Exploração financeira, como sair dessa?

Hoje comento o caso de uma leitora que vem sofrendo exploração financeira e quer saber como sair dessa situação. Confira a história e, se conhecer alguém passando por algo similar, compartilhe!

Infelizmente recebo comentários relatando mais casos de exploração financeira do que esperava… São pais que exploram filhos, filhos que exploram pais, netos abusando da boa vontade – e da aposentadoria – dos avós e, como no caso da nossa leitora, um “suposto” namorado explorando uma mulher bem-sucedida que mora sozinha.

Confira o vídeo e, conhecendo alguém em situação parecida, compartilhe com ela!

Para mais vídeos do Bolsa Blindada Responde, entrevistas interessantes e acompanhar meu quadro no programa Mulheres da TV Gazeta, inscreva-se no meu canal do YouTube clicando aqui.

Meninas, teremos em breve dois lançamentos do meu novo livro Lugar de mulher é onde ela quiser: SP e Rio de Janeiro!

Estamos fechando dois eventos pra lá de especiais para nos encontrarmos e trocarmos experiências e aprendizado, além, é claro, de autografar o seu exemplar!

Fique ligada aqui no blog para não perder nada.

Cadastre o seu e-mail agora!
Cadastre o seu e-mail abaixo e receba todas as nossas novidades!

Nos vemos!

Jornalista com atuação no Brasil, Inglaterra, Argentina e Israel. Autora do best seller Bolsa Blindada e palestrante na Universidade de Harvard.

  • Laura - Portimão (Portugal) diz:

    É verdade se não colocamos limites as pessoas abusam mesmo.

  • Ana Carla Saud diz:

    Depois que uma pessoa dessas se instala na vida da pessoa explorada, pode não ser tão fácil livrar-se dela. Geralmente esse tipo de pessoa deixa claro o que ela quer, mas não aceita que a outra expresse o que quer. Algumas assumem uma postura constrangedora em relação ao explorado e até fazem ameaças ou cometem violência física. Nesses casos, outras atitudes devem ser tomadas. Se a pessoa explorada se sente constrangida demais, a ponto de ter medo que o explorador cometa alguma violência, deve procurar as autoridades e registrar boletim de ocorrência. Trocar as chaves da residência e guarnecê-la de segurança, encerrar a relação oficialmente e, se possível, viajar por um período prolongado, pode funcionar para livrar-se de um explorador financeiro que não aceita ser “dispensado”.

  • Cidália diz:

    Olá Paty,

    Como se costuma dizer , ” Cuidado quando abres a porta ao gato porque pode se transformar em urso !!
    Post muito interessante para despertar 👀

    Uma linda semana 🌻
    Cidalia

  • simone almeida diz:

    ja fui esporada finaceiramente qui so fui ver depois qui fiqui endivida era na minha esta pessoa comia na minha casa todo dia nada dava tu acabava e tudo qui ganhava era pra compra comida por qui a feira nao dava pra semana mais graca a DEUS fui mora loge desta pessoa me libetei deta situacao

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: