Tesouro Direto passo a passo

Tesouro direto tem sido uma ótima opção para quem quer ter um rendimento maior que a poupança, mas com toda segurança. Veja o passo a passo no post de hoje!

 Tesouro direto abre

Tesouro direto é melhor opção que a poupança?

Atualmente 60% dos brasileiros têm dinheiro investido na poupança, mas muitos já ouviram falar que este não é mais um bom investimento. Onde colocar o dinheiro então?

Uma opção simples e super segura é o Tesouro Selic, que traz várias vantagens sobre a poupança, veja três delas:

  • O Tesouro Selic rende 100% da taxa Selic, enquanto a nova poupança (aberta depois de 2012) rende 70%
  • O Tesouro Selic rende todo dia, enquanto a poupança rende no aniversário, ou seja, a cada 30 dias (se você sacar o dinheiro antes de completar 30 dias, não recebe nenhum rendimento)
  • Mesmo pagando imposto de renda, o Tesouro rende mais do que a poupança

O Tesouro é um título público, ou seja, do Governo, que funciona do mesmo jeito que um investimento bancário no seguinte sentido:

Quando você investe em banco, significa que está emprestando dinheiro para esse banco.

Quando você investe em Tesouro Direto, significa que está emprestando dinheiro para o Governo.

O Governo vai usar o seu dinheiro para viabilizar seus programas e vai lhe pagar juros. E é você que escolhe como quer receber esses juros de volta.

Você pode optar por 3 modalidades:

  • Tesouro Selic – que rende 100% da taxa Selic
  • Tesouro IPCA – que rende juros + inflação
  • Tesouro Pré-fixado – tem rentabilidade fixa, ou seja, você vai saber quanto vai receber antes de investir

Para pequenos investidores que não querem ficar com o dinheiro preso, ou seja, que querem ter a liberdade de sacar quando precisarem, indico o Tesouro Selic, pois você pode sacar a qualquer momento sem perder o rendimento.

Com quanto posso começar a investir?

Os títulos variam de preço e você pode comprar a partir de 0,01 de um título. Por exemplo: se um título custa 3 mil reais, você pode comprar 0,01 e vai pagar apenas 30 reais.

Atenção: a transferência do dinheiro do seu banco para a corretora é feito através de TED. Por isso, veja quanto o seu banco cobra por uma TED, pois isso pode inviabilizar o seu investimento.

Por exemplo, se você for investir 50 reais, mas a TED custa 9,90, lá se foi o seu rendimento todo embora! O ideal seria negociar para que você tivesse, pelo menos, uma TED gratuita por mês para não ter esse gasto.

Como faço para investir?

Você tem que ter CPF e uma conta aberta em um banco. Depois, precisa abrir uma conta em uma corretora, pois é ela que vai comprar o título para você na Bolsa de Valores. Depois, a Bolsa vai mandar o seu título para o Governo, conforme a ilustração abaixo.

TESTOURO DIRETO 1

Quando você resolve recuperar o dinheiro é feito o caminho inverso e o dinheiro estará na sua conta já no dia seguinte.

 

Como abrir conta em corretora?

Eu abri uma conta na Rico, pois posso fazer tudo pela plataforma online. Também gosto bastante do simulador, pois a gente tem uma noção bem exata do que vai acontecer com o dinheiro.

Para abrir sua conta, clique aqui. Não tem nenhuma taxa, nem para abrir a conta e nem para investir no Tesouro Direto.

Detalhe: não é preciso ter dinheiro agora para abrir a conta, você pode abrir agora mesmo (clicando aqui) e quando tiver um valor para investir, faz a transferência e começa a poupar.

Convite especial!

CapaVocê que me acompanha aqui sabe que estamos às portas do lançamento do meu quinto livro. Uhuuuuu! 🙂

“O sucesso não cabe na bolsa” já está em pré-venda e você pode garantir o seu exemplar no site da Saraiva, clicando aqui.

Você vai receber em casa e começar a traçar o seu sucesso, aquele que vai muito além da conta bancária!

E se você está em São Paulo, convido a estar comigo no lançamento que acontecerá na Saraiva do Morumbi Shopping, dia 12/04, às 19h30.

Nos vemos aqui ou na Saraiva!

Jornalista especialista em finanças, autora do best-seller Bolsa Blindada, colunista do programa Mulheres, TV Gazeta e youtuber.

  • Sheila diz:

    Amei o post Patricia. Simples e direto. Ainda não invisto no tesouro direto, mas já estou me organizando para começar. Muito obrigada.

  • Marcia Pienta diz:

    Amei esse post, pois é um assunto que tem me interessado no momento ( agora que já aprendi com você a poupar tenho que aprender investir). Fale mais sobre isso! Abraços!

  • Kaysa Nunes diz:

    Que ótimo!! Veio em uma excelente hora. Eu abri minha conta na Rico, unicamente por sua causa, se você indica, eu confio! Porém não encontrei seu nome na hora de indicar por que meio encontrei a corretora. Estou muito interessada em aprender sobre finanças e inteligência financeira. Seus livros, seu blogue juntamente com suas dicas fora o ponto de partida para eu conseguir da uma virada financeira. Sou muito grata por cada conteúdo que você pública. Beijos

  • Gabriela Carvalho diz:

    Eu amoooooo esse blog!
    Acompanho todos os dias.
    Adorei o conteúdo de hoje, tinha dificuldade de entender como funciona o Tesouro direto, agora ficou tudo mais claro.
    Obrigada por sempre contribuir com o crescimento intelectual dos seus seguidores.
    Parabéns! Sucesso sempre.

  • Marta Soares da Silva Brito diz:

    Patrícia, muito bem explicado mas fiquei com uma dúvida. O valor de investimento que se um fizer, tenho que faze-lo todos os meses ou é uma única vez?
    Obrigada Sempre.
    Marta

  • Ana Costa diz:

    Patrícia! Minha cesta de serviços é a mais básica e já liguei pro banco para saber se incluiria algum TED. O atendente me falou que o menor valor que inclua um TED custa R$19,85 contra 9,90/TED-DOC que eu fizer com esse pacote atual.
    Na sua opinião, vale mais a pena solicitar essa cesta ou pagar individualmente (no caso, eu faria apenas uma transferência/mês ou seria necessário mais de uma?)

    • Patrícia Lages diz:

      Só vale se vc fizer mais de duas por mês. Bjs

  • Adimara Renesto diz:

    Muito bom esse artigo. Claro e objetivo.

  • Edilane Xavier diz:

    Oi querida, ja te acompanho a bastante tempo, vc é muito especial pra mim.

  • Edilane Xavier diz:

    Adorei seu post, muito explicativo

  • Alyne vasconcelos diz:

    Oi patricia,agradeço a Deus,por ter me mostrado seu blog e suas participações no mulheres, pois eu vivia no vermelho, agora coloco em pratica todas as dicas e minha vida mudou muito.Obrigada q vc tenha sucesso sempres!

  • Elisangela diz:

    Patrícia, boa tarde!
    Este investimento cobra-se alguma taxa,
    para imposto de renda?

    • Patrícia Lages diz:

      Paga-se Imposto de renda, mas mesmo assim rende mais do que a poupança. Bjs

  • Edilane Xavier diz:

    Já abri minha conta na rico, mas liguei pro meu banco, a taxa deles é 15,50 , então fiquei na dúvida acho que vou esperar juntar um montante maior pra valer a pena, Patrícia se eu colocasse 400,00 por mês, pagando esses TED de 15, 00 mesmo assim valeria a pena? O que vc acha

    • Patrícia Lages diz:

      Vale sim, mas considere tb a possibilidade de negociar com seu banco para te liberar 1 TED gratuita por mês. Bjs

  • Marcela R Peres diz:

    Patrícia,
    Obrigada pelo post! Muito prático! Por favor avisa quando vai lançar seu livro aqui no Rio!

  • Camila diz:

    Patrícia, vi sua reportagem no programa mulheres, e resolvi investi no tesouro direto. Minha intenção Seria deixa o valor render mesmo que eu não pudesse mexer. Fiz uma simulação na Rico onde vc indicou, e simule pelo tesouro direto IPCA o valor cobraria! É seguro mesmo ou corro o risco de perder?

    • Patrícia Lages diz:

      É como eu expliquei: vc está investindo em títulos do Governo, vc perderia se o governo quebrasse, mas antes disso, os bancos quebrariam. Vc decide! Bjs

  • Suely diz:

    1. Cada uma das modalidades de Tesouro Direto (Selic, IPCA e pré-fixado) é interessante em quais circunstâncias? (Quais as vantagens ou desvantagens de cada uma delas?) Qual taxa de juros ou o que define a taxa de juros no Tesouro Direto IPCA (rende taxa de juros + taxa de Inflação)?

    2. Quais as taxas envolvidas na aplicação em e no resgate do Tesouro Direto em cada uma das instituições envolvidas: Banco, Corretora e Bolsa de Valores? Há abaixo uma relação de taxas para cada uma dessas instituições, poderia corrigi-las ou acrescentar as que faltam.

    Tesouro Direto.
    Aplicação: banco -> corretora -> bolsa de valores
    Resgate: banco <- corretora <- bolsa de valores

    2.1. Taxas cobradas pelos Bancos recaindo sobre o aplicador em Tesouro Direto:
    a. taxa para abertura e manutenção de conta corrente em Banco (requisito);
    b. taxa de transferência de valores do banco para a corretora (TED);
    c. taxa de transferência de valores da corretora para o banco, existe?
    d. há outras taxas envolvidas?

    2.2. Taxas cobradas pela Corretora recaindo sobre o aplicador em Tesouro Direto:
    a. taxa para abrir conta na corretora (depende da corretora);
    b. taxa de administração da corretora (depende da corretora);
    c. taxa de carregamento (taxa sobre o valor a ser investido)-(depende da corretora);
    d. taxa sobre o valor a ser resgatado, existe?
    e. taxa de transferência de valores da corretora p/a bolsa de valores, existe?
    f. taxa de transferência de valores da bolsa de valores p/a corretora, existe?
    g. há outras taxas envolvidas?

    2.3. Taxas cobradas pela Bolsa de Valores recaindo sobre o aplicador em Tesouro Direto:
    a. taxa para abrir a conta na Bolsa de Valores, existe;
    b. taxa de administração da Bolsa de Valores, existe?
    c. taxa de carregamento (taxa sobre o valor a ser investido), existe?;
    d. taxa sobre o valor a ser resgatado, existe?
    e. taxa de transferência de valores da bolsa de valores para a corretora, existe (seria a mesma do item 2.2.f.?)?
    f. há outras taxas envolvidas?

    2.4. Há outras taxas envolvidas?

    Obrigada.

  • Valéria Miranda diz:

    Amei o post também. Tenho pesquisado bastante sobre esse tipo de investimento e agora estou tomando coragem.

  • Erika Queiroz diz:

    Assim como a Suely também tenho essas dúvidas, como também qual o valor que o Imposto de Renda cobrará sobre o valor.

    Ficamos aguardando seu feedback, abraço, está sendo muito importante ter essas informações Patrícia.

    • Patrícia Lages diz:

      A alíquota de IR depende do valor e do prazo, mas mesmo pagando imposto, o rendimento é maior do que o da nova poupança. Bjs

  • poliana diz:

    Olá Patrícia !
    É possível fazer uma simulação ?

    • Patrícia Lages diz:

      Sim! Dá uma olhada no site! Bjs

  • Luiz Carlos diz:

    Bom dia Patricia, coloquei uma questão aqui e alem de não responder, minha pergunta simplesmente sumiu!!!! será que que existe algo escuso que não pode ser divulgado??? Estou preocupado com meus dados no site da Rico.com.vc! Enviei os dois contratos de XPinv e da rico(xp) e voce simplesmente ignorou.. porque????

    • Patrícia Lages diz:

      Bom dia, Luiz! Vc me mandou dois contratos por E-MAIL e não por comentário público e vc foi respondido. Assuntos sobre a XP e a Rico vc deve tratar diretamente com as empresas, pois eu não respondo por nenhuma delas. A XP (em quem vc confia) é dona da Rico (em quem vc não está confiando). Por favor, fale com eles, pois eu não posso apagar os dados que vc colocou lá por vontade própria. São empresas idôneas e é só isso que eu posso te responder. Abs!

  • Luiz Carlos diz:

    Pois é Patricia, eu não investia antes por não confiar nessas empresas! Confiar mesmo eu confiava em voce! E voce faz como todos os famosos, querem receber pela indicação, porque o link não está na sua pagina porque voce acha a empresa simpática, mas acredita que não tem responsabilidade sobre a indicação… O Brasil está nessa pindaiba e descredito por isso, falta de responsabilidade das pessoas!

    • Patrícia Lages diz:

      Luiz, vamos por partes: primeiro EU tenho conta na Rico, por isso indico para meus seguidores. Segundo: vc abriu a conta lá e colocou seus dados, assim como eu coloquei. Terceiro: vc não teve nenhum problema real, vc está apenas achando que pode um dia vir a ter. E apenas por imaginar que poderá ter um problema (que nunca teve) vc está colocando em jogo a minha credibilidade. Se vc tivesse tido um problema real, ainda assim, deveria reclamar na empresa que lhe causou esse problema. O que não é o caso. Para finalizar, vc está reclamando com a pessoa errada por um problema que nem sequer existe. Isso faz algum sentido pra vc?

  • Luiz Carlos diz:

    Veja bem Patricia, é verdade que ainda não tive problemas mas ja estou me precavendo por que voce ainda não me explicou por que as duas empresas que voce afirma que são a mesma empresa têm contratos tão diferentes… E também por elas terem fixa longa no reclameaqui.. estou documentando tudo!… Não acredito que voce tenha alguma má intenção, mas que a coisa toda está estranho, está!!! Em todo caso vou TENTAR trocar a corretora pra eu ficar mais tranquilo! Pelo que li no reclameaqui vai ser uma luta…. Tenho um bom capital pra investir e não quero correr riscos com a RICO… Obrigado (pode apagar estes posts do site, eu queria mesmo eram respostas)

    • Patrícia Lages diz:

      Luiz, eu nunca afirmei que são a mesma empresa, mas que são do mesmo grupo. E eu não tenho condição nenhuma para te explicar porque uma empresa tem um contrato diferente de outra. Eu não tenho conhecimento jurídico para fazer a análise que vc está me solicitando. Como eu disse, o que vc está pedindo para mim, que simplesmente indico a Rico como corretora, tem que ser pedido para as empresas em questão. Ok?

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: