Sabemos que parar e fazer uma reflexão é muito importante, mas nem sempre sabemos por onde começar. Há 3 perguntas que podem ajudar, confira!

Dia de reflexão: 3 perguntas para ajudar

Ontem, às 21h, assisti uma live com Renato Cardoso no Instagram e ele propôs três perguntas para nos ajudar a refletir.

Achei tão simples e ao mesmo tempo tão interessante que resolvi trazer a dica para vocês.

Então, anote aí as três perguntas que se resumem em três ações:

 

  1. Fazer – O que eu estou fazendo que está dando certo e, portanto, devo continuar em 2021?
  2. Não fazer – O que estou fazendo que não está dando e, portanto, devo parar?
  3. Começar a fazer – O que não estou fazendo que sei que deveria começar a fazer para ter uma ano melhor?

 

A questão é que as coisas são simples – como fazer-se estas três perguntas – mas nós é que complicamos!

Às vezes você acha que sua vida financeira não está legal porque precisa acontecer uma série enorme de coisas para que você tenha sucesso.

Porém, pode ser que o que esteja faltando seja você tomar a decisão de parar de gastar dinheiro à toa e começar a ser mais responsável.

Talvez você ache que aquelas coisas erradas que você faz “só uma vez” (mas que na verdade faz muitas vezes), não têm problema, mesmo que elas façam mal.

Provavelmente, as coisas que você está esperando acontecer só dependem de você encontrar as respostas para estas três simples perguntas.

Recadinho!

Meninas, os sketchbooks voltaram, mas temos apenas 32 unidades de cada um.

Como são artesanais, não é sempre que temos, então, aproveite para pedir os seus!

Faça seu pedido clicando aqui!

 

 

 

Nos vemos amanhã!

 

Confira o post anterior clicando aqui.

 

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

 

Jornalista, especialista em finanças e autora de 5 best-selleres. Colunista do portal R7 e apresentadora do JR Dinheiro, no Jornal da Record.

  • Bom dia querida! Vou continuar fazendo as mesmas coisas, pois estam dando certo, ñ vou para de fazer nada que fiz em 2020 e para começar a fazer têm dois cursos na minha área que vou fazer em 2021. Um ótimo dia p vc e td familia.

  • Bom dia!!!! “”Ontem, às 21h, assisti uma live com Renato Cardoso no Instagram e ele propôs três perguntas para nos ajudar a refletir.” “Também assisti e vi seu comentário.

  • Bom dia, vai me ajudar muito a refletir melhor na minhas escolhas. E fazer crescer.

  • Parabéns pelo trabalhos que sinceridade ardida tão difícil de se ver hoje em dia em que as pessoas se ofendem por qualquer coisa e o culpado dos seus problemas são sempre os outros e nunca elas próprias.

  • “Fazer – O que eu estou fazendo que está dando certo e, portanto, devo continuar em 2021?
    Não fazer – O que estou fazendo que não está dando e, portanto, devo parar?
    Começar a fazer – O que não estou fazendo que sei que deveria começar a fazer para ter uma ano melhor?”
    Já vai para o caderninho!!! Eu sempre coloco na agenda o que “começar a fazer” e no final do ano eu verifico se fiz. Risco o que fiz e repito na próxima agenda o que eu deixei de fazer no ano anterior. Porém a sua sugestão dá uma visão mais completa.

  • “O que não estou fazendo que sei que deveria começar a fazer para ter uma ano melhor?”
    Filtrar o excesso de informações e distrações.

    O dia sempre terá as mesmas 24 h mas o meu celular sempre terá um novo aplicativo me demandando atenção. Sempre haverá novos livros, filmes, tudo imperdível. A conta não fecha.

  • Olá Patrícia!

    Muito Boa essa dica, anotei no meu caderno para refletir sempre que for necessário fazer uns ajustes.

    Grande abraço!

  • Muito parecido com o Especial de Natal do Brasil Paralelo com o Psiquiatra Dr. Ítalo Marsili.

  • Olá Patrícia! Obrigada por trazer essa abordagem. Com esse incentivo vou tentar responder em poucas palavras…rs…rs… Fazer: depois de tanto tempo sem estudar com regularidade, finalmente fui “despertada” para seguir no caminho da educação e vou continuar em 2021. Não fazer: Estou fazendo várias coisas e nada ao mesmo tempo. Tenho que fazer algo mas estou pensando em outra coisa e me sinto cansada por “correr” para dar conta de tudo. Devo dar um sentido para as coisas que quero fazer, de forma melhor organizada. Começar a fazer: Não estou fazendo o planejamento do meu tempo. Dedico mais horas para algo cujo resultado não é tão bom como eu gostaria. Vou começar a fazer uma melhor distribuição das minhas atividades, ciente de que isso não significa “engessar” meu tempo. Já fiz minha lista de “afazeres” e devo, de fato, fazer uso racional de uma agenda (xiiiiiii). Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *