Sempre é tempo de mudarmos para melhor, por isso, esse post ter o objetivos de mostrar alguns hábitos financeiros nocivos que você deve abandonar!

Mude seus hábitos financeiros e cresça

Nós, seres humanos, certamente somos seres movidos por hábitos.

Hábitos de sucesso nos levarão a ser bem-sucedidos, enquanto hábitos de fracasso nos levarão a fracassar.

Por isso, a primeira coisa que devemos entender quando o assunto é sucesso ou fracasso é que:

O sucesso e o fracasso dependem muito mais das atitudes da própria pessoa do que de fatores externos.

Embora existam pessoas com mais oportunidades do que outras, o que vai levá-las a serem bem-sucedidas é o esforço de cada um.

Considerando, é claro, que quem tem menos oportunidades terá de se esforçar mais, como foi – e em muitas coisas ainda é – o meu caso.

O caminho que tive de trilhar até aqui foi bastante sacrificante, mas posso afirmar que é o melhor caminho!

Olhar para trás e ver que seus esforços valeram a pena não tem preço e é isso que eu desejo a você nesta edição do Desafio 2020 com dinheiro.

Ao contrário do que muita gente faz, trilhar o seu caminho não é fazer tudo igual e esperar que as coisas mudem.

Se você realmente quer mudança, precisa mudar.

Mas eu creio que isso você já leu e ouviu centenas de vezes.

A questão é saber o que deixar de fazer, ou seja, em que mudar, não é mesmo?

E a proposta deste post é apontar alguns hábitos nocivos que você deve abandonar para que a sua vida financeira cresça.

Anote aí!

Pare de comprar a prazo

Mesmo quando algo tem o mesmo preço à vista ou parcelado, o hábito de comprar tudo a prazo geralmente faz as pessoas gastarem mais.

É muito mais “doloroso” pagar 500 reais em algo de uma vez do que pagar 10 parcelas de 50.

Por isso, é comum que as pessoas, em vez de gastarem apenas as 10 parcelas de 50, gastem 10 X 70, 80 ou 100.

E, tudo isso, achando que gastou pouco.

Além de você ter gasto mais do que precisava, estará comprometendo o seu orçamento nos próximos 10 meses, o que é um tempo bem extenso se você parar para pensar.

Saiba dizer não

Embora eu já tenha falado várias vezes sobre isso, sempre vale a pena lembrar.

O número de pessoas que estão em uma situação financeira complicada por dizerem sim para tudo e todos é alarmante.

Com o intuito de não parecerem “mãos-de-vaca” ou de não darem a impressão de que não têm dinheiro, muitos gastam o que não podem e nem sequer têm.

As aparências para a nossa sociedade são muito importantes, mas não devemos entrar nessa onda.

Afinal, de que adianta parecer o que não é?

Você não precisa de tudo o que dizem

Lembro-me que ficamos cerca de um ano e meio sem micro-ondas em casa.

E, inesperadamente, várias pessoas perguntavam quando eu ia comprar outro, sendo que quem usa sou eu e meu marido.

Nós decidimos esperar e ver se nos fazia falta antes de sair para comprar outro.

Eu tinha o dinheiro, não ia me fazer a menor falta, mas para que comprar algo correndo só porque o anterior pifou?

E não pifou por uso, mas sim porque fomos fazer uma limpeza da forma que não deveríamos!

Durante muito tempo não sentimos falta, até que começamos a comprar comida congelada para os dias corridos e, aí sim, o micro-ondas fez falta.

Quando decidimos comprar, levamos mais três meses pesquisando até aparecer uma boa promoção.

Pagamos muito menos e ainda ganhamos frete grátis! 🙂

 

Se você colocar em prática esses três pequenos hábitos, certamente já vai começar a ter um resultado positivo.

E se quiser se aprofundar mais no seu sucesso, indico o meu novo curso.

 

Gerenciando a si mesmo – Curso on-line

 

Se você quer ter um 2020 realmente diferente, faça diferente!

Conheça o meu novo curso on-line super completo com 48 aulas práticas.

É muito conteúdo em um formato super didático e com exercícios práticos.

Cada aula tem uma apostila para baixar e você ainda recebe um box com todos os meus livros e uma caneca exclusiva.

Confira o vídeo!

Para saber mais sobre o curso, clique aqui.

 

Para ver os desafios anteriores, clique nos títulos abaixo:

#1 – A importância do controle financeiro

#2 – O que lhe impede de mudar de vida?

#3 – “Não sei por onde começar”

 

Nos vemos no desafio 5!

 

Jornalista, especialista em finanças, autora de 5 best-selleres, colaboradora dos programas Mulheres (TV Gazeta) e Escola do Amor (Record TV). Colunista do portal R7 e youtuber.

  • Bom dia, Patrícia!!
    Em primeiro lugar, repito aqui o que já lhe disse: ontem fui ao banco, falei com o gerente e pedi para retirar o limite que me concederam (sem que eu pedisse) e também inibisse a possibilidade de ter o crédito novamente na minha conta. Além de não ser uma conta com cheque especial, prestei muita atenção no que você disse sobre a taxa que os bancos estão autorizados cobrar!
    Em segundo lugar, você contou a história do seu microondas…. eu estou pesquisando para comprar fritadeira… fui na loja e a moça disse: “Ah, já tem um carnê aprovado para a senhora!”…. só que o parcelamento é via financiamento…. quanto vai me custar??? Sem pestanejar decidi juntar o dinheiro para comprar à vista… e enquanto isso seguirei o conselho de uma amiga: já tirei o açúcar e o óleo da minha vida…. o que precisar de óleo, eu substituo!
    Beijos

  • Sou muito grata por esses desafios,hoje posso entrar em uma loja e sair rindo e consciente,que não estava precisando da mercadoria,que não irá me fazer falta.Hoje sinto arrepio só de ouvir compras a prazo,kkkk.
    Patricia, que Deus continue sempre te usando,obrigada.

  • Patrícia quando irá sair seu livro sobre finanças para as crianças ? Abraços

    • Estamos terminando a diagramação que está sendo repaginada e está ficando lindo!! Em breve sairá!

  • Muito bom! Eu e meu esposo estamos sem TV há uns bons anos e quase não sentimos falta, se as vezes queremos assistir algo vemos no computador, as pessoas quando vem em casa nos olham como se parecêssemos et’s por não ter televisão rs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *