Você sabia que seu cérebro pode estar sabotando seu bolso? Conheça 5 truques que você pode praticar para lidar melhor com o seu dinheiro, confira o post de hoje que tem até vídeo!

5 Truques mentais para lidar bem com dinheiro

O assunto é sério, pois nossas atitudes estão baseadas no que pensamos.

Mas, nem sempre temos consciência dos conceitos que estão enraizados na nossa cabeça.

Por isso, é preciso entender como o nosso cérebro funciona para evitarmos de que ele sabote o nosso bolso.

Neste vídeo conto 5 truques que você pode por em prática para “enganar” seu cérebro.

Confira abaixo!

 

Para quem prefere ler, segue o resumo:

 

#1 – Todo “dinheiro grátis” deve ser investido

Mas, o que significa dinheiro grátis?

É aquele dinheiro que você não estava contando, por exemplo:

  • Restituição de imposto de renda
  • Bônus ou prêmios
  • Reembolso de despesas
  • Descontos que você consegue negociar na compra de algo

Se você “apagar” esse dinheiro da sua mente e trata-lo como se ele não fosse seu, vai poder começar a investir seu dinheiro.

E tem mais, geralmente um dinheiro que você não está esperando é gasto com bobagens.

Você pensa: “ah, eu não tinha esse dinheiro mesmo, então vou gastar!”

Não deixe o seu cérebro pregar essa peça em você!

Invista daqui para frente todo “dinheiro grátis”.

Eu tenho conta de investimento aqui.

 

#2 – Use dinheiro em vez de cartão

 

Pode parecer estranho dizer isso em pleno século 21, mas é preciso fazer esse exercício.

Isso serve para que você entenda a dinâmica de uma compra.

Quando você paga com cartão – seja débito ou crédito – você não sente algo chamado “perda da compra”, que em inglês se diz “pain of paying”.

Daí, você acaba gastando mais do que se estivesse pagando com dinheiro.

Experimente sacar dinheiro para pagar as compras e você vai ver como pensará melhor as suas escolhas!

 

#3 – Defina um valor e um dia para pagar a si mesmo

Em vez de você colocar no orçamento mensal que vai economizar mil reais por mês, comece com menos.

Quando colocamos metas altas o seu cérebro já vai começar a pensar que é muito e não vai conseguir!

Comece com metas menores que possam realmente ser cumpridas.

Por exemplo: toda sexta-feira você vai pagar a si mesma 50 reais.

Para que isso funcione, você vai precisar gastar menos durante a semana (economizando 10 reais por dia) ou vai gastar menos no final de semana.

Assim você garante primeiro o seu pagamento de 50 reais daquela semana.

Com metas menores e mais frequentes o seu cérebro vai se acostumar a poupar.

Sendo assim, você vai perceber que a cada semana vai ficar mais fácil guardar dinheiro.

Depois que pegar o jeito você pode ir aumentando o seu pagamento!

 

#4 – Reduza o estresse para reduzir os gastos

Você já sabe que quando está estressada tem muito mais chances de agir por impulso, né?

Isso também tem a ver com as compras.

Quando você está ansiosa, triste, com a paciência esgotada, acaba se permitindo comprar coisas que, se estivesse numa boa não compraria.

É nessa hora que você come o que não deve, gasta além da conta e depois se arrepende, gerando ainda mais estresse.

A dica é bem óbvia, mas precisa de disciplina para colocar em prática:

Não compre nada quando estiver estressada!

Evite ir ao mercado, passear no shopping ou comprar online.

Procure fazer algo que alivie o estresse e que você não tenha que gastar nada!

 

#5 – Faça “compras” no seu próprio guarda-roupas

Tire tudo do seu guarda-roupa, coloque sobre a cama, estenda no piso ou disponha as peças de maneira que possa visualizar cada uma.

Você vai “achar” coisas que nem lembrava mais e vai parecer que acabou de “comprar” uma roupa nova!

Além disso, procure montar looks diferentes.

Experimente aquela blusa que você só usa com calça com uma saia ou bermuda, assim, você vai “comprar” um novo look! .

 

Gostou das dicas?

Compartilha com suas amigas para que elas também venham economizar! 🙂

Nos vemos!

Jornalista especialista em finanças, autora do best-seller Bolsa Blindada, colunista do programa Mulheres, TV Gazeta e youtuber.

  • Que vídeo salva-bolsa hein!! Muito obrigada Patrícia! Neste momento da minha vida meu pai tem me ajudado financeiramente e sempre sobra um dinheirinho que meu cérebro fica doidinho pra eu gastar… Mas eu tenho dominado essa vontade (desnecessária) e tenho guardado na poupança. A cada mês que eu faço isso me dá um alívio tão grande!

    • Muito bem, Liliane! O próximo passo é escolher um investimento onde vc realmente venha ganhar dinheiro porque a poupança não está rendendo nada! rs…rs… Vc tem acompanhado nossa série de vídeos sobre investimentos? Bjs

  • Olá Patrícia, vc viu que o site Dsop criou um ebook com o nome “Virada Financeira”?

    • Não vi. Mas de onde vem as minhas ideias tem muito mais, então deixa copiar! hahahaha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *