Você sabia que devedor e inadimplente não é a mesma coisa? Hoje vamos fazer um detox dos dois, tudo com programação e pé no chão, confira!

bolso-vazio

Para começar, vamos esclarecer o que significa devedor e inadimplente:

DEVEDOR – toda pessoa que contraiu um empréstimo, financiamento ou parcelamento, ou seja, que tem uma dívida a pagar, mas está em dia com as suas prestações/mensalidades. Ou seja, toda pessoa que tem uma dívida é um devedor, mesmo estando em dia.

INADIMPLENTE – é aquele que tem uma dívida vencida, ou seja, uma ou mais prestações ou mensalidades atrasadas/vencidas.

No ano passado, o Brasil bateu o triste recorde de mais de 61 milhões de inadimplentes no país, ou seja, cerca de 1/3 da população (economicamente ativa) está com dívidas em atraso. Uma em cada três pessoas não está conseguindo pagar seus compromissos e isso é muito grave!

O detox de hoje é para sair da inadimplência (se você está nesse grupo) e programar-se para não ser mais uma devedora. Como fazer isso? Seguindo os passos abaixo!

Como sair da inadimplência

  1. Levante todas as suas dívidas (todas e sem medo);
  2. Veja qual taxa de juros corrige cada uma delas e foque em pagar as de juros mais altos primeiro;
  3. Veja no seu orçamento tudo o que pode ser cortado ou diminuído para sobrar mais dinheiro para quitar as dívidas;
  4. Defina o valor mensal que pode destacar para pagar as dívidas;
  5. Entre em contato com os credores e negocie um parcelamento possível para você. Mas muito cuidado! NÃO assine confissões de dívidas de valores maiores ao que você está devendo. ANTES de negociar, sugiro que você conheça os seus direitos acessando o site do Dr. Ronaldo Gotlib, especialista em direito dos devedores/inadimplentes. Clique aqui para ir para o site.

Como não ser mais endividada

  1. Programe as suas compras – em vez de comprar primeiro e pagar depois (pagando juros, arriscando-se a não pagar e, depois, pagando mais juros ainda), programe aquilo que você quer e invista para ter;
  2. Pesquise o que você quer e quanto custa;
  3. Veja quanto dinheiro pode investir por mês para realizar o seu sonho e em quantos meses vai conseguir ter o valor necessário;
  4. Invista o dinheiro com a mesma disciplina que você paga uma conta. Pense que o valor a ser investido é o mesmo de ter um boleto a pagar e, portanto, você não deve deixar de fazer!

Onde investir?

Semana passada anunciei minha parceria com a Rico, corretora de investimentos, onde eu já tinha minha conta e está sendo muito legal poder anunciar um local seguro para cuidar do nosso dinheiro.

Se você não assistiu o vídeo de apresentação da parceria – onde conto um pouco da minha trajetória de devedora a investidora – está aí abaixo!

Se você quer começar a investir, dá para iniciar a partir de 100 reais no Tesouro Direto. É só abrir a sua conta e começar! Explore bem a plataforma da Rico que você logo, logo pega o jeito. É bem fácil e prático.

Para abrir conta na Rico, mesmo que você não vá investir agora, clique aqui.

Aprenda a viver do seu dinheiro e não do dinheiro do banco e nem fique na dependência das lojas aprovarem crediários, carnês e afins. Dê passos do tamanho da sua perna e, certamente, você vai passar longe da lista dos inadimplentes. Você tem que RECEBER juros e não pagar juros. Vire o jogo!

Nos vemos amanhã para nos desintoxicarmos de mais coisas tóxicas!

Jornalista especialista em finanças, autora do best-seller Bolsa Blindada, colunista do programa Mulheres, TV Gazeta e youtuber.

  • Bom dia Patricia.
    Primeiramente amo seu blog, suas postagens estou seguindo a risca td.
    Gostaria de saber como vc fez para compor os juros das dividas?
    E como realmente vc saiu de devedora para investidora.
    Eu organizo minhas finanças estou conseguindo guardar um pouco, mas estou com uma pendencia desde 2016, tento fazer um acordo mas eles não aceitam, então estou aguardando até conseguir um valor que eu posso pagar.
    Por esse motivo que gostaria de entender melhor essa composição de valores.
    Desde já mto obrigada e sucesso sempre.
    Bjs

    • Olá, Elaine! A dívida que vc tem é corrigida por uma determinada taxa de juros (que consta no contrato que vc assinou). Essa é a taxa que faz a sua dívida subir, então, vc precisa saber qual para conferir se realmente o valor que eles dizem que vc está devendo é real. Muitas vezes as empresas de cobrança chutam um valor alto para assustar o devedor e fazê-lo aceitar um acordo. Por isso, é importante pedir a “memória de cálculo” para saber como eles chegaram ao valor que estão cobrando. Na maioria das vezes eles dizem que “se enganaram” com o primeiro valor informado e passam um menor. Com o valor correto da dívida, vc deve negociar o pagamento. Se eles não querem negociar, vá juntando todo o dinheiro que puder e deixe rolar até que eles venham te procurar. Como as dívidas não podem ser cobradas depois de 5 anos, vai chegar uma hora que eles vão querer receber e aí vc paga, tem que ter paciência.
      Sobre como eu saí das dívidas, não dá para responder num e-mail, pois foi um ano de aprendizado e negociações, mas tudo isso está no meu primeiro livro, Bolsa Blindada, que vc pode pedir aqui pelo blog https://www.bolsablindada.com.br/shop Beijos!

  • Excelente! Saber diferenciar uma situação da outra já é um passo e as dicas para não ser mais uma devedora é só seguir.

  • Bom dia Pati! Sobre usar a rico para investir no tesouro, eu gostaria de saber se ela é uma daquelas corretoras q não cobram nada independente do tipo de investimento, pq há as q não cobram nada certo? (ou não?rs)
    Hoje estava pensando em algumas coisas q desejo comprar, e interessante q uma parte do post é sobre isso. Gostei! Bjos!

    • A Rico não tem taxa de abertura de conta e tb tem taxa zero em alguns investimentos. Toda corretora cobra taxas, mas algumas abrem promoções de taxa zero durante um verto período e para um determinado produto. Bjs

  • Comecei seguir a Patricia no blog na Cristiane Cardoso , nem me lembro mais em que ano foi , mais já tem uns aninhos bom… Mais me recordo que eu encontrava inadimplente , devia em banco , em agiota ,não tinha animo mais pra trabalhar , recebia cobrança todos os dias, estava em uma situação critica . Meus pais trabalharam 20 anos pra me dar um empresa de moveis ,consegui acabar com ela em menos de 2 anos. Ai foi quando a Patricia apareceu em minha vida , falo para todos ao meu redor , Patricia foi enviada por Deus… Hoje , minha loja é um sucesso , não devo mais para agiota , minha conta no banco foi quitada … Tenho esperança em um dia te encontrar e te dar um abraço bem apertado e te agradecer por tudo , por ter investido o seu tempo tão precioso para ajudar pessoas … Se não encontrarmos aqui , nós encontraremos lá na gloria . Só Deus pra te recompensar por tudo.

    De sua admiradora :Getsemani

  • É com imensa alegria que venho aqui contar que hoje não faço mais parte dos endividados, inadimplentes 🙂
    Hoje Patty paguei a última cobrança e como estou feliz, aliviada.
    Conheci você através do blog da Cris, já tem um tempo, comecei a ler suas postagens, ler seu livro, que pena que não pude te conhecer na vez que você veio aqui em Brasília, tive um imprevisto, mais acredito que um dia poderei te vê e te agradecer pessoalmente por cada dica, pelo livro bolsa blindada que é sensacional.
    Não foi nada fácil sair dessas dívidas e eram altas, deslizei algumas vezes mais no final de 2016 me apliquei em tudo, comecei a negociar cada dívida e me comprometia a pagar o que realmente cabia no meu bolso, comecei a questionar os valores e percebia que isso fazia toda a diferença, pois as empresas de cobrança notaram que eu sabia o que estava falando, as vezes eu não entendia tudo mais conseguia argumentar rsrs, no fim deu tudo certo e hoje eu posso dizer que sou uma BLINDETE 🙂
    Patty, que Deus continue te iluminando a cada dia e nos presenteando com cada postagem.
    E o que eu aprendo aqui não guardo só para mim, divulgo sempre com as amigas, pois o que é bom temos que compartilhar.
    #NaFé

  • Patrícia,
    Fiz meu cadastro no Tesouro direto mas por ser do Banco do Brasil só é possível realizar o investimento direto no banco. Além disso, foi passado que cobram taxa a cada investimento. Estou preocupada, pois achei que era muito mais simples fazer este investimento. Agora quero cancelar, pois estou sem tempo de estudar tantas variáveis . Sugiro que ensines as tuas blindetes o passo a passo antes de iniciarem o cadastro na Rico, além de passar que a realidade não é tão simples como parece.
    Suzana

    • Oi, Suzana! Vamos por partes: investimento em Tesouro direto não é feito em banco, mas sim, por meio de corretora. Não sei a que taxa vc se refere, mas imagino que seja o TED, o que é cobrado pelo banco e não pela corretora. A Rico não cobra taxa e vc não faz um cadastro, vc abre uma conta.
      Acho que alguém te passou informações equivocadas porque é algo bem simples. Bjs!

  • Muito interessante esse POST,bem explicado,me ajudou muito .Muito obrigado pelas dicas ,tem me ajudado bastante

  • Oi Patricia Lages Tudo Bem? adoro suas postagens.
    Gostei muito da ideia de investir no Tesouro Direto.
    Mais gostaria de saber sua opinião em relação ao investimento, vamos supor tenho 100 reais para investir, mas tenho que transferir do banco para a corretora com isso vão me cobrar o TED mais ou menos 17 reais, compensa transferir agora ou e melhor juntar um pouco mais de dinheiro ou não?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *