Pare de perder – DDP #2

16/09/2021

Pare de perder – DDP #2

Quem está focado em crescer como profissional e como deve entender que, antes de querer ganhar, é preciso parar de…

Quem está focado em crescer como profissional e como deve entender que, antes de querer ganhar, é preciso parar de perder.

Sempre que falamos em desafios aqui no blog (desde a primeira edição em 2013), o objetivo é que você saia ganhando algo ao participar de cada um deles.

Para quem está por aqui desde o início, nosso primeiro desafio foi o “2014 com dinheiro”, feito a partir de setembro de 2013. Nem eu acredito que lá se foram oito anos!

A proposta era bem clara: organizar-se financeiramente para entrar naquele novo ano (agora tão distante…) com as contas em dia.

Porém, entre as nossas leitoras (na época praticamente não havia nenhum homem por aqui), tínhamos pessoas com todo tipo de situação financeira:

  • As que estavam com dinheiro sobrando para investir
  • As que queriam realizar um sonho e precisavam se programar
  • As que tinham as contas equilibradas, mas tinham objetivos a alcançar no ano seguinte
  • As que viviam no “zero a zero”, ou seja, gastando tudo o que recebiam e ficando sempre sem nada
  • As que estavam endividadas nos mais diversos graus: um pouco enroladas, muito enroladas, altamente endividadas e aquelas que já tinham desistido da vida (ou quase!)

Como preparar um conteúdo que interessasse a todas mesmo diante de realidades tão diferentes? Bom, esse era o meu desafio! rs…

Depois de ter escrito todos os desafios daquele ano e visto por meio de relatos positivos das nossas leitoras que realmente tinham funcionado, percebi que apesar das diferenças, todas tiveram que passar por um processo idêntico:

PARAR DE PERDER!

Analisando a nossa listinha acima, as que tinham dinheiro para investir e não sabiam onde nem como, tiveram que parar de perder tempo e investir em conhecimento.

Aquelas que queria realizar um sonho, tiveram que parar de perder suas energias “sonhando” e passar a encaram o que desejavam como “objetivo”.

As que viviam sem dívidas, mas sem nenhum tostão, tiveram de parar de perder tempo justificando cada um de seus gastos sem noção e passar a viver de forma mais responsável.

E as endividadas – de qualquer grau – tinham de parar de perder as esperanças de que podiam sair daquela situação.

O que todas tinham em comum é que, antes de ganhar algo, entenderam que era preciso primeiro PARAR DE PERDER.

E esse é o desafio de hoje:

Analise o que está fazendo você perder e feche essa torneira.

Uma vez fechada essa torneira, aí sim, você pode começar a enxugar o chão!

Então, descubra aí qual é (ou quais são) as torneiras abertas que precisam ser fechadas para não perder mais água e faça isso o quanto antes!

Leia o Desafio 1 clicando aqui.

Nos vemos amanhã para o Desafio #3!

13 comentários

    Verdade. Parar de perder o foco para ganhar sonhos realizados.🥰🥰🥰

    comecei novamente a me pagar primeiro, para parar de gastar achando que precisava e quando se tem o dinheiro contadinho para gastar você passa a ser muito mais seletiva com os gastos rs

    Boa tarde! Vamos parar de perder e focar em ganhar, fechando a torneira 3..2..1…🤗🤩😘

    Eu sou a que vivo no zero a zero. Não tenho dívidas atrasadas, mas tudo que recebo vai, porque já comprometi tudo no cartão de crédito. Ás vezes até mais que recebo.

    Os desafios se complementam. Ao analisar de forma racional o que quero realizar neste último trimestre, preciso focar no que me impede de fazê-lo.
    Preciso atacar a raiz do problema de uma vez por todas.
    Vamos pra cima!

    Estou realmente tentando secar o chão com a torneira aberta jorrando água, obrigada Patrícia por esse desafio,
    Abraço.

    Muito necessario para mim, no momento que estou vivendo. Vou me desafiar 💪💪

    Sou a pessoa que tem contas equilibradas ,com muitos planos e projetos para o futuro😀🥞🍭

    JÁ IDENTIFIQUEI E JÁ JÁ VOU ENXUGAR O CHÃO!!!

    PARABENS PELO NOVO SITE E ACHEI A IMAGEM DE HOJE LINDA

    Chegar à consciência que precisamos parar de perder tem duas fases: A primeira é a tristeza que vem por peceber que do jeito que está nao poderemos continuar. A segunda é levantar a cabeça e enxergar a saída. Devemos abrir mão da nossa “zona de conforto” e dar a volta por cima! É tempo de uma Virada Finaceira! 😊👍🏼💙

    Nossa esse desafio me trouxe várias reflexões sobre as torneiras abertas por aqui! Borá fechar e secar esse chão . Rumo aos meus objetivos e metas!!!

    Este mês terminei uma reforma aqui em casa, sem dívidas., porém estou quase lisa rsrs…. esperando chegar o dia do pagamento. Fiz tudo para viver confortável nos dias que fiquei fora de casa, houve um preço para isso, justo eu diria!
    No mais, continuarei economizando e já eliminei carro de aplicativo!

Gostou? Comente aqui!

Deixe um comentário




Outras notícias


Produtos




TV Patrícia Lages




Não perca nada. Seu dinheiro agradece!

Digite seu e-mail no campo abaixo para se
inscrever em nossa newsletter.

Shopping cart

0

No products in the cart.