Ladrões de tempo – Comunicação viciada

Uma comunicação viciada, em que a pessoa repete cada coisa três vezes  ou fala, fala, fala, mas não diz nada, nos rouba muito tempo. O que fazer?

reuniaoSe tem uma coisa que está cada dia mais comum são as conversas que não chegam a lugar algum. No trabalho são reuniões e mais reuniões, que consomem dezenas de horas por mês, mas que, no final das contas, não resolvem absolutamente nada. Na vida pessoal então… que Deus nos ajude!

Pessoalmente detesto que as pessoas repitam as coisas, porque me dá a impressão que estou sendo tratada como retardada, com perdão da franqueza… Se você falou uma vez e eu não perguntei nada, é porque já entendi, não precisa repetir. Mas há quem faça isso váááááárias e váááááárias vezes… que nervoso, que perda de tempo!

NEM_AIPorém, no fundo, entendo porque muita gente faz isso… É porque as pessoas simplesmente não estão prestando atenção alguma no que está sendo falado. Eu mesma, apesar de detestar as repetições, já tive que repetir várias vezes as mesmas coisas porque as criaturas com quem eu falava estavam em outra dimensão. Nem sei o que eu odeio mais, ter que repetir ou ouvir repetições!

Essa falta de atenção geral, junto com a facilidade com que as pessoas se dispersam, faz com que haja uma comunicação totalmente viciada, que não chega a lugar algum. Por isso, seguem algumas dicas para que você não faça os outros repetirem e minimize os episódios de ter que se repetir:

Quando você falar com alguém:

  • Chame a pessoa pelo nome – geralmente isso a fará prestar mais atenção ao que será dito;
  • Faça uma introdução breve – quando dizemos algo como “o assunto que vou mencionar é importante” ou “guardem a instrução que vou dizer”, as pessoas ficam mais alertas;
  • Evite as dispersões – piadinhas, cortar o raciocínio para mencionar um acontecimento ou permitir que as pessoas comentem ou façam perguntas enquanto você fala não é uma boa. Peça que prestem atenção e diga que responderá às perguntas quando terminar de falar. Deixe piadas e comentários para o final, se houver tempo.

atenção

Quando alguém vier falar com você:

  • Delete a desatenção da sua vida – esqueça para sempre a odiosa frase “vai falando que eu tô te ouvindo”. Por mais que você ache que está ouvindo a pessoa enquanto mexe no celular ou faz qualquer outra coisa, saiba que você NÃO está absorvendo 100% do que ela está falando. Além de ser uma tremenda falta de educação, você fará a pessoa repetir ou não fará o que pediu simplesmente porque não ouviu ou não entendeu;
  • Cabeça e corpo num lugar só – quando seu corpo estiver em um local, sua cabeça deve estar junto. Não adianta estar numa reunião de trabalho pensando no que tem para fazer amanhã. Esteja focada e você vai aproveitar muito melhor o seu tempo e o dos outros;
  • Anote – mesmo que você ache que não vai esquecer, anote. Achar não é ter certeza e a memória – por mais que seja boa – nunca é 100% confiável. Na dúvida você consulta suas notas e não faz a pessoa repetir o que você perdeu.

São dicas simples, mas que, se todo mundo começasse a praticar, a produtividade das empresas aumentaria na mesma medida em que a perda de tempo diminuiria.

Se você quer crescer na sua vida profissional e se destacar dos demais, você é a pessoa certa para estar conosco no nosso novo workshop. Veja as informações abaixo e inscreva-se já!

banner1

Workshop Gestão Profissional e Financeira – Patricia Lages e Shana Wajntraub

ShanaShana Wajntraub é coach, consultora em gestão estratégica de pessoas e diretora da Eleve RH. É especialista em preparar profissionais a criarem planos de desenvolvimento profissional, por meio do autoconhecimento, organização e planejamento.

 

IMG_0017-InstaPatricia Lages é jornalista e escritora, autora do best-seller de finanças Bolsa Blindada, com mais de 100 mil exemplares vendidos e palestrante, tendo se apresentado na conferência “Success: the only choice”, na Universidade Harvard, em 2014.

Ambas estarão juntas em um workshop com duração de 4 horas, onde serão abordados os seguintes temas:

• Shana Wajntraub

  • Atividades de estímulo ao autoconhecimento
  • Estabelecimento de critérios para melhores escolhas profissionais
  • Elaboração de plano de desenvolvimento
  • Mapeamento/avaliação das principais áreas da vida
  • Organização de tempo

• Patricia Lages

  • Como desenvolver um negócio de sucesso em 3 passos
  • Gestão financeira pessoal e empresarial
  • Marketing pessoal
  • Uso das redes sociais para projeção pessoal e profissional
  • Solução de conflitos no ambiente profissional

Informações gerais

  • Data: 24/10/2015 (sábado)
  • Horário: das 9h às 13h
  • Local: região da Av. Paulista ou Vila Madalena (conforme o número de inscritos)
  • Investimento: R$ 125,00 – entrada do workshop + 01 (um) exemplar autografado do livro Bolsa Blindada, Bolsa Blindada 2 ou Virada Financeira (a escolher).
  • Material necessário: caderno, laptop ou tablet para anotações pessoais. Os slides apresentados poderão ser fotografados para uso pessoal. Não serão permitidas filmagens.
  • Como se inscrever: As inscrições já estão abertas, mas o número de participantes é limitado. Garanta já a sua vaga em nossa loja virtual (clique aqui). O pagamento pode ser feito via depósito bancário, cartão de crédito ou boleto. A vaga será reservada após confirmação do pagamento.

Invista em você e no seu crescimento pessoal e profissional. Serão 4 horas que poderão mudar definitivamente a sua vida.

Nos vemos no dia 24!

Jornalista com atuação no Brasil, Inglaterra, Argentina e Israel. Autora do best seller Bolsa Blindada e palestrante na Universidade de Harvard.

  • cristiane araújo diz:

    Bom dia, Paty!
    Muito despertador este texto sobre a falta de atenção, hoje vemos cada vez mais disto no ambiente de trabalho.

    Mudando de assunto: O que você acha sobre as famosas “caixinhas” (nome usado aqui no RIO) entre amigos?

    • Patrícia Lages diz:

      O que são essas caixinhas??

      • cristiane araújo diz:

        rsrsrs, me desculpa!
        Já percebi que é algo diferente pra vc ai em Sampa.
        Vamos lá…
        Elas são organizadas entre pessoas amigas, no trabalho,etc.
        As caixinhas funcionam com cotas, cada cota custa geralmente R$50, por mês, que são pagas em 12 parcelas e o valor é devolvido no fim do ano. Acho que funciona parecido como um consórcio. As pessoas tem quantas cotas quiserem. Os juros rendidos, são obtidos através de empréstimos (onde é pago juros de 20% + o valor pego pelo participante), e com rifas ao longo do ano.

        Espero que tenha conseguido explicar.
        bj

        • Patrícia Lages diz:

          Oi, Cristiane. Deu para entender sim. Só não sei onde ou como o grupo vai conseguir juros de 20% para distribuir aos membros, pois nenhuma aplicação está rendendo isso ao ano. Acho meio arriscado… 😀

  • Carla Ireno diz:

    Oi Paty!

    Obrigada pelas dicas, vou coloca las em prática urgentemente. Não tinha consciência que eu ficava repetindo as coisas feito uma matraca, rs
    Abraços

    • Patrícia Lages diz:

      hahahahahaha….

  • Shirley Martins - Portugal diz:

    Olá Patrícia, gostava de deixar uma sugestão, seria muito interessante você filmar o workshop para posteriormente disponibilizar online para quem não pode ir pessoalmente, pode vender o workshop em formato digital e assim além de poder ajudar muitas mais pessoas irá ganhar muito mais com isso também 🙂 Não se esqueça de me avisar pois fiquei muito interessada nesse workshop mas moro em Portugal, em formato digital seria excelente para mim. Parabéns pelo excelente trabalho! Bjs

    • Patrícia Lages diz:

      Sim, vamos ter essa opção! 😀

      • Shirley Martins - Portugal diz:

        Que bom 😀 fico no aguardo de notícias!

  • Déia diz:

    Ai Patrícia do céu!
    Tenha uma colega de trabalho que vem roubando meu tempo, minha paciência e minha energia.
    Reclama e repete cada assunto milhares de vezes, nada é está bom o suficiente.
    Ela é uma boa pessoa, mas, tem esse defeito, entrei nesse emprego há três meses e em tempo pouco tempo já penso em pedir transferência (pois sou servidora pública) tento relevar por ela ser uma senhora de 60 anos.
    Tudo aqui é desestimulante…

    • Patrícia Lages diz:

      Entendo, Deia, mas tente fazer a diferença aí. Vc pode ser a pessoa que iniciará uma mudança!

  • Critiane Belotti Solís diz:

    Olá Patrícia,
    Você estará em Campinas dia 17.10 no Campinas shopping né, mas a partir de que horas ?
    Não vi nenhum post seu ainda falando do horário.

    Abs,

    • Patrícia Lages diz:

      Na semana que vem vamos divulgar, mas será 16h. Marca na agenda!! 🙂

  • Jarlenys Dias diz:

    Misericórdia!
    Eu estou roubando o tempo das pessoas que repetem várias vezes, não porque não presto atenção, sim por causa de problema de audição. Quantas vezes que tive de fingir que ouvi bem para não incomodar os outros para não se perderem paciência comigo? Para mim é muito chato de estar depender dos outros para me ajudar entender bem. Tenho consciência de que é irritante para pessoas ter que repetir.
    Vou policiar as minhas palavras para não roubar o tempo de ninguém.
    Obrigada pela atenção através desse post.
    Que Deus a abençoe
    Beijinhos blindados.

    • Patrícia Lages diz:

      Não amiga!! Se vc tem problemas de audição não significa que esteja roubando o tempo dos outros!! Só avise que não ouviu, pois isso não é culpa sua 🙂

  • Jarlenys Dias diz:

    Obrigada! Que Deus lhe abençoe abundantemente. Beijinhos 🙂

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: