O ano é novo, mas um mês já acabou!

É isso: o ano mal começou e um mês inteirinho já se foi! O que fazer para que o seu ano seja produtivo, uma vez que você já sabe que ele vai passar voando?

janeiro

Talvez você esteja até meio triste em perceber que janeiro de 2017 nunca mais vai voltar e que parte dos seus planos para o mês não se cumpriram. Você já começa a ficar desanimada e a temer que este seja mais um ano que vai passar voando e você não vai conseguir realizar seus sonhos…

 

E, falando em passar voando, você não tem impressão de que, com o passar dos anos, o tempo tem passado mais rápido? Na verdade, as 24 horas de hoje correspondem às mesmas 24 horas de 50 ou 100 anos atrás, nada mudou com respeito a isso. A questão não é o tempo, mas sim, como usamos o tempo que temos.

O que tem “encurtado” o tempo atualmente são os ladrões de tempo e, para entender como eles atuam no nosso dia a dia, vamos fazer algumas continhas simples.

Imagine que você, em um dia comum, use o seu tempo da seguinte forma:

  • Assiste TV por 1 hora
  • Fica 15 minutos no WhatsApp
  • Entra nas redes sociais por 1h15 hora
  • Passa 15 minutos procurando coisas que não tem ideia de onde estão (podem ser roupas, objetos pessoais, arquivos do trabalho, chaves etc.)
  • Passa 15 minutos jogando conversa fora.

É, eu sei que estou sendo bem conservadora, pois há pessoas que passam muito mais tempo nesses cinco itens (e olha que nem incluí joguinhos eletrônicos!). Mas vamos considerar apenas esses números para fazer nossas continhas.

No caso acima, você gastaria 3 horas por dia entre coisas que, normalmente, não acrescentam muita coisa na sua vida. Isso significa que:

  • 3 horas por dia são iguais a 21 horas por semana
  • 21 horas por semana são iguais a 84 horas por mês
  • 84 horas por mês são iguais a 3 dias e meio

Ou seja, você perde quase 4 dias por mês em coisas que nem sempre são produtivas. Mas a conta pode ficar ainda pior se multiplicarmos esses hábitos por 1 ano, veja:

  • 3 dias e meio por mês correspondem a 42 dias por ano
  • 42 dias são 6 semanas
  • 6 semanas correspondem a 1 mês e 12 dias

perda

Gente, jogar quase um mês e meio por ano na lata do lixo não dá! Imagine o que você poderia fazer se seu ano tivesse esse mês a mais? Não seria o máximo? Você ainda pode recuperar o tempo que perdeu em janeiro e isso não significa ter que jogar seu celular e sua TV fora, não conversar com mais ninguém e nem deletar suas contas nas redes sociais, mas sim, que você perceba onde está perdendo tempo e mude seus hábitos.

  • Você fica tempo demais nas redes sociais e nem estava percebendo? Coloque um timer toda vez que acessar e determine o tempo que vai ficar. Soou o alarme, desligue! O mesmo serve para a TV: defina o que vai ver e se policie.
  • O WhatsApp está acabando com seu tempo? Desligue as notificações de grupos – ou saia de grupos que não lhe interessam – e defina horários para verificar as mensagens. Responda o que for importante e ignore o que não lhe serve. Isso mesmo: ignore, pois ninguém vai repor o tempo que você perder, certo? Detectou que é perda de tempo? Corte!
  • Está acostumada a jogar conversa fora? Afaste-se das rodinhas e perca o hábito. Conversar à toa vicia tanto quanto outros vícios. É um costume difícil de perder, mas vale a pena.
  • Perde tempo procurando coisas e vive em meio à bagunça? Invista um final de semana para deixar tudo em ordem e você vai ver que organização é algo que faz o tempo render muito.

 

capa-livro E se você está cansada de trabalhar, trabalhar, trabalhar e não ver fruto do seu trabalho, tenho uma super dica: o livro Lugar de mulher é onde ela quiser.

Muitas vezes o que falta é estar focada naquilo que deseja e agir para conquistar o que quer. Assim você corta esse ciclo vicioso de entra ano e sai ano e você está no mesmo lugar!

Peça já o seu clicando aqui e receba na sua casa com um frete único parta todo Brasil.

 

E para mais dicas sobre vida financeira, carreira profissional e empreendedorismo, inscreva-se no meu canal do YouTube clicando aqui.

Nos vemos!

Jornalista com atuação no Brasil, Inglaterra, Argentina e Israel. Autora do best seller Bolsa Blindada e palestrante na Universidade de Harvard.

  • Fernanda de Oliveira diz:

    Obrigada Paty…excelente reflexão…ainda dá tempo de ajustar e focar!

  • thais lima diz:

    Só verdades! Obrigada Paty!😘

  • Regina Soria diz:

    Buen día Patricia.
    Ya había notado que el tiempo “vuela”.
    Lo que hice hace dos meses parece que fue ayer.
    Gracias tu palabra de hoy me hizo reflexionar en que estoy perdiendo tiempo.
    Sin contar el tiempo en que duermo por la tarde.
    Besos 😘 desde Uruguay

    • Rosângela Nascimento diz:

      Muito bom!😗

  • Solange Nogueira diz:

    Obrigada d . Patrícia, excelente reflexão.

  • Rebeca diz:

    Paty, esse post me lembrou os seus desafios detox!!! 😀 Podemos esperar o detox 2017? Um bj :*

    • Patrícia Lages diz:

      Não é que tá mesmo na hora?? Vou preparar um bem especial para 2017!! Bjs

  • Daiane Costa diz:

    Bah Patrícia… Só li verdades… Quando se pensa nos “minutinhos” gastos não se percebe o tempo gasto no final de uma semana, um mês, um ano!!! Preciso me policiar mais…
    Um abraço do tamanho do meu Rio Grande pra ti guria…

    • Patrícia Lages diz:

      O nosso Rio Grande, que eu não nasci, mas amoooo!!

  • Adriana diz:

    Perfeito… Adorei as dicas !!! O tempo é a gente que determina o melhor que podemos fazer com ele !!!

  • Fernanda Tavares diz:

    Paty, se existisse ler pensamentos eu diria que você leu os meus, nem vi janeiro passar 😐 de tão rápido que foi, já cortei ladrões de tempo, vou fazer uma nova avaliação, este mês foi demais!!!
    Bjinhos

  • Dani diz:

    Paatyyyyy, Deus acaba de falar comigo através de você!!! Vou te contar o que vem me acontecendo (lá vem textão kkk): eu simplesmente me cansei de trabalhar pros outros, sabe? Quero trabalhar pelos meus sonhos, não quero ficar realizando sonhos dos outros e ser infeliz, não me realizar… Mas aí vem a dúvida: vou fazer o quê?
    O que eu quero é ter flexibilidade nos horários, trabalhar home office; mas na minha família todo mundo sempre trabalhou de empregado, ninguém sonha muito, etc, etc. Só contei isso pro meu marido, e ele me olha com aquela cara de dúvida, querendo me dizer que isso não dá certo, que é arriscado, que eu tenho meu emprego (mas ganho mal)… Eu quero viver, ousar, sonhar, realizar, quando olho pra você, quando leio sobre sua história, eu amo o que vejo em você, quero conquistar também, se você conseguiu, eu também posso! Você me inspira.
    Hoje (01/02/17-primeiro dia do mês) faço jejum (comecei a fazer depois que vi a dona Ester falar) nas primeiras horas do dia pra que Deus abençoe o meu mês. E nesse jejum de hoje pedi justamente essa direção à Deus, que meu ano não seja igual, que meu mês não seja igual, que nesse mês ele me fale o que fazer para conquistar…
    Li essa postagem aqui e decidi pesquisar sobre seu novo livro, vi o vídeo resenha que você fez e é exatamente a ferramenta que posso usar pra chegar onde eu quero, acredito que já é Deus respondendo meu jejum, minhas orações e se agradando do desejo do meu coração 🙂
    Assim que descontar o cheque do meu salário essa semana, já vou encomendar seu livro, e que Deus nos abençoe Paty !!
    Um grande abraço! Obrigada.

    • Patrícia Lages diz:

      Arrasou! Vá em frente, Dani!!

  • Cristina diz:

    Olá Patricia!
    Sabe quando está de dieta sem comer doces e escolhe um dia para comer o melhor doce do mundo (brigadeiro da minha tia). Quando pega o doce para comer percebe logo de cara que foi feito com muito carinho para você, isso já nos deixa feliz. Agora imagina que ao morder sente que sua tia fez o melhor brigadeiro e ainda colocou recheio de beijinho? Que surpresa! Que explosão de sabor e alegria na boca.
    Então foi assim que me senti ao ler o último capítulo do seu novo livro, Lugar de mulher é onde ela quiser. O livro inteiro é maravilhoso, e como já li os 3 anteriores, já esperava um livro excelente, objetivo e claro (esse é o brigadeiro). Mas o ultimo capitulo (o beijinho), que não vou falar muito aqui para que as pessoas tenham a mesma surpresa que eu, é maravilhoso, como um alivio…. As vezes depois de meses estudando, se dedicando a um projeto se preparando para receber uma promoção, aumento, melhorar o próprio negócio, o esperado não vem, outra pessoa recebe a promoção que me sentia preparada, o aumento de salário, o negócio não deslancha como previsto. Que balde de agua fria. Nesse momento se levantar imediatamente é muito difícil, mas é ai que nos destacamos no meio de tantas pessoas e empresas. Saber que não estou sozinha, que você, que é maestra no assunto também sente o mesmo que eu, que entende os problemas reais … ah isso sim foi uma grande e ótima surpresa que deixada para o final deu um maravilhoso fechamento a mais um livro excelente.
    Poderia parabeniza-la pelo livro, mas não o farei. Hoje digo OBRIGADA!!!!

    • Patrícia Lages diz:

      Eu é que devo agradecer, Cris. Suas palavras tb me fizeram muito bem hoje, foi mesmo um OBRIGADA em maiúsculas para mim!!! Foi um capítulo muito difícil de escrever (acho que o mais difícil até agora), mas eu sabia que ele tinha que estar lá. Beijos

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: