Por que dinheiro separa os casais?

Um dia desses ouvi que raramente os casais brigam por dinheiro. Na hora não entendi, afinal, muitos casais brigam por isso, mas ouvindo a explicação  entendi o real motivo e tive de concordar. Confira o post!

separaEm uma palestra no Templo de Salomão, Renato Cardoso, conselheiro matrimonial e autor do best-seller Casamento Blindado, disse o seguinte:

“Raramente os casais brigam por causa de dinheiro. Eles acham que o motivo é o dinheiro, mas na verdade não é. A raiz do problema é que o dinheiro faz o casal perder algo sem o qual nenhum relacionamento dá certo: a confiança.”

E é a mais pura verdade. A esposa que descobre que o marido tem dívidas  não se aborrece tanto com o valor ou com a dívida em si, mas sim, pelo fato de que ele escondeu a dívida dela. O marido se sente traído quando vê que a esposa esconde as compras no fundo do guarda-roupa e logo pensa: o que mais ela está escondendo de mim?

A questão não é o dinheiro, mas o fato de um estar escondendo coisas do outro. E como voltar a confiar em alguém capaz de esconder coisas? Quando se perde a confiança, o dinheiro passa a ser o menor dos problemas do casal.

Por isso, não pense que é normal fazer uma comprinha aqui e outra ali e depois esconder para seu marido não saber. Não considere natural gastar além da conta e achar que “ele não vai nem perceber”, ou fazer algo que você sabe que seu marido não concorda. O que você acha que vai acontecer quando ele descobrir?

O que está em jogo é muito mais do que dinheiro, é a sua credibilidade. Será que isso vale menos do que um novo par de sapatos? Para perder a confiança, bastam alguns segundinhos, mas recuperá-la pode ser um trabalho de vários meses (quem sabe até anos!).

Por isso, amiga blindete, não vá na onda dos outros. Seja um time com o seu marido e chutem a bola em direção ao mesmo gol.

Se você está escondendo coisas de seu marido, noivo ou namorado, será que não é hora de abrir o jogo e se desculpar?

Pense bem e não deixe a coisa sair do controle. Amanhã a situação pode ser pior.

Reflita, pondere e  tome a melhor atitude.

 

 

 

 

CGA_PedidoNão consegue controlar seus gastos? Use essa ferramenta fofa:

Controle de Gastos Bolsa Blindada. Seu marido vai agradecer! rs…rs…

Aproveite o frete grátis para todo Brasil, clicando aqui.

Nos vemos!

 

Jornalista com atuação no Brasil, Inglaterra, Argentina e Israel. Autora do best seller Bolsa Blindada e palestrante na Universidade de Harvard.

  • Vânia Maria Gabriel de Souza diz:

    Triste, mesmo, Paty!
    Quando eu era casada me senti muito triste por não saber quando meu marido recebia por mês, ele sempre se esquivava e não dizia.
    A responsabilidade foi minha em não me interessar (antes de casar) pelo assunto.
    Beijos

  • Charlene diz:

    Bom dia Paty,
    É a mais pura verdade, não é o dimdim e sim a confiança (ou a falta dela). Mais uma vez arrasou no post. Fiquei feliz com a sua rápida recuperação da cirurgia. Bjs e tudo de bom sempre!

  • Vanessa diz:

    Sim é a mais pura verdade…Eu e o meu esposo não brigamos mais devido a confiança que temos um no outro, tudo o que eu vou comprar eu falo para ele e vice-versa. Uma das melhores coisas no meu relacionamento é a transparência. Tem dado muito certo.

  • Daniela diz:

    Sabe, Paty, eu já fiz de tudo pra o meu marido parar de gastar. Quer dizer, falta uma última tentativa que é usar a minha fé. Leio livros sobre o tema e vou a psicóloga. Eu consigo até ver algumas atitudes que posso melhorar, mas a verdadeira mudança só ocorrerá quando o meu marido for tocado e partir dele o desejo de ser diferente. Você tem toda a razão, eu imaginava que o dinheiro fosse o problema, mas o que de fato acontece é que a falta de confiança esfria muito o casamento.

  • Monica diz:

    Excelente como sempre este post. Deus tem usado e muito a sua vida. Amada uma duvida a respeito do dizimo, devo tirar dizimo do imposto de renda? É que é a primeira vez que restituo e não sei se devo ou não. Beijos e Deus te abençoe a cada dia.

    • Patrícia Lages diz:

      Olá, Monica. Ótima pergunta! A restituição do IR trata-se da devolução de um valor que vc já pagou (a mais) e está recebendo de volta. Portanto, não é um ganho, mas uma devolução. Como imagino que vc já tenha dado o dízimo do valor que usou para pagar o imposto, não é necessário dar agora. Bjs!

  • Girlene diz:

    Patrícia querida,
    vou aproveitar o post para fazer uma pergunta sobre o dízimo.
    Estou muito endividada,li o seu primeiro livro,fiz anotações e me pergunto : como vou devolver o dízimo se não consigo pagar minhas contas e estou sempre no vermelho ?Se separar essa parte deixarei contas sem pagar,isso é certo ?Por favor,preciso de orientação !

    • Patrícia Lages diz:

      Oi, Girlene. O dízimo é uma questão de fé, porém, existe a forma certa de se fazer. Se você tem fé para ser dizimista, significa que você coloca Deus em primeiro lugar, pois ANTES de usar o dinheiro para qualquer coisa, você separa 10% para Deus. Essas são as “primícias” que a Bíblia menciona. Quando você devolve o dízimo, independentemente da sua situação, Deus se compromete a abençoar os 90% que ficaram com você. Devolver o dízimo quando o dinheiro está sobrando não é fé, mas praticá-lo mesmo no vermelho demonstra que você crê que Deus irá mudar a sua situação. Vc crê! 😀

  • widina diz:

    Paty te admiro muito, todos os seus posts são maravilhosos, és muito inspirada pelo nosso Deus Beijos

    • Patrícia Lages diz:

      🙂

  • Luciana diz:

    Nossa, estava aqui pesquisando pois tenho compulsão por compras… Estou passando por isso no meu casamento e sei que meu marido está muito bravo. Tenho medo de me separar por isso e não é o que quero… Sou compulsiva e não sei como parar.. Vejo e acabo comprando.. mas já me questionei se as roupas valem mais que a minha vida. e sei que não valem… O problema é que comecei a trabalhar num prédio onde tem loja de roupa e comecei a seguir no instagram várias blogueiras ai ferrou minha vida.. Sem falar que tenho ansiedade e tomo remédio pra isso.. Preciso tanto de ajuda e não quero prejudicar meu casamento com isso…

    • Patrícia Lages diz:

      Olá, Luciana. Sei que ansiedade é um grande problema do nosso tempo (e não “frescura”como muita gente pensa), mas é possível quebrar esse ciclo quando vc DECIDE fazer isso. Sugiro que vc corte todos os gatilhos que a fazem comprar: pare de seguir as blogueiras, não entre mais na loja do seu prédio e não saia mais com cartão ou talão de cheques. Isso vai te impossibilitar de comprar até que vc vá perdendo o hábito e isso não a controle mais. Aproveite tb para fazer uma limpeza no seu guarda-roupa e separe tudo o que não usa mais. Se estiverem em bom estado, faça um bazar com as amigas ou venda pela internet. Coloque o dinheiro da venda para ajudar nas despesas da casa e tenho certeza de que seu marido vai reconhecer seu esforço! Bjs

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: