Difíceis de ignorar e de engolir, as provocações têm transformado a vida de muita gente em um inferno. Se esse é o seu caso, confira o post!

Provocações são difíceis de engolir!

Achei interessante trazer esse assunto aqui para o blog, pois tenho visto muita gente arruinar seu dia por causa das provocações de terceiros.

Se você é uma pessoa que não sabe lidar com elas , precisa entender uma coisa antes de tudo:

Quem provoca tem o objetivo de desestabilizar o provocado, portanto, se você se desestabiliza, o provocador já ganhou o jogo.

Eu sempre fui bem estouradinha… Do tipo “não levo desaforo para casa”!

O que eu ganhei com isso? NADA!

Levei muito tempo para aprender, mas finalmente aprendi!

Minha irmã me ensinou a resolver esse problemão com apenas duas palavras:

NÃO LIGUE!

A questão é que ela já havia dito isso um zilhão de vezes, mas eu levei um zilhão de anos para entender.

Toda vez que ela falava o tal “não ligue” eu ficava justificando horas e horas a minha indignação.

Era um aborrecimento sem tamanho, sem falar na perda de tempo…

Até que entendi que estava entregando de bandeja aos provocadores exatamente o que eles queriam: me tirar do sério!

 

Difícil praticar, mas nem tanto!

A primeira vez que não respondi, não foi bem um “não liguei”…

Eu liguei sim, mas engoli seco e fiquei quieta.

Não respondi, não argumentei. Simplesmente agi como se não fosse comigo.

Confesso que me achei uma tonta e até cheguei a me arrepender de não ter respondido, mas….

Passado um tempinho, vi que foi a melhor coisa que fiz, pois a provocação perdeu a graça!

O provocador ficou sem ação, pois a reação que ele esperava não aconteceu.

O bate-boca que ele tanto quis provocar nunca existiu e só lhe coube uma coisa: ir encher a paciência de outro!

Portanto, deixo aqui o conselho de duas palavras que querem dizer muito: NÃO LIGUE!

Eu sei que você tem um monte de “mas”…

  • Mas, não é fácil…
  • Mas, eu não consigo…
  • Mas, eu não sou assim…
  • Mas, lá em casa todo mundo responde…
  • Mas, eu vou me sentir péssima se não der o troco…

Mas deixe esses “mas” para lá!

Se a sua estratégia de não levar desaforo para casa tem trazido resultados positivos para você, vá na sua fé!

Mas, para mim, ignorar as provocações é algo libertador.

Não sei o que faria hoje se não tivesse aprendido isso.

Afinal, trabalhando com a quantidade de pessoas que trabalho e recebendo a quantidade de provocações que recebo, já estaria maluquinha!

Você não tem ideia de quantas mensagens maldosas recebo quase todos os dias e de quanta gente tenta me tirar do sério.

Imagina o que seria da minha vida se eu fosse esquentar a cabeça!

Aliás, já fica aqui o recado: nem percam tempo em me provocar, pois as provocações serão solenemente ignoradas! rs..rs…

Aconselho que você faça o mesmo e viva uma vida mais leve! 🙂

Nos vemos!

Jornalista, especialista em finanças, autora de 5 best-selleres, colaboradora dos programas Mulheres (TV Gazeta) e Escola do Amor (Record TV). Colunista do portal R7 e youtuber.

  • Querida Patrícia,
    O Post foi de extrema riqueza de aprendizado. Grata.
    Não só levarei isso para o lado físico. Como levo para o lado espiritual.
    Nosso adversário, diabo, faz isso incessantemente e em vez de nos focar-mos no mais importante, “FOGO”. Concentramos em justificar os seus argumentos e a “atitude” de NÃO LIGUE” aliada a “atitude” de restauro, vai neutralizar muito mais o seu veneno destilado.
    Sinceros cumprimentos.

  • Patrícia querida!

    Nem sabe como me ajudou esse conselho hoje. Exatamente assim que me comporto e todos a minha volta falam: não liga, não dá bola, entra por um ouvido e sai por outro. Mas tive a confirmação hoje, ao ler o teu post. Tu foi usada por Deus para que eu posso passar por essas provocações com a alma leve. Muito obrigada, Deus te abençoe! Beijão

  • “solenemente ignoradas” rsrsrsrsrsrsrs!!! Gostei Patricia.

    A verdade é que se alguém me provoca é só para chamar a atenção, se fazer de engraçadinho ou desviar o foco dele mesmo, porque algo em mim lhe incomoda, e isso tem nome… Inveja…
    Enquanto estão olhando para a minha vida… a vida deles anda pra trás e a minha para a frente, porque não perco tempo com eles, estou ocupada a ir pra frente.
    Durante muito tempo isso me incomodou e como você respondia muito… estouradona mesmo… não é fácil ignorar, mas entendi que eu era capaz e que estava me poupando e guardando energia para o que vale a pena.

    A pior da respostas ainda é o silêncio… não Ligue pra eles Patricia.

    Beijos

    P.S- Um dia você ainda vai fazer uma palestra em Paris.. nesse dia me liga tá? kkkk

  • Olha, quando for pra Paris pode contar comigo para ser sua assistente, tá? :-). Mas sobre o tema de hoje, a melhor coisa é o silêncio mesmo…a pessoa simplesmente não sabe o que fazer e desiste! E depois dá pra rir bastante da reação deles (claro, quando vc pode ver a cara do dito-cujo ou da dita-cuja).
    Gros bisous!

  • Realmente, é o que eu faço sempre…é difícil, mas tem resultado positivo.
    Se a gente não ignorar, todo dia tem um briga.

  • Oi, Patrícia!
    E o que fazer quando a gente já caiu na provocação, falou umas verdades pra pessoa e agora ela quer posar de vítima? Tipo: “tá de mal” pra sempre. 🙄

  • Boa tarde patricia gostaria de saber qual é a sua opniao sobre fazer limpesa de pele em casa pra ganhar dinheiro . Ando muito cansada e com muito pouco tempo para minha filha ela tem 3 anos e quaze nao fico com ela gostaria de apostar em algo como limpesa de pele para poder fazer meus horarios e ficar um pouco mais com ela. Vc acha que esse tipo de trabalho daria certo?

    • Qualquer trabalho dá certo quando vc domina a atividade e trabalha para fazer clientela. Vá na sua fé!

  • Deus te abençoe e toda sua família… obrigada pelas suas valiosas mensagens!

  • Muito bom Patrícia, geralmente quando alguém fala “Não ligue!”, nós os que estamos sendo provocados sempre temos as nossas justificativas. Mas o que se conclui é isso mesmo, não ligar, o objetivo do provocador é nos tirar do sério, as vezes nos confrontar, nos fazer se sentir mal, até mesmo nos envergonhar na frente dos outros. Mas, quando não ligamos o provocador fica sem graça, e não tem jeito todos acabam conhecendo quem realmente é o vilão. Até porque o problema é do provocador de ser assim, não é nossa! Então, não ligar e dar o nosso melhor a cada dia SEMPRE!!!

    Valeu pelas dicas Patrícia. Direta e objetiva!

  • Sábias palavras.Mas muito difícil a convivência com pessoas.Devemos pedir muita sabedoria a Deus a todo momento da nossa vida.Parabéns Patrícia Lages por seu canal.Muitas bençãos na sua vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *