém será.

Este fenômeno explica por que a maioria das pessoas no mundo trabalha para os outros, ou seja, escolhe ser empregado assalariado. Em vez de trabalhar para si e ganhar seu próprio dinheiro, elas trabalham para os outros por um preço fixo. Por quê? Porque é mais fácil para suas mentes.

Quando você trabalha para outra pessoa, você não precisa dizer a si mesmo o que fazer. Os proprietários da empresa, gerentes e supervisores fazem isso para você. Assim que você é admitido na empresa, recebe uma descrição do trabalho. Tudo que você tem a fazer é seguir aquelas ordens e recolher o seu salário no final do mês. Simples assim.

Mas trabalhar para si mesmo significa que você não tem patrão. Você é seu próprio patrão. Você tem que dizer a si mesmo o que fazer. E não só isso: você também tem que dizer a seus funcionários o que fazer, pois precisam de direção todos os dias. Fácil? Não. Não é de surpreender que muitos sonham em ter seu próprio negócio mas desistem rapidamente quando percebem que dar ordens a si mesmo e a outros é um trabalho mais árduo que recebê-las.

Se você quer melhorar a qualidade de sua vida, comece dizendo a si mesmo o que fazer. Se você dá a sua mente uma tarefa, com toda seriedade de um patrão, ela vai encontrar um jeito de realizá-la. Ela é capaz, mas precisa de um capataz.

Mas se você disser à sua mente ‘Isso é impossível’, ela simplesmente irá obedecer e desistir de procurar uma solução.

De quem sua mente tem recebido ordens?”

Nos vemos!

Jornalista, especialista em finanças e autora de 5 best-selleres. Colunista do portal R7 e apresentadora do JR Dinheiro, no Jornal da Record.

  • nossa realmente, depende de nós se queremos nossas mentes para o nosso bem , ou queremos que ela seja usada pelos outros, realmente muito de nós queremos trabalhar para os outros porque na nossa mente já estar cauterizado, que e mais fácil, temos que esvaciar nossas mentes desse pensamento. e nós dar a nossa própria ordem.

  • puxa não é facil memo por vezes almejamos ser patroes mas nem imaginamos o exercicio k isso é impossivel não é

  • Olá, bom dia…
    É verdade, temos que dominar nossa mente, se não, será dominada por terceiros.
    Esse post é pra meditar e colocar em prática nossa mente, muito bom.

  • Li este post do Bispo Renato, e guardei isso pra mim.
    Em muitos momentos me empenhei para fazer para os outros, mas pra meu próprio benefício, não! :-/
    O pior de tudo isso Paty, é praticamente uma “cultura” que nós deixamos que se instale na gente.
    Como o próprio Bispo disse, nossa mente possuem energia inesgotável; como um computador.
    A melhor solução pra fugir dessa cultura; alienação é ” desprogramar” e começar com um novo “HD”.
    Beijos :-*

  • Nossa, Maravilha de Post! Parece que este post foi feito para que eu possa ter atitude em meu sonhos e correr atrás do que me da lucro de verdade, sou registrada em um serviço e me sinto presa pois quero algo mais bem mais voa pra bem longe com minhas próprias asas, mas o que me falta é atitude e esse post serviu como uma resposta: . Se você dá a sua mente uma tarefa, com toda seriedade de um patrão, ela vai encontrar um jeito de realizá-la. Ela é capaz, mas precisa de um capataz.

    beijos ;*

  • Muito bacana Paty,precisamos dar mais ordens a nossa mente,com a nossa mente temos que ser chefe ,mandamos e ela obedece,quando vencemos e temos nossos funcionários ai sim é hora de sermos líder!!!!

  • Eu precisava disso, estou preste a tomar algumas decisões importantes em minha vida e já estava pensando se conseguiria ou não. Agora sei que sim e melhor sem contar com a opinião de todos como sempre fazia.

    Vocês são uma benção para minha vida!!!

  • Já li este post, e realmente as pessoas não querem ter o trabalho de ter que mandar nos outros e ter responsabilidades maiores sendo donos de seus próprios negócios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *