Desemprego em alta por um lado e, por outro, falta de trabalho. Por que tanta gente aguarda por um emprego enquanto sobram oportunidades de trabalho? Esse é o tema de hoje!

Desemprego: o que falta é emprego ou trabalho?

Recebo inúmeras mensagens de pessoas relatando suas dívidas e colocando como principal motivo do não pagamento o desemprego.

Porém, várias dessas pessoas possuem profissões e ofícios que nada dependem de um emprego para terem renda.

Alguns exemplos:

  • Esteticistas
  • Mecânicos
  • Cabeleireiros
  • Nutricionistas
  • Encanadores
  • Designers (sobrancelhas, serviços gráficos etc.)
  • Massoterapeutas
  • Ilustradores
  • Cozinheiros
  • Jornalistas
  • Advogados
  • Vendedores

E mesmo que não tenha alguma profissão citada acima, não há motivos para ficar parado.

Você tem uma bicicleta ou moto? Por que não fazer entregas?

Hoje mesmo chamei 2 motoboys pelo aplicativo Loggi (que é ótimo, aliás!).

Você tem um carro? Por que não usá-lo para entregas ou para transporte de pessoas ou pets?

Você sabe vender? Por que não comprar ou consignar algo e começar a lucrar?

Enfim, por que esperar uma colocação ficando parado?

 

Você não depende de ninguém

Eu acredito que você seja uma pessoa que detesta esperar.

Eu detesto e, na verdade, não conheço ninguém que goste…

Depender é o mesmo que esperar, só que um pouco pior!

Muitas vezes não temos outra opção senão esperar, mas quanto a depender, isso já é uma escolha de cada um.

Se você usa os seus talentos para fazer dinheiro para os outros, por que não usaria para fazer dinheiro para você mesmo?

Trabalhar para os outros você pode, mas para si mesmo você não consegue?

Não há nenhum sentido nisso!

Use os seus talentos para você.

Trabalhe para o seu próprio crescimento e, novamente:

Não dependa de ninguém!

“Ah, Patricia, mas eu trabalhava em banco/empresa grande/loja, como vou trabalhar para mim se eu não tenho um banco/empresa grande/loja?”

Trabalhando!

Fazendo algo que você saiba fazer além do trabalho que exercia.

O número de vagas está cada vez menor e o número de candidatos a essas poucas vagas está cada vez maior.

Então, quanto tempo mais você está disposto a esperar?

“Ah, Patricia, mas eu já estou com uma certa idade… não dá para começar tudo de novo…”

Dá sim!

Eu comecei a profissão de escritora aos 40 anos.

Comecei a dar palestras com 41.

Comecei a dar cursos com 42.

Fui para a TV com 43.

Lancei meu canal no YouTube com 44.

Lancei meu quinto livro aos 45.

Aos 46 estou lançando uma nova linha de produtos (lembram deste post?).

E já tenho vários planos para os meus, 47, 50, 60 anos…

Pense nisso e trabalhe pelo que é seu! 🙂

Nos vemos!

 

Jornalista especialista em finanças, autora do best-seller Bolsa Blindada, colunista do programa Mulheres, TV Gazeta e youtuber.

  • Ola Patrícia, estou apreendendo a não ter chefe… tenho mil profissões. Mkt Digital, Eventos, Confeitaria.
    Descobri o valor do trabalho, às vezes não recebo nada pelo job, mas ele me salva da loucura de não produzir nada.
    Brinco que sou uma desempregada de agenda cheia. Estou plantando, que floresçam as melhores sementes.

    • Não trabalhe de graça, faça sua tabela de preços e vá em frente!

  • Vc é sensacional Patrícia, estou lendo seu livro – O sucesso não cabe na bolsa – e só posso agradecer pois tudo que você fala é fonte motivadora real, uma linguagem direta, sem enrolação e muito menos alienação, livro esta sendo perfeito, logo começarei o próximo.
    Obrigada por dividir tanta coisa boa com todos!

  • Adorei a mensagem! É isso mesmo, aos 53 anos, estou procurando um novo trabalho! Estou querendo trabalhar com costura, comprei uma máquina, e estou fazendo peças pra família. Meu plano é daqui a uns anos, quando me aposentar do serviço público, ter um ateliê de costura/artesanato!
    Obrigada e bjs!

  • Tenho uma amiga que sempre fala que, primeiro, precisamos usar o que sabemos para nós mesmos, depois para os outros. No meu caso, sou formada em Ciências Contábeis, profissão que também se encaixa nos exemplos do post.

  • Uall amei esse POST , me fez ter várias idéias. Obrigada por nos ajudar com tanta informação de qualidade e motivação !.bjuss

  • Patrícia, sei que o assunto não tem a ver com o post más estou com dificuldade para ver seus posts mais antigos. Na página principal mostra os 12 mais recentes porém eu gostaria de ver os anteriores. Não sei se é algum erro aqui do meu navegador, enfim, se puder ajudar. Obrigada!

    • Você deve clicar na caixa rosa onde está escrito Bolsa Blindada (ao lado da minha foto, logo na homepage). Lá tem todos! Bjs

  • Oi. Gostei do seu exemplo, pois estou na casa dos quarenta. Tenho emprego, mas tenho vontade de aprender algo, para fazer quando me aposentar. Basta descobrir que curso fazer ou no que empreender.

    • Dá uma olhada no site da EduK. Tem muitos cursos online para vc ver do que gosta e muitos deles vc pode assistir até gratuitamente. Abs!

  • Adorei, é isso mesmo… demorei pra entender, mas hj corro atrás de trabalho. Não dependo de ninguém, sou Corretora de Imóveis, sou Revendedora de Cosméticos e administro a empresa da família… enfim, eu que sempre dizia que se fosse vender algo morreria de fome, aprendi que sempre posso vender algo, quer seja físico, quer seja meu conhecimento e lucrar com isso! Vamos em frente, na crise, CRIE novas oportunidades!

  • oi Pati! Terminei a faculdade d publicidade e propaganda ano passado, fiz apenas um estágio e nem podia enviar currículos para multinacionais que pediam inglês bom. Mas eu acabei aprendendo design gráfico e agora trabalho como freelancer, estou organizando as coisas como formas d pagamento por exemplo, para depois começar a divulgar mais.
    Tenho um portfólio online onde inclusive tem uma propaganda q eu fiz do seu livro rs, como forma de estudo. Se quiser ver o endereço é esse: https://www.behance.net/Luciana_Bodini
    E se precisar d alguém pra fazer artes, lembre de mim rs! Bjos!

  • Ótimo texto, Patrícia! Estou acompanhando seu trabalho há pouco tempo (tenho assistido seus vídeos no YouTube e agora dando uma olhada no seu site/blog). Estou gostando bastante dos ensinamentos:). Deus te abençoe e te dê sabedoria para prosseguir com este belo trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *