Tudo que eu começo acabo parando…

Você é daquelas pessoas que começam a praticar o que deve ser feito, mas depois de um tempo acabam parando? Então este post é para você, confira!

desmotivado

Muitas pessoas me escrevem dizendo que depois de lerem o livro Bolsa Blindada começaram a mudar sua realidade financeira e viram que não foi super difícil, ao contrário, com medidas simples – e que todas nós podemos colocar em prática – é possível mudar de vida.

Porém, algumas dessas pessoas relatam que, com o tempo, foram deixando as boas práticas de lado e voltaram à estaca zero. Veja alguns relatos:

Capa_BB“Comecei com toda força a ler o Bolsa Blindada porque minha situação era desesperadora. Nem sequer tinha dinheiro para comprar o livro, uma amiga que me deu de presente! Estava cheia de dívidas e sem vontade de trabalhar porque nunca sobrava nada. Com as dicas do livro comecei a colocar as contas em ordem e paguei todas as dívidas, porém, quando vi que o dinheiro estava sobrando deixei de controlar e me enrolei de novo. Já estou devendo novamente e pensando que esse negócio de ter dinheiro não é para mim. Será que por ser de família humilde eu vou ser assim a vida toda? Na minha família ninguém nunca conseguiu ganhar dinheiro!” – Monique, Rio de Janeiro

 

Capa_BB_2“Aprendi a fazer minha planilha de orçamento com o Bolsa Blindada 2, pois tenho um negócio próprio que nunca ia pra frente (trabalho com salgados). No começo a coisa melhorou muito, porque vi onde estava perdendo dinheiro e fiz os ajustes necessários. Comecei a ganhar dinheiro e até a atender melhor os clientes porque eu estava motivada por finalmente estar vendo o fruto desse trabalho. Mas as encomendas aumentaram e eu fiquei sem tempo de manter o controle financeiro, larguei as planilhas e tentei fazer tudo de cabeça mesmo. Só que agora percebo que estou novamente sem ver a cor do dinheiro e nem sei onde estou perdendo… Será que devo ler de novo ou esse negócio de salgado está ruim pra todo mundo?” – Juliana, Embu das Artes

 

Estes são apenas 2 exemplos – dentre os inúmeros que recebo – de pessoas que começam, veem resultados, mas param no meio do caminho. Na maioria dos casos as pessoas acham que existe algum problema externo, quando, na verdade, trata-se de uma questão interna.

O problema da Monique não é vir de uma família pobre, mas sim pelo fato de  ela ter deixado de fazer o que sabia que tinha de fazer. Ela não foi perseverante e a perseverança nada tem a ver com ser pobre, rico, estudado, culto, negro ou branco. É uma questão de decisão e atitude.

Já a Juliana está tentando se consolar com a crise, querendo acreditar que “tá ruim pra todo mundo”, quando, na verdade, existem muitas pessoas ganhando muito bem trabalhando com salgados. Se ela estava indo bem com o controle financeiro, por que parou? Pelo mesmo motivo da Monique: falta de perseverança. E isso não tem nada a ver com a crise.

Se a sua vida fosse mudar 100% com a leitura de um livro, sem ter que colocar nada em prática, apenas aumentando o seu conhecimento, eu seria a primeira pessoa a lhe dizer isso! Mas infelizmente a vida não é assim. Tanto que eu mesma dei continuidade aos livros, criando uma sequência para que você não só comece a obter sucesso, mas se mantenha em uma linha de crescimento constante.

Se você quer começar a começar e parar de parar, assista esse vídeo que preparei explicando qual a diferença entre os livros Bolsa Blindada e Bolsa Blindada 2. Só de assistir o vídeo você já vai ter uma visão de que é preciso dar sequência ao que fazemos, caso contrário estaremos sempre estacionadas. Reserve 1 minuto e 45 segundos para abrir a sua mente!

Gostou dos livros e quer aproveitar o kit com os 2 volumes por um preço especial? Clique aqui e receba ambos autografados em casa e com o marca-página da Diva de presente. Oferta exclusiva aqui do blog!

Nos vemos!

Jornalista com atuação no Brasil, Inglaterra, Argentina e Israel. Autora do best seller Bolsa Blindada e palestrante na Universidade de Harvard.

  • Cidalia -Tunisia( Africa do Norte) diz:

    Nunca podemos relaxar na perseverança do que nos faz bem.
    Simples é se relembrar da situação da qual saìmos, será que queremos voltar à dor de cabeça de uma vida de dividas? Ninguém quer isso então perseverança et sacrificio é bem melhor que miséria ….
    Coragem , todas podemos ?

  • Raila diz:

    É isso, na nossa vida temos q perseverar em tudo, só assim podemos desfrutar do melhor dessa terra.

  • Camille Lago diz:

    Voltar a ter dívidas não é uma opção. Acho que todos que aprenderam como quitar suas dívidas e administrar seu dinheiro deveriam olhar dessa forma. Se a gente conseguiu sair dessa situação, sabemos exatamente o que fazer para não voltar. O que não podemos é passar a acreditar que por estarmos livre das dívidas não precisamos mais nos esforçar para manter isso.

  • Debora Brandão diz:

    Você é ótima Patrícia !!! temos que criar o hábito e não descuidar… sofro disso também… Mas me sinto alimentada todos os dias pelos seus vídeos, áudios e textos.. e isso que me motiva a me dedicar as finanças, alimentação e academia. bjs e que Deus te abençoe

  • Andressa diz:

    Estou na mesma situação!
    Estava indo tão bem mas relaxei.

  • Adriana diz:

    Pois é… por isso que não gosto dessa história do tal do “ressurgir das cinzas como uma fênix”. Pode até ressurgir ou dar o “vôo da fênix” mas se a mudança de atitude não for consistente, não vai se sustentar na nova realidade ou manter as conquistas.

  • Jarlenys Dias diz:

    Ola, querida Paty! ?
    No meu caso, falta é perseverança. Sofro de começo mas nao termino! Por exemplo, quero mudar de hábitos que me afastam de Deus mas no 2º dia de desafio, desisto facilmente. Daí me acomodei. Fiquei pensar no que bispo Renato Cardoso disse: ‘O que você faz é que mostra o que você quer.”
    Então, cheguei a verdadeira conclusão que não mostrava daquilo o que quero. Confesso que fiquei preocupada e decepcionada comigo mesma. Vou me esforçar e não desistir.
    Obrigada pelas dicas valiosas.
    ?
    Beijinhos blindados?

  • Debora - Houston, TX diz:

    Obrigada Paty! Perseverança e atitude!!! Precisava ler esse artigo! Realmente, me alimentar diariamente com palavras que edificam fazem a diferença! Estou percebendo isso essa semana em que estou lendo mais os blogs… Agora é hora de combinar isso com atitude né?! Beijos!!

    • Patrícia Lages diz:

      Essa é a receita do sucesso! ?

  • alessandra diz:

    e peciso persisitr naquilo que quereos

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: