Palmirinha é blindete!

27/01/2015

Palmirinha é blindete!

Ela foi vendida pela mãe, teve que trabalhar duro a vida toda, sofreu maus tratos do marido, mas reescreveu sua história e…

Ela foi vendida pela mãe, teve que trabalhar duro a vida toda, sofreu maus tratos do marido, mas reescreveu sua história e hoje é a vovó mais querida do Brasil. Com você, Palmirinha Onofre!

IMG_5773

Aos 83 anos, Palmirinha tem uma disposição de dar inveja a muita menininha por aí. Tive o privilégio de conhecê-la logo no começo de sua carreira na TV, no Note & Anote, antigo programa da queridíssima Ana Maria Braga na Record. Bons tempos! Trabalhar com a Ana Maria e poder beliscar de vez em quando os quitutes da Palmirinha era tudo de bom! rs…rs…

Mas quem vê essa vovó tão querida não imagina o quanto a vida foi dura com ela. Desde muito cedo era maltratada pela mãe com surras frequentes e muita vara de marmelo. Mas o pior aconteceu aos 16 anos, quando sua mãe a vendeu por 5 mil réis para um fazendeiro, como ela mesma contou no programa De Frente com Gabi.

Seu casamento também não foi nada feliz. Depois de apanhar muito do marido e sofrer diversas traições, aos 45 anos ela decidiu se separar. Sem medo do futuro, sustentou as 3 filhas sozinha e jamais recusou um trabalho. Desde que fosse digno, lá estava ela dando o seu melhor.

Há muito o que falar dessa pessoa incrível, mas o que quero destacar é que ela jamais deixou que as amarguras da vida a tornassem amarga. Não se achou velha aos 45 anos para recomeçar a vida sozinha, não se achou velha aos 65 para iniciar uma carreira na TV e não se acha velha aos 83 para os desafios que aparecem pela frente. (E tem gente que me escreve se achando velha aos 35…).

10940507_10205234051043506_7292493820235179779_nEla esteve no estúdio do meu marido dias atrás para posar como garota-propaganda de uma marca de azeite (pela cara dos dois, será que gostaram da sessão de fotos? rs…rs…).

Uma das filhas cuida da carreira agitada da mãe famosa e me contou que o dia que não tem MUITO trabalho, Palmirinha a deixa maluca: “Vamos, Sandra, tem que agitar, tá muito devagar!” 

Querida como só ela sabe ser, Palmirinha fez questão de deixar uma frase para você, que é blindete de carteirinha:

“Amiguinha, nada de ficar em casa de bobeira, vamos trabalhar por que tem muita coisa pra fazer!”

E aí? Vai continuar se achando velha demais para fazer aquilo que ama?

21_diasIMPORTANTE!

Durante todo o Jejum de Daniel publicaremos textos especiais para que você possa receber mais instrução para sua vida financeira e manter-se fiel ao propósito.

Anote na sua agenda a programação, começando amanhã:

 

  • Quintas – Finanças X Relacionamento amoroso
  • Sextas – Dicas da Sandrinha com temas espirituais
  • Segundas – Como traçar objetivos e alcança-los (continuação)
  • Terças – Daniel, o espírito excelente (estudaremos as características de Daniel como ótimo funcionário)
  • Quartas – Mulheres que fazem a diferença

O que acharam da programação?

Nos vemos!

15 comentários

    adorei essa matéria,, eu gosto muito da palmirinha. acho ela uma docura.

    Testemunho lindo da Palmirinha, senhora guerreira!!
    Paty, penso que é mesmo assim, as grandes lutas da vida são as que nos fazem mais guerreiras e corajosas lá na frente. A mesmice não encontra lugar!!
    Estou pronta para as próximas semanas e quero desde já agradecer por tudo o que vai dividir conosco neste blog maravilhoso.

    o post de hoje me inspirou, pois andava meio molenga…

    Bjus,
    Leila

    Que Bacana!! Sempre a acompanho e aprendo muito com as receitas da Vovó Palmirinha Grande Exeplo!! Bjus Paty!

    Amei Patty!

    Velha aos 35 to chocadaaaa!!! No way, that is just the beginning!!!!
    bjs

      Pois é… Recebo vários falando isso, vê se pode!!

    É isso aí! A Palmirinha Onofre foi a minha inspiração no início dos meus quitutes! O “pão bola”, de sua autoria, é o que eu mais fiz para a vizinhança aqui do prédio!
    Tanto que um dia desses, recebi a visita de um médico aqui em casa e quando ele chegou no meu andar, veio até a porta atraído pelo aroma dos muitos pães já assados sobre a mesa!
    O tempo mais dolorido (física e emocionalmente) vivido por mim, foram os melhores momentos de cozinha “ousando a Lá Palmirinha”! E deu certo! Até você, Paty, comeu do “pão milagroso da Cozinha Blindada”!!
    Beijos prás duas!

      O pão e as geleias da Cozinha Blindada são demais!! Beijos

    Lindo Post!!! Me inspirou !!!

    É isso ai, pessoas como a vovozinha mais amada do Brasil fazem com que acreditemos que o nosso maior inimigo só poderá ser nós mesmos, afinal, quando queremos, arrebentamos! Parabéns a essa senhora linda e talentosa, a quem admiro e sou fá de carteirinha! Muito obrigada por compartilhar conosco essa história de superação. Parabéns Palmirinha!

    hahaha q fofa ela

    Um sorriso de menina…que fofa ela! Um exemplo para nós de 30 e poucos…kkk. E que história de vida…fiquei admirada! 🙂

    Seguindo o exemplo da Palmirinha.
    Uma senhora de 90 anos está na escola primária para aprender a ler, na mesma turma que alguns dos netos.
    Não é tarde para correr atrás dos sonhos.

    https://www.bbc.co.uk/portuguese/videos_e_fotos/2015/01/150122_gogo_rp?ocid=wspor_bra_smc_facebook_mkt_fe_Queniana_

    Nunca esqueci de uma mensagem que a Palmirinha disse em programa de TV; ela disse que a gente precisa buscar sempre vencer, não desanimar nunca e que não importava a idade – 30, 40 ou 50 – e que a Palmirinha (disse ela falando em 3º pessoa) só começou vencer aos 60. Linda demais!

Gostou? Comente aqui!

Deixe um comentário




Outras notícias


Produtos




TV Patrícia Lages




Não perca nada. Seu dinheiro agradece!

Digite seu e-mail no campo abaixo para se
inscrever em nossa newsletter.

Shopping cart

0

No products in the cart.