O mundo gira e as pessoas enlouquecem

Confira o post de hoje sobre o errado que virou certo e escolha o melhor caminho para sua vida profissional!

Se você se propõe a fazer alguma coisa bem feita, já vai perceber que o mundo está de cabeça para baixo! Vejo isso no meu dia a dia toda vez que alguém diz coisas do tipo:

  • Pra quê ser tão organizada? Eu entendo perfeitamente a minha bagunça…
  • Esse cliente nem paga tanto, faz um negócio meia-boca aí!
  • Pra quê anotar tudo na agenda? Se não lembrar é porque não era importante…
  • Fazer orçamento todo mês? Ai, que coisa chata…
  • Por que se preocupar em ser pontual? Ninguém chega na hora mesmo!

Veja que cada uma dessas frases tem uma conotação negativa de coisas que, na verdade, são positivas. Afinal, será que ser organizada, responsável e pontual (na medida do possível, eu vivo em São Paulo…) é ser maluca?

As pessoas ultimamente estão se dando o direito de serem bagunçadas, desorganizadas e descomprometidas com o certo. Porém, quando o assunto é se divertir, elas dão tudo de si:

  • Vou dançar a noite inteira.
  • Vou fazer de tudo para ir naquela festa!
  • Vou beber até cair.
  • Vou comprar aquela bolsa nem que eu gaste o salário do mês todo!

As pessoas se entregam 100% quando se refere a “benefícios imediatos”. Elas querem satisfazer os seus desejos a todo custo, mesmo que isso as torne pessoas cada vez mais vazias e perdidas. Daí quando você diz que não come um monster-burguer-bacon com meio quilo de batata frita, mais meio litro de refrigerante, você é chata! Engraçado…

  • É “chato” se alimentar bem, mas ninguém quer engordar.
  • É “chato” cuidar do dinheiro, mas todo quer ter.
  • É “chato” ser pontual, mas ninguém quer esperar pelo outro.
  • É “chato” se antecipar, mas todo mundo reclama que está sempre atrasado.

folgadoE, para piorar, as pessoas tendem a falar do errado com um certo “glamour”.

  • Eu não sei e nem quero aprender essa droga de sistema novo…
  • Quando meu chefe não está, eu enrolo mesmo, ele é um chato!
  • Detesto atender esse cliente, cara irritante!

Pense bem: não é uma vergonha dizer que não trabalha se não tiver alguém vigiando? Não é uma vergonha dizer que não quer aprender algo novo?

Amiga, não ligue se as pessoas lhe criticam quando você resolve fazer o que é certo. No fundo, elas gostariam de fazer o certo, mas não têm força de vontade o suficiente para isso. Elas gostariam de fazer o que você faz, mas como não fazem, a saída é criticar você. Seja firme. Faça o certo e não ligue para as críticas.

Se conhece pessoas que precisam ler essas dicas, compartilhe esse post. E não esqueça de curtir nossa fanpage no Facebook e de conferir as ofertas do livro Bolsa Blindada pesquisando aqui.

Nos vemos!

Jornalista com atuação no Brasil, Inglaterra, Argentina e Israel. Autora do best seller Bolsa Blindada e palestrante na Universidade de Harvard.

  • Luana diz:

    A mais pura verdade! Quando estava na época da escola era “obrigada” a dizer que colava nas provas para evitar ser excluída, quando tirava nota dez. Na época foi uma saída inteligente pois ão tinha argumentos para me sustentar, mas hoje adulta apenas ignoro os comentárias “engraçados” dos colegas.
    Outro caso muito comum são jovens que passam a noite acampados nas portas dos estádios quando seus ídolos vão fazer um show. Esses mesmos jovens se atrasam para o vestibular pois não acordaram a tempo ou perderam o ônibus.
    É preciso definir o que é prioridade e não se envergonhar de fazer o certo sempre mesmo quando não tem ninguém olhando.

  • Daiana Schemes Rio Grande do Sul diz:

    Bom dia Pati;

    Eu estava comentando isso com o meu irmão Domingo, como pode tudo o que você fizer hoje e seja em qualquer sentido que for o certo, pode ter certeza que vão tirar com a sua cara. Por isso a importância de seguir firme naquilo que acreditamos ser o certo, independente do que os outros vão falar.
    Muito bacana esse post.
    Obrigada Pati.

    Um abração tchê.

    Dai.

  • Thais diz:

    Nossa, é bem assim mesmo… Na verdade o que posso dizer, é exatamente isso!!!

  • edy diz:

    Gostei muito do post, ultimamente tenho sido muito criticada por querer fazer o certo, e já estava desanimando. Pois parece que vc é a pessos mais errada deste mundo. Mais lendo o que a Paty escreveu…. 🙂 que alivio!!!

    Obrigada!! 😉

    • Patrícia Lages diz:

      Não desanima, não! Vamos vencê-los pelo cansaço (deles!).

  • Bianca diz:

    Amei `Paty! São nos pequenos detalhes que podemos melhorar nossa vida! Aprendendo muito com voce aqu! 😀

  • Aniele Hidaka diz:

    Paty você tem toda a razão. É bem mais prático fazer as coisas de qualquer jeito pros outros, mas quando fazem pra gente, reclamamos. Temos que ser exemplo primeiro, pra depois cobrar dos outros. a palavra de Deus diz que temos que tratar as autoridades terrenas da mesma forma que tratamos Deus, não fazendo pra homens. será que Deus gostaria que o tratássemos de qualquer maneira? Com certeza não. Amei o post.

    • Patrícia Lages diz:

      É verdade, temos que fazer da forma que gostaríamos que fizessem pra nós!

  • Marta diz:

    Isso serviu para mim.
    Obrigada Patty.

  • Michele diz:

    Muito bom o artigo!! Não é fácil ser organizada, responsável e pontual, mas não podemos abrir mão de batalhar para nos tornarmos assim!

    • Patrícia Lages diz:

      É um aprendizado diário. Um dia a gente se sai bem e no outro nem tanto. Mas o importante é não se acomodar! Bjs

  • paula diz:

    pois é, agora que comecei a comprar produtos naturais, ecologicamente corretos, orgânicos, não testado em animais, me chamam de chata, maluca..pode?

  • Neila diz:

    Nossa… Que texto maravilhoso! Verdade pura. A gente quer o resultado de coisas boas, mas não quer pagar o preço necessário para obtê-las… Paty, vc tem sido um instrumento de Deus! O seu blog e o seu livro tem sido de grande valia para mim. Estou cada vez mais disciplinada em relação as finanças e até estou revendo o meu guarda roupa para usar peças que estavam esquecidas (após ler sobre Pareto, comecei a refletir sobre mais essa questão). Também pensei muito quando vc diz no livro que perdemos 30% do que compramos no supermercado… Estou aprendendo a usar o que tenho em casa antes de sair para comprar outras coisas… Enfim, como é possível perceber, estou aprendendo muitas coisas com vc e por isso gostaria de agradece-la. Valeu, querida… Que Jesus lhe abençoe! Bjinhos!

  • Daiana Gomes diz:

    Realmente a organização e a disciplina é algo que tem que ser alimentado todos os dias pois lá fora tudo coopera para corromper uma boa conduta

  • Leila Sousa diz:

    É bem assim mesmo!
    Eu sair no fim de dezembro do meu emprego por vontade própria e uma ex-funcionária que saiu chateada me pediu informações de clientes pois ela esta no concorrente é óbvio que me neguei e comuniquei a direção da empresa, ela me chamou de “pamonha”. Os meus planos não saíram como eu planejei e voltei a 2 semanas pro meu antigo posto e sempre que meu chef me vê diz, estou muito feliz de você ter voltado além de no meu ultimo dia de trabalho ele ter falar bem de mim diante de todos os funcionários, sempre me diz o que você precisar pode contar, aqui você tem amigos!
    Há muita insatisfação por conta das recorrentes mudanças mas procuro me focar em meus objetivos mas do que antes e me afastar desse tipo de gente que reclama de tudo e não faz nada pra sair da zona de conforto em obter a mudança!
    Hoje também alguém que ganha mais ou menos o que eu ganho veio me perguntar como consigo me manter com o que ganho, pagar aluguel, me vestir e ajudar minha mãe em outro estado etc…Eu respondi eu priorizo o que é importante, não sei se foi a resposta certa mas é isso o que faço!

    bjus,
    Leila

    • Patrícia Lages diz:

      Dar o valor correto a cada coisa é sempre o correto. Vc deve priorizar o mais importante e, do que sobrar, pode direcionar para outras coisas. Bjs

  • Gis-SP diz:

    Esse post ,é o tipo: Cresça e apareça!

  • Anne Moura diz:

    Ouvi de um orador de turma de formandos em especialização que deveriamos encarar nossa profissão ( sou dentista), como se fossemos ajudantes de Deus para melhorar a vida das pessoas. Essas palavras tiveram impacto tremendo no meu dia a dia e tudo ficou mais prazeroso. Deixar as pessoas mais saudáveis e felizes é uma missão que não preciso de ninguém me monitorando para realizar com prazer.

    • Patrícia Lages diz:

      Muito bacana, concordo! 🙂

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: