Muito se fala sobre a crise econômica que tem afligido nosso país, mas será que você sabe realmente qual é a maior crise que estamos enfrentando? Confira o post de hoje!

crise

 

A real crise no Brasil

Desemprego, aumento de preços, taxa de juros alta, falta de ética na política, estrutura precária do serviço público, endividamento.

Esses são apenas alguns dos reflexos de uma crise que vai além da economia, mas qual a sua raiz?

A real crise no Brasil é outra e pode ser resumida em uma única palavra: corrupção. E não pense que isso só acontece no meio político.

A verdade é que a maioria dos brasileiros  é corrupta. Sim, me atrevo a dizer que trata-se da maioria e você vai entender o motivo.

Se considerarmos que corromper-se é fazer algo em benefício próprio, não se importando se isso vai prejudicar os outros, entendemos que várias coisas consideradas comuns são atos de corrupção:

  • Furar fila
  • Tirar carteirinha de estudante falsa para pagar meia entrada
  • Colocar no currículo habilidades que não tem
  • Comprar carteira de motorista
  • Enrolar no trabalho até dar a hora de ir embora
  • Atestado médico falso para não perder o dia de trabalho
  • Incentivar a pirataria comprando produtos falsos (mesmo sabendo que é crime)
  • Estacionar em vagas de idosos, deficientes, gestantes não pertencendo a nenhum desses grupos
  • Subornar guarda de trânsito para evitar multa
  • Ficar com o troco dado a mais

 

O errado sempre será errado

As pessoas fazem esse tipo de coisa normalmente porque, quando é com elas, sempre há uma “boa” justificativa. Veja se não é assim:

  • Furei a fila porque estava com muita pressa (só você, né?)
  • Tirei carteirinha de estudante falsa porque estou desempregado, ou porque não usei no tempo em que estudava ou porque o cinema está caro… (ah, tá…)
  • Coloco no currículo habilidades que não tenho porque sei que posso aprendê-las (e por que não aprende então?)
  • Comprei carteira de motorista porque o sistema é corrupto nas auto-escolas (se tem corrupção é porque tem quem alimente o sistema)
  • Enrolo no trabalho porque meu chefe é péssimo (e você é ótimo!)
  • Já dei atestado médico falso porque dependo muito do meu salário e não posso ter descontos (para ter salário não tem que trabalhar? É justo receber sem fazer nada?)
  • Compro produto pirata porque não posso ter o original (e não existem outros no mercado que você possa pagar? Só existem duas opções: o de grife e o pirata? Que triste!)
  • Estaciono em vagas especiais porque tem muitas hoje em dia e ninguém usa. E foi só por 5 minutos… (ninguém usa porque sempre tem gente que estaciona nelas a cada 5 minutos quando não deveria)
  • Paguei o guarda de trânsito porque a multa era injusta (dois erros fazem um acerto na sua matemática?)
  • Fiquei com o troco errado porque o cara foi imbecil de não contar direito (e você foi o quê?)

 

Acabar com a corrupção é possível

Sim, a frase acima está absolutamente correta, desde que cada um acabe com a própria corrupção que pratica.

A questão é que as pessoas estão preocupadas com o que os outros fazem de errado e fazendo vista grossa sobre seus próprios erros.

Policie-se para não entrar nesse ciclo que só faz o nosso país ser conhecido como a terra do “jeitinho”, a nação da malandragem. Corrija a sua rota e você já estará fazendo muito!

Para não perder nada aqui no blog, cadastre-se:

[newsletter]

Nos vemos!

 

 

 

Jornalista especialista em finanças, autora do best-seller Bolsa Blindada, colunista do programa Mulheres, TV Gazeta e youtuber.

  • Olá, Patrícia!
    Nunca vi um comentário ou matéria sobre A CRISE NO BRASIL, com palavras tão simples, mas ao mesmo tempo completo, verdadeiro, bem explicado. Parabéns!
    Lembro-me de uma vez que meu filho (criança)foi ao mercado perto de casa, alguns minutos depois que havia retornado, ele estava impaciente e andava de um lado para o outro e depois me disse, mãe a moça me deu R$ 2,00 a mais de troco se eu não devolver ela vai ter que pagar não é? Eu respondi: o que a sua consciência diz? Mãe eu vou lá devolver o dinheiro, foi a resposta que me deu. Mas caráter se forma na família, precisa ser ensinado e trabalhado.
    Obrigada por suas matérias!!!

  • Nossa, Patrícia, como fico feliz em ler isso! Todas as vezes em que discuto os mesmos itens com as pessoas a maioria se ofende, me chama de radical, de politicamente correta e de metida a besta (bem assim, pode?), mas fazem questão de bater no peito e dizer que o problema é dos políticos. Não, é um problema nosso, de todos nós e de cada um!! Um país mais justo se faz com comportamento cidadão e consciência coletiva, o que não vejo, infelizmente, na maioria das pessoas e independentemente da sua classe social ou nível de educação. Você super me representou neste post!!

    • Pois é! Sempre há muitos apelidos para ridicularizar quem faz as coisas certas, mas chame essas pessoas corruptas pelo nome certo e elas viram feras… Continuemos a fazer o certo e ouvindo esse tipo de coisa, pois isso não vai mudar quem somos, pode chamar do que quiser! Hahaha

  • Essas dicas têm que ser tatuadas na nossa pele e na da nossa sociedade….

  • Você esqueceu de mencionar tantos outros, mas eu entendo, o post ficaria com uns quatro metros de comprimento rsrs, como, por exemplo, ter o “gato” da TV a cabo e por aí vai…

  • Falo isso sempre e sou ignorada por completo, e o pior de tudo isso são essas pessoas que fazem tudo errado que se acham no direito de tacar o pau nos políticos, mas perai ela não ta fazendo errado também não, foi o caso de uma mulher que trabalhava comigo nem ela e nem a família dela estavam no grupo para receber a vacina de gripe mas sabe o que fez porque tinha uma amiga no centro de saúde foi la e se vacinou e as filhas e o marido tudo nas costas do governo corrupto porque ela tinha uma amiga para burlar o sistema e a mesma ia em manifestações contra a corrupção….. quanta hipocrisia!!!!

    • Era apenas uma questão de tempo, pois os postos vacinam pessoas fora do grupo de risco DEPOIS de vacinarem as do grupo. Quase sempre sobra, dependendo da região.

  • Oi Paty! Dei risada com os seus comentários sobre cada argumento! É verdade tudo isso. E corrupção é um ato de desonestidade e eu não acho que exista alguém 100% honesto. Todos nós, em algum momento da vida, vamos errar ou já erramos. Temos que corrigir isso. Também, isso não impede de nós procurarmos votar de forma mais inteligente. Ou seja, devemos fazer a nossa parte duplamente: corrigindo a nós mesmos e procurando votar escolhendo melhor (se é que isso é possível tb…). Eu admito meus erros. Já corrigi quase todos. Falta ainda deixar de comprar DVD pirata (coisa que raramente faço). Só que o meu argumento é outro! Bjs!

    • Concordo que todos nós de alguma forma já cometemos alguns erros como esses e por isso temos que ficar ligadas sempre. A coisa é tão comum que se a gente não prestar atenção, faz igual. Bjs

  • Oi Patrícia quanta verdade!!!!!Chega a ser incrível ser tudo tão fácil e fazermos tão pouco o que é correto.Obrigada por compartilhar conosco suas opiniões tão objetivas e úteis? boa semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *