Desafio dos 100 Dias #7 – Não negocie com terroristas

03/11/2014

Desafio dos 100 Dias #7 – Não negocie com terroristas

Você já se sentiu pressionada por algum credor? Então confira o post de hoje e saiba como não cair no…

Você já se sentiu pressionada por algum credor? Então confira o post de hoje e saiba como não cair no golpe do terrorismo.

terrorMais uma coisa que aprendi nessa viagem aos Estados Unidos é que não é a toa que essa nação é a maior potência do mundo.

Se você acompanha os noticiários, já sabe que os EUA estão agindo contra algumas milícias terroristas no Estado Islâmico e que, no final de setembro, o presidente Barack Obama repetiu uma frase que já se tornou famosa quando o assunto é terrorismo:

“Não negociamos com terroristas!”

E é isso o que você deve fazer se está enfrentando um verdadeiro ataque dos seu credores. Os bancos, financeiras, empresas de cartão de crédito ou qualquer instituição ou pessoa a quem você deve, tem todo o direito de cobrar, mas existem formas de se fazer isso e o terrorismo não é uma delas.

No livro Bolsa Blindada 2 (a partir da página 35), conto uma experiência que tive quando passei por uma situação terrível de dívida (quem leu o Bolsa Blindada 1 sabe do que estou falando). Naquela ocasião, a credora (dona de uma pequena fábrica) começou a me constranger para que eu pagasse a dívida a qualquer custo. Chegou até a fazer ameaças! Então, pode acreditar que sei bem do que estou falando…

Existem leis que regulamentam a forma de se fazer cobranças. Tudo o que possa constranger, expor o devedor ao ridículo, atrapalhar seu trabalho ou até mesmo seu momento de lazer é contra o Código de Defesa do Consumidor. Confira o artigo 71:

“Art. 71. Utilizar, na cobrança de dívidas, de ameaça, coação, constrangimento físico ou moral, afirmações falsas incorretas ou enganosas ou de qualquer outro procedimento que exponha o consumidor, injustificadamente, a ridículo ou interfira com seu trabalho, descanso ou lazer: Pena: Detenção de três meses a um ano e multa.”

Neste final de ano, todo mundo está de olho no seu dinheiro, por conta do 13º salário, inclusive os seus credores. E realmente é uma ótima oportunidade de pagar as suas dívidas e entrar em 2015 mais leve, mas é necessário agir com cautela. É agora que as financeiras vão começar a cobrar como nunca, por isso, você deve estar preparada.

Não é porque eles estão dizendo que você deve o valor X que você deve pagar esse X. Analise a fundo o que está sendo cobrado, é seu direito. Pergunte, questione, vá ao local pessoalmente e sempre tenha em mente que você precisa saber o valor original da sua dívida e o quanto está sendo cobrado de juros.

E uma coisa que o brasileiro precisa aprender urgentemente é: negociar a sua dívida. Você deve, OK. Mas se na sua condição atual você não pode pagar o total, mas parte dele, porque não tentar quitar mesmo assim?

pechinchaSe você vai comprar um produto que custa R$ 1.000,00, mas você só tem R$ 900,00, o que você faz? Vira as costas e vai embora ou negocia para ver se o vendedor lhe dá o desconto? Se você é blindete, é claro que você vai negociar. Então por que não fazer isso com uma dívida?

Amanhã vou dar continuidade ao assunto falando sobre a portabilidade de crédito, que pode ser uma boa opção para você quitar seus débitos, por isso, não perca o post de amanhã por nada!

E não deixe de seguir o Desafio dos 100 Dias, pois agora faltam menos de 2 meses para acabar o ano. Daqui a apenas 59 dias já estaremos em 2015, então é momento de acelerar o passo para entrar o ano novo com tudo novo.

Nos vemos!

23 comentários

    Bom dia Patricia, muito bom o desafio de hoje por que quando não se conhece seu direito a situação fica pior pois outros que conhece e ignoram tira proveito da hora de aperto que a pessoa está passando. Deus te abençoe.

    Oi Paty, ainda nao li seus livros mas já sou uma blindete, sempre leio seus posts.
    Quero deixar aqui uma experiência sobre renegociar e questionar dívidas. Estavam cobrando de meu marido umas parcelas da faculdade que ele trancou em 2012.O valor cobrado era de 6 parcelas,no total dava em torno de R$ 1.400,00. Segundo ele me relatou (pois ainda não estávamos juntos na época) ele teria pago tudo certo. Bem, a respeito de 2 parcelas, como ele nao guardou os comprovantes,tivemos de pagá-las. Mas as outras 4 parcelas, após eu ler o contrato, cheguei a conclusão que estavam sendo cobradas indevidamente. Claro que não foi fácil, tive que ligar e explicar várias vezes para o setor de cobrança,que não concordava, mas enfim eu venci a batalha: das 6 parcelas, pagamos apenas 2, no valor de R$ 460,00 e limpamos o nome dele.
    Bjos e obrigada pelos seus conselhos.

    Gostei e vou praticar.

    Mais uma lição aprendida!
    Obrigada, Paty!

    Oi Patrícia,
    Um erro que muitas pessoas que devem cometem é não procurar saber o que está devendo e quais são as alternativas para renegociar a dívida. A pessoa coloca na cabeça que não tem como pagar e pronto.
    Então, quando alguém liga pra cobrar, ela não está a par da dívida e acaba sofrendo com os “terroristas”.

      Falou tudo. Se a pessoa acha que não tem como pagar vai levar pro resto da vida e viver a mercê do terror…

    Eu não perco o de amanha por nada!!

      Vá na página inicial e coloque seu e-mail bem abaixo da minha foto!

    Gostaria de saber sobre essa lei a alguns anos atrás. Mudei para a capital e chegou uma hora que precisei mudar de apartamento pois o que eu estava morando eu não dava mais conta de pagar. Mudei para um mais barato com a condição de acertar o que fiquei devendo. Acontece que meu ex senhorio comecou a me fazer ameaças horrendas, dar plantão na casa nova que eu morava, ligava para meu celular o dia inteiro aos berros me ameaçando. Chegou a dizer que eu poderia sair c ele para quitar a dívida. Se eu soubesse dessa lei na época…

      Puxa, que chato! Por isso é que o conhecimento nunca é demais. O bom é que agora ninguém mais te pega nessa área! Bjs

    Bom dia Paty. Como faço para te escrever um email pessoal. E que so consigo te enviar email agora pelo smartphone. Meu computador estragou e la que eu tinha o email pessoal. Preciso perguntar algo. Desde ja te agradeço princesa. Bjs Mônica

      O e-mail que vc tinha é o que está no Contato aqui do blog. Pode mandar por lá que chega na minha caixa. Bjs!

    Oii, Paty!
    Gostaria de tirar uma dúvida: Estou com a fatura do cartão de crédito atrasada, o banco disse que é melhor eu ir pagando um pouco mais que o limite até quitar tudo, mas eu acho que isso eu pagar muito mais do que devo, eu queria cancelar esse cartão de vez e parcelar todo o débito mesmo que quanto mais vezes for maior será o juros… Você sabe me dizer qual dessas formas eu vou ser menos *roubada*?

    Bejinhos,
    Leila

      O melhor é vc cancelar esse cartão e parcelar o débito em mensalidades fixas. Quanto menor o prazo, menor o juro. Pagar um pouco por mês não vai fazer diferença e vc vai levar essa dívida por muito tempo, mais do que o tempo do parcelamento, então, negocie o débito e cancele o quanto antes. Bjs!

        ok. Era isso mesmo que eu pensava em fazer!!
        Obrigada,

    Olá Patrícia ótimo este post, vc mesma com seus emails que me respondeu e com o livro e acompanhando seu blog está nos ajudando muito. Eu mesma tinha uma loja em uma sala decidi sair, a imobiliária cobreou juros e multas de quebra de contrato. Aceitei porém não queriam fazer acordo de parcelamento e através de sua orientação e com minhas orações fui e consegui parcelar no número de parcelas conforme eu disse que queria. Patrícia Deus abençõe cada vez mais vc

      Que bom que deu tudo certo!!

    Hola patricia soy soledad de Argentina me resulto muy interesante el articulo yo estoy pasando por amenazas de partes del cobrador y este articulo me abrio los ojos por eso queria pedir ayuda cual es el articulo aca en argentina o codigo para poder defenderme en mi pais muchas gracias.

      Hola Soledad. Infelizmente no conozco el codigo de Argentina. Ud. tendria que buscar en Google o talvez consultar un abogado allá. Saludos!

    Ok…muchas gracias patricia..! Estoy escuchando los audios por el mixclud y ahora aca en el blog…una pregunta cuando llegara aca los libros..? Besitos y muchos exitos 😉

      Hola, Soledad! Aún no sabemos, pero esperamos que sea muy pronto!

    Oi Patricia…
    Esse post de hoje foi a pedrinha q faltava para eu poder dar um ponta pé na minha dívida. E vou conseguir!!!
    Nós brasileiros precisamos aprender a impor nos nossos direitos também.

    Um grande abraço.

Gostou? Comente aqui!

Deixe um comentário




Outras notícias


Produtos




TV Patrícia Lages

Não foi fornecido um URL válido.


Não perca nada. Seu dinheiro agradece!

Digite seu e-mail no campo abaixo para se
inscrever em nossa newsletter.

Shopping cart

0

No products in the cart.