Meu Deus! Faltam só 22 dias para o Ano Novo e imagino que você tenha milhares de coisas para fazer, mas sempre devemos ter um tempinho para nós mesmas, certo? Então, prepare-se para ouvir este podcast e se conhecer um pouco mais!

 

Screen Shot 2013-12-10 at 12.47.12 AMComo vocês gostaram do podcast da semana passada, resolvi continuar! Para ouvir é super fácil, basta clicar aqui. E se você ainda não curtiu a nossa fanpage no Facebook, que tal clicar aqui e curtir?

 

 

Compartilhe esse áudio nas suas redes sociais, envie para suas amigas e também deixe seus comentários voltando aqui no blog depois de ouvir. Vale tudo para ajudarmos outras leitoras!

Nos vemos!

Jornalista especialista em finanças, autora do best-seller Bolsa Blindada, colunista do programa Mulheres, TV Gazeta e youtuber.

  • Olá, Patrícia!
    Anotei suas instruções, interessante e oportuno você tratar sobre temperamentos! No início do ano fiz um curso sobre temperamentos e me espantei quando recebi a avaliação dos testes: “Melancólico / Fleumático” (30% e 70%).
    Há vários anos fiz o mesmo teste e o resultado deu “Colérico/ Melancólico”. Sempre fui estourada e tudo tinha que ser do meu jeito, no meu tempo e brigava com todo mundo.
    Acredito que com o tempo, a idade também conta bastante, situações difíceis, momentos felizes também, acabaram me convencendo a ser alguém diferente.
    Hoje aprendi a confiar, a buscar mais intimidade com Deus e praticar exercícios de fé, tanto os orientados pelos blogs da IURD, quanto na igreja que congrego etc.
    Não gosto muito de comentar de mim, mas se mudei em alguma coisa para melhor, devo isso a Deus que permitiu e ainda permite que novas situações aconteçam em minha vida para que O busque cada vez mais! E em tempos de enfermidade? Não há tempo melhor!
    Obrigada, minha irmã!

    • Você tocou em um ponto importante desta tarefa: o tempo. Vários fatores nos fazer mudar ao longo da vida, por isso é importante estarmos sempre nos auto-avaliando e fazendo os “ajustes” necessários para sermos pessoas melhores. Beijos 🙂

  • Nossa complicado isso né?!…
    Fiz uma análise busquei na net e acho que sou 60% Colérico e 40% Sanguíneo. Sou bastante auto suficiente e decidida e muito independente algo que foi bem difícil para poder me relacionar com meu noivo, pois moro sozinha a anos e passar a dividir meu teto e minhas contas e vida e intimidade com outro foi bem difícil mais acho que isso hoje está mais fácil, por outro lado sou impulsiva exagerada comunicativa um dos pontos forte do Sanguíneo. Vou me analisar o que deve ser mudado mais não para essa semana e sim para vida toda. Mais graças a Deus o TEMPO mudou muitas coisas em mim, ficar ma madura me deu uma visão bem diferente da vida do que quando era mais nova. Valeu Patricia boa dica.

  • OLA PATRICIA ADORO TODOS OS POST MAIS OS AUDIO NEM SEMPRE DA FICAR PARANDO PRA OUVIR,TEM SIDO COMPLICADO AGORA O DE TEXTO É BEM MELHOR

  • No meu caso….o perfil sanguíneo e o colérico se encaixam em alguns aspectos…..buscarei o equilíbrio! Bjs.

  • Oi Patricia, adorei, pelo que vi sou bastante do Sanguineo, mas tenho bastante do Colérico. Têm coisas do sanguineo que não tenho, sou hiper pontual, me planejo para tudo, sou prática e decidida e com certeza sou lider nata. Porém sou muito otimista e não sou de guardar ressentimento, sou muito coração, faço amizade facilmente e sou totalmente desorganizada com minhas coisas, no qual sofro muito, em que estou me esforçando muito para mudar esse ponto. Já que moro com um sanguineo 100%. Foi muito bom para saber que tipo de caracteristicas nós temos. Seria interessante ano que vêm você lançar outro desafio paraecido com esse, porque estou mega amando, um assim Eliminando dividas, estou nesse processo. Obrigada Paty vc é um anjo enviado por DEus. Linda semana.

  • Oi Paty, sou uma combinação de todos os temperamentos exceto o sanguíneo, mas acredito que o que predomina mais é o colérico, não gostava de delegar tarefas pegava tudo pra mim porque não sabia dizer não. Já estou trabalhando nisso, pois fico sobrecarregada.
    PS: é a primeira vez que ouço sua voz, confesso que fiz comparação dela com seu aspecto físico. Imaginava que a sua voz era um pouco mais fininha pelo fato de vc ser uma mulher estilo mignon rsrs. Mas vc se comunica muito bem e o importante é que eu entendi seu recado. Bjssss

    • Todo mundo que me ouve acha que sou alta e todo mundo que me vê acha que tem voz fininha… Rs… Rs….

  • Oi Patricia não conhecia sobre estes temperamentos e descobrir que sou uma mistura de melancólica: perfeccionista, com pessoas que não tenho tanto contato fico quieta e falo menos, e se tiver uma frustração com uma pessoa me fecho, e vou me afastando e mantendo o contato necessário; sanguínea: sou bem ansiosa quando espero por algo, mas ao contrario gosta de tudo bem planejado, pois me da a sensação que tenho controle da situação e por fim colérico: sou determinada enquanto não consigo não desisto, gosta de depender somente de mim e Deus e faço igual a você vou tomando todas as responsabilidades para mim, para não ter retrabalho e não sou paciente.
    Preciso melhorar tantas coisas…. Rumo ao desafio que será bem difícil. Bjos

  • nossa Pati, estou de queixo caído até agora…
    Agora tenho como provar para as pessoas que não sou triste, sou melancólica, kkkkkk
    achei essa pagina http://educamais.com/melancolico-sanguineo/ fiquei até assustada por saber que sou exatamente assim, eu não gosto pra falar a verdade, queria ser diferente em muitas coisas, mas não sei como mudar, tenho sempre as mesmas reações exatamente como as citadas nesse link…
    Obrigada mil vezes, amei amei amei…..

  • Oi Pati!! Que desafio, vale mesmo a autoanálise! Apenas ouvindo o seu podcast me encaixei mais no temperamento melancólico (quieta na minha/observadora/perfeccionista) e um pouco de colérico em uns pontos! Mas decidi fazer um teste online e deu uma combinação de melancólico+sanguíneo+colérico!! Algo que eu já estava tentando mudar é ser menos introspectiva, inclusive colocando os meus comentários aqui :), aliás, o seu blog foi o primeiro na vida no qual comecei a participar/comentar ativamente, me motivou :). É verdade que ainda tenho muito a mudar e vou continuar a autoanálise. Com certeza o tempo, as lições da vida e nossa vida espiritual nos ajudam a nos tornarmos pessoas melhores, não é fácil, mas precisamos querer e dar o primeiro passo para mudar!
    Bjs,

  • Boa tarde Pati;

    Ultimamente sempre atrasada rsrsrsrs, tá corrido por aqui 🙂

    Firme no desafio, alias que desafio 🙂 vou analisar muito bem e com calma, mas a princípio tenho uma mistura de melancólico com colérico O.o.
    Então tenho muito trabalho pela frente 🙂
    Forte abraço Pati, fica com Deus.

    Dai.

  • Boa tarde d. Patricia!

    Que pena!
    Não estou conseguindo ouvir, ficarei tentando.

    Beijos!

  • Patrícia, não consigo associar sua voz à sua imagem, que louco isso! rsrs

    Sem sombra de dúvida meu temperamento é melancólica, mas assim que você começou a falar já pensei, não sou eu, porque a gente já associa essa palavra a tristeza, pessoa pra baixo e tal, mas não é bem isso. Fiz a pesquisa como você indicou, e o primeiro texto que li sobre o melancólico era completamente eu! Fiquei chocada, estava me lendo!
    Também sou um pouco colérica, sempre penso “se você quer que uma coisa seja bem feita, faça você mesmo”. Lembro que nos trabalhos de faculdade eu convencia todo mundo a fazer do jeito que eu queria rsrsrs Só não tenho tendência a guardar mágoa e os sentimentos ruins, que é associado ao melancólico. Reconheço também que é difícil mudar certas características desses temperamentos. Tem certas coisas que muitos podem ver como algo a ser mudado, mas que eu gosto de ter. Nesse caso, é ainda mais difícil de ser mudado.

    • Vc acredita que quando eu ouço a minha voz tb não associo a mim mesma??? kkkkkk… É bem doido mesmo porque a nossa acústica é diferente quando falamos e quando ouvimos de “outra fonte”.
      E quanto ao temperamento, é uma guerra, mas a gente chega lá! 🙂

  • Oi amiga! Eu li,pesquisei e me envergonhei!
    Percebi que tenho mais de um,como costumamos dizer,se não complicar essa não é a Gislaine!
    Mas enfim, uma das coisas que amo é ir contra mim mesma. Em certo texto que li,e me vasculhei, me vi andando em tantas confusões, e não quero ser assim.
    Melancolia,vivo me policiando,e desde que comecei a me questionar e ir contra,tenho tido muta alegria, é muito bom mudar de rumo.
    Mas enfim, essa tarefa será dura e intensa.Obrigada pelas dicas,vou seguir me vasculhando. Bjnhos querida amiga

  • Oi, eu passei por este teste de auto-avaliação quando tive o novo nascimento.
    Quando percebi que não me conhecia e que me achava….. foi horrível quando vi que eu era algo totalmente diferente, meu DEUS!!!!!
    Quem sou eu! Quando eu mesma respondi, percebi todos os meus fracassos e por que estava ali limitada!
    Fui buscar forças em DEUS e ele tem eme ajudado a mudar comecei pelo livro a mulher v, depois fui para os desafios e fui mudando.
    Até chegar aqui nos desafios da bolsa. Sinceramente o meu fracasso sempre foi financeiro, mas já mudei, estou mudando eu vou mudar.
    Os meus sonhos como foi o desafio 17 estão berrando dentro de mim todos os dias por quanto DEUS !!!! coloca eles todos os dias.

    Mas sobre desafio 20, ao pesquisar na internet já usando partes do desafio 19, fui vendo os aspectos positivos e negoativos:
    sanguíneo Calérico e Fleumático tô com todos!!!!!

    KkkKK Vaamuuu que vamos pedir força para o Espiríto Santo ajudar a lidar e mudar estes aspectos.

    bejuS!!!

  • DONA CONFESSO QUE NEM PRECISEI DE MUITO AUTO ANALISE LOGO DE CARA ME IDENTIFIQUEI COM (COLÉRICO – SANGUÍNEO ) POIS ACHO QUE SEI FAZER TUDO PENSAVA SER ALTO SUFICIENTE NÃO PRECISAVA DE NINGUÉM E O PIOR NÃO COSTUMAVA FAZER PLANOS PARA O FUTURO POR SER MUITO OTIMISTA E ACHA QUE AMANHÃ SERÁ MELHOR E VI QUE ESTA SEMANA VOU TER MAIS PACIÊNCIA COM AS PESSOAS E JÁ COMECEI A FAZER MEUS PLANOS PARA O FUTURO
    PS MUITO OBRIGADO POIS A SENHORA NÃO ME CONHECE MAS ESTA ME AJUDANDO MUITO
    QUE O ESPÍRITO DE DEUS ABENÇOE A SENHORA
    BJS

  • Olá…Dona Patricia !!
    Nossa que post…forte!!!
    Mim vim em praticamente em todos… Mas vou pequisar mas sobre cada um e descubrir o meu temperamento e faz de tudo para melhorar como pessoa………….

  • Nossa D. Patricia desde adolescente aprendi sobre esses temperamentos na E.B.D, mas eu nunca conseguia me identificar, sempre me achei um pouco de todos. Agora ouvindo o podcast me identifiquei como Melancólico! Sou uma melancólica fleumática ao pé da letra!

  • Oi Patricia,
    vi em alguns comentários que as blindetes não conseguiam associar você à sua voz no podcast. Engraçado, porque eu consigo te “ver” direitinho. Te vejo sentada em uma mesa de escritório e por vezes ate sinto sua “veia colérica” em certas falas… rsrs Mas o fato é que eu consigo te “ver” direitinho! =) Beijos

      • Em algumas falas sim… Não especificamente nesse podcast, mas em outros que já ouvi( já ouvi todos os seus do Mixcloud). Especialmente, quando você conta algum caso não tão agradável, dá pra sentir sua “ira” direitinho na sua fala. rsrs Mas no geral sua voz é tranquila, equilibrada e mansa. =) Bjs!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *