Reclamar, reclamar, reclamar… o que isso traz de bênçãos para a sua vida? Acho que já sei a resposta, então vamos mudar isso!

Fale de bênçãos, não de maldições

“Ai, que dor aqui… ai, que dor ali…. ai, que chato esse dia de chuva…ai, essa hora que não passa… ai, como é ruim não ter tempo para nada!”

Como tem sido comum ouvir pessoas reclamando de tudo…

Mas e quando a reclamação se justifica, não podemos nos expressar, Patricia? Temos que ficar guardando tudo?

Vou responder com uma pergunta: reclamar resolve o quê?

Ah… já sei!

Você reclama que está com dor não sei onde e ela passa na hora!

E quando você declara sua derrota, então? Ah… ela vira vitória imediatamente!

Só que não… nada disso acontece, ao contrário, a coisa só piora.

Quantas vezes teremos que ouvir que a nossa palavra tem poder?

Tudo aquilo que falamos é capaz de trazer à existência o que não existe porque esse é o significado da palavra fé (trazer à existência o que não existe).

Portanto, se você reclama de uma dorzinha de cabeça, pode crer que ela vai aumentar.

Se você vive dizendo que é azarado e que nada dá certo para você, cada vez mais tudo vai dar errado.

Afinal de contas, é você mesmo quem está determinando o que você é ou enfatizando o mal que está acontecendo com você.

Se essa estratégia de enaltecer o que é ruim está sendo boa para você, vá em frente!

Mas, se não está – como eu creio que não esteja – é preciso mudar de atitude.

Reclamar é um vício

Guarde a frase-título acima, pois ela é real.

A reclamação é algo que se enraíza na mente das pessoas e é difícil de vencer, assim como qualquer vício.

Basta a pessoa estar ao lado de alguém e a primeira coisa que vem à cabeça é não deixar passar a oportunidade de reclamar de algo.

Isso, muitas vezes, faz com que a pessoa que está ouvindo reclame de volta e aí o ciclo da reclamação se estabelece.

Você passa a sua insatisfação para a pessoa e a pessoa faz o mesmo com você.

Depois, os dois vão embora sentindo-se ainda piores, o que faz com que busquem outras pessoas para reclamar de novo…

Se a reclamação tem feito parte da sua vida – ainda que você tenha razões para isso – decida mudar essa situação.

Deixe de lado a fé negativa e comece a praticar a fé positiva, ou seja, fale sobre coisas boas, ainda que elas nem existam ainda.

A fé é capaz de trazer à existência as coisas que não existem, portanto, prefira praticar a fé positiva, pois só ela é capaz de trazer bênçãos.

Nos vemos amanhã!

 

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

 

 

Jornalista, especialista em finanças e autora de 5 best-selleres. Colunista do portal R7 e apresentadora do JR Dinheiro, no Jornal da Record.

  • Bom dia querida! Graças a Deus essa palavra ñ me pertence e consegui fazer com que meu marido também tirasse ela da vida dele e ele só me agradece rsrsr.. um grande abraço e até mais tarde no nosso Clube da Leitura😍😍

  • Bom dia Patrícia!
    Lendo seu texto me surgiu uma dúvida: como diferenciar a reclamação do desabafo?
    Porque muitas vezes ouço alguém reclamando, quando pergunto o que posso ajudar?
    A pessoa responde: “só estou desabafando…”
    Aí fico com aquela cara de paisagem.
    Ah! Estou lendo o livro “O sucesso não cabe na bolsa” e estou adorandoooo
    Como te descobri faz pouco tempo, tenho assistido o máximo de vídeos e anoto todas suas dicas.
    muito obrigada!
    bjs

    • Eu não vejo muita diferença. Para mim, desabafo é como se a pessoa jogasse uma lata de lixo na outra… Se você não está aguentando o seu próprio lixo, porque o jogaria em alguém? Desabafar mesmo, só com Deus!

  • Boa tarde, verdade, quando mais reclamo mais problema aparece. Muito melhor fala palavras positivas. Deus abençoe.

  • Oi Paty tudo bem?

    As vezes a gente nem reclama com a boca, mas na mente e para Deus falar ou pensar é a mesma coisa. Murmurar. Foi isso que atrasou e prendeu o povo hebreu depois que saiu do Egito no deserto.
    Refletindo esse post percebi que muitas vezes eu reclamo na mente, comigo mesma. Então agora é vigiar.

  • Muito bom! Reclamar não muda nada e ainda contamina! Buscar visualizou o lado bom em todas as situações e crer na mudança é benéfico inclusive para a saúde! A reclamação é um torpedo na vida emocional que reflete no físico diretamente. Reflitamos nisso diariamente!.

  • Fé positiva e inteligente. A fé tem que ser racional!!Temos que pesar que resultados a nossa fé está trazendo em nossas vidas!!!Assim sabemos a qualidade da nossa fé!!!

  • Sim reclamar é um vício ,se tona uma mania de reclamar.
    “”Tudo aquilo que falamos é capaz de trazer à existência o que não existe porque esse é o significado da palavra fé (trazer à existência o que não existe)””pois há poder em nossas palavras..

  • Boa noite, Patrícia!
    Se valer um “adendo”, lá vai: “ao menor sinal de reclamação, peço uma licencinha, dou um passo atrás e saio de cena.”
    Ao reclamar, o par de ouvidos mais próximos a mim são os meus.
    Obrigada,

  • E quando é a tua sogra que sempre reclama que dói alguma coisa, o que fazer?

    • Ter toda paciência do mundo e dar esse texto para ela ler! 🙂

  • Olá Patrícia! Reclamar é mesmo um vício para ser eliminado do universo. Tinha um desenho animado no qual o personagem dizia o tempo todo “ó céus, ó vida…” representava o próprio desânimo em “pessoa”!!! Percebo que nos dias em que me pego reclamando de alguma coisa ou de alguma situação, parece que isso não termina nunca. Felizmente, com uma fé positiva, o uso de palavras agradáveis e com atitudes mais firmes e com entusiasmo, tudo levar a acalmar o coração e iluminar os pensamentos. Abraços

  • Patrícia tenho acompanhado o desafio desde o primeiro dia,embora nem sempre em tempo real.Alguns dias não consigo ler e acabo acumulando,mas nuca pulo nenhum pois estou gostando bastante.O post de hoje foi especial e pretendo ler e reler todos os dias até conseguir praticar a “fé positiva”,você está certíssima!!!!É impressionante como temos muita facilidade em reclamar e uma dificuldade imensa em agradecer.Obrigada!

  • Eu acho que reclamar é quando a pessoa fala: quê difícil a grana tá pouca eu preciso fazer tal coisa ou então dizer ai como tá difícil hoje eu tô muito mal dói pra todo lado….
    De outra forma é dizer eu vou conseguir fazer isso quero fazer mas não vai ser fácil por causa da grama. Não colocar o difícil primeiro colocar o positivo eu vou conseguir. A doença você pode dizer a hoje eu não tô muito bem…… o timbre da voz também ajuda muito não parecer que você está reclamando, falta firme e uma vez só não fica repetindo, e nem fala com tipo de choro…… eu penso assim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *