21 dias para crescer – Dica 5 – Irritações

Como todas as sextas, a Isabela Munhoz – a executiva que deixou a carreira para ser mãe – está conosco e vai dar continuidade aos 21 dias para crescer com uma dica que serve para todas nós (mães ou não)!

Leo

(Texto de Isabela Munhoz)

Meu filho de 4 anos está vendo um vídeo no tablet e, de repente, tiro da mão dele e falo: “hora de comer!”.

Ele fica irritado, começa a chorar e grita que quer continuar com o eletrônico na mão. Não me dou conta do quanto eu mesma provoco essa irritação, afinal, hora de comer é para sentar à mesa, conversar e comer. Ele faz birra e diz que não vai comer se eu não der o tablet de volta. Levanto a voz e o irrito ainda mais: ele chora, agora com raiva, dá socos na almofada, joga coisas no chão. Eu não dou mole, me mantenho firme e autoritária, mas ele também não desiste fácil. Pego pelo braço e o coloco de castigo, mesmo ainda irritado e gritando.

Minutos depois, volto para tirá-lo do castigo e levá-lo para comer. Ufa! Ele vai, mas me sinto mal por isso acontecer tantas vezes. Me sinto mal em irritá-lo, mas não sei o que fazer… Pior: não é só com o Ipad na hora de comer… É quando está brincando e eu digo que tem que tomar banho. Quando está vendo TV e digo que tem que ir dormir. É quando estamos na casa de alguém e digo que temos que ir embora. É na hora de ir embora de uma festa, mas ele não quer… Enfim, as discussões aconteciam sempre que ele queria continuar fazendo algo e, de repente, eu o irritava mandando parar e fazer outra coisa.

Mas veja que aconselhamento interessante:

“Vós, pais, não irriteis a vossos filhos, para que não percam o ânimo”. – Colossenses 3:21

Agora, tenho colocado em prática algo simples e que tem acabado com as discussões, irritações, choros e raiva: combinar antes!

“Leo, a mamãe vai colocar os vídeos do Lego Ninjago pra você ver, mas quando eu falar que é para ir comer, você pausa e a gente vai para a cozinha sem o tablet, tá?”

Ele entende, fica animado de assistir os desenhos e, quando o chamo para almoçar, lá vai ele, bonitinho, e faz conforme o combinado. Ele fica feliz e eu também. Não custou nada, mas evitou que eu o deixasse irritado e desanimado, além de me poupar muito estresse!

Percebi que, ao antecipar os próximos passos para o meu filho, além de deixá-lo mais seguro, ele se sente respeitado. Eu e meu marido continuamos exercendo nossa autoridade sobre ele, mas usando a disciplina de uma forma mais inteligente, sem irritá-lo. Como tem funcionado muito bem em casa, recomendo!

E isso não serve só para o relacionamento pais e filhos, mas em tudo. Será que o jeito que você trata seu namorado ou marido não tem provocado irritação? É claro que não fazemos de propósito, mas às vezes, sem perceber, agimos de maneiras irritantes e que só geram desânimo no outro!

E você, querida leitora, tem utilizado alguma técnica para lidar melhor com seus relacionamentos? Compartilhe conosco!

Até sexta que vem!

Isabela Munhoz

Jornalista com atuação no Brasil, Inglaterra, Argentina e Israel. Autora do best seller Bolsa Blindada e palestrante na Universidade de Harvard.

  • Adriana diz:

    Esse texto me lembrou o meu chefe, se ele compartilha com a equipe os próximos passos, todos procuram ajudar e se sentem valorizados, mas quando as decisões não são comunicadas e parecem ver “do nada” fica difícil não se irritar.

  • Valéria Miranda diz:

    O combinado não sai caro.

  • Katia Galvani diz:

    Adorei essa dica !!! Estou passando exatamente essa situação com meu filho, tudo é motivo de birra e irritação…vou fazer dessa forma agora, espero que dê certo.

    • Isabela Munhoz diz:

      Oi, Katia!
      Tenho certeza de que melhorará muito a situação com o seu filho.
      Depois nos conta como ficou depois de colocar em prática essa dica?
      Beijos!!!

  • Rebeca Beserra diz:

    Adorei! Nunca tinha parado pra pensar dessa forma.

    • Josemar Manuel diz:

      Para haver parceria, tem que haver negociação. Para haver negociação, tem que existir o cumprimento do acordos, de ambas as partes. A matéria de hoje, e, isso não serve só para o relacionamento de pais e filhos, mas em tudo, como foi mencionado aí.

      Os País de hoje não estão sabendo lidar com filhos principalmente. Primo por uma boa conversa, um bom acordo inteligente, que reduzirá menos estress, e aumentar mais disciplina.

      • Isabela Munhoz diz:

        É isso, Josemar!
        Abraços

  • Vilma diz:

    Saber se expressar é TUDO!
    Então …vamos por enquanto prática.
    Muito sábio esse POST

    Parabéns ❤

  • Luciana Santos diz:

    Descobri os videos da Patricia ontem, e por meio dele cheguei ao blog e por fim comecei a ler as postagens 21 dias para crescer. Lindos ensinamentos, e este post foi muito sábio. Parabéns para vcs e vou continuar seguindo!!!

    • Patrícia Lages diz:

      Obaaa! Seja muito bem-vinda! Bjs

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: