Hábitos ricos podem fazer a diferença entre sucesso e fracasso, pois o que fazemos tem sem causas e consequências. Ao adquirir hábitos ricos você tem mais chances de alcançar o sucesso. Bora praticar?

 

Hábitos ricos, como adquirí-los?

No post de ontem – clique aqui para ler – vimos cinco hábitos ricos que podem nos fazer chegar ao sucesso financeiro.

Mas a pergunta que fica é: como colocá-los em prática?

Se você não leu o post de ontem, aconselho ler antes e, depois, voltar aqui e terminar a leitura. 🙂

Agora que você já está por dentro dos hábitos, veja 5 dicas para incluí-los na sua rotina!

Aprender por conta própria

Separe alguns minutos por dia para aprender algo sem depender que alguém ensine você.

Aproveite o transporte até o trabalho para ler ou ouvir um áudio book, quando assistir TV, prefira um documentário e, quando for conversar com alguém, dê preferência a assuntos produtivos.

Diminua também o tempo nas redes sociais e diga não às fofocas e qualquer coisa que faça você perder tempo.

Separe pelo menos 20 minutos por dia para aprender algo novo.

Considere que, fazendo isso todos os dias, ao final de um período de 6 meses, você saberá muito mais do que sabe hoje!

Fazer dos obstáculos e problemas uma oportunidade

Pense e responda:

O que tem sido um obstáculo para você, mas pode virar uma oportunidade?

Talvez na sua empresa haja um problema terrível de comunicação e, quem sabe, você pode bolar uma forma de amenizar isso, com modelos de e-mails mais coerentes, sugerindo palestras ou usando alguma técnica como o Scrum.

Só isso já vai mostrar que você está vestindo a camisa!

Compre como se fosse pobre!

Na próxima vez que for fazer uma compra, haja como se aquele valor fosse o único dinheiro que você tivesse na sua conta.

Pense se realmente você precisa e se não tem coisa melhor apara fazer com aquele valor.

Na dúvida, implementa a regra das 24 horas, ou seja, não compre na hora.

Vá embora, espere 24 horas e veja se a necessidade de comprar ainda existe.

Provavelmente essa técnica vai fazer você economizar um dinheiro que poderia ter sido mal gasto.

E, claro, peça desconto!

Isso pode ser muito difícil para algumas pessoas por acharem que estão “tirando vantagem” de quem vende.

Mas tenha critério e saiba o seguinte:

Lojas médias e grandes já incluem no preço uma margem de desconto. Sim, isso está previsto no preço!

Só que a loja não oferece esse desconto para todo mundo, mas sim, para quem pede.

Não é em todo lugar que você vai conseguir, mas em muitos outros é certo que vai.

Quando você compra de um empreendedor micro ou pequeno, valorize o profissional, mas em grandes lojas, peça desconto sim! 🙂

Tenha uma noção exata do seu dinheiro

Responda à pergunta: quanto dinheiro você realmente tem livre do seu salário ou dos seus lucros?

Se a resposta for “nada” é sinal de que você não está tendo ganhos reais.

Mais importante do que receber muito é manter parte desse dinheiro para crescer de verdade.

Por exemplo: se uma pessoa recebe 30 mil por mês, mas gasta tudo, o ganho dela em um ano é zero.

Mas se a pessoa recebe 3 mil por mês e gasta 2 mil, em um ano o ganho real dela terá sido de 12 mil.

Portanto, nunca gaste tudo o que recebe. Poupe uma parte e viva mais tranquilo!

 

Analise o valor do que você faz

Ainda que você faça as mesmas coisas que muitas pessoas fazem, procure ter o seu diferencial.

É esse diferencial que vai destacar você no meio da multidão e irá agregar valor ao seu trabalho ou serviço.

Se só você faz de um jeito especial, seu cliente não vai ter a menor chance de trocar de fornecedor.

Isso serve também para quem é funcionário.

Afinal, por que a empresa trocaria um funcionário cujo trabalho tem um valor especial?

 

Espero que você possa implementar essas dicas – principalmente a primeira – pois o que somos depende do que pensamos.

Ah! Você me segue no Instagram? Dá uma olhada lá porque sempre tem coisinhas legais. É só clicar aqui!

Nos vemos!

 

Jornalista especialista em finanças, autora do best-seller Bolsa Blindada, colunista do programa Mulheres, TV Gazeta e youtuber.

  • A cada post você ajuda a abrir minha visão… Dia após dia e ano após ano… Obrigada!

  • Paty estou adorando as tuas postagens. Ja comecei a poupar. eu gastava tudo o que ganhava. Agora estou aprendendo a poupar e me sinto feliz. Também tento controlar minhas compras

  • Patricia parabéns por suas explicaôes ! Essas orientaçôes foram muito utéis para mim! Acompanho sempre e tenho me saido muito bem! Obrigada!

  • Acompanho sempre seus comentários, como disse anteriormente você é prática e realista. Parabéns. Obrigada pelas dicas. Francine

  • Paty, cada post seu é um ensinamento produtivo. Que Deus continue abençoando sua vida, carreira e pensamentos. Acompanho você em torno de 5 anos aqui no blog e aprendi muito. Obrigada! Obrigada! e Obrigada…. beijos

  • Patrícia;
    Conheci vc há duas semanas e isso revolucionou minha vida…A exemplo do que aconteceu com vc, eu estou super endividada…mas não por ter empreendido e quebrado! Sou servidora do Poder Judiciário Federal e tenho ótimo salário, mas não soube gerir os meus recursos e me afundei nos cartões de crédito, limites e empréstimos consignados! Só que depois de assistir a mais de cem vídeos seus eu mudei minha postura frente às dívidas, me organizei e principalmente levantei a cabeça e a auto estima pois a partir dos seus relatos eu adquiri a certeza interna de que irei pagar tudo e limpar meu nome! E em pouco tempo!!! Já coloquei tudo no papel, estou negociando com os bancos e até já comecei a poupar em uma caixinha que fiz do jeito que vc ensinou…É tanta coisa boa passando pela minha cabeça…Obrigada!!! Continue fazendo seu trabalho, levantando pessoas como fez comigo!!! Deus continue lhe inspirando e lhe dando muita saúde e paz!!! Aqui vc tem uma fã!!!!

    • Que ótimo, Alessandra! Vc vai sair dessa e ainda inspirar outras pessoas. Bjs!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *