Dando continuidade à nossa sequência de posts sobre esse tema, hoje você terá mais informações sobre os dados que a China ocultou sobre a Covid-19.

Documento confirma que China ocultou dados sobre Covid-19

Primeiramente, antes de transcrever o texto originalmente publicado na minha coluna do R7, quero esclerecer o motivo de trazer esses assuntos aqui para o blog.

Tudo o que está acontecendo este ano nos afetou a todos, em cheio: trabalho (ou a falta dele), reservas financeiras (ou a falta delas), família, saúde, relacionamentos.

Enfim, todas as áreas da nossa vida foram afetadas e, por mais que seja um assunto indigesto, não podemos fingir que nada está acontecendo e que a vida segue igual.

Não é momento de querermos fugir da realidade criando um mundinho paralelo, mas sim, hora de estarmos mais antenados do que nunca.

 

Acompanhe

Para surpresa de zero pessoas que não confiam em informações fornecidos por ditaduras, documento revela que China mentiu sobre coronavírus.

A história que o governo chinês fez correr o mundo em 10 de fevereiro de 2020, dava conta de que um novo coronavírus fora detectado em um mercado na cidade mais populosa da China central – Wuhan – e que havia contaminado 2.478 pessoas.

A revelação visava alertar o mundo sobre um surto que poderia se espalhar e atingir outras nações com as quais, supostamente, a China estava preocupada.

Porém, de acordo com um relatório de 117 páginas classificado como “documento interno, por favor, mantenha confidencial” – ao qual a CNN Internacional teve acesso após um vazamento – as autoridades chinesas mentiram, confirmando as acusações dos Estados Unidos de que a China subnotificou casos, minimizou a pandemia e ocultou informações.

Segundo o documento, o número real de contaminados já passava dos cinco mil, mais que o dobro do admitido pelo governo chinês.

Além disso, em dezembro de 2019 haviam sido detectados diversos casos em outras duas cidades antes que o novo coronavírus chegasse a Wuhan.

A ideia de que a China estaria preocupada com o resto do mundo também não se sustenta, uma vez que os voos domésticos foram restringidos enquanto qualquer pessoa podia deixar o país livremente rumo ao destino internacional que quisesse.

Em entrevista concedida à BBC, o cientista Yuen Kwok-yung, professor da Universidade de Hong Kong convocado a trabalhar nas investigações da origem da pandemia, disse que o governo chinês “encobriu” casos de coronavírus e ocultou a informação sobre a transmissão humana por uma semana, justamente durante um período em que milhões de pessoas viajam por ocasião do Ano Novo Chinês.

Segundo Andrew Tate, professor da Universidade de Southampton, no Reino Unido, a época equivale ao nosso Natal e “é a maior movimentação de seres humanos do planeta”.

Mas o desencontro de informações havia começado antes.

Em 18 de janeiro, por exemplo, enquanto a China divulgava oficialmente apenas 45 casos confirmados de coronavírus, especialistas britânicos calculavam mais de quatro mil.

 

Provas físicas destruídas

De acordo com Kwok-yung, provas físicas foram destruídas pela China e cientistas foram instruídos a permanecer em silêncio, enquanto o anúncio das descobertas demorou a ser feito e, ainda assim, maquiando a situação.

O cientista afirma que, ao visitar o mercado em Wuhan, suposto epicentro da doença, o local havia sido fechado e desinfectado semanas antes.

Quando fomos ao mercado, não havia nada para ver porque estava limpo, a ‘cena do crime’ já estava alterada, portanto, não pudemos identificar nenhum hospedeiro que tivesse potencial para transmitir o vírus a humanos.

Ele ainda revela que “as autoridades locais deveriam transmitir informações, mas não fizeram isso tão rapidamente quanto deveriam. Se tivessem feito mais rápido, esse desastre seria 100 vezes menor.”

Faltam explicações, sobram perguntas

Como explicar que um país tenha sido capaz de construir um hospital de 34 mil metros quadrados em apenas dez dias – transmitindo para todo o planeta em tempo real, 24 horas por dia – mas tenha sido incapaz de informar o mundo sobre uma questão grave com a rapidez necessária?

Resta saber de que maneira os defensores da ditadura chinesa – incluindo a Organização Mundial de Saúde – irão se posicionar diante de todas essas questões e do vazamento de informações confidenciais que contradizem boa parte da história que a China vendeu ao mundo.

Será que continuarão aplaudindo e parabenizando a forma como a China vem se posicionando durante a pandemia?

Será que continuarão defendendo e divulgando a segurança e eficácia – ainda não comprovadas – da vacina desenvolvida no mesmo país de origem do vírus?

E quanto à opinião pública: continuará acreditando nos dados “transparentes” fornecidos pelo Partido Comunista da China?

Só nos resta esperar para ver.

 

Nos vemos amanhã.

 

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Jornalista, especialista em finanças e autora de 5 best-selleres. Colunista do portal R7 e apresentadora do JR Dinheiro, no Jornal da Record.

  • Oi, Patrícia. Bom dia!

    Você poderia fornecer o e-mail da reportagem desses vazamentos. Não consegui achar pelo Google.

    Obrigada.

    • Eu citei as fontes e a primeira rede a dar a notícia que foi a CNN. Eu não recebo reportagens por e-mail.

  • Bom dia, Patrícia,
    Ao ler o seu texto imediatamente lembrei que há pouco li em Lucas 21:8-19, o trecho que diz:
    “Ele respondeu: “Cuidado para não serem enganados. Pois muitos virão em meu nome, dizendo: ‘Sou eu! ’ e ‘o tempo está próximo’. Não os sigam.
    Quando ouvirem falar de guerras e rebeliões, não tenham medo. É necessário que primeiro aconteçam essas coisas, mas o fim não virá imediatamente”.
    Então lhes disse: “Nação se levantará contra nação, e reino contra reino.
    Haverá grandes terremotos, fomes e pestes em vários lugares, e acontecimentos terríveis e grandes sinais provenientes do céu.
    Mas antes de tudo isso, prenderão e perseguirão vocês. Então os entregarão às sinagogas e prisões, e vocês serão levados à presença de reis e governadores, tudo por causa do meu nome.
    Será para vocês uma oportunidade de dar testemunho.
    Mas convençam-se de uma vez de que não devem preocupar-se com o que dirão para se defender.
    Pois eu lhes darei palavras e sabedoria a que nenhum dos seus adversários será capaz de resistir ou contradizer.
    Vocês serão traídos até por pais, irmãos, parentes e amigos, e eles entregarão alguns de vocês à morte.
    Todos odiarão vocês por causa do meu nome.
    Contudo, nenhum fio de cabelo da cabeça de vocês se perderá.
    É perseverando que vocês obterão a vida.”

    A fé não despreza os fatos. Crer neles 100%? Jamais! Prefiro escolher a Verdade Absoluta da Palavra de Deus, ainda que tudo, tudo grite o contrário! A mentira existe desde sempre – não digo que com isso estou conformada, não! Este é o conselho precioso de um Pai amoroso que mesmo em meio as lutas, prometeu nunca nos abandonar (Hebreus 13:5). Desde o princípio Ele me deu a chance de escolher entre a vida e a morte – e sugeriu que eu escolhesse a vida…. (Deuteronômio 30:15). Deus não é homem para que minta, nem filho de homem para que se arrependa. Acaso ele fala, e deixa de agir? Acaso promete, e deixa de cumprir? (Números 23:19)
    Desculpe ter me prolongado no comentário!
    Beijos

  • Onde está a fonte oficial deste texto? Tem que citar as referências. Obrigada !

  • “Não é momento de querermos fugir da realidade criando um mundinho paralelo, mas sim, hora de estarmos mais antenados do que nunca.”
    Não só as pessoas estão se escondendo e nem querendo saber da realidade como estão crendo e agindo de forma irracional. Ontem eu vi uma reportagem na rua com o representante da associação das clínicas privadas de vacinação pedindo para a população por favor pararem de procurar as clínicas privadas, pois não há vacinas ainda para vender enquanto todo o processo de testagem da Anvisa não liberar. Ele fez este apelo porque as pessoas já estão ligando para as clinicas privadas querendo entrar em fila de espera de uma vacina que ainda não está pronta na Brasil e nem foi testada pela Anvisa ainda. Nem há ainda a previsão de valor ou de prazo para quando esta vacina vai ser disponibilizada às clínicas.
    E o pior de tudo foi o apelo final dele pedindo para as pessoas procurarem as redes públicas de saúde para colocarem suas carteiras de vacinação em dia, pois as pessoas estão deixando de se vacinar com medo de sair na rua por causa do covid-19 e doenças, que já existem vacinas testadas e gratuitas nos postos, estão com risco de retornarem a se alastrar na população por falta de vacinação.
    As pessoas estão com tanto medo que não estão pensado. Eu aprendi com a minha fé em Jesus que os momentos mais difíceis são os que mais exigem que eu coloque a emoção de lado e tente ser o mais racional possível.
    Podemos perceber nesta época que nunca houve tantas pessoas que caíram em golpes como esta que vivemos hoje. Precisamos ficar alertas mesmo.

  • Bom dia Patrícia,
    Eu sempre me mantive à margem de certos acontecimentos, para não me aborrecer, não pirar, mas como você mesmo escreveu:
    ,”não podemos fingir que nada está acontecendo e que a vida segue igual” e “Não é momento de querermos fugir da realidade criando um mundinho paralelo, mas sim, hora de estarmos mais antenados do que nunca.”
    Cada um cria seu método de defesa. O meu é crer que Deus tem o controle de tudo e procuro continuar produzindo, sendo no trabalho, nos assuntos domésticos, com amigos e parentes.
    Quando estou no ápice do stress desligo o note por uns 2 dias, cozinho, caminho, assisto TV. Saio de cena.
    Desde que o primeiro “fique em casa” foi decretado aqui na Espanha em 16 de março pelo Presidente do Governo “Pedro Sanchez” e que não acabou até hoje, confesso que já surtei umas 3 vezes. Sou bipolar, mas graças a Deus medicada. rsrsrs.
    Estarrecedor tudo o que estamos lendo, vendo, passando, mas vida que segue. Jogar a toalha, não creio que seja o correto.
    Vamos em frente que atrás vem gente. Até a cena dos próximos capítulos e que Deus nos ajude.
    Beijos querida!

  • Boa tarde querida! Quanta maldade meu Deus! E tem pessoas que batem o pé e ñ acreditam. Um grande abraço! 😍

  • Boa tarde Patricia, não só a China oculta informações mas a imprensa também controla o que vai divulgar pra não bater de frente com a China e não correr o risco das imposições da China. Realmente esta tudo sob controle da China. Esses dias assisti uma reporter dizer toda empolgada que ela queria ser a primeira a dar notícia sobre a chegada da vacina Coronavak, tanta empolgação sem sequer saber sobre a eficacia real da vacina e se os chineses tomaram essa vacina. Assistindo alguns jornais tenho a impressão que o recado que passam é Deus no céu e China na terra.

  • Boa tarde!
    “!Enfim, todas as áreas da nossa vida foram afetadas e, por mais que seja um assunto indigesto, não podemos fingir que nada está acontecendo e que a vida segue igual”
    …..Igual!!,a vida nunca mais sera igual a antes.
    “”Será que continuarão defendendo e divulgando a segurança e eficácia – ainda não comprovadas – da vacina desenvolvida no mesmo país de origem do vírus?”” é o que eu queria saber…..tenho minhas dúvidas….

  • Sou super a favor de vacinas de uma maneira geral….ou era….mas com essa vacina chinesa vindo chega a dar um medinho. E o pior que há boatos que não teremos escolha….que Deus abençoe o Brasil e os brasileiros .

  • Aqueles conselhos de que “se não posso controlar, então, não devo me preocupar” se mostraram uma bela de uma furada. Aliás, com o mundo mergulhado em teorias psicológicas fajutas, positivismo, deixar as emoções tomarem conta, motivacional vazio, não estranho mais nada. Você fala “tchau” e a pessoa responde “te amo”. Banalização total.
    Hora de estarmos atentas. O que não podemos controlar (macro) está afetando o micro, sim. E precisamos tomar boas decisões.

  • Olá pessoal!
    Esse assunto tem que ser abordado mesmo que seja indigesto, é importante que saibamos o que aconteceu e estar acontecendo, temos que estar cientes de tudo mesmo é isso que vai nos fazer tomar decisões acertadas nos próximos dias.
    Os países estão passando muitas informação que não condiz com a verdade, fica difícil acreditar no que eles dizem, dados não batem, tudo sem credibilidade, fiquemos em alertas porque se as coisas importantes para o povo estar sendo passado dessa maneira, como podemos acreditar no “BEM” que eles tem para nós?
    De certa forma hoje estamos bem mais informados de tudo o que estar acontecendo e estamos cientes de como é a procedência do governo.

    Abraços.

  • Olá Patrícia! De fato não há como ignorar a realidade da situação pela qual as pessoas do mundo inteiro, foram afetadas direta e/ou indiretamente, não se tratando de um “conto de fadas com final feliz” aliás, não se sabe ainda o tipo de “final feliz”. E pensar que parte do início de tudo, para ganhar a simpatia e aceitação de todos, em minha opinião, foram as vendas de produtos com imensa variedade, do tipo “bonitinhos” e bem “baratinhos”… Abraços!

  • Deus nos ajude e nos liberte com a verdade da sua palavra para não sermos enganados e manipulados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *