Fim da privacidade: a internet está vigiando você

Disseram que no futuro todo mundo teria seus 15 minutos de fama. Esse tempo já chegou e trouxe com ele o fim da privacidade de pessoas comuns como eu e você. Quais os perigos de toda essa exposição? 

Texto escrito por Beatriz UezuCaroline Dantas e Roberta Takenaka do grupo PyLadies São Paulo, adaptado para o blog.

privacidade

Com a crescente utilização da internet conversamos com pessoas do outro lado do mundo, navegamos em sites, interagimos nas redes sociais e descobrimos novos lugares sem levantar da cadeira. A questão é que todas as nossas atividades na internet deixam um “rastro”. Sem saber estamos dando informações e dados que podem ser usados para várias coisas, tanto boas quanto más.

Uma famosa loja americana de varejo chamada Target queria aumentar as vendas de produtos para bebês e usou dados da internet para saber onde estavam as grávidas da região. De posse dessa informação, enviou propaganda desse produtos para as futuras mamães. Porém, um homem foi à loja e exigiu falar com o gerente. Muito nervoso ele disse:

“Minha filha recebeu esta carta, mas ela ainda está na escola e vocês estão enviando cupons para roupas de bebê e berços? Vocês estão tentando encorajá-la a engravidar?”

Dias depois o gerente ligou para pedir desculpas, mas o pai da menina disse calmamente:

“Houve algumas atividades na minha casa que eu desconhecia. Minha filha dará à luz em agosto e eu é que devo um pedido de desculpas!”

 

Certas informações em mãos erradas podem gerar problemas pessoais e profissionais. Por isso, muito tem sido discutido sobre o limite da privacidade de dados dos usuários e isso resultou na criação de uma lei que regula o uso da Internet no Brasil, a “Lei do Marco Civil da Internet”.

Qualquer atividade na internet nos expões, não só o que publicamos nas redes sociais. Só de estarmos conectadas à Internet estamos nos expondo (por meio do IP dos computadores, GPS etc.).

 

Já percebeu que quando você pesquisa um produto ou acessa uma loja na internet passa a ser “perseguida”? Você recebe mensagens por e-mail sobre o assunto ou começam a aparecer propagandas sobre coisas relacionadas. Isso é porque as informações que você busca ficam guardadas no seu computador e, sem saber, você está contando quais suas preferências. Basta dar um curtir no Facebook e você já transmitiu uma informação sobre algo de que gosta!

Com isso, aumenta-se o risco das pessoas comprarem por impulso, já que passa a ser “bombardeada” por tanta propaganda. Estes anúncios se chamam Adware. E se você deseja se livrar deles, deve verificar em seu Web Browser (Firefox, Chrome, Safari etc.) a instalação de complementos que bloqueiam estes anúncios. Sobre bloquear mensagens indesejáveis de e-mails, veja o post anterior sobre SPAM.

 

E tem mais: já reparou que seu celular (por ter GPS) consegue expor os locais que você frequenta e até os horários? Ele pode até sugerir quanto tempo você levará para chegar a um determinado local sem você perguntar! Em 2009 houve um caso de jovens que roubavam casas de celebridades pesquisando na Internet quando estavam ausentes.

Por isso, para sua segurança, evite publicar imagens de crianças, fotos íntimas ou que exponham os lugares que frequenta. Tente expor o mínimo sobre você e sua família. Publique fotos em baixa resolução ou baixa qualidade para dificultar que alguém use para outros fins.

Claro que a partir de agora você não deve passar a temer, mas sim a ter cuidado com suas informações. O mundo virtual não parece tão palpável quanto o real, mas não é por isso que você não deve se proteger nele.

Como sempre, por favor, responda nossa enquete clicando aqui.

Aqui privacidade é preservada! 😀

Nos vemos!

 

Jornalista com atuação no Brasil, Inglaterra, Argentina e Israel. Autora do best seller Bolsa Blindada e palestrante na Universidade de Harvard.

Categoria: Tecnologia
  • Michelle diz:

    Oi, Paty.

    Essa é a mais pura verdade! Estamos sendo vigiados a todo momento, muito esclarecedor esse post, sensacional! Gostei muito do exemplo, salvo engano está no livro o Poder do Hábito. Malditos adwares deveriam proibir as empresas de compartilhar os sites, os produtos de compras etc. para terceiros.

    Abraços,

    Michelle

  • Gesiane Oliveira diz:

    Oi Patrícia. Estou muito feliz com a parceria com a Marcela Kawauti, admiro muito vocês!
    Vamos aprender muito e de uma maneira leve sobre esse tema tão significativo e importante para as nossas vidas.
    Gostaria por gentileza que abordasse em entrevista com ela os temas:
    – Compras por impulso/consumo compulsivo.
    – Como montar um orçamento ideal/ organização financeira.
    – Reserva de emergência.
    – Como viver dentro do nosso padrão de vida.
    – Como economizar na crise.
    – Economia doméstica.
    – Dinheiro traz felicidade?
    – O famoso “Eu mereço”.

    Bjus e obrigada!

    • Patrícia Lages diz:

      Anotado!

  • Ana Carla Saud diz:

    Verdade, Patrícia. Atualmente existe uma nova “onda” no Facebook. Trata-se de pessoas que se colocam em busca de relacionamentos íntimos através da interação do Facebook. Antes, essas coisas ficavam restritas apenas às interfaces de sites de relacionamento. Eu já penso que as pessoas até podem conversar, fazer novos amigos, interagir respeitosamente nas redes sociais. Mas daí a usarem as ferramentas das redes sociais para tentarem namorar ou saber da vida sentimental dos outros logo de chofre, é desespero ou falta de educação, na minha opinião. Nas redes sociais, há pessoas que se esquecem das regras de etiqueta (até nós esquecemos, de vez em quando).

  • Patricia diz:

    Perfeito o texto.
    Eu já ababdonei o facebook exatamente por este motivo
    Hj ainda tenho o instagran, mas tb pretendo desativar
    O que gosto muito é de acompanhar blogs úteis e interessantes como o seu
    ??

    • Patrícia Lages diz:

      Obrigada, Paty!! 😀 😀

  • Fernanda diz:

    Paty, devido esta exposição também não fico publicando coisas, e procuro mesmo usar para trabalhar.

  • Taysa diz:

    Fora as pessoas que querem mostrar uma vida perfeita kkk chega ser comigo .Fotos cheias de Photoshop.viagens que nunca foram feitas kkkkk eu só observo eu vejo muitas pessoas estão carentes de Deus precisando urgente e triste o pior pessoas que se jugam cristã só Deus.

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: