Saiba como uma livraria transformou a reclamação de um cliente em uma bem-sucedida campanha de marketing. Isso é que é fazer do limão uma limonada!

Em Londres, Inglaterra, existe uma rede de livrarias muito famosa que é um sonho, a Waterstone’s. Eu só não gostei de uma coisa: fui lá só uma vez na vida! Sabe aquelas coisa de deixar para amanhã? Eu pensava: Ah! Já comprei um montão de livros, quando terminar esses eu volto lá. Mas daí, voltei pro Brasil e necas de Waterstone’s…

Mas a questão aqui é a transformação do limão em limonada. O babado foi o seguinte: um cliente americano chamado David Willis ficou preso numa das lojas e a solução que ele achou foi reclamar no Twitter.

Waterstones

“Olá @Waterstones Estou preso na livraria da Trafalgar Square há 2 horas. Por favor, deixem-me sair.”

Waterstones_800x450_contentfullwidth

Willis disse que estava no piso superior da livraria, mas quando desceu para sair, tudo estava apagado e já não havia mais ninguém no local. Mais de 16 mil pessoas retuitaram o post e a coisa foi parar longe.

O legal de tudo isso é que muitas dessas 16 mil pessoas comentavam que gostariam de estar no lugar do americano, pois adorariam passar uma noite inteira dentro de uma livraria tão bacana como aquela. Outros começaram a dar dicas de leitura para que ele aproveitasse o tempo e alguns até sugeriram formas de reorganizar as prateleiras!

 

waterstones3

Sabendo disso, a Waterstone’s resolveu fazer a tal limonada: em parceria com o site Airbnb (que aluga apartamentos, quartos e afins), lançou uma super promoção  que, aliás, eu gostaria muito de participar!

Os 10 clientes vencedores terão a chance de passar a noite “presos” na livraria com direito a um acompanhante, wifi, lanchinhos e, para quem quiser dormir, haverá colchões infláveis. Mas não é só isso, os ganhadores também terão direito a uma palestra de Richard Wiseman, psicólogo e escritor, sobre como ter uma boa noite de sono.

Os competidores só têm de preencher um único requisito: ser um “book lover”, ou seja, um amante de livros.

Esse é um exemplo muito bacana de como transformar algo que poderia ter queimado a imagem da livraria em uma coisa super positiva, pois promoveu a loja de uma forma inteligente, bem humorada e que, com certeza, entrará para a história.

Então, blindetes, vamos usar a nossa imaginação e o nosso tempo para pensar em coisas positivas, afinal, as ideias geniais quase sempre são as mais simples, assim como essa da Waterstone’s. Depois de idealizada parece óbvia e só por isso ja é brilhante. Como eu sempre digo: vamos divar em vez de reclamar! 🙂

Nos vemos!

 

Jornalista especialista em finanças, autora do best-seller Bolsa Blindada, colunista do programa Mulheres, TV Gazeta e youtuber.

  • Bom Dia…
    Ahhhhhhhhhhhhh…eu também queria ficar presa lá…de máximo, livros….livros…livros…
    Top de Linha a idéia da Waterstone’s…
    Beijos Blindetes !!!

  • Bom dia, Paty!
    Amei essa história, e lendo tive uma ideia… 😉

    Bjinhos,
    Leila

  • Amo essa livraria tem uma ha 5 minutos da minha casa hahahaha!!! Tem que vir kkkkkkk
    Bjs

  • Que legal essa história,com isso que aconteceu ele teve uma ideia que rendeu mais lucros.Legal!

  • A minha filha Carol com certeza ficaria encantada.
    Quando vamos ao shopping ela diz: me deixa na livraria e pode ir passear, depois a senhora me pega.

  • Oiieeee Paty, ameeeeeeiii a história!
    Queria muito ter uma chance dessa de passar uma noite presa nessa livraria!
    Acho que vou procurar a Elisangela, já que ela mora tão perto assim da livraria néh!…..hahahaha!!! ….
    Como uma Blindete de primeira acho que iria divar muito em vez de reclamar!

    Continuo firme nos desafios Paty!
    Obrigada por sempre nos dar o seu melhor floor.

    beijinhooooss ^^

    • Divando sempre! A Elisângela é nossa blindete número 1 da Inglaterra 😀

  • Genteeee, achei demais a ideia dos proprietários desta livraria! Isso é que se chama reverter a situação….
    bjos

  • Muito legal mesmo!!! Amei. Gostaria tbm de poder participar da promoção rsrsr…

  • Muito bom, aprimorado meus conhecimentos com suas dicas Patrícia. Obrigada.bjao.

  • Muito legal, gosto de idéas desse tipo…genial.De fazer o negativo virar positivo.Bora divar.Bjos

  • DIVAR AO INVÉS DE RECLAMAR. RSRS É ISSO AÍ. UMA IDÉIA TRANSFORMADA EM ATITUDE MUDA TUDO.

  • Eu amaria passar a noite numa livraria também!!
    Eu curtia ficar sentada no meio dos corredores com um livro na mão (Fnac, em Pinheiros)….
    Também fui algumas vezes na Biblioteca Mário de Andrade com o livro debaixo do braço… só prá respirar o “ar literário” do lugar!
    Momento de repensar o velho e bom hábito de sair para ler!

  • DIVAR EM VEZ DE RECLAMAR, SÁBIAS PALAVRAS QUANDO AS VEZES DEIXAMOS DE VER UMA ÓTIMA OPORTUNIDADE E FICAMOS OLHANDO SO PARA O PROBLEMA A NOSSA FRENTE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *