10 características empreendedoras de Davi

Dando sequência à nossa nova série “Empreendedores da Bíblia”, hoje conheceremos algumas das habilidades empreendedoras que levaram um simples pastor de ovelhas ao trono de Israel.

A história de Davi é, sem dúvida nenhuma, uma das mais inspiradoras da Bíblia. Ainda mais depois que a Record produziu a minissérie Rei Davi. É o tipo de produção que não dá para ver uma vez só, por isso, ainda que você já tenha visto, vale a pena assistir de tempos em tempos para dar aquela renovada!

Davi passou por muitas fases em sua longa trajetória de pastor de ovelhas a rei de uma nação forte, por isso, é muito difícil resumir tanta história em apenas 10 características. Além de também ser muito difícil só “pincelar” cada uma delas sem nos aprofundarmos um pouco mais.

Por isso, vou falar sobre 2 características por semana, analisando o tema por 5 semanas. Creio que valerá a pena focarmos mais em cada uma delas do que apenas mencioná-las, concorda? 😀

King-Davids-Tomb

Tive a oportunidade de visitar algumas vezes o túmulo de Davi, que fica em um edifício com mais de mil anos de idade em Jerusalém, e posso dizer que é um dos lugares mais respeitados do país. Certamente o reinado de Davi dividiu Israel em um antes e depois que jamais será esquecido.

Vamos às 2 primeiras características, anote aí!

1) Reconhecer a importância de seu trabalho, sem esperar reconhecimento de terceiros – antes de ser líder de uma nação, Davi foi líder de ovelhas. Ninguém discorda de que ovelhas são fofas, mas o problema é que o que elas  têm de fofas, têm de bobinhas! Ovelhas vivem se metendo em encrenca, não se defendem por si só e, ainda por cima, destroem todo pasto que veem pela frente.

davi-edu-moraes-record-tlDavi exercia uma atividade extremamente cansativa e desmotivadora, pois imagine ter que percorrer grandes distâncias para achar um bom pasto e, depois, ver suas ovelhas destruírem tudo em um curto período de tempo. Depois da destruição total, lá ia ele fazer tudo de novo… Se as ovelhas estivessem bem, ele não tinha feito nada de mais, pois era obrigação, mas se viesse a perder alguma, a culpa era toda dele!

Quantas vezes nos vimos numa situação assim? Damos um duro danado para cumprir com nossos deveres e, depois disso, ouvimos apenas um: “Não fez mais nada que sua obrigação!”. Ficamos chateadas e querendo que os outros reconheçam o nosso valor. Mas Davi não era assim. Ele não se importava em liderar animais estúpidos, jamais receber um “obrigado”, ou em ter uma plateia para ver seus feitos. Ele simplesmente sabia o quanto as ovelhas dependiam dele e reconhecia o valor de seu trabalho.

reidavi2-300x219Mesmo que muitas pessoas na época dessem valor apenas aos soldados e heróis de guerra, Davi sabia que seu trabalho era essencial, ainda que não tivesse nenhum glamour. Já parou para refletir que ele arriscou sua vida enfrentando o urso que atacou seu rebanho, sem uma viva alma sequer assistindo?

Hoje em dia, quantas não são as pessoas que, se o chefe não está, simplesmente não fazem nada? Se ninguém lhe dá “parabéns” por seus feitos, já saem todas murchas e cheias de mimimi… Se têm de trabalhar uma hora a mais, já querem receber “seus direitos”, por outro lado, se acham no direito de enrolar horas e horas.

Davi não estava nem aí com o que achavam de sua profissão, muito menos em não receber reconhecimento. Ele fazia o que tinha de fazer e em tudo dava o seu melhor, com isso, aprendeu na solidão dos campos, o que é ser um verdadeiro líder.

2) Observar, analisar, planejar e executar –  essas 4 características vêm juntas, pois ainda que todas sejam importantes, não são o suficiente quando usadas separadamente. Davi possuía as 4 e executava todas com muita competência.

Ele tinha que observar seu rebanho permanentemente, uma vez que, como mencionei, ovelhas podem se meter em grandes frias. E qual o empreendedor que não precisa ficar de olho no seu negócio o tempo todo? Ainda que não tenha funcionários (que na maioria das vezes requerem supervisão o tempo todo), o empreendedor precisa estar ligado em tudo o que diz respeito ao seu empreendimento. Todo empreendedor de verdade sabe que nenhum negócio anda sozinho, por isso, ele está sempre de olho em tudo.

Mas ficar só na observação não leva a muita coisa. É preciso analisar o que se vê, ponderar e ser o mais justo possível. Observação sem uma análise correta dos fatos não nos leva a lugar nenhum, apenas a ficar criando caraminholas na cabeça (o que, aliás, se vê aos montes por aí em forma de boato). Davi liderava um rebanho irracional, por isso, tudo dependia de sua análise, se ela não fosse correta, nada daria certo.

Depois de saber o que está havendo e analisar os fatos, Davi não tinha como agir se não planejasse seus passos. Sem ninguém a quem perguntar nada e receber conselhos, ele precisava planejar bem cada passo. Sozinho nos campos, era Davi quem tinha de decidir se ia para a esquerda ou para a direita, apenas ir e “ver no que dá” não era algo que Davi fazia, pois ele contava consigo mesmo e sobretudo com Deus, mas nunca com a sorte.

Depois de observar, analisar e planejar bem, fica difícil de errar na execução. Davi sabia muito bem disso, portanto, raramente se saía mal. Ele fazia tudo o que podia e, o que não podia, contava com Deus. Dessa forma, não tinha como dar errado.

Há pessoas, principalmente as que professam alguma fé, que acham que Deus fará tudo por elas. Algumas só observam e agem, sem analisar e planejar, aí quando tudo dá errado, culpam a Deus por seus erros. Outras só observam e não fazem nada, depois perguntam a Deus por que suas vidas não saem do lugar… Outras ainda, só planejam, planejam, planejam e nunca executam, esperando que Deus faça o que elas têm que fazer ou mande magicamente alguém para executar os planos.

Deus não quer que a gente dependa de ninguém, a não ser dEle mesmo, por isso, Ele não vai fazer o que cabe a nós e nem vai mandar alguém para fazer, colocando-nos como dependentes de terceiros.

Rei-Davi-gravação-externa-no-Canadá-foto-edu-moraesDavi estava sozinho, por isso, ele contava consigo mesmo e com Deus. Quando estamos nessa mesma situação, Deus age e nos capacita, prova disso é que Ele colocou um simples pastor, que descansava sentado na relva, assentado sobre o mais alto trono de Israel.

Na semana que vem voltaremos com a terceira e a quarta característica, mas hoje seria ótimo se você fizesse uma autoanálise destas 2 primeiras respondendo às questões abaixo:

  • Você só trabalha sob supervisão ou faz o que tem de fazer ainda que ninguém esteja vendo?
  • Você vê importância no seu trabalho, seja ele qual for, ou vive se subestimando e achando que as funções dos outros são sempre melhores (ou mais fáceis) que a sua?
  • Você observa o que acontece ao seu redor ou vive no mundo da lua?
  • Você analisa os fatos ou sai repetindo boatos empresa afora?
  • Você planeja ou faz as coisas sem pensar?
  • Você executa seus planos ou fica esperando o “momento certo”, ainda que pareça que ele não chega nunca?

 

IMG_6883_FdoBCO_cropPara terminar, tenho outra pergunta! Vocês colocaram alguma “zica” no sistema de cobrança da nossa lojinha virtual? Hahahahahaha… Eu explico! É que não foi possível incluir o valor do frete para o Controle de Gastos Bolsa Blindada, por isso, ainda teremos esse produto com frete grátis por mais alguns dias. Aproveite! Lembrando que os livros Bolsa Blindada e Bolsa Blindada 2 estão com um valor de frete baixinho e fixo para todo o Brasil.

Obs.: As fotos deste post são de divulgação da Record e a do Davi em pé com as ovelhas é do Edu Moraes.

Nos vemos!

Jornalista com atuação no Brasil, Inglaterra, Argentina e Israel. Autora do best seller Bolsa Blindada e palestrante na Universidade de Harvard.

  • Rebecca diz:

    Amando esta série de “Empreendedores da Bíblia”!Tem aberto minha mente para coisas que não enxergava! (isso que tanto a história da Rainha Ester e de Davi já tinha lido várias vezes rsrs) Ansiosa para a próxima semana! Beijos!

  • Juliana Dutra diz:

    Que máximo, tudo gira em torno do sacrifício diário e comunhão com Deus, não?!

    Estamos no aguardo das próximas características empreendedoras de Davi!! Nada como aprender com os grandes para sermos grandes! Em um mundo de mesmices, conforto e acomodação, porque não ir além? Sempre é hora de evoluir!
    Super beijos e parabéns pelo post!

  • Charlene diz:

    Boa tarde Paty,
    Penso que para alguns é mais fácil “achar a grama do vizinho mais verde …” além de não dar valor ao que se é e ao que se tem e ao trabalho que faz. Ler um post como esse é sempre avivador e Davi é realmente uma grande inspiração. Bjs.
    Ps: querendo seu livro novo em 3,2,1…kkk

  • Adrielle Kawahara diz:

    Ótima visão, muito forte. Isso acontece muito com as donas de casa, fazem tudo, limpam, cozinham, passam, lavam e por diversas vezes ao dia e muitas delas se sentem tristes por não receberem o devido reconhecimento. Na verdade a dona de casa precisa entender que cuidar do lar é um grande empreendimento e que assim como Davi deve-se ter características e entender que sua recompensa vem de Deus. A dona de casa não pode depender de terceiros e sim de Deus. Forte de mais. Beijos

    • Patrícia Lages diz:

      Ótima observação!

  • Dani diz:

    Muito bom❗️

  • Naiana diz:

    Que maravilhoso post!!!! Inspirador! Amei… Gostei muito da observação sobre a dona de casa da amiga acima tb, pois a verdade é que de todo trabalho que é feito com dedicação a recompensa vem do próprio Deus mesmo. Estas características nos tornam bons profissionais e agradáveis aos olhos de Deus! E na solidão Davi pensava, refletia… Planejava…muito bacana porque são nestes momentos que surgem as maiores inspirações! Não vejo a hora de ler as próximas!

  • Vanessa diz:

    Nossa Patrícia, o seu post falou muito, muito mesmo comigo. Gostei muito, vai me ajudar bastante… Obrigada. Beijos.

  • Joselene Lima diz:

    Muito bom!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: