Diário parece coisa de adolescente, não é mesmo? Porém, existem vários benefícios em se manter um, mesmo para adultos. Conheça alguns deles!

A importância de manter um diário

Quem me segue há algum tempo sabe que eu amo escrever à mão.

Apesar de trabalhar praticamente o dia todo diante de computadores (sim, mais de um) e sempre com o celular a menos de 20 centímetros, não abro mão do hábito de escrever com a caneta em punho.

Outra coisa na qual sou bem analógica é a leitura, pois nem o mais moderno Kindle me faz abandonar os livros de papel!

Gosto de ir a uma boa livraria, ver os títulos no balcão de mais vendidos, observar o que chama a atenção das pessoas e, às vezes, apenas sentir o cheiro característico que esse lugar tem.

Certamente o digital substitui várias coisas e adianta a vida de uma forma que não conseguimos mais viver sem, mas isso não significa que o analógico morreu.

Muito pelo contrário, quem ainda pratica algumas coisas “à moda antiga”, em algumas áreas acaba se sobressaindo.

Se você tem dúvidas disso, aqui vai um exemplo:

 

 

Quando você recebe um presente com um cartão impresso e sem assinatura, você considera que tem o mesmo efeito de quando recebe o mesmo presente, mas com um cartão escrito à mão?

Na semana passada, por exemplo, recebi uma carta da minha irmã.

Isso mesmo: uma carta escrita à mão e enviada pelo correio.

Eu creio que fazia mais de 20 anos que eu não recebia uma carta, afinal, depois do advento do e-mail elas se tornaram dispensáveis.

Mas o fato de olhar a caixa do correio – onde só chega boleto e conta – e ver uma carta com um envelope escrito à mão foi algo que me trouxe várias lembranças de quando a vida era menos ansiosa.

Isso porque aquele gesto envolveu uma série de coisas, por exemplo:

  • Sentar para escrever com calma (ou alguém escreve uma carta em pé, cheio de pressa?)
  • Escolher um papel adequado
  • Comprar um envelope
  • Ir ao correio, pegar fila, pagar o selo e… esperar!

 

Poucos são capazes de doar seu tempo

Esperar. Quem é que gosta disso?

Porém, a espera é algo bom.

Ela nos obriga a lidar com as ansiedades, com a pressa, nos dá tempo para pensar e isso hoje em dia parece que está em falta, afinal, o que mais se vê são pessoas agindo sem pensar.

Além do tempo de preparar e postar a carta, há o tempo da espera pelo recebimento, a leitura e, claro, de receber a resposta!

Sem dúvida alguma é um tipo de correspondência que quase não existe mais, mas que ainda guarda seu charme.

Mas, Patricia, o assunto do post não era manter um diário?

Sim, o assunto é o diário, mas essa introdução serva para ilustrar que quando você mantém um diário, você está fazendo tempo para si mesma.

  • Ninguém escreve um diário em pé e com pressa
  • O seu diário não é feito em um papel de pão, mas sim, em um caderno escolhido a dedo
  • Você precisa ter foco, pensar, refletir
  • Precisa pensar bem em cada palavra, pois não tem como deletar e começar de novo

Escrever um diário é um exercício que faz os seus neurônios “malharem”.

Você reflete no seu dia, no que fez, no que não fez, no que disse, nas suas intenções, reações, enfim, você se autoavalia.

E, invariavelmente, quando você percebe que não tem nada para escrever porque não fez nada, não produziu nada ou simplesmente não tem nada de bom para registrar, você se obriga a ser melhor logo no dia seguinte.

Por isso, a minha dica para 2021 é que você prepare um caderno, seja novo, seja velho, e faça dele o seu diário 2021.

O tempo passa muito rápido e nossa memória tende a não reter a maioria das coisas que nos acontecem.

Nos esquecemos das coisas e, com isso, perdemos lições preciosas.

Portanto, faça do seu diário um “porta-joias”, onde você vai guardar as pedrinhas preciosas dos seus dias.

Uma mãozinha!

Os nossos sketchbooks artesanais e exclusivos vão tornar a sua tarefa mais prazeirosa!

Faça seu pedido clicando aqui.

 

 

 

Nos vemos amanhã!

 

Confira o post anterior clicando aqui.

 

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Jornalista, especialista em finanças e autora de 5 best-selleres. Colunista do portal R7 e apresentadora do JR Dinheiro, no Jornal da Record.

  • Bom dia querida! Eu sou a louca do diário rsrsr…escrevo até o que comi e o que vesti, gostei da idéia da carta, vou escrever para minhas irmãs 😍😍. Já estou com o meu sketchbooks, agora é esperar o planner..🤗😘

  • Sempre usei minha agenda como um mini diário onde além de anotar as tarefas do dia tb anotava os acontecimentos que julgava mais importantes. Agora com a organização da renda extra o espaço ficará pequeno, precisarei de um caderno só p o diário. Tb gosto muito de escrever e de ler. Gosto muito das suas dicas e hoje estou iniciando o desafio 30DSC..Obrigada pela ajuda!

  • Bom Dia!!! “”A importância de manter um diário”” vou seguir essa dia…

  • Bom dia, nunca me preocupei em ter uma agenda. Até o dia em que li o seu livro ( virada financeira ). Passei a ter uma todo ano. Compro caderno pequeno com capa dura e 200 folhas. E enfeito de forma que parece uma agenda. Separado por mês com um lado da folha para cada dia do mês. Eu só erro numa coisa durante o ano acontece que tem mês que muito corrido e fico as vezes uma semana sem escrever nada. Quando vou escrever não lembro quase nada do que aconteceu naquele semana ( minha memória não e muito boa).😂😂
    Por isso e uma ótima idéia ter uma agenda e sempre anotar as coisas que são importantes do dia. Frases, idéias e aniversários e assim vai. Para mim foi muito bom, só tenho que aprender a escrever com frequência.
    😁

  • Amo anotar num caderno o conteúdo das aulas e em casa, com calma, transcrevo num fichário porque é o momento que minha curiosidade aguça e eu já parto para pesquisar o que não entendi (o dicionário é meu melhor amigo). Melhoro vocabulário e compreendo algumas expressões que demandaram minhas pesquisas, anteriormente!
    Amo escrever (já deu prá notar, né, rsrs).
    Retomar as cartas! Uma boa idéia!
    Obrigada, Patrícia!

  • Olá Patrícia!
    Também sou dessas que escreve à mão e lê livros impressos. Gosto muito do que é palpável.
    Estou até começando a fazer um “bullet journal”(é assim que escreve?).
    Sempre coloco minhas anotações em um caderninho, esse ano de 2020 não o fiz. Gravidez,afastamento do trabalho,redução
    de salário em plena pandemia. Resultado: uma catástrofe, dívidas se acumularam, me descontrolei toda.
    Assistindo aos seus vídeos estou conseguindo colocar a vida nos trilhos novamente. Como,por exemplo, ter uma visão geral das dívidas e
    fazer uma estratégia para pagá-las no menor tempo possível dentro do meu orçamento.
    Estou me propondo a me pagar primeiro, para fazer minha reserva financeira.
    A propósito volto a trabalhar dia 31/12/20 .
    Obrigada por esse propósito dos “100 dias para 2020”, tem me auxiliado de uma maneira extraordinária. Leio sempre quando amamentando meu bebê. Bjos,Bjos.

  • Olá Paty, tudo bem?
    Já tive diários na adolescência, mas depois deixei de lado. Parei de escrever, de registrar. Recentemente, lendo O Milagre da Manhã comecei a adquirir o hábito de escrever novamente, mas dessa vez baixei um app de diário onde consigo colocar até uma foto do meu dia como capa do “post”, mas o diário físico é sem dúvidas o melhor! Acabei experimentando
    o digital, pois sempre tive o físico e quero ter uma opinião sobre os dois modelos. Estou gostando. Ter o diário faz com que tenhamos guardadas as memórias e fica registrada nossa evolução. Amei o post de hoje porque quase ninguém fala de ter um diário!

  • Olha vc falando eu me sinto feliz, por que eu amo agendas e faço delas minha companhia permanente. Nelas escrevo meu diário, sim eu faço isso a vida toda, meu planejamento financeiro e minhas decisões, impressões de cada livro que leio e fome que assisto. Amo escrever pra mim mesma.

  • Bom dia! Que preciosidade!!

    Como era bom escrever e receber cartas!!! Lembra que nessa época enviavam-se muitos cartões de boas festas. Eu era uma delas. Amava escreverrrrrrrrrrrr. Que bela reflexão!

    Um diário faria um bem imensurável nesse tempo tão confuso. O tempo tem passado tão rápido, que a sensação que se tem é que realmente nada se tem feito, mas um diário bem anotado nos mostraria o que fizemos, o que recebemos, as pessoas que nos rodearam, ajudaram, (as que prejudicaram também, rsrsr), como crescemos ou estagnamos, enfim, bases para nos avaliarmos.

    Eu também gosto muito de ler, e para mim nada há igual ao livro físico, e sim as livrarias tem um cheiro maravilhoso de sabedoria.

    Vamos fazer esse diário, e não precisa esperar 2021 chegar. Esse insight de hoje, pode ser o primeiro assunto desse começo ou recomeço.

    Parabéns por tão preciso despertar!

  • Excelente sugestão! Fiz questão de mandar cartões físicos, escritos a mão, enviados pelos Correios esse ano. Já recebi feedback excelente sobre a atitude. Bons e velhos hábitos nunca são demodê! Agradeço

  • Durante séculos, as pessoas foram analfabetas e ainda são.
    Penso que nossa geração não pode apenas ler a biografia dos outros, ler o que outros escreveram.
    Nós precisamos registrar por escrito a nossa história também. Pra nós, pra saber de onde viemos, pra nos conectar com nosso passado, com quem somos.
    Em abril, pretendo visitar minha mãe e já avisei que vou levar o notebook para registrar tudo o que ela falar sobre meus avós, a infância que minha mãe teve, até o casamento dela.

  • Que lindo sua irmã te escrever uma carta! Eu adoro a forma como vc escreve, de maneira tão didática! Parabéns!

  • Olá Patrícia!
    É massa escrever, imagina chegar ano que vem e fazer uma leitura de todo conhecimento adquirido em 2020.
    Eu penso muito em deixar tudo que escrevo para minha filha e faço tudo intencional para ela seguir a mesma trilha que eu, repito varias vezes que sem Deus não somos e não seremos nada, não sei se isso vai acontecer mais o livro de provérbios mostra como Davi influenciou a Salomão a respeito da sabedoria e por isso ele a pediu a Deus.
    Quero muito esses dois sketchbook, mas a prioridade foi o planner, fico apelando pra ele sempre ter na loja hehehe

    Grande abraço.

  • Sou artesã e no próximo ano vou usar um potinho da gratidão, pra registrar tudo de bom q me acontecer pq nós temos a facilidade de lembrar do q é ruim e acabamos nos esquecendo do q foi bom.
    Estou tbm fazendo no meu Instagram um desafio da gratidão pra registrar as coisas boas q me aconteceram esse ano,pq principalmente esse ano,achei muito necessário!

    • Sim. Já esgotou as unidades de pré-venda e em breve retornaremos com um novo estoque

  • Que maravilha, acabei de achar uma agenda antiga aqui, e me propuz a usa-la como diario de gratidão em 2021. Origada Pati

  • Patrícia, Excelente Dica! Muito Obrigada por compartilhar suas dicas! Tem me ajudado bastante! Deus te abençoe cada dia mais!

  • Oi Patrícia,
    Fiquei todos esses dias sem poder ler seu blog por questões de saúde. Não dava pra ler nada esses dias. Mas, consegui assistir o Clube da Leitura mesmo gravado, e vi seu planner. Amei, muito útil e lindo. Estava querendo um pra me organizar. Será uma mão na roda. Achei super completo, serve para todas as áreas da vida.
    Hoje, graças a Deus, voltei a ler seu blog. Aqui há vários ensinamentos. E sobre o diário, é mesmo, quando você escreve o que fez no dia e viu que foi medíocre de alguma forma, não quer repetir aquilo de novo. Amei os sketchbooks. Vou me organizar para comprar o planner e os sketchbooks, pois são investimentos para o futuro.
    Muito obrigada!
    Sucesso!

  • Achei legal tua irmã escrever uma carta, me faz lembrar da época que as cartas eram as correspondências mais usadas, eu mesma escrevia cartas para minhas amigas e parentes que moravam distante .
    Gosto muito de ler e escrever , então já tenho um caderno bem legal que registro minhas vitórias e conquistas.
    Obrigada Pat por tudo que tens ensinado.
    💋💕❤️

  • Boa noite Patrícia!
    Eu também sou da época das cartas, tenho as minhas guardadas. Muitas. Eu e uma prima nos correspondíamos muito.
    Chegamos a usar o selo social por RS$ 0,01. rsrsrs.
    Beijos!

  • Simplesmente, gostei e já aderi essa ideia, pois também sou dessas que gostam de escrever. Aliás, vc e suas ideias adoráveis.

    Beijos!!

  • Paty!
    O que vc faz com agendas e diários antigos?
    Eu uso agenda eletrônica justamente por não saber como descartar um material com tanta informação.
    É inviável eu guardar todos.

    • Eu tenho espaço para armazenar, mas agendas eu deixo as dos últimos 3 anos.

  • Olá Patrícia! Humm…interessante esse post sobre a importância de escrever um diário. Realmente me lembro que gostava de escrever no meu diário de adolescente mas depois deixei esse hábito. Amei sua dica para escrever meu diário em 2021. Concordo que o tempo passa muito rápido e acabo não retendo na minha memória, parte dos acontecimentos ao longo de um período que gostaria de lembrar, ou seja, algumas “lições preciosas” que poderia registrar no meu “porta-jóias”. Abraços!

  • Que lindo gesto da sua irmã ao te enviar uma carta. Está chegando o aniversário de uma amiga e eu acho que vou enviar para ela uma carta. Ela mora perto, mas quero que ela se surpreenda ao abrir a caixa de correios e no meio das contas encontrar uma cartinha.

  • Faço auto avaliação no Bloco de Notas do meu celular, preciso criar o hábito de escrever no diário. Rsrsrs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *